terça-feira, março 25, 2008

Como surgem os assuntos.

Para quem chegou agora e está fazendo contato com este assunto, para não ser pego de supresa receberá uma explicação breve. A três textos atrás, narrei com detalhes uma depilação que fiz por conta de um momento sem inspiração do meu banho. Coloquei uma foto minha semi-nu, o que gerou uma pequena polêmica. Os dias se passaram e resolvi continuar a narrativa descrevendo como estavam sendo meus momentos pós depilação. A coceira, a irritação entre outros fatores com os quais as mulheres convivem todo mês. Dissertando sobre isso, acabei concluindo que o ser vivo do sexo feminino passa por muitas "provações" diárias que muitos homens não suportariam mais do que uma vez na vida. Indo um pouco mais além, aproveitei o feriado da Páscoa e tracei um paralelo entre a importância de Jesus Cristo e das mulheres, sugerindo que Deus na verdade poderia ser uma DEUSA e que se não fossem elas o salvador sequer nasceria, tendo em vista que não fora necessário um homem para fecundar a VIRGEM Maria.
Pois bem, "Eu acredito em fadas" ( codinome de uma comentarista) que agora transformou-se em "Eu acredito em Deus" me chamou de prepotente e discursou a respeito de minha abordagem ( ver nos comentários de "Das coisas que mudam o mundo PARTE II") fazendo críticas severas. Alguns leitores contra argumentaram e o que era para ser um post sobre pêlos transformou-se num esclarecedor espaço para discussões teológicas e filosóficas. "Eu acredito em fadas" que tornou-se "Eu acredito em Deus" também recebeu críticas por parte de "Inamara" e "Lilith".
Pronto, o fórum cresceu.

Pesquisando sobre documentários na internet cheguei até Zeitgeist. Um filme teoricamente proibido no Brasil que aborda todas estas questões com exceção de minha depilação. Disponibilizei então links para que os leitores pudessem tirar suas próprias conclusões. Foi então que apareceu "Verdinha" ( ver nos comentários de "LIVROS NA FOGUEIRA") com argumentos que me chamaram atenção. Respondi, ela me respondeu, eu a respondi e ela novamente respondeu. Hoje, lendo tais observações resolvi postar a tréplica que ficou muito grande ( assim como esta que deveria ser uma breve explicação) e para colocá-los a parte desse debate efusivo, saí do espaço dos comentários e resolvi publicar em aberto.
Peço as pessoas mencionadas, caso sintam-se desprivilegiadas com relação a resposta dada as claras que expressem seus pensamento e os publicarei neste mesmo lugar ( escreva "sim quero meu comentário publicado em aberto. OBS: Só para as pessoas mencionadas ok?), onde no momento coloco minhas reflexões.

Zeitgeist é um termo alemão, que se traduz como espírito do tempo, também podendo se utilizar do termo em português para denominá-lo. Em suma, o nível de avanço intelectual e cultural do mundo, em uma época.

Esclarecido isso segue meu argumento.
( ANTES DE COMEÇAR AQUI, LEIA OS COMENTÁRIOS DO POST ANTERIOR, se quiser entender de onde surgem os assuntos)

Verdinha,

Desculpe mais uma vez, mas TEORIAS existem sobre tudo, inclusive sobre DEUS e na verdade ninguém PROVA nada, é tudo especulação por este motivo é que na minha opinião este conflito religioso é irracional.

Bom, não concordo com você quando supõe que alguns conhecimentos vão sendo esquecidos com o tempo por conta de outros conhecimentos adquiridos. Este seu argumento é muito fraco para defender sua tese com relação aos plágios da bíblia.

Outro detalhe é que basta pesquisar um pouco para descobrir que não foram coincidências que mataram os arqueólogos e historiadores nos túmulos dos Faraós. A ciência provou que FUNGOS e outros pequenos seres eram os responsáveis por MALDIÇÕES como a de TUTANKHAMON.

Ninguém até 2008 depois de CRISTO comprova como foram erguidas as Pirâmides, assim como NINGUÉM comprova que CRISTO existiu, assim como NINGUÉM COMPROVA que existe vida após a morte, assim como ninguém sabe por que estamos vivos e com qual objetivo.
Dessa forma, nem a prepotência do homem em achar que tudo precisa ser explicado para fazer sentido e nem a passionalidade dos religiosos que insistem que suas verdades é que devem ser seguidas podem resolver tais questões, de modo que isso aqui é apenas um exercício de argumentação e uma maneira de entendermos o quanto somos insignificantes diante de tantas possibilidades.

O documentário é muito amplo, não se resume somente as "coincidências" encontradas entre o antigo e novo testamento com religiões pagãs ou outros tipos de crenças. O que me fascina nele é um outro olhar, por um outro prisma e uma nova forma de encarar fatos dados como VERDADES ABSOLUTAS.

O homem chegou à lua?

Muitos acreditam que sim, mas documentos e fotos analisadas mostram que foi uma FARSA AMERICANA. Tanto é que a NASA recentemente divulgou ter PERDIDO OS DOCUMENTOS QUE COMPROVARIAM TAL façanha, ocorrida no final dos anos 60 quando isso fora transmitindo AO VIVO para o PLANETA TERRA pela TV. Lembrando que o momento histórico era uma conturbada relação de conflitos entre o Capitalismo imperialista americano e o Comunismo não menos imperialista da União Soviética disputando por uma "guerra espacial" a credibilidade e a atenção de vossas ações num mundo bipolarizado.

Creio ser plausível que o atentado de 11 de setembro seja uma conspiração para justificar a invasão do Iraque e a desestabilização do Oriente médio, tendo em vista que não foram encontradas as ARMAS de destruição em MASSA que o presidente Bush afirmou existirem no país. Todos sabem que o interesse passa pelo Petróleo, indústrias de segurança, armas, engenharia, outros lucros estratosféricos obtidos com as guerras, mas também pela possibilidade de manter bases num território tão importante. Tanto que o Irã tornou-se o próximo alvo em potencial.

Teria George WC Bush sacrificado a vida de milhares de americanos por motivos tão torpes?

O filme traça um pensamento lógico entre ações aparentemente inimigas que poderiam ter sido programadas para justificar os interesses econômicos e políticos do Império ( não gosto de usar tal termo, porém não encontro outro no momento).
A cultura do medo, da luta contra o terrorismo, da imposição cultural através do entretenimento imbecil que distrai para não deixar que as pessoas pensem. Enfim, estas e outras questões que me fizeram publicar neste espaço um filme tão complexo e que provavelmente poucas pessoas se interessaram em assistir.
A possibilidade de uma nova abordagem dos eternos paradigmas que muitas vezes damos a vida para defender.

Comentários à disposição.

Por isso que gosto tanto de vocês, me fazem pensar.

Tico Sta Cruz


Ps: Hoje é dia 27 de março, passo aqui para dizer que nível dos comentários está excelente e que o negócio está pegando FOGO!!!!!!!!

42 Comments:

Blogger Le said...

Como gosto disso, ver diferentes pontos de vista... estou muito curiosa sobre os filmes mas só acesso you tube em casa, então só domingo...

Acho esta argumentação toda muito produtiva,está abrindo meus horizontes.

Mas só vou entrar no assunto depois de assistir.

Obrigada a todos por não temer expor seus pensamentos,
Leticia

3:44 AM  
Blogger Jσicє said...

Oi Tico... jah leio seu blog há algum tempo, mas eh a primeira vez q comento...

Gosto de discutir política e futebol, mas naum gosto de discutir religião... pq as vezes naum eh questão de fatos e lógicas, e sim de fé... vc naum consegue mudar a cabeça de uma pessoa que simplismente tem fé em alguma coisa... principalmente quando ela defende a sua fé... a gente sempre acredita nos que é mais conveniente...

Sobre o documentário ainda naum tive oportunidade de ver, mas pretendo... gosto de ver o q me faz pensar (o q me tras sempre ao seu blog rsrsr).

Sobre a sua réplica à Verdinha, gostaria de comentar uma coisa citando sua própria frase:

"Desculpe mais uma vez, mas TEORIAS existem sobre tudo, inclusive sobre DEUS e na verdade ninguém PROVA nada, é tudo especulação por este motivo é que na minha opinião este conflito religioso é irracional. "

Existem milhões de assuntos sobre "Teoria das Conspirações" como essas que vc citou (ida do homem à lua, 11 de setembro), mas ninguem consegue provar nada, nem q sim, nem que naum... logo naum nos resta outra alternativa à naum ser acreditar no que nos é mais conveniente...

Adoro o seu blog querido... te admiro pacas... beijos e tudodebom!

6:02 AM  
Blogger Junior São Gonçalo said...

Acompanhei a "saga" dos comentários e realmente constatei ser algo que nos faz pensar muito sobre o pensamento humano.

Isso é interessante.

"O Código Da Vinci", "The Secret", "Fahrenheit", o recente "Sicko - S.O.S. Saúde" e tantos outros documentários,livros, e até mesmo músicas (vide a Sociedade Alternativa), diante de olhos e mentes abertas ao conhecimento,aprendizado e questionamento, são fontes fluentes da natureza.
Você nasce e de acordo com a educação que recebe acaba submetido a um dogma religioso ou até mesmo educacional literalmente.
Cabe a cada indivíduo desenvolver suas teorias que podem ser chamadas conspiratórias ou não, de acordo com a visão alheia.
Eu mesmo, fui batizado na igreja católica, fui à missas e senti vontade de conhecer as outras religiões. Fui em cultos das protestantes, fui em centros espíritas, aprendi sobre budismo, kadercismo e outras também.
Sempre me perguntava: se Deus foi (ou é) um só, porque tantas doutrinas, teorias, livros tais, novos, velhos testamentos (ok, eu sei o porquê da denominação)?
Se por exemplo, você viver uma história com alguém e depois for escrever sobre a mesma, de forma que aquilo será uma doutrina mundial onde uma certa religião será fincada, o que me garante que nada será mudado, ou que no mínimo, o seu ponto de vista não distorcerá a real intenção (se é que esta existe) do tema para que de alguma forma as coisas fiquem "melhores apresentáveis"?
A bíblia é um livro. Escrito por seres humanos.
Isso é só um fato.
Questionei recentemente, o porquê de não comer carne no feriado "santo" (ok, sei também o significado). Mas falo pelo fato das pessoas simplesmente acharem que a coisa funciona assim: eu não como carne nesse dia, vou à missa todo domingo, e estou "beleza" com Deus...
Essa é a visão de muitas pessoas em pleno séc. XXI e tantas formas de conhecimento.
Para mim, aí está o ponto chave de todo esse nosso debate. A verdade só pode ser buscada (obtida, é outra conversa - se é que essa exista) por aqueles que a queiram.
Ora Junior, isso é muito óbvio. Sim. Mas parece que em algumas mentes, não.
Eu, tenho minha "doutrina" própria sobre minha vida espiritual.
Quanto ao 11 de setembro, depois que olhei as imagens, já sem o espírito humano de solidariedade com as vítimas, ou seja, deixando o coração de lado ( e não tendo assitido à documentários ainda), achei estranho a forma como o prédio caiu uniformemente.
Um avião não poderia causar a queda de uma torre inteira. Ainda mais aquele símbolo de poder, projetado para no mínimo suportar terremotos grandes.O impacto de um avião a colocaria abaixo?
Esse foi o pensamento que levou-me a assistir os documentários e formar MINHA opinião sobre o fato.

Sistemas de governo, guerras, visitas alienígenas, copas do mundo, televisão, drogas, armas, TUDO...EM TUDO... E PARA TUDO um interesse por trás.

Ouso aventurar-me nesse universo com sede de respostas e conhecimento.

Para mim, esse é UM dos sentidos da VIDA...

Seguimos nessa aventura, meu irmão.

Forte Abraço!

JUNIOR

8:02 AM  
Blogger Erickson Sena said...

AINDA FALTAM 3 VIDEOS PARA ACABAR DE VER TODO O DOCUMENTÁRIO!!!

Mas o que assisti me agradou muito!
Não que tudo que esteja nestes videos seja real ou não, mas simplesmente me abriu uma nova visão e uma nova maneira de pensar no porque das coisas, principalmente nos fatos!

Já imaginava que a bíblia é (ou pode ser), uma grande obra de uma mente (ou mentes) brilhante!

Mas em relação ao 11 de setembro fiquei boquiaberto!
E pensando bem, os americanos gostam disso. Chamar a atenção não somente a nossa mas principalmente do seu povo.
Por que utilizar tanto a palavra "terrorismo", ente outras?

Uma maneria fácil de alienar seu povo, fazê-los sentir medo, e apoiar, sem discutir ou questionar, qualquer ato do seu governo!

A televisão faz isso muito bem, por que não um país que se acha autosuficiente e "quer dominar" tudo?

Continuo nos videos...
Obrigao pela indicação!

Abraço

Sorte Sempre...

9:46 AM  
Blogger edilza said...

Este comentário foi removido pelo autor.

10:56 AM  
Blogger Camisa e o Botão said...

Ah " sempre tem quem critique", sempre.
bem eu não ainda os vídeos, naverdade nem tive tempo, mas para ler aqui sempre tenho, comecei ver eles hj e mais pra frente comento sobre oq eu achei, [como se fosse necessario isso] mas tdo bem, eu acho que vou gostar, pelas coisas que vc escreve, eu gosto. E como já disse me indentifico com vc.

bem fico por aqui.
bjos. Lua'

11:14 AM  
Blogger (( Brunosauay )) said...

Não tive tempo ainda de ver os videos, porém, ja tenho uma opinião formada pelo assunto.
Como ja disse no próprio RC, acredito na vida após a morte, apesar de não seguir religião nenhuma. Respeito também as opiniões contrárias, pois, não estou aqui para convencer ninguém da minha teoria.

Sei que Jesus não deixou nada escrito. O que temos hoje é o TESTEMUNHO do que ele fez e falou. Como testemunho, estas obras possuem suas limitações. Porém, quando estudamos a vida e a obra de Jesus percebemos que sua mensagem e seus exemplos,AQUILO QUE REALMENTE IMPORTA, estão bem descritos.
Os evangelhos foram escritos por homens. Mas homens que estavam vivenciando no seu íntimo todo fervor de uma vida renovada, de uma vida de estudos e de dedicação à causa cristã. Portanto, eram pessoas que podiam falar com muita experiência pessoal daquilo que Jesus fez. Para aqueles que seguem o caminho do mestre é mais fácil entender o sentido de suas palavras, pois ele falava não de si, mas das coisas de Deus. E as coisas de Deus são atemporais e não possuem dono. É por isto que eles podiam entender e passar seu testemunho prático das mensagens e obras de Jesus.

Forte abraço, e viva a liberdade de expressão!

11:16 AM  
Blogger Noli said...

Boa tarde Sr Santa Cruz


Sobre todos os últimos acontecimentos postados por aqui, creio que apimentaram o gosto pela leitura, pela curiosidade e claro,pela vontade de comentar...
Primeiramente gostaria de parabenizar a Verdinha, pela clareza de expor suas opiniões e pela riqueza de seus comentários, fez-me pensar em tudo isso abordado nos vídeos e ainda me impulsionou a discutir muita coisa em casa, o que eu acho muito bom, afinal expor ideias,opiniões e pensamentos com os que convivem comigo deixam o mundo mais aberto e mais livre para as minhas curiosidades e vontades.
Há muitas teorias sim,mas creio que muitas delas não serão despidas pela nossa geração, afinal presenciamos nesse blog pessoas das quais além de não respeitarem certas opiniões, ainda confudem sinceridade com grosseria, clareza com ataque, e por ai vai...isso é humano eu sei, e muitas pessoas ainda carregam um tipo de viseira que as fazem não enxergar o óbvio...QUE TUDO NESSA VIDA É QUESTIONÁVEL, DISCUTIVEL E MUTÁVEL...
Minhas opiniões não estão completamente expostas,pois ainda não acabei de assistir os vídeos, mas gostaria de deixar aqui a minha sincera alegria em entrar no blog, ler os textos, os comentários e ver aqui uma discussão tão rica...

E VIVA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO...
Bjos Santa Cruz...

12:20 PM  
Blogger Felipe said...

Olá, com todo esse debate religioso, filosófico e artístico..risos
Não resisto em perguntar se o tico é um ateísta?
abraços

1:28 PM  
Blogger Verdinha said...

primeiro que tudo até me senti importante com o post, lol :P

agora falando mais a sério:

Quando me referia a esquecermos os conhecimentos antigos em detrimento dos novos conhecimentos não pretendia com isso justificar a minha opinião em relação a biblia mas sim em relação ás piramides.
Como já disse não acredito que tudo o que vem na bíblia é verídico e também como já disse sei que muito do que lá está escrito deriva de elementos e crenças pagãs no entanto volto a dizer que me parece irreal que naquela altura as mentes que escreveram a bíblia soubessem todos os factos que são referidos no vídeo e se reparares nunca disse que o vídeo é uma mentira, uma farsa, disse apenas que a MIM me parece irreal que se soubesse aquilo tudo no tempo que a bíblia foi escrita, há imensa coisa que tá na bíblia que a mim não me diz nada, assim como há imensa coisa que não tá la e na qual eu acredito. um exemplo? por exemplo acredito que jesus possa ter tido um filho com Maria Madalena, porque não poderia jesus ter experimentado todas as formas de amor e ter de ficar-se apenas pela espiritual? porque não pode ter amado uma mulher ou viver a alegria de saber que seria pai? No entanto a bíblia "pinta um quadro" totalmente diferente sobre Maria Madalena.
A igreja defende que os padres não podem casar, nem ceder ao "pecado" da carne, e porquê? não vejo qual é a lógica disso, não me parece que se tenha menos capacidade de "apregoar" a fé apenas porque se conhece o prazer do sexo.
A igreja condena os preservativos e o aborto, eu sou a favor de ambos, devido a quantidade de doenças que se transmitem pelo sexo e devido a quantidade de crianças abandonas, violadas, maltratadas que existem neste mundo.
A igreja veio condenar o estudo em células tronco e eu sou totalmente a favor.
o que eu quero dizer com estes exemplos é que acreditar ou achar que a bíblia não é uma copia integral não me faz ter visão de burro (só olha em um sentido), é possível acreditar em Deus e duvidar de milhentas coisas que lhe são atribuídas, assim como é possível duvidar dele e acreditar em alguns valores que são transmitidos pela doutrina cristã.

Quanto a coincidência ou não sobre as mortes dos arqueólogos por exemplo existem arqueólogos que morreram e outros que estavam no mesmo sitio e não tiveram absolutamente nada e viveram durante muitooo tempo, quando sugeri se era coincidência ou não era apenas mais um aspecto "misterioso" relativo as pirâmides .

"Dessa forma, nem a prepotência do homem em achar que tudo precisa ser explicado para fazer sentido e nem a passionalidade dos religiosos que insistem que suas verdades é que devem ser seguídas podem resolver tais questões, de modo que isso aqui é apenas um exercício de argumentação e uma maneira de entendermos o quanto somos insignificantes diante de tantas possibilidades. "

Se achasse que estavas a ser prepotente não comentava aqui, se me considerasse "passional" também não comentaria aqui, concordo plenamente que isto é apenas um exercício de argumentação e que só nos faz bem nem que seja para conhecermos outros pontos de vista.

Quanto ao homem na lua ha dois sites interessantes sobre isso:
http://www.afraudedoseculo.com.br/ - este defende que não foi.
http://www.projetoockham.org/historia_lua_1.html - este defende que foi..
depois de ler os dois eu acredito que não foi, (apesar da teoria de assassinatos relatada no primeiro site não me convença).

Quanto ao 11 de Setembro volto a afirmar que não quero acreditar que alguém possa ter feito aquilo ao seu próprio povo, no entanto do Bush pode-se esperar tudo :S
a questão é, se não caiu nenhum avião na Pensilvânia (um dos vídeos afirma não serem visíveis nenhumas peças do avião após a queda) o que aconteceu aquelas pessoas que iam naquele voo e telefonaram a despedir-se das famílias? e as pessoas que supostamente iam no avião que chocou contra o pentágono e que o vídeo diz que não foi um avião?

aguardo a resposta ou o próximo post para continuarmos a nossa "discussão" saudável :P

bjinho Tico

2:02 PM  
Blogger Leticia said...

Não acredito que o homem pisou na Lua, acho que foi só mais uma farsa norte-americana.
A conquista lunar pelo Estados Unidos fez com que o país recebesse milhões em investimento, uma vez que se tornaram, à época, a nação mais avançada em termos de tecnologia, em desfavor da extinta União Soviética que pouco tempo antes tinha enviado Gagarin à órbita terrestre, e estava ganhando a "corrida espacial".
Junte-se isso ao fato de que todas as corridas espaciais à Lua feitas pelos Estados Unidos ocorreram durante o mandato de Nixon, entre 1969 a 1972 (informação colhida diretamente da minha memória, fiquem livres pra me corrigir!!). Nixon, pra quem não lembra, foi o presidente envolvido no caso Watergate, e acabou renunciado em 1970 e poucos, em meio a um processo de impeachment. Era mais um dqueles caras que estão disposto a tudo pra chegar ao objetivo determinado.
A próxima ida à lua, pelo que comunicou a Nasa em 2005, será só em 2018!!! Acho que até lá eles conseguem!
Mas é bom lembrar que isso é só uma opinião. Existem argumentos pró e contra o acontecimento. Comprovação efetiva não existe. De nenhum dos lados.
Sobre o 9/11, ainda não encontro argumentos suficientes para crer que o atentado foi planejado pelo próprio governo americano. Mas financiado foi. É só dar uma leve aprofundada nas relações financeiras entre EUA, Arábia Saudita e Afeganistão. O que, no fim das contas dá no mesmo, respeitada a infinita diferença de crueldade entre as duas ações.
Dito tudo isto, só me resta dizer que não importa de que lado nos encontramos, nem em que acreditamos, desde que estejamos sempre abertos para ouvir novas idéias e pra repensar nossas crenças.
Temos de ser tolerantes aos que não concordam conosco pra sermos tolerados quando defendemos nossas verdades.
Eu por exemplo, às vezes me pergunto se maior ignorância é de quem aceita os fatos somente porque lhe foram mostrados, ou minha, por dispor de um ceticismo tão aguçado que beira à idéia de que o mundo social e político em que vivemos nada mais é do que uma cadeia de complôs bem armados e amarrados.
Já diz o ditado popular: “Há duas classes de tolos: os que não duvidam de nada e os que duvidam de tudo”.

3:40 PM  
Blogger Clube da Insônia said...

Vamos lá:

Felipe,

Não sou ateísta e nem teísta, talvez pudessem me classificar como agnóstico, mas tenho minhas crenças baseadas nos signos, significados, simbolismos e pode ter a ver com Jung. Tanto que uso minhas guias de Umbanda, tenho imagens de várias religiões pelo meu corpo e trabalho crendo no consciente e inconsciente coletivo, principalmente com o poder do VERBO. De influências Hinduístas ao Budismo passando por orientações afro-brasileiras.

Verdinha, vou lhe explicar agora porque PADRE não pode ter filho. Preste bem atenção.
Na idade média, a igreja católica determinou que TODA família que tivesse mais de um filho HOMEM entregasse um de seus rebentos a instituição. Muitas famílias de posses então passaram a seguir tal regra. Os padres por sua vez não podem ter filhos por uma simples questão... vamos adivinhar??????

Para não deixar herdeiros é a resposta correta.
Ficando então a IGREJA com a posse de todos os bens da família de origem, que vai desde grandes latifúndios, até riquezas incalculáveis.

Configuram-se desse forma uma maneira significativa de obter mais recursos e poder.

Simples não?

Alguém contesta?

abs

Tico Sta Cruz

3:46 PM  
Blogger *Aline Helen* NINE said...

Bom, Tico Santa Cruz.
Estamos falando de religião? Então vamos lá...
A felicidade de qualquer nação depende, fundamentalmente, da influência que o Verdadeiro Deus exerça sobre as pessoas, as famílias e instituições que a formam. Quando se buscam deuses falsos ou não, ou quando não buscam a deuses nenhum, quando é desconhecida a Lei de Deus e são ignorados os ensinos de Jesus Cristo, a nação não pode ser feliz, harmoniosa e forte.
Que vemos no mundo e no Brasil de nossos dias?
Cresce assustadoramente o índice de criminalidade e se multiplica a violência; os jovens estão sendo atacados pelas hostes, atravès de muitas coisa(...), que lhes desfibram a saúde mental, física e espiritual; a imoralidade deteoriosa os valores éticos e espirituais da nação.
Por que? A resposta é que está faltando.
Diante desse quadro sombrio, a melhor contribuição que se pode dar à Pátria, é colocar nas mãos de cada pessoa, nas mãos de cada autoridade, é um Novo Testamento, para que todos conheçam a verdade.
Quando os brasileiros aprenderem mais de "DEUS", pela sua palavra, e passarem a obedecê-lo, então será cumprida o que disse o Salmista: "BEM-AVENTURADO É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR".

Quem somos nós pra falar de religião?
o que é a vida?
Quem é o Homem ou a Mulher?

Segundo a Bíblia.
disse Jesus:
"EU SOU A LUZ DO MUNDO".
Ou você nunca leu isso?

O mesmo Jesus Cristo desvenda o mistério do homem neste livro que todos chamam de Bíblia.
No ponto de vista atual, religião é um assunto que requer muita paciência e entendimento, o que vale da opinião de cada um.
Não quero ferir e nem interferir em nada e ninguém, mas esse post abriu uma janelinha escondida aqui.

Beijos e abraços!
Aline Helen.

5:05 PM  
Blogger Sil said...

Sinceramente... Penso que tem muita gente que gosta de aparecer utilizando a fama alheia...

Tô sem paciência pra isso!!!
Criar polêmica pra ver se aparece através de vc, é bem mais fácil do que ser alguém interessante de fato. Né?
¬¬

Fui!!!
Te amoooooooo!

Beijos, coisa linda.

5:51 PM  
Blogger Verdinha said...

Eu não contesto, fui ler e pesquisar sobre isso e sinceramente nunca tinha pensado nisso como uma questão económica mas é a realidade e mais uma vez os cifrões sobrepõem-se a fé :S

obrigada por me elucidar perante este facto.

6:02 PM  
Blogger Cristal said...

Peguei o bonde andando mas já me situei.
Sobre o assunto inicial, a tua depilação, tu comentasse que os pêlos estão crescendo, pois tu não imaginas o que sente a mulher que transa com um cara nessa situação. O contato da nossa pele com esses pêlos, dói pra caramba, e a mesma chega a ficar avermelhada.
Quanto ao assunto que veio a seguir, não vou me prender a defesa sobre qual a forma que Deus teria. Deus ou deusa, pra mim isso não tem muita importância. Procuro pensar em Deus como uma força divina, uma energia. Talvez por isso eu a chame de "divina", porque consigo sentí-la sem precisar vê-la ou ouví-la. É um silêncio que consigo compreender e que já esteve presente em minha vida em muitos momentos.
Tampouco, mesmo sendo católica, não preciso ir à Igreja e nem ler a bíblia para percebê-la. Acredito que cada um pode ter uma maneira diferente de entrar em contato com essa força. Eu, particularmente, a sinto principalmente quando estou próxima do mar, próximo da natureza, de uma forma geral.
Quanto a bíblia, muitos livros, documentários, filmes, etc, já apresentaram detalhes que pesquisadores descobriram sobre fatos que são mostrados por ela e pela Igreja, de uma forma bem diferente. O caso do relacionamento de Jesus com Maria Madalena é um exemplo, a história de Maria, é outro, e existem mais.
Sobre isso, penso que além do homem ter colocado o seu "dedo" na Escritura Sagrada, de acordo com os seus interesses, muitas coisas escritas nela, serviram para o mundo daquela época, não se encaixando com o atual. Por isso essas divergências todas sobre a questão do aborto, camisinha, divórcio, etc. Porém, há coisas que se aplicam sempre, "Não Matarás", é um caso que serve até hoje, independente se foi Deus, Jesus ou o homem que deixou escrito.

Sobre ciência x religião:
Eu fiquei contente quando li o que Einstein disse quando perguntaram se ele era religioso:
"...Tente penetrar, com os nossos meios limitados, os segredos da natureza. Você vai descobrir que, por trás de todas as concatenações discerníveis, há algo sutil, intangível e inexplicável. A veneração a essa força que está além de tudo o que podemos compreender é a minha religião..."
"... Eu acredito no Deus que se revela na harmonia de tudo o que existe..."
Infelizmente, a maioria dos cientistas tenta o tempo todo, provar que essa Força Divina não existe, talvez porque seja característica dos mesmos, acreditar somente naquilo que conseguem "provar", que pra mim, agindo dessa forma, os tornam limitados.
Também não gosto da visão que a Igreja nos passa, acreditando somente no que esta escrito na bíblia. Outra limitação.
Volto às palavras de Einstein: "A CIÊNCIA SEM RELIGIÃO É MANCA, A RELIGIÃO SEM A CIÊNCIA É CEGA."
Precisamos estar sempre abertos as novas informações que vão surgindo, procurando fazer uma reflexão antes de tomar um posicionamento. Mas o PENSAR, não pode anular a nossa PERCEPÇÃO, que nos permite SENTIR.

Sobre o celibato, que foi imposto a Igreja por volta de 1074, até hoje é um assunto contestado. Esse foi um dos motivos da Reforma Protestante.
Também penso que há pessoas que tem vocação para o sacerdócio, mas não para o celibato. O principal motivo para alguém se tornar religioso, deveria ser a vontade de dedicar sua vida a fazer o bem, a ajudar, a levar conforto espiritual às pessoas, e não o fato de não fazer sexo. Na minha opinião, esse é um dos motivos por acontecer tantos casos de pedofilia no clero. Porque essa condição de não poder fazer sexo é imposta, não é uma escolha.
Tenho um primo que é padre e acompanho os seus trabalhos na comunidade, e fico imaginando se ele fosse casado e tivesse filhos, no que isso o impediria de continuar exercendo o suas atividades. Afinal, médicos, enfermeiros, bombeiros, etc, tem um trabalho semelhante, digo, sem horário certo, trabalhando com a vida do ser humano, e os mesmos tem família, então...

Legal esse debate.
Abraços...

6:07 PM  
Blogger Clube da Insônia said...

Estou adorando isso aqui.

Existe FUMANTE não praticante?

Como pode existir Católico não praticante?
Pode-se entender que Católico não praticante é aquele que fora batizado na igreja, fez primeira comunhão, porém não coloca em prática os dogmas religiosos?

Me expliquem isso por favor.
Sexo só para procriação?
Não se pode usar camisinha?
Transar antes do casamento?
Ser contra a salvação de outros seres humanos através do desenvolvimento científico de células tronco?

Uma pergunta para "Aline Helen" que expressou seu ponto de vista como uma imposição através da seguinte AFIRMAÇÃO : - "A felicidade de qualquer nação depende, fundamentalmente, da influência que o Verdadeiro Deus exerça sobre as pessoas, as famílias e instituições que a formam."

Que verdadeiro DEUS é esse?
De qual estamos falando?
Do Deus Cristão?
Do Deus Judeu?
Do Deus Mulçumano?
Das deidades hindus?
Do iluminado ser Buda?

O que é esse VERDADEIRO Deus?

Ainda sobre o argumento de "ALINE HELEN": "Quando se buscam deuses falsos ou não, ou quando não buscam a deuses nenhum, quando é desconhecida a Lei de Deus e são ignorados os ensinos de Jesus Cristo, a nação não pode ser feliz, harmoniosa e forte."

Afinal de contas quem são os Deuses falsos? Como determinamos qual é o falso e qual é o verdadeiro?

Vivemos numa nação LAICA.
Qual é a lei de Deus?
Quais são os ensinamentos de Jesus Cristo e por que são superiores aos ensinamentos de Krishina ou de Mirra ou de Dionísio?

Ainda no Raciocínio efusivo de "Aline Helen": "Que vemos no mundo e no Brasil de nossos dias?
Cresce assustadoramente o índice de criminalidade e se multiplica a violência; os jovens estão sendo atacados pelas hostes, através de muitas coisa(...), que lhes desfibram a saúde mental, física e espiritual; a imoralidade deteoriosa os valores éticos e espirituais da nação."

Que eu observe as guerras hoje em dia não são também provocadas por este tipo de postura arrogante?
Entre qual é a religião que tem o tal VERDADEIRO DEUS?
E homens e mulheres se explodem. E nações entram em conflito por conta de territórios "sagrados". Cruzadas, brigas entre protestantes e Católicos na Irlanda, onde crianças são apedrejadas por adultos que julgam deter tal conhecimento.

"Quem somos nós pra falar de religião?"

Somos seres humanos, com cérebro, livre arbítrio, com todo direito de falar sobre qualquer assunto.

"Quando os brasileiros aprenderem mais de "DEUS", pela sua palavra, e passarem a obedecê-lo, então será cumprida o que disse o Salmista: "BEM-AVENTURADO É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR"."

Como assim?
Então não vamos considerar as religiões afro-brasileiras, o budismo. Que intolerância é essa?
A mesma que faz pastores chutar santas?
A mesma que faz traficantes convertidos violentarem e perseguirem "macumbeiros" ?


"Segundo a Bíblia.
disse Jesus:
"EU SOU A LUZ DO MUNDO".
Ou você nunca leu isso?"

E quem disse que a bíblia é o meu livro sagrado e o que está escrito nela é de fato o que deve ser feito?
Que diferença faz se Jesus falou "Eu sou a luz do mundo"?

Para mim a luz do mundo é o sol, que nos dá a vida, calor, luz, energia...

"Não quero ferir e nem interferir em nada e ninguém, mas esse post abriu uma janelinha escondida aqui."

Depois de praticamente dizer que o que a bíblia diz é a VERDADE QUE DEVE SER SEGUIDA PELA NAÇÃO, não quer interferir e nem ferir ninguém???????????

Aline, por gentileza.
Me responda as perguntas se achar conveniente.

Qual é sua orientação religiosa?
Quantos anos você tem?

Beijos

Tico Sta Cruz

7:21 PM  
Blogger Inamara said...

Meu debatedor Santo Forte... Minha Santa Cruz

ESSE ESPAÇO É SEU.....e já admiro demais seu espírito democrático em liberá-lo, as vezes de maneira tão intensa e espaçosa a todos nós....eu mesma as vezes me sinto um pouco invasiva e abusada.....portanto.....não é necessário aquele “sim” onde jamais fui podada....esse espaço de poder comentar já me é suficiente!!!!
Bem.....aos assuntos:
Ser citada a me opor à “Eu acredito em fadas” deverá causar estranheza a alguns que poderão buscar em meus comentários nesses seus 3 últimos textos postados aqui.....AQUI não o fiz pois preferi deixarem fluir outros tipos de discussão, mas jamais me furto a debates....apenas, desta vez não fiz aqui....mas FIZ SIM no Roque Clube em sua página de recados do seu perfil e TAMBÉM no dela....acho que o sentimento foi preservá-la um pouco pois imaginei o quanto seria “atacada” e tive o exato sentimento que vc descreveu em resposta à ela (tb no RC)....que se pode ser rebelde (o que sempre fui chamada tb) e ser SEMPRE contrária a tudo...mas que não se deve perder o respeito à opinião dos outros!!...mas não há problema...estou dizendo só para esclarecer quem possa procurar por essa sua citação....não esta aqui...esta no RC...mas está!!!!

Segundo Aurélio a primeira explicação para o verbo IGNORAR é: Não ter conhecimento de; não saber...e de BUSCAR é: Tratar de descobrir, de encontrar, conhecer, procurar...
Baseada nisso, sempre acreditei que TODOS os assuntos podem e DEVEM ser discutidos...e aliás os que se diz que não se discute, são os que mais gosto de discutir, são os que geram boas discussões e pelo menos pra mim...saciam um pouco a minha incurável busca sobre tudo que ignoro ou que não possuo um conhecimento que me satisfaça...e claro...religião é TOP!!!
É TOP exatamente pq se acredito que há algo DIVINO (e vou chamar aqui de Deus e já expliquei o por quê no comentário passado) Ele criou mesmo esse mistério para que testemos a nossa fé, mas que PERMANECERÁ PRA SEMPRE como um mistério porque senão a fé morre!!! Como acreditar em algo que, por mais que todos tenham uma resposta, nenhuma se comprova??
Todas poderão ter em parte a verdade, mas todas terão a mão do homem para tentar comprova-la e daí surgirão os conflitos, debates e teorias e JAMAIS nenhuma será absolutamente dada como verdadeira. É como se esse Deus nos colocasse a prova o tempo todo...”Vc quer acreditar em mim??? Não te darei as respostas, a escolha é sua!!”
Porém buscar é para quem não quer deixar a fé morrer, mas sabendo lá no íntimo que as respostas serão sempre incompletas....ou não...para aqueles que preferem ficar com suas “verdades absolutas” e IGNORAR todo o resto!!!
Talvez o Cap. Nascimento dissesse a Deus; “ O senhor é um fanfarrão!!” e este o respondesse: “Não, se eu te desse todas as respostas o que vc faria com sua vida??”...porque a gente pauta a nossa vida por nossas crenças, tb por não sabermos o que será de nós no próximo minuto e daí buscarmos ser felizes o máximo possível e até pelos temores do desconhecido!!!.... ou Deus ainda poderia responder: “Então pede pra sair que eu paro de brincar com vc e te conto tudo!!!”
As religiões se pautam e nos pegam por ai...no mistério e cada uma delas “tem” a resposta “perfeita” para esse enigma.
A Bíblia realmente foi escrita 50/70 anos depois da morte de Jesus e me pergunto, se eu começasse a contar uma história de alguém 50/70 anos depois da morte desta pessoa, poderia eu esquecer de alguns detalhes? (sim), poderia eu aumentar ou diminuir a importância de alguns fatos? (sim), poderia eu, visando fundar uma nova religião, contar e descrever as coisas de maneira que colocasse ali fundamentos para que tal religião fosse forte e credível?? (sim).....acredito na tradição oral; ainda digo coisas e “ditos” que minha bisavó dizia e nunca deixou escrito!!; Sócrates nunca escreveu nenhum de seus ensinamentos...Jesus tb não...e tantos outros.....o que corrobora o fato de quem escreve, possa mudar o que foi dito...são coisas distintas e nem sempre fidedignas!!!
Não duvido de Buda, de Maomé, Tupã, Oxalá, nem do filho de Deus que ainda os judeus esperam, nem de Jesus....nem de mim, que tb sou filha de Deus...e é assim que vejo todos estes...acho apenas que de tempos em tempos esse Deus manda umas pessoas especiais para este mundo.....exatamente quando a fé esta enfraquecida...para não nos esquecermos de que algo é DIVINO....não humano!!! E assim renascem as religiões, a fé ...as dúvidas ...esse documentário (que tb já comentei no post anterior e não vou me repetir) e tantas outras teorias sobre tudo... e simplesmente, em absoluto, de fato, de concreto, NADA nos é 100% revelado, pois é assim que tem que ser (né Tico....já cantou essa frase!!!rsrs)
Acho que o homem foi à Lua (até um brasileiro foi!!!), acho que as pirâmides possam ter sido construídas por escravos, mas “eram os deuses astronautas?”(rsrs)...acho que não há maldições nas pirâmides...e sim muuuiiitooo fungo (rsrs)...enfim...nem posso dizer que sou agnóstica porque este é quem acredita no que pode ser provado...no conhecimento...e na verdade, tenho dúvidas a respeito de quase tudo....mas estou SEMPRE BUSCANDO!! Essa é minha marca de vida...tem algum nome pra isso?? Alguma religião pra quem é assim???
É isso....(por enquanto...amanhã pode não ser mais!!! rsrs)

VERDADE ABSOLUTA: TE AMO E ADORO SUA MENTE BRILHANTE E ESSA CAPACIDADE DE ‘CUTUCAR’ PENSAMENTOS, DEBATES E DISCUSSÕES MAIS QUE SAUDÁVEIS!!!

Tooodooosss os Beeeiiijooosss

7:43 PM  
Blogger Cristal said...

Essa de existir fumante não praticante foi muito boa.
Eu nunca tinha pensado sobre a minha situação (e de mais 99% dos cátolicos existentes), em ser uma católica não praticante.
Sei lá se existe isso. Olhando da maneira como tu colocasse, acho que não.
Então eu não sou católica???
Nossa, isso é grave.
Então eu sou atéia??? (nem lembro se esse é o feminino de ateu, se não for, me corrijam por favor).
Mas se outro dia eu li num livro que o significado de ateu vem do grego ATHOS, mas Athos não se refere as pessoas que não acreditam em Deus, refere-se a pessoas solitárias, pessoas que os deuses abandonaram.
Eu acredito na existência de um Deus, sem nenhuma forma, apenas uma força divina, faz + ou - uns 4 anos que não vou a uma Igreja, mas rezo quase todas as noites, só que não as orações que a Igreja ensina, faço minhas próprias.
Aprecio o trabalho comunitário dos padres e religiosos de uma maneira geral, mas penso que eles poderiam casar e fazer sexo, sem ser para procriar, enfim, concordo com algumas coisas que a Igreja Católica pratica e com outras não,
então eu sou católica ou não???
AH, esqueci de dizer: fui batizada e fiz minha confirmação numa Igreja Protestante Luterana porque essa era a crença dos meus pais, na qual os Pastores casam e não se cultua imagens de santos, depois simplesmente me casei numa Igreja católica, porque o meu marido, assim desejava, e eu, como nunca me prendi a esses detalhes "religiosos", aceitei,

e então... continuo na dúvida, será que eu posso dizer que sou católica???

Tico, o restante das tuas perguntas terão que ficar pra outra hora. Agora preciso ir dormir porque amanhã preciso acordar com as galinhas.

Beijo de Boa Noite...

PS.: Também estou adorando esse debate, só espero que ninguém perca o bom senso, e esqueça que cada um tem direito de acreditar no que achar melhor e isso serve para TODOS.

7:58 PM  
Blogger larissa said...

Abriu mais uma janelinha dentro de vc ??
Nossa imagino quantas ainda devem estar fechadas...

Eu li tudo o que se passou aqui hoje a tarde, e não consegui entender qual sua crença, em que vc acredita, qual Deus vc serve.

Como alguma pessoa escreveu por aí, a fé de cada um é indiscutível, vc pode acreditar e ter fé em santos, e outras pessoas não.
Vc pode achar que usar algum objeto te proteja, e outras acham isso um pecado.
Enfim, acho q pra todas as religioes o Deus é um só, mas cada um o interpreta de maneira diferente, e outras ficam tentando entender a sua existencia, assim como esta sendo este debate.

Mas acredito que mesmo aqueles que desconfiam, na hora que precisam, quando está no aperto, só temos uma "pessoa" a recorrer, e este sim é o nosso Deus, Para onde eu e creio que a maioria aqui levamos a nossa fé.

Quando li o tal do livro "O SEGREDO" interpretei que todos aqueles métodos que eles ensinavam a usar não passavam do que nós chamamos de fé.
Ou seja, vc pode aquilo em que vc acredita.

É como o vento, a gente não pode ver, mas podemos sentir.
Assim é Deus, não sabemos se homem ou mulher como vc interpretou, mas sabemos que existe.

Bem vc eu não sei, mas pra mim ele existe, é só acreditarmos.

Beijos meu querido.

8:09 PM  
Blogger Inamara said...

Pois é
Esse assunto é infindável....
Terminei de escrever e fui postar e já havia mais 5 comentários incluídos....enquanto lia o da Aline ia pensando exatamente em tudo que encontrei quando terminei de ler a página...ou seja...o seu comentário...e me fiz exatamente as suas duas últimas perguntas....pq, como vc, imagino as respostas!!!
As pátrias que têm um deus como Senhor são as que mais fazem as guerras ditas santas ...e pode haver guerra que seja santa?? Qual Deus abençoaria uma guerra??
Uma pátria tem que fazer Senhor o ser humano, para que este seja livre e possa escolher o seu Deus...isso é respeito, igualdade, direito, livre-arbítrio...sendo assim...essa pátria poderá contar com seres humanos que respeitem uns aos outros indiferentes às diferenças!!!
Esqueci de dizer tb que vc me “decepcionou” tb ao terminar de ler seu comentário explicando pro Junior o por quê do celibato na poderosa Igreja Católica...pensei em dizer a ele quando fosse escrever e depois fui descendo....e vc já tinha dito exatamente o que é a verdade!!! rsrsrs
Por fim...lembrei-me do filme O Nome da Rosa (do livro homônimo de Umberto Eco) que mostra como a Igreja manipula a fé, mostra um convento onde monges começam a morrer misteriosamente e vem um Inquisidor para saber o que esta havendo ali....o fato é que eles tinham livros que diziam da “humanidade” de Jesus, que sorria, ia à festas, bebia vinhos e a Igreja achava que não se podia divulgar tais fatos, senão perderia fiéis, senão não se conseguiria credibilidade, então envenenavam os livros que contavam tais fatos, e os monges curiosos pegavam os livros para saber o que de tão proibido havia ali, e ao lamber os dedos para virar as páginas, envenenavam-se e morriam sem poder contar aos outros o que haviam descoberto!!! Um filmão....mesmo eu tendo contado o fim (putz!! rsrsrs) Vale assistir!!!
Beeeiiijooosss

8:22 PM  
Blogger Erickson Sena said...

Tenho que concordar com você Tico, também estou gostando bastante de tudo isso!

Também concordo com a afirmação sobre POR QUE OS PADRES NÃO PODEM CONSTIRUIR FAMÍLIA!

É bem óbvio! Desde a época dos feudos a igreja "suborna" e "engana" famílias, desde o ganho de terras erdadas até a venda de "lugares no céu"!

Perguntinha para Aline:

Você acredita que alguma guerra, pode ser SANTA?

Responda se quiser!

Mas será que alguém pode matar em nome de Deus, Jesus ou seja lá quem for?

Outra coisa:

Se a felicidade de nossa nação depende da "influência" de Deus, por que ainda existem pessoas tristes no Brasil?

Veja bem, a Igreja Católica vem perdendo espaço para a Evangélica e "outras" (que levam outro nome mas são a mesma coisa), mas ainda assim é a religião com maior número de "fiéis"! Sendo assim, sua influência é grande!

Sendo assim, não entendo seu argumento!

Abraço Tico!

Sorte Sempre...

Erickson Sena

8:37 PM  
Blogger Erickson Sena said...

Desculpe Tico!
Sei que o assunto aqui está muito bom, mas gostaria de fazer uma propaganda do meu blogger!
Neste último post estou falando sobre o PSF - Programa de Saúde da Família!

Este programa é do SUS, e recentemente uma portaria acrescentou ao programa profissionais de nutrição, ed. física e psicólogia.

Se achar interessante, dê uma lida lá!

Será um enorme prazer!

http://ericksonsortesempre.blogspot.com/

abraços!!!

Erickson Sena

9:15 PM  
Blogger *Carol Carolina* said...

Durante a pesquisa do meu Tcc, oq mais encontrei foram católicos nao praticantes.
eles(população mais simples , no geral...) simplesmente se dizem católicos, pelo fato de terem sido batizados ou feito primeira comunhao; mas seguem outra religiao ou crença, como umbanda, espiritismo.
Um teólogo me disse q o ultimo senso detectou q as religioes nao haviam crescido no país; só que elas creesceram sim! Ele foi mais além e comentou q a população ao responder o senso, simplesmente se diz católica. por ex: Eu frequento terrero de umbanda e tomo passes no centro as vzs, mas minha religiao é católica.

Portanto, deixo algumas perguntas:

pq ainda temos em mente q só podemos ser "normais" se formos católicos e pensarmos dentro dos padroes? a igreja ainda exerce um poder sobre nós?

Pq nao podemos assumir nosso sincretismo, e acreditar q tudo q fazemos para nosso bem, e para alimentar nosso espírito e alma, esta certo?

e reforço a sua tecla Tico: Quem é o deus verdadeiro? e quem sao os falsos?
pq o seres tendem a afirmar o que é ou nao verdadeiro, se baseando no que lhe foi dito ou lido em algum texto????

estou amando essa "troca" q esta rolando aqui.

obrigada!

9:00 AM  
Blogger Luiz Alves said...

Tico, Creio que a grande pergunta seja:

QUAL A RELIGIÃO DE DEUS???

9:24 AM  
Blogger Leticia said...

A discussão está mesmo muito boa. As idéias e oposições estão fluindo tranquilamente, sem julgamentos. Muito Bom!
Vou então sair um pouco do aspecto religioso pra fazer um questionamento. Atentem amigos que é apenas um questionamento, e não uma crença. Vamos lá.
E se Deus não existir?
Baseamos todos nossos ideais religiosos, sejam quais sejam, na idéia de que Deus existe. Cada religião com a sua personificação, mas Ele existe.
E se não existir?
E não estou aqui procurando prova da existência, mas sim argumentos contra a inexistência.
São muitos os filósofos ateístas. Um deles é Satre, que escreveu “O ser e o nada”. Nesta, defende a idéia de que a existência de Deus é validada somente por si própria. Ainda, demonstra a má-fé daqueles que crêem em Deus e na Religião como forma de anular a responsabilidade de ação do ser humano.
Seria então Deus uma criação (imaginária) do homem? Uma forma de projetar o que há de melhor em nós?
À parte de não existir evidência alguma da existência de Deus, o ateísmo científico nega a idéia de que tudo tem que ter sido criado por uma força religiosa maior.
O filósofo e teólogo Feuerbach alega que Deus nada mais é do que a projeção do homem sobre a vontade da perfeição. Sua obra “A essência do Cristianismo” (pra quem interessa, foi lançado pela Editora Vozes ano passado) sustenta que a relação homem-Deus nada mais é do que a relação homem consigo próprio, e que a religião abusa deste sentimento, utilizando-o em benefício próprio, o que afasta o homem do valor real da religião.
Quanto à criação do mundo, não há sequer necessidade de embasar a afirmação de que o universo existe, e existe como é. O universo existe, Deus não. Existem várias teorias de criação do Universo, com e sem a participação Divina.
Então seria a existência de Deus apenas consciência? Talvez não. Porque a consciência depende da existência, e não ao contrário. Como dizia Feuerbach, o real precede a idéia. Ou não?
Mais. Se Deus não existe, possuir crença ou ter fé é apenas uma criação e/ou simbologia cultural para ratificar a aceitação do desconhecido? E para combater o medo da morte?
Bertrand Russell disse: “Há um argumento moral para a crença em Deus, que foi popularizado por William James. De acordo com este argumento, devemos crer em Deus porque, caso contrário, não nos comportaríamos bem. A primeira e maior objeção a esse argumento é que, no melhor dos casos, não se pode provar que há um Deus, mas apenas que políticos e educadores devem tentar fazer as pessoas pensarem que há um. É uma questão política, e não teológica, se isso deve ser feito ou não. Este argumento é do mesmo gênero daqueles que sustentam que as crianças devem ser ensinadas a respeitar a bandeira nacional. Um homem com um mínimo de religiosidade genuína não ficará satisfeito com a idéia de que a crença em Deus é útil; ele desejará saber se, de fato, existe um Deus. É absurdo pensar que as duas questões são a mesma coisa. Nas escolas infantis, a crença no papai Noel é útil, mas homens adultos não pensam que isso prova a real existência do papai Noel.” (tradução livre, vide
http://adrianoped.blogspot.com/2007/04/atesmo-de-russell.html).
Manifestem-se.

9:58 AM  
Blogger *Aline Helen* NINE said...

Bom Tico, você pediu para que eu responda, então ta.

Existe fumante não praticante?
É claro que existe fumante.
O praticante pode até ser o Cristão que não segue segundo a palavra de Deus.

Sexo é para procriação?
Sim, como viríamos ao mundo se não fosse o ato do sexo?
Mas muitos levam esse ato como prazer da carne.


Não se pode usar camisinha?
Quem disse isso foi uma pessoa sem “lógica”, a camisinha, nada mais
é que uma prevenção contra doenças e gravidez indesejáveis.

Ser contra a salvação de outros seres humanos através do desenvolvimento científico
De células tronco?
Contra? Nunca, pois quem foi que deu tanta sabedoria ao homem pra conseguir salvar
pessoas doentes?

A afirmação:
A felicidade, se encontra naquilo que te faz bem, ou seja sua família e tudo que está em sua volta. Então se tudo está bem, é porque alguém cuida de nós, muitos até possa achar isso um invento mas esse alguém existe.

Que verdadeiro Deus é esse?
De qual estamos falando?
Estamos falando do Deus de todos nós.
Não existe deus melhor ou pior, o que existe é a Verdade.
Estamos falando do Deus que te criou, ou você acha que tudo veio de uma explosão chamada big beng?
Estamos falando de um Deus, que é o seu Deus, não aquele que todo mundo acha que foi tudo uma historinha de amor e esquecida pra sempre, ele nunca repete seus dias, sempre são diferentes pois igual a Ele não há.

2ª Explicação:
Por que vivemos sempre em conflito mesmo que seja por uma besteira de nossas vidas no cotidiano? Porque não sabemos interpretar o sentido das palavras escritas por historiadores da Bíblia, muita gente pode até pensar que é feliz, mas quando nos afogamos em nossas dificuldades profundas, não sabemos como sair da lama que você guardou em seu quarto frio e sombrio de sua alma.

Pois bem “quem são os deuses falsos?”
Não quero blasfemar, mas acho que milagre o barro não faz.
Se você acredita em deuses, quem sou pra fazer você desacreditar?

A nossa sociedade não é governada pela religião, pois onde vivemos,essa saciedade é uma mistura de várias religiões, se fosse,seria uma plena confusão, pois não existe a religião falsa, para a maioria todas são verdadeiras, e que assim seja, acreditem em deuses que os satisfazem.
Qual é a lei de Deus?
Acho que você deve ter uma em casa.
Uma espada de dois gumes.
Quais são os ensinamentos de Jesus e de outros?
Todas essas perguntas encontrará na própria lei de Deus.


Postura arrogante?
Boa pergunta, qual a religião que prega o verdadeiro Deus?
Se pensar bem todas as s crendices vão sempre dizer o verdadeiro Deus é o Sol, ele nos dá vida, calor e coisas e tal.
E se só existe o Sol?
Morreríamos, mas ainda bem que Deus pensou em tudo, fez os outros seres, no qual o homem adora como de fosse um deus.

Não importa o que você é.
Somos sim seres humanos racionais, mas em determinados assuntos temos que ter entendimento, o que você pode depois pensar...”e você tem entendimento Aline Helen?”
È claro que não sou teólogo, mas me custa responder sim suas perguntas.

Não quis desconsiderar nenhuma religião, acho que todas elas seguem o mesmo deus e não sabem.

Intolerância? Posso até pensar diferente de você, é óbvio, não somos iguais, acredita que até isso Deus fez, sua imagem e semelhança mas cada um diferente do outro.
Eu sou diferente igual a todo mundo, você também é?

Tu achas que a Bíblia não é um livro sagrado,E por que todos estudam esse livro a milhares de anos?
È claro que a bíblia foi escrita por profetas, mas ninguém me disse que luz é aquilo que ilumina, a luz do mundo e aquela que tira escamas de seus olhos e faz crer que tudo não passou de uma venda nos olhos, daí você passa a enxerga as pessoas e o mundo bem diferente do que você costuma ver todos os dias.

No caso de não querer interferir a ninguém, é que, existe pensamentos diferentes com já disse, e que tomasse conhecimento do que estão apregoando por ai, palavras ditas em vão não melhora ou piora nada, e nem ninguém, por isso que digo, não quero que isso que escrevi venha trazer alguma dando aos diversos pensamentos que aqui existe.

Acho que pelo menos tentei responder suas perguntas.
A minha orientação religiosa?
Bom
Deixe-me ver...
Acredito no Deus que me criou o que existe dentro de mim.
Tenho 16 anos, posso ser nova e falar coisa que não convém, mas sempre tentei me superar e pensar sempre diferente de todos.

Beijosssss

Aline Helen.

10:31 AM  
Blogger Clube da Insônia said...

Queridos amigos.
Como este debate está sendo enriquecedor. Estamos tratando o assunto com argumentos inteligentes e principalmente baseados em conhecimentos. Isso faz uma grande diferença.

Querida Aline Helen:
Não sei por que motivo não quis dizer que és evangélica. Não tenho preconceito contra evangélicos embora reconheça que esse segmento do cristianismo seja extremamente radical e intolerante. Como você mesma colocou, você tem as verdades e nós é que não sabemos. Tudo certo.
Não estou aqui para tentar mudar seu ponto de vista, estamos apenas mostrando que é esse tipo de condição que gera guerras, distúrbios familiares, brigas e conflitos em geral. Eu temo pelo crescimento de algumas correntes evangélicas no Brasil, pois seus seguidores são radicais e beiram o fanatismo religioso que pode no futuro tornar-se mais um grande problema para esta nação. Sinceramente, com você não debato mais. Já entendi sua posição e RESPEITO. Embora continue achando ARROGANTE.

ADOREI a pergunta do Luiz Alves:
"QUAL É A RELIGIÃO DE DEUS?"
Fantástico isso, alguém pode responder com certeza?

Outras colocações foram muito bem empregadas, mas sinceramente amigos, ressalto mais uma vez que este é um exercício de argumentação, NINGUÉM PROVA NADA.

OSHO um filósofo indiano assassinado pela CIA, hoje vendido nas livrarias como "Auto-ajuda" ( o que na minha opinião acaba tirando dele a credibilidade e isto pode ser também uma maneira de afastar pessoas que se interessam pelo assunto de seus livros) diz que:"Tanto os que Crêem em Deus quanto os ateus estão no mesmo barco, pois ambos pregam certezas que não podem ser coletivamente comprovadas" e então ele segue "você deve crer nas experiências que viveu, se estas foram divinas, sobrenaturais, inacreditáveis aos olhos dos outros, pouco importa, o que importa é que fora vivida por ti e não precisa ser imposta a mais ninguém". Baseio-me nisso.

Em alguns estudos tive acesso a uma teoria que sugere que a crença em UM DEUS PERFEITO, como é muito comum, baseia-se na passagem de PLATÃO " Alegoria das cavernas", texto básico para quem quer estudar filosofia, sociologia, antropologia e tantas outras ciências que tratam do pensamento humano. Fazendo uma síntese, o que Platão nos conta é que alguns homens estavam presos por correntes dentro de uma caverna. Nas paredes desta caverna eles enxergavam o mundo por sombras que eram projetadas de algo externo, ou seja, estas sombras nada mais seriam do que representações imperfeitas de algo perfeito que estava acima do conhecimento desses homens. **** O homem foi feito a imagem e semelhança de Deus**** (...) *** Deus perfeição***, ***Homem não***. Contudo um dia um dos homens consegue arrebentar a corrente e vai seguindo uma luz que o leva para fora da caverna. Ao colocar a cabeça para o "novo universo" ele imediatamente fica CEGO tamanha a quantidade de luz que invade seus olhos. Acostumado com a PENUMBRA da caverna o homem leva um bom tempo até conseguir adaptar seus olhos para enxergar o que existe além de seu pequeno mundo de sombras.

Isso pode ser interpretado de várias maneiras. Interpreto esta LUZ que cega como o conhecimento. Num primeiro momento gera confusão, conflitos, dúvidas, depois você vai percebendo o quanto ele é abrangente e imensurável, pois não somos humanamente capazes de absorver Tudo o que fora gerado por milhares de homens e mulheres de tantas culturas diferentes ao longo de tantos milhares de anos.

Prefiro continuar minha busca interior e fazer de minhas experiências pessoais com os diversos tipos possibilidades uma boa razão para estar vivo e não ser escravo de um DEUS que impõe leis e pecados que soam antinaturais, pois o PRAZER, O SEXO, A DIVERSÃO, O CONHECIMENTO, A EXPERIMENTAÇÃO DO MUNDO é uma dádiva que recebemos da evolução das espécies que nos trouxe até aqui. Se o SEXO NÃO FOSSE PRAZEROSO não serviria para a reprodução pois a humanidade não teria qualquer tipo de interesse em praticá-lo. Sabemos que priorizamos o que nos traz sensações boas e esse é o grande TRUNFO da evolução.

O que as religiões em sua grande maioria pregam é a CULPA, pois uma vez o indivíduo sentindo-se CULPADO torna-se um alvo psicologicamente mais frágil e suscetível a "salvações" e etc.
Tanto é que TODO CRISTÃO já nasce com um HOMICÍDIO NAS COSTAS. Afinal de contas de Jesus foi crucificado ( leia-se ASSASSINADO) para nos "salvar" então somos temos que fazer jus a este sacrifício.

Ao longo desse pensamento também fiquei pensando, nos salvar de quê????????????

Ao longo dessa pergunta fiquei pensando, se quem vai para o paraíso é supostamente aquele que abre mão dos prazeres dessa vida, o paraíso dever ser CHATO DEMAIS.
Um lugar cheio de gente cagando regra.

Pois estou nesse momento fundando uma nova seita, deposite o seu dinheiro na minha conta e vamos todos fazer uma poupança coletiva, na próxima encarnação lhes devolvo com juros e correção. Se hoje você é uma pessoa de poucas posses, confia em mim, não será necessário comprar um pedacinho no céu, o céu é muito, muito, muito, infinitamente grande e está desvalorizado. Deixe sua grana na minha administração e me procure na próxima vida, assim você poderá aproveitar todo o trabalho e dedicação desta existência.

Beijos

Tico Sta Cruz

11:53 AM  
Blogger edilza said...

Este comentário foi removido pelo autor.

1:29 PM  
Blogger Luana said...

OI Tico, OI gente loooucaaaa,

Bem, assisti ao documentário inteiro e senti que meus sentimentos mudaram de acordo com as 3 partes do vídeo. Sobre a Religião, acredito que realmente esta estória que se repete sobre a virgem imaculada, a cricificação, pode ser mesmo advinda da observação astrológica, o que me causou grande alarde de como a Igreja pode ser tão cara de pau. E ao mesmo tempo, angustiante, por que todos nós, mesmo os que não crêem ou são fanáticos, ou melhor ainda: os "praticantes...haha", temos esta hisória de cristo cravada em nossa memória desde que somos pequenos, vi um pequeno mundo em mim desmoronar. Confesso, que nunca me identifiquei com os preceitos da igreja católica, mas vejo minha família rezar...receber a Nossa Senhora em casa. Minha vó reza demais!!!Me deu um pouco de dó e ao mesmo tempo contade de nem comentar isso com eles, afinal eu seria UMA HEREGE!!!!!
Eu acredito que existe uma energia, uma força, pode ser a do fucking SEGREDO, pode ser de JESUS e na verdade a questão é esta: a fé esta em nós, agora em quem vc vai se agarrar para pedir o que deseja, é escolha de cada um. A personificação da fé não me interessa e se Jesus existiu massa!!! E se não....ficaria meio desconfiada de tudo o que ja escutei na vida, como estou agora, depois de ver o documentário.
Proximo: Torres gemeas
Acredito totalmente que o Bushyardigans tenha tido o sangue frio de fazer isso com seu povo. Esta, pra mim já ta meio na cara e me espanta muito ter ouvido do meu avô no dia dos atentados, ( vimos juntos, ao vivo, a 2ª torre ser atingida) sabe o que ele disse: " Foram eles mesmos que fizeram isso!!"
Então isso pra mim ja virou fato histórico.
Sobre os bancos é que fiquei intrigada e com uma leve tendência a não acreditdar....ou querer acreditar. Não me refiro ao sistema financeiro e guerras, mas à parte do chip.... achei que aí é demais... foi muito pra mim.... O que estes caras vao fazer com dinheiro num mundo desses, neste mundo que eles querem construir!
Dizem que os americanos são o povo mais idiota que tem, concordo!!!! Aquela familia que qieria servir de teste.... fraaaaancamente!!! ahahah
Mas acredito que isso seja daqui ha um bom tempo.
E a minha viagem maior:
No dia em que a religiao católica estiver totalmente desacreditada, todos os chips implantados, estaremos na era de aquarius!!! Grande merda de mundo.

Odeio fanáticos, sempre odiei. Mas to começando achar que os fanaticos pela ética, pela natureza e pela paz, vão salvar o mundo.

Me tornaria fanática por estes ideais.

Bjs a todos.

1:29 PM  
Blogger Altieres said...

Estou um tempo fora mas vejo que aconteceu coisas pacas!!
Eu vi alguns videos e realmente são pra fazer agente pensar muito.
Acho que os astros tem ainda hoje muitos misterios, imagina antigamente como eles eram um bicho de sete cabeças para as civilizações antigas. Acho também que essa é uma teoria muito boa para ser debatida "será que os deuses não passam somente de astros?", mas particularmente eu acredito em Deus não importa como ele é se é mulher um sol um big bang uma força cosmica ou uma molecula eu acredito nessa força que nos criuo...
depois eu continuo... tenho que sair

1:38 PM  
Blogger Monica said...

Ola Tico
Que otima ideia vc teve de se depilar!!!!!!??????? .....
Mas falando serio, acho realmente que podemos continuar procurando respostas e respostas, tentar entender a maneira das pessoas pensarem, buscar orientações em diferentes ramificações de religiões ou crenças da sociedade. Mas ha um certo ponto onde somos limitados.
Vou dizer o porquê.
Primeiramente, as religiões foram criadas pelos homens, é como um filme, você conta a historia que quer e dependendo, aquela que agrada a maioria, ganha o oscar. Que é o caso da religião catolica no Brasil, onde possui a maioria dos votos.
Neste caso, o que eu acredito realmente é que deus existe de uma forma diferente para todos, e nunca é o mesmo, mesmo entre aqueles que dizem acreditar no mesmo deus, como por exemplo, sou de formação catolica, simplesmente porque foi a educação que me foi imposta por meus pais, não tive escolha, fui batizada, fiz a primeira comunhão e a crisma na igreja catolica. Mas não me casei na igreja. Vivo com um homem de formação ortodoxa, teoricamente acreditamos no mesmo deus, temos as mesmas crenças, a mesma biblia, o que difere é que os ortodoxos cortaram o cordão umbilical com Roma, mas os fundamentos são os mesmos. Então porque a separação? Diferença de opinião, os patriarcas ortodoxos podem se casar, e ter filhos, tudo muito normal, essa e muitas outras...
Agora respondendo a sua pergunta, se existem catolicos não praticantes, posso dizer que sempre achei ser uma, porque cresci na igreja catolica e me afastei assim que adquiri conhecimento, comecei a questionar varias coisas. Como porque proibir a camisinha, se ela evita doenças? e todas a outras que vc fez anteriormente.
E porque Deus deixou a fruta sabendo que Adão e Eva comeriam, e que seria esse o mundo de pecados e maldades?? E como poderiam Adão e Eva serem o primeiro homem e a primeira mulher, se seus filhos Abel e Caim, quando partiram encontraram com outras pessoas, de outros povoados? Mas eles não eram filhos das primeiras criaturas do Senhor??? Então parei de perguntar, porque simplesmente não tem resposta, a religião tal qual nos é apresentada não foi feita para ser questionada. Vc acredita ou não.
E eu decidi desde então continuar a questionar, não mais a religião, mas sim, o que eu creio de verdade.
Quanto a pergunta do Luis Alves, hoje posso dizer pouco me importa qual é a religião de Deus, porque a religião pra mim não tem a menor importancia, todas são como partidos politicos, tentando convencer o maior numero de eleitores.
Meu questionamento hoje é qual a minha importancia neste mundo, por estou aqui, como cheguei e pra onde irei depois disso tudo?
Então porcurando provas da ciência que me esclareçam um pouco, descobri que somos feitos de luz e energia que se atrairam e se desenvolveram, dando resultado a uma evoluçao que levou bilhares de anos para nos tranformar no que somos hoje, o que me convence em partes mas não me faz parar de perguntar.
Entao surge uma nova pergunta, se puder me ajudar a encontrar uma resposta convincente?
O que criou a primeira da primeira da primeira micro poeira que deu origem ao universo??? Que era calculado do tamanho de uma cabeça de alfinete antes do que chamamos de big ben e que continua em expansao, até quando, pra onde???
Ai eu te digo que acredito em um Poder Superior, Algo disconhecido de todos ainda, que muitos chamam de Deus, Allah, Elohim, e varios outros nomes que vc ja descreveu.
Porque deve existir uma explicaçao para o inicio de tudo, mas talvez nunca saberemos, talvez não enquanto que homens.
Fica realmente dificil acreditar puramente na evolução provada pela ciência, e mais dificil ainda acreditar na religião ditada pelos homens.
Sem termos certezas de nada, e sabendo que nunca teremos, deveriamos parar de perder tempo em questionar a crença das pessoas, e sim questionar o que realmente queremos fazer de nossa existencia:
Uma simples passagem por esse mundo, em busca do aprendizado continuo, e deixa-lo ai, quietinho para que os proximos que chegarem possam continuar a tentar elucidar a questao da existencia.
Ou fazer uso da religiao para destruir tudo que ai esta, ate mesmo a nossa propria especie, sem ao menos responder uma de tantas perguntas.

3:57 PM  
Blogger silvana said...

E voc� ainda disse que toda essa discuss�o surgiu de um momento seu "sem inspira�o" no banho, por a� j� se v� que l�gica � uma coisa sem l�gica mesmo...Eu na verdade (at� onde posso ver)compartilho das mesmas id�ias suas, ent�o n�o quero me repetir na argumenta�o, at� porque estou no meu emprego... rs , mas achei muito significativo o fato das pessaos estarem com sede de discutir esses assuntos, isso denota uma din�mica evolucional muito �mpar pela qual acredito que passa a humanidade nesse novo s�culo.Eu sou praticante do movimento do "calend�rio da paz" origin�rio da cultura Maia e n�o sei se vcs conhecem, mas tem tudo a ver com todo esse processo de loucura coletiva pelo qual passamos atualmente, onde os valores est�o confusos e muito se discute e pouco se conclui, mas � isso a�...esse exerc�cio faz com que cada um tenha suas pr�prias saca�es pois as conclus�es s�o individuais e em constante muta�o
pois quanto mais sabemos mais entendemos que nada sabemos...ent�o viva a diversidade de id�ias e de tudo mais...ning�m nem nada � igual e isso � que torna estimulante viver; resumindo gostei muito da sua depila�o.
bjsss

4:23 PM  
Blogger Junior São Gonçalo said...

Ina, o Tico explicou o celibato para a "Verdinha".
Eu já sabia sobre o mesmo(sempre gostei de História).Acho que houve um equívoco aí heim! rsrsrs

Falando sobre os outros coments, tô contigo nessa nova seita/religião/sei lá o que...rsrs
Mata-se por religião, acumulam-se riquezas extratosféricas, publicam-se livros, teses e INFINITAS correntes sobre "Deus", "Jesus" ou como melhor prefiras chamar, e...
e...
e...
NADA de claro!

Tenho certeza (Vamos imaginar essa situação) que quando o tal dia em que "jesus voltará" (se é que ele foi - sei lá, existem muitas expeculações)chegar, haverão aqueles que exaltarão este ser...outros não...haverá a ciência querendo comprovar a veracidade...
ENFIM...
Haverão tantas coisas e na verdade pra mim, não haverá NADA de concreto!

Já discutiram se Deus é substantivo ou não e ainda, abstrato ou concreto...

PREPAREM-SE!!!!!

Não sei o apocalipse...

mas "O RETORNO DE SATURNO" vem aí!!!

(Merchan básico)

Mas no momento é a única coisa em que ACREDITO!!!rs

Valeu irmão!
Seguimos

JUNIOR

6:04 PM  
Blogger Inamara said...

Oi Junior
É mesmo...desculpe...confundi...são tantos comentários....Desculpe mesmo!!!

Bem Tico...infindável mesmo este assunto...estou aqui DE NOVO!!!
...e de novo confirmamos as respostas que prevíamos.....e de novo....pensamos a mesma coisa....dessa vez eu peço pra sair...seria preciso estar frente a frente para tentar discutir, argumentar e faze-la entender...escrever seria muito cansativo...mesmo pq nem dá pra ter completa compreensão dos argumentos que ela usa escrevendo, tb pq acho que boa parte do que dizemos não é “entendível” e tudo vai se confundindo...confundindo e ficando mais e mais difícil....tb não debato mais por ali!!! ...pelo menos escrevendo...não estou com tanta disposição assim!!!!
Vc falou da culpa...e dos prazeres.....e esse é um assunto que sempre debato quando falo de religião!!!
Imagine os enfrentamentos pelos quais passei estudando numa escola de freiras, sendo como sou e filha de quem sou (minha mãe sempre foi uma liberal e um dia, quando a freira foi a minha casa “obrigar” minha mãe a me fazer ir ao catecismo... minha mãe respondeu à ela que eu só iria se tivesse vontade verdadeira dentro do coração, então a freira argüiu minha mãe sobre o porquê de ter me matriculado num colégio religioso e ouviu dela: Porque é o melhor colégio da região em termos de ensino regular!!!).
CULPA é exatamente o mote de todas as religiões....sem ela, elas não existiriam...seja bom pra ir pro céu, Deus vê tudo o que vc faz, siga o que lhes ensinamos que o caminho para o céu será certo.....
Imagine tb o que seria do mundo se não fossem as religiões...se eu olhasse pra alguém que me aborrecesse num dia qualquer, simplesmente o estrangularia e continuaria vivendo a minha vida (acredito piamente que todos podemos ser bons e maus na mesma proporção e que a culpa, o medo, o mistério que é a vida...de onde viemos, pra onde iremos e o que fazemos por aqui nos poda muuuiiitooo...nos freia os ímpetos!!)
Para isso nasceram as religiões, seitas, credos...imagina na Idade da Pedra como se portavam os seres humanos antes de enfiarem coisas nas cabeças deles?? Talvez como animais?? Sim...os animais apenas seguem seus instintos e seus medos são por sua sobrevivência apenas....e não fazem maldades pensadas como este tipo de animal que somos e que enfiaram tantas coisas cabeça a dentro!!! Será que pensar fez mal a nós animais “racionais”??
Tb não acredito nisso....O pensamento trouxe coisas maravilhosas como estes dois exemplos que vc descreveu (OSHO e Platão) e muuuiiitooosss outros....trouxe discernimento, busca, inquietação e para alguns......verdades absolutas encontradas nas religiões, mas que, em minha opinião, não são nem verdades, nem absolutas, nem trazem nada além do medo e da hipocrisia, pq as pessoas acabam esquecendo de viver intensamente e trocam a vida verdadeira por uma recompensa prometida, na hipocrisia de não fazerem coisas pelo medo!!!
Quanto a viver intensamente....lembrei de uma música do Roberto Carlos que diz: “Será que tudo que eu gosto é ilegal, é imoral ou engorda??”
Já percebeu que a gente só corre risco de se viciar no que é prazeiroso...ninguém se vicia em comer merda!!
Claro que acredito que tudo que dá prazer tem que ser dosado...senão vira compulsão e chega um ponto que vc precisa sempre mais e mais para atingir o primeiro prazer...e a busca vira doença....por isso mesmo os prazeres são pra serem saciados, não nos viciarmos neles, senão perdem o motivo do que “nasceram” pra ser....o que seria ilegal (drogas, “álcool”)??..imoral (sexo)?? engorda (comer)?? Estão na lista dos pecados capitais?? Gula...Luxúria...Preguiça???.......
A Igreja é muito esperta mesmo e pega os desavisados, os que não se permitem pensar, muito facilmente!!
Essa sua interpretação sobre a LUZ/CONHECIMENTO foi perfeita e muitas vezes tenho angústias por saber que não conseguirei saber tudo o que há para se saber... e já coloquei aqui uma frase que foi a primeira página do meu TCC e que sempre ouvi de minha mãe: “O saber é ilimitadado...a ignorância é que tem limites!!!”...
Bem....antigamente passava uma novela que “mostrava” o céu e quando isso acontecia o Julio Iglesias começava a cantar...dai eu dizia...EU QUERO IR PRO INFERNO então!!! Pq lá deve tocar rock!! Depois veio o Zeca Baleiro cantando:

O cara mais underground que eu conheço é o diabo
que no inferno toca cover das canções celestiais
com sua banda formada só por anjos decaídos
a platéia pega fogo quando rolam os festivais

Enquanto isso Deus brinca de gangorra no playground
do céu com santos que já foram homens de pecado
de repente os santos falam "toca Deus um som maneiro"
e Deus fala "agüenta.. vou rolar um som pesado"

A banda cover do diabo acho que já tá por fora
o mercado tá de olho é no som que Deus criou
com trombetas distorcidas e harpas envenenadas
o mundo inteiro vai pirar com o heavy metal do Senhor....

Agora vem vc com esta idéia desta nova seita...e sendo um roqueiro...o que muito me agrada em termos de música......sei não!!!! Acho que topo!!!! Manda ai o número da conta e vamos ser felizes aqui mesmo que aqui a gente já sabe o que rola e onde está o que nos dá prazer...
Até nosso próximo e prazeiroso encontro.......rsrs

Beeeiiijooosss

8:13 PM  
Blogger Cristal said...

Então...
Acho que Deus não tem uma religião específica. Acredito que esse Ser Divino, seja Ele como for e aonde quer que esteja, deseja apenas que as pessoas vivam em amor, sentindo prazer em ajudar uns aos outros.
Se esse sentimento existisse realmente, anularia a vontade que o ser humano sente em se "aproveitar" dos demais. Todos participando dos esforços e dos benefícios, igualmente.
Porém, veio o homem e começou a apresentar detalhes diferentes. Uns dizem que o religioso não pode casar, outros dizem que sim. Uns dizem que o sábado é sagrado, outros o domingo. Uns, que não se pode doar sangue, outros fazem campanha para doação, e assim por diante. E o pior de tudo isso é que além de "criar" essas diferenças e dar nome a ela(na crença), ainda passaram a considerar seus inimigos, todos aqueles que não compartilham dela, se achando, inclusive, no direito de tirar-lhes a vida.
O fato é que, é interessante que haja dúvidas e divergências na interpretação das pessoas, porque é isso que faz com que a evolução aconteça. São os erros e acertos que coloca o mundo em movimento, mas devido a falta de amor e ao apêgo exagerado ao poder, faz com que surjam as "guerras santas". E o pior é que se utilizam de crianças para lutar e morrer no lugar de quem as cria.
Essa eterna COMPETIÇÃO que existe entre os seres humanos. Estamos sempre querendo provar que somos melhor que alguém, quando na verdade, essa competição deveria existir somente com nós mesmos, tentanto sempre nos superarmos.
Outro dia eu li numa revista que os religiosos fanáticos se assemelham a torcedores de um time de futebol, brigando para provar que o seu "time" é o melhor, quando a diferença que existe entre eles são apenas símbolos, cores, canções...
Os homens resolveram ser os representantes de Deus, e se julgam capazes de decidir o que é certo ou errado. Usam a violência em nome da fé. Mas na minha opinião, Deus não tem nada a ver com isso. Esse negócio de culpa, céu, inferno, etc. Ele acaba sendo mostrado como responsável pelos erros dos homens.
Penso que tudo o que Ele quer, é que sejamos o seu braço direiro, ajudando uns aos outros, cuidando dessa natureza maravilhosa que nos foi colocada a disposição. Só que algo deu errado, e não foi o livre-arbítrio, mas sim, essa falta de amor que existe entre os seres humanos (me incluo nessa lista, porque também não consigo amar todo mundo). Sei que isso é utopia.
Desde o início da civilização isso nunca aconteceu e duvido que um dia irá acontecer.
Quanto a Bíblia, ninguém poderia viver de acordo com o que está escrito nela, nem o clero.
Vou dar só um exemplo: a mulher quando estava menstruada, era considerada impura, e não podia sair de dentro do seu quarto, porque poderia contaminar as pessoas que tivessem contato com algo que ela tivesse tocado.
Li isso na Super Interessante, que contou a experiência de um jornalista americano que tentou viver de acordo com as "leis" da Bíblia durante um ano. A situação chegou a ser cômica.

O fato Tico, é que mesmo as pessoas que estão tentando provar que Deus não existe, se deparam com pontos de interrogações, porque se alguém tivesse conseguido ser totalmente convincente a esse respeito, nós não estaríamos aqui discutindo sobre isso.

Gostei da visão de Osho, que tu mencionasse, acrescentando que eu penso que, se alguém pratica algo que sá prazer, traz alegria a outra pessoa, isso não pode ser considerado errado.
Tento seguir a minha vida sem prejudicar ou fazer mal a outros, e procuro ajudar sempre que possível.
E a única certeza que tenho é que devo aceitar todas essas incertezas, continuando sempre, nessa busca interior que tu mencionasse.

Quanto a minha dúvida se posso dizer que sou católica ou não, talvez falte criar mais um nome para aquelas pessoas que como eu, acredita um pouco de uma crença, um pouco de outra...
Brincadeirinha, chega de criar nomes, afinal, a maioria dos nomes são só rótulos mesmo.

Beijo de Boa Noite...

8:14 PM  
Blogger Erickson Sena said...

Na faculdade, quando se está começando a ler artigos científicos, publicações, periódicos e etc., a primeira coisa que uma pessoa ionesperiente faz é cooncordar com o que lê. Mas os professores nos ensinam que devemos pesquisar e estudar "duvidando" do que lemos. Porque se tudo for verdade, então fica muito fácil. Alguém disse isso, e ponto.
Aprendemos então a ver estes artigos com olhos descoonfiados, e com o tempo passamos a encontrar diversos erros, principalmente nos artigos mais antigos.

Sendo assim, como alguém pode acreditar/confiar/seguir ordens, leis e dizeres de 2 mil anos atrás?

Podemos desconfiar da bíblia pelo simples fato de ela ter sido traduzida diversas vezes perdendo assim a sua pura essência.
Ou podemos desconfiar dela, acreditando que foi escrita por um governo que precisava fazer de seu povo um cachorrinho bem obediente!


Concordo com o Tico quando ele diz que os evangélicos são (nem todos!) radicais, e alguns chegam a ser doentes!
Falo isso por experiência própria!
Moro num bairro de BH que é conhecido como Estoril, este bairro comporta o aglomerado (ou favela!) Ventosa, na minha rua são DUAS IGREJAS EVANGÉLICAS, e da minha casa eu escuto o culto deles.
Ao menos aqui, eu escuto mais "Diabo" que "Deus" ou "Jesus". Eles pregam berrando, e ganham dinheiro dos "fiéis".

A Igreja Católica é uma das instituições mais ricas do mundo e sabemos porque!
E as outras igrejas vem ficando bem ricas também, e embora muitos saibam porque, muitos outros fingem não saber!

Famílias tiram o dinheiro do sustento dos filhos para abastecerem o bolso dos pastores!!!
E já existe curso para se virar um pastor!

EU NÃO AGUENTO ISSO!
QUANTA CEGUEIRA!

Obrigado Tico, por nos arrebanhar, como um bom pastor, da melhor maneira possível, nos fazendo pensar!

Sorte Sempre...

Erickson Sena

8:33 PM  
Blogger Priscila said...

Muito legal ler vários tipos de opinião sobre o mesmo assunto, realmente faz a gente refletir e mesmo compreender melhor a mente das pessoas, tanto as mais radicais quanto as mais livres...
Eu não sou radical nem livre, já fui uma radical buscando equilíbrio, já estive no equilíbrio querendo me libertar cada vez mais, hoje tenho momentos de liberdade e momentos de equilíbrio... e só perco a razão quando me ofendo ou vejo pessoas ofendidas de alguma forma. rs
EM relação a religião eu penso da seguinte forma, as seitas, religiões, irmandades, assim como todas as organizações com ou sem fins lucrativos são compostas por seres HUMANOS e por tanto são FALHAS...
SInceramente acho chato ficarmos "masturbando" as coisas ruins realizadas por qualquer uma delas... se compreendemos o sentido do amor e do perdão (pregado não só por Jesus mas por tantos outros como disse o Tico...) a gente para de enxergar somente as barbáries e passamos a encontrar o que todas essas organizações podem oferecer de melhor...

Quanto aos evangélicos...eu também acho alguns radicais...porém de uma forma ou de outra eles pregam o AMOR quando estão lendo o novo testamento e se isso toca o coração de alguem que esta mal já fez algo de bom...
É claro que não podemos permitir abusos como roubo de pessoas inocentes em algumas igrejas criadas com a unica finalidade de ganhar dinheiro em cima de ignorantes, mas não podemos generalizar... é muito fácil apontar e generalizar.

Na minha opinião (quem assistiu o Segredo deve saber isso que estou dizendo) e aqui não falo sobre sermos "passivos" ok ? Falo sobre exercitarmos o nosso olhar, para atrairmos coisas positivas em nossas vidas, se nos fechamos e somos radicais apenas vemos o lado ruim para quem quer que estejamos olhando...

Coisas erradas, roubos, perseguições, traições... sempre existirão, cabe a nós não apenas distinguir o "joio" do "trigo" mas enxergamos o que de bom é feito por pessoas de bom coração.
Eu me considero católica por que tive essa formação religiosa, estudo a Biblia, e não acredito nela somente pelo que está escrito, mas pelo que me faz sentir em momentos que já estive desesperada e ali encontrei respostas para o meu desespero em palavras de AMOR, poderia ter encontrado no Alcorão ou em outros livros podia também... mas foi realmente muito forte e falou diretamente comigo. Não nego que a pressão dos valores a qual fui submentida não somente pela influencia da Igreja foi muito forte na minha adolescencia, mas eu soube e ainda estou aprendendo a lidar com tudo isso de uma forma mais suave... preferindo SENTIR o que DEUS fala ao meu coração.

sou contra alguns conceitos da Igreja, assim como sou a favor de alguns conceitos de evangélicos e assim como sou a favor de outros de judeus e contra também, não existe nenhuma religião perfeita por que NÂO SOMOS PERFEITOS e as religiões SOMOS NÒS HUMANOS!!! não há nada de sobrenatural nisso... O que há de sobrenatural e pode existir é o que sentimos através do que de melhor há em Nós, e isso não é privilégio de nenhuma religião em especial... qualquer pessoa que esteja mais conectada a sua espiritualidade sentirá Deus das mais diferentes formas dentro de si, sendo ele católico,judeu, muçulmano, hindu, budista, gnóstico, agnóstico... etc etc...

9:13 PM  
Blogger LiLiTh* Eliane said...

Tô pegando o bonde andando e querendo sentar na janelinha!!

Para mim:
Bíblia: É apenas um livro de história que utiliza o sentido figurado para descrever o passado com alguns textos bonitos e interessantes de se tentar decifrar e interpretar.

Também acho esse livro incompleto, visto que no novo testamento, muitos fatos ficaram de fora e foram excluídos... como os evangelhos apócrifos.
Com isso, acredito que a versão atual é um apunhado de informações que foram compilados de acordo com os interesses de uma determinada época e que perdura até hoje para manipular os crentes (crente = àquele que crê, acredita em algo).

Religião x Religiosidade: O que é DEUS? Quantos existem? Qual historinha é a correta? Por que Jesus e não Krishna? Existe? Invensão?

Sinceramente, eu acho que são perguntas que levam o nada ao lugar nenhum.

É fato que existe uma força inteligente e superior. Talvez esse ser divino somos nós mesmos que não utilizamos nem 15% da inteligência e nem sabemos o poder que temos. Talvez em um momento da vida estejamos tão desesperados que buscamos forças interior para superar algo e acabamos relacionando a vitória a um poder sobrenatural vindo dos céus.

Eu acredito que esses avatares (Jesus, Krishna, Horus, Mithra, Saint Germain, etc, etc, etc) existiram e estiveram em "vida", mas por uma questão cultural do país em que vivo chamo esse ser de Jesus, mas pouco importa o nome utilizado, pois TODOS são um só.

Os caminhos existentes também levam a um único destino. Portanto, por que querer convencer o vizinho de que ele está errado?

Acreditar e praticar alguma religião não é ruim ou negativo. O problema está no que se faz em nome da mesma.

No documentário li uma frase que gostei bastante: "Não sei o que é Deus, mas sei o que não é!!".

10:09 PM  
Blogger Clube da Insônia said...

Ótimas colocações.
Se alguém tiver curiosidade, copiar e colar tudo que fora escrito por aqui, poderá observar que temos um diálogo que poderia nos render um belo livro coletivo.
Temos muitas páginas com esclarecimentos importantes, colocações com e sem nexo, verdades absolutas sendo questionadas, frases de efeito.

Muito bom, fico feliz que teremos isso aqui registrado para sempre, pelo menos enquanto o pra sempre depender da internet.

Sendo assim, vou passar adiante, colocar um novo documentário e mudar um pouco o assunto.

Assistam os filmes.

Isso é uma riqueza que dinheiro e nem igreja nenhuma pode nos oferecer, o direito de pensar, de exercitar a mente, de trocar, sem medo, sem culpa, com total liberdade e respeito.

Não foi isso que sonhei pra mim, por este motivo estou extremamente feliz e satisfeito, pois estou vivendo coisas muito melhores do que imaginei algum dia ser capaz de viver.

Amo vocês.

Tico Sta Cruz

10:26 PM  
Blogger Cristal said...

Bom Dia Tico,

Também amamos você!!!
Sem brincadeira, é "a vera" mesmo.
Tu, ás vezes, é um cara chato e até grosseiro, mas essa tua vontade de aprender, de crescer...
é muito gostosa, e bate com a minha.
Não é necessário te conhecer profundamente pra perceber o quanto tu já evoluísse. Um exemplo é essa disposição de aceitar o que os outros pensam, porque há tempos atrás, tu agias de forma diferente quando era contrariado. E sabe o que é gostoso??? sentir que crescemos juntos, porque eu também mudei muito.
Foi isso que eu quis dizer quando me referi ao desejo de Deus, que as pessoas se ajudem, inclusive nesse sentido.
Eu ainda não tenho certeza, mais creio que agora estou conseguindo compreender o que tu queres dizer naquela música, em "amar somente pelo bem querer..."

Pra mim, aí é que está a inteligência de uma pessoa, usar aquilo que aprende com os livros, no seu dia a dia, contigo e com os outros. Porque acumular informações, qualquer um que tenha disposição, tempo pra ler e uma boa memória, pode conseguir, mais saber usar o aprendizado, não é para qualquer um não.
Outra grande diferença é a visão que a gente pode ter de cada situação, de cada pensamento. Já te falei isso, mas vou repetir: eu gosto da visão que tu tens das coisas. Não concordo com tudo que tu expõe, mas já me fizesse olhar algumas coisas por um ângulo que me era totalmente desconhecido.
Então, obrigado pelo tempo que tu divides conosco, e espero que esse "relacionamento" entre você e nós, seus amigos (alguns mais próximos, outros menos), aumente cada vez mais.
Tu me faz bem.

Beijo carinhoso na bochecha...

7:16 AM  
Blogger Sil said...

Claro!!!
Vou me casar virgem, só transarei quando quiser engravidar e, portanto, nunca usarei camisinha com meu marido.
Talvez as INÚMERAS de mulheres que eu atendia no laboratório em que trabalhei (QUASE UMAS 10 POR DIA), com sorologia de HIV ou Hepatite C (mtas vezes das duas doenças) positiva e com diagnóstico posterior aos seus 60 anos, fossem católicas fervorosas...
ELAS SEMPRE FAZIAM QUESTÃO DE CONTAR QUE PEGARAM A DOENÇA ATRAVÉS DE SEUS MARIDOS!!!
Se ser católico é ser otário e se FUDER com seus dogmas, dessa merda eu tô fora!

E eu sou sim bastante preconceituosa com os evangélicos...
99,9% deles me irritam com suas tentativas de me encaminhar pra luz!
ME DEIXA NO ESCURO, CARALHO!!!!

Odeio esses fanáticos!!!!
¬¬

9:27 PM  

Postar um comentário

<< Home