sábado, maio 21, 2005

Paz.exe

Um menino de rua vagando pelo Rio de janeiro, observa uma aglomeração de pessoas na praia de Ipanema. Chama seus companheiros e todos ficam olhando de longe os
"Bacanas" conversando, se organizando, movimentando faixas com dizeres que mal conseguem ler, pelo simples fato de não terem frequentado uma escola por tempo suficiente.
O garoto pega uma latinha e começa a puxar com a boca seu conteúdo e uma sensação estranha toma seu corpo como se aquele passaporte desse o direito de esquecer tudo que esta acontecendo na sua vida de 14 anos pra cá, quando num piscar de olhos fora expelido de uma barriga por uma parteira no alto da Favela de frente para a imensidão da vista que deslumbra os turistas americanos na zona sul do Rio.

Não soube explicar o que aconteceu depois daquele "MIlagre", sua memória o permite evoluir os pensamentos até os 7 anos quando resolveu que não suportaria mais a gritaria dentro do seu barraco. As agressões constantes por parte de seu padrasto alcoolizado que espancava sua mãe praticamente todos os dias. Ela lavava roupas para a classe média e ganhava o suficiente para comprar uma cesta básica que mal dava para alimentar seus outros 4 irmãos.
Sua vida no início era até um pouco mais organizada, a mãe dedicada o obrigava a ir para a escola pública, onde conheceu outros meninos com vidas muito semelhantes.
Quantas vezes eles não saíram de lá assustados com os tiros que partiam dos Fuzis possantes dos traficantes protegendo seu comércio da tentativa constante de invasão por parte de um grupo Rival. Ele não entendia muito bem o que se passava ali, depois de um tempo passou a ser normal ouvir tiros e bombas, chegar em casa e ver a mãe chorando, encontrar cadáveres nas escadarias da sua comunidade. Quando fugia da aula ia para praia e ficava encantado com o mar, ainda moleque, jogava futebol com os coleguinhas e essa era a parte mais legal do seu dia.
Percebeu então que existiam duas vidas para serem sobrevividas, uma dentro do barraco para o qual sempre voltava a noite depois de passar o dia todo perambulando pelas ruas e o a outra que o colocava em contato com uma rotina de violência constante.
Não foram poucas as vezes que tomou tapa na cara dos policiais que faziam ronda pela região.
Um dia quando voltava da aula encontrou um tumulto perto da porta da sua casa e viu seu padrasto sendo espancado por um grupo de homens que o violentavam mais ou menos como ele via o marido de sua mãe fazendo com ela, mas notou que algo estava saindo do controle, o padrasto ensanguentado, espumava pela boca e sangrava muito.
Veio um sentimento de vingança em seu coração.
Por tudo que já tinha visto, aquele homem merecia isso mesmo. O que ele não esperava era entrar na sua casinha e encontra sua mãe com uma faca de cozinha cravada nas costas, seus irmãos em desespero e uma cena que jamais sairia de sua cabeça.
Aquilo feriu profundamente sua alma, a vontade de chorar era imensa mas a dor não permitiu. A Mãe batia nele as vezes, quando ficava sabendo que não estava estudando, ou fazendo os pequenos trabalhos para ajudar em casa, mas afinal de contas um menino de 10 anos, realmente tem que trabalhar ??????????????????????????????????
Ele não chorou.
Saiu em silêncio, caminhou até uma escadaria e depois correu com a sensação de estar completamente sozinho. Suas fugas sempre encontravam um olhar de perdão de sua mãe que agora estava no céu. Ela costumava dizer pra ele que os amiguinhos que perdera estariam esperando no céu para que pudessem voltar a brincar. Prematuramente o menino teve que aprender a conviver com a violência constante a que era submetido.

Vagou, vagou, passou a noite na rua e com o tempo foi se tornando parte da paisagem invisível do Rio de janeiro. A fome que sentia fez com que cometesse alguns furtos, não era da índole dele, afinal de contas ele gostava de jogar futebol, queria ser como o Ronaldinho, que vira ser celebrado como um DEUS nos jogos do Brasil que passavam no boteco da favela. Mas não tinha o que comer e onde ele passava para pedir algum trocado ou alimento, viravam a cara. Como ele, outros tantos tinham histórias parecidas para contar. Arrumou umas bolinhas de tênis e resolveu fazer malabarismo na frente dos carros quando o sinal fechava. Ganhava em troca um monte de cara feia quando se aproximava do vidro, algumas ofensas e eventualmente uma moeda ou outra que dava pra comprar um pão.
A noite quando ia para a praia de Copacabana observava os prédios gigantes e suas luzes acesas, ficava pensando oque acontecia lá. Como deveria ser a vida daquelas pessoas. Não passavam muitos pensamentos bons porque os 12 anos de vida até o momento só haviam trazido más recordações.
Foi quando um de seus colegas chegou com uma lata de cola e ofereceu prometendo uma fuga imediata daquela solidão.
Ele não tinha porque não experimentar.
Cheirou a cola e se sentiu distante de tudo, num outro planeta, protegido como nunca antes, com vontade de sorrir, como nunca tivera motivo, e com o fim do efeito o menino pediu mais e mais e mais........ os dois se juntaram a mais três e formaram um grande grupo.

A falta do que fazer durante o dia, gerava pensamentos obscuros em sua mente. Um dos meninos que já havia feito pequenos trabalhos para os traficantes começou a contar como se ganha um dinheiro fácil alertando os comerciantes de droga soltando rojões quando a policia chega. Dava pra comprar os tênis igual ao dos playboys dizia ele.
Dava pra comprar mais um monte de coisas.
Dinheiro.... precisamos de dinheiro.
Precisamos comprar.
Precisamos Ter.
Mas não temos e o que vamos fazer então ?????????

O tempo foi passando e a inevitável experiência de rua fez com que fosse perdendo sua inocência, as surras da polícia, as brigas com grupos rivais, as noites de barriga vazia, os carros que arrancavam com sua presença, a indiferença das pessoas com a sua dor. A mente continuou bombardeando sua cabeça de informações, as únicas que possuía lógico. Violência, brigas, confusões, tiros, bombas, porradas, pesadelos......
Seu coração foi congelando e ele já não queria mais ser como o RONALDINHO , porque afinal de contas ele não tinha nem o que comer .... como poderia ser um bom jogador?????

Voltou para o Morro, conheceu alguns aviões e passou a levar droga para as ruas, nos bares próximos da favela, ganhando um dinheiro fácil. Era arriscado ele sabia, mas valia a pena. Nunca mais virá seus irmãos.....
Sabia que um deles tinha sido assassinado, os outros deveriam estar passando pela mesma coisa.
Com 13 anos teve sua primeira experiência sexual, os hormônios latejavam em sua cabeça. Conheceu uma menina na rua e os dois transaram simplesmente porque estavam com vontade, feito totalmente pelo instinto animal que habita a natureza humana, sem amor, O que é amor ???????? Nenhum dos dois tivera um contato próximo com esse sentimento, queriam era fazer o que lhes dava uma sensação de prazer.... e fizeram um montão de vezes, porque era a melhor coisa que já experimentara depois da cola. Transavam feito loucos, sem cuidado algum, não existe nenhuma informação em seu cérebro sobre os riscos de contaminação , sobre gravidez ou outra coisa qualquer......

Passou a procura-lá todas as vezes que sentia vontade. Mas logo a menina não estava mais lá. Ele não sabia onde encontra-la e ficou por isso mesmo. Depois descobriu que a garota que era um pouco mais velha estava ganhando uma graninha fazendo o que eles faziam juntos. Cada um se vira como pode né ????? pensou.

Mas agora estava ele lá, com seus 14 anos olhando a aglomeração dos bacanas, com faixas e camisas.
Viu fotos nas camisas, viu alguma pessoas com raiva, outras gritando palavras de ordem.....
Uma senhora que passava perto parou e olhou para ele.
Os dois trocaram olhares curiosos e ele perguntou o que aquelas pessoas estavam fazendo reunidas na praia num sol de meio dia com todos aqueles aparatos....
A senhora respondeu:

- É uma manifestação, pedindo PAZ.
- O que é PAz ???????
Perguntou o menino com um olhar curioso.

- Paz ????
Boa pergunta como posso te explicar o que isso significa.
vc sabe o que é Amor ????

- Não !!!

A senhora inquieta tentou explica-lo.
- Amor é um sentimento bom que temos pelas pessoas queridas , de pai pra filho, de mãe pros seus filhotes , de irmão para irmã. entendeu ????

- Não..... Não tive pai, minha mãe foi esfaqueada por meu padrasto que morreu espancado na porta da nossa casa.
Meus irmãos eu nunca mais vi.

A senhora ficou constrangida!!!
Não sabia como explicar o que era o amor aquele menino.

- Bom... vou tentar de outra forma, vc já viu novela ????

- Vi mas não tenho paciência pra aquilo não.... é coisa de mulherzinha.

Ela notou que seria difícil definir AMOR, sem definir AMOR seria ainda mais difícil definir PAZ e assim ele nunca entenderia o que aquelas pessoas estavam fazendo reunidas com bandeiras e faixas.

- O que é PAZ afinal ????????????

- Meu filho....
Paz é compartilhar de sentimentos bons com as pessoas, é se sentir seguro , é estar livre da violência, é se sentir tranquilo e feliz.

Aquilo parecia não fazer o menor sentido para o menino, pois ele nunca experimentara nenhum daqueles sentimentos.

- Não compreendo.

E não compreendeu mesmo.

A senhora foi embora, frustrada porque não conseguiu explicar ao menino o significado das duas palavras a que tanto os seres humanos desejam. Foi pensando em como parecia IMBECIL ver aquela pessoas egoístas pedindo paz, sem perceber que para se ter paz é preciso ensinar a PAZ.
E que como aquele menino , existem milhares e milhares de outros que estão por ai convivendo diretamente com a antítese dessa sensação sem ao menos vislumbrarem a possibilidade de existir uma outra forma de vida nesse planeta. Percebeu que entre a calçada que se aglomeravam os meninos e a manifestação burguesa, existia um abismo muito maior do que poderiam imaginar ambos e que aquilo tudo nunca teria um efeito real.

Lembrou que já pedira paz....
Que já quis fazer parte desse evento, porque teve vítimas da violência em sua família, porém reparou que realmente será impossível explicar a esses meninos o verdadeiro significado dessa pequena palavra.

Eles nunca experimentaram a sensação de Paz ou Amor.
Estão rodeados de maus sentimentos, maus exemplos.

Por um segundo preferiu não ter tido contato com ele.
No momento seguinte, percebeu que não existe uma solução simples para esse problema, que não adianta ficar em casa de braços cruzados pedindo paz ....
Chegou a conclusão de que vai chegar sua hora em breve e que não vai poder explicar aquele menino que existem outras formas de vida. De que vai embora daqui sem compartilhar a paz.


O menino ficou lá, cheirando sua cola e rindo daquilo tudo.
Logo mais a noite quando estava dormindo foi atacado por um grupo de adolescentes de classe média, praticando segundo eles "justiça com as próprias mãos", e morreu ensanguentado na calçada sem saber o que significa amor ou paz.

Lá de cima alguns anjos choraram .....
Perceberam o quanto os homens se perderam em seus instintos mais sujos, como a desigualdade, o preconceito, a injustiça e tantas outras questões estavam jogando uns contra os outros.

Que na verdade não existem vítimas ou algozes, que todos estão afundados em seus argumentos egoístas preocupados somente com suas próprias vidas como se fosse possível se isolar em um mundo de utopias, se trancando e se cercando de grades para obter uma falsa sensação de segurança .

Para entender melhor esta história faça como os manifestantes que ficam por ai pedindo paz sem oferecer soluções para isso....
Digite no seu computador na pasta de busca por arquivos um arquivo chamado : Paz.exe.

Provavelmente ele vai retribuir com os dizeres....
Arquivo não encontrado.

É o que acontece no cérebro de muitos desses meninos que vagam por ai......
Pedidos por arquivos que não foram incluídos em suas programações !!!!!!!!

Paz....
Arquivo não encontrado.




Reflitam!!!!

Sorte

Tico Sta CRuz

33 Comments:

Blogger kikaef said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

8:45 AM  
Blogger kikaef said...

q texto mais q perfeito... além d retratar a verdadeira situação do nosso País..
como uma pessoa irá saber verdadeiramente o q e amor, e paz se ele nunca teve isso na sua vida? dentro d sua casa? na sua familia?
nesse periodo estou estagiando numa escola estadual, pela noite, perto da favela nova brasilia. De inicio fiquei um pouco com "medo", pelo lugar, e pelas pessoas q eu poderia encontrar por lá...
porém depois q eu começei, percebi q era um medo idiota, q todos eram iguais a mim, porem bem mais sofridos q eu. mtos estão voltando a estudar agora, outros deixam d entrar na sala d aula para ficar utilizando certas drogas fora da escola. é mto triste ver essas cenas.
um dia desses, durante a aula d ed fisica, meu prof tava ensinando a um aluno sobre a frequencia cardiaca, como aferir.. essas coisas.. dizendo q seria um bem para ele... para q no futuro ele não morra devido a isso.
daí o aluno mais q depressa disse: prof, se eu morrer, lá em casa será um alívio. menos uma boca para comer...

na hora eu e o prof ficamos sem o q falar.. chocados com a atitude do menino, porém é uma verdadeira e chata realidade.

então é isso...
beijosssssssssssss

8:47 AM  
Blogger danielemedeiros said...

Muito genial!! Esse texto merecia ser publicado em todos os jornais, revistas, por todas as paredes, em todos os lugares que poderiam servir de alerta pra essas pessoas que ficam só na teoria...
Porque quando a gente fala alguma coisa parecida, é a gente que não sabe das coisas?
Isso dá uma sensação horrível de impotência.
Tenho muitas coisas pra falar, muito sentimento dentro de mim agora..mas não consigo nem expressar direito, seu texto diz tudo..
Beijos!
Dany

9:28 AM  
Blogger Rosa Acordada said...

depois de tanto tempo sem conseguir entrar aqui e imaginando o que se passava enquanto estive ausente... e me deparo com um texto tão tocante. voc~e é muito especial. te adoro. espero descobrir um jeito de fazer alguma coisa por meninos assim um dia. bye

9:38 AM  
Blogger Nana said...

É bem verdade o que você escreveu ... O que acontece, é que as pessoas estão mais preocupadas em dizer que estão lutando por uma causa social do que realmente fazer algo para reverter a situação. Se você pensar bem, realmente é uma situação bem mais cômoda e atrativa ... é o lance de terem suas consciências limpas, sensação de dever cumprido, para que assim possam descansar suas cabecinhas no travesseiro à noite e em breve esquecer tudo aquilo, largar de lado como se fosse um problema já resolvido e que agora é a vez de outras pessoas "fazerem" algo.
E ás vezes, tudo que essas crianças precisam é um pouco de atenção ... alguém que se importe o suficiente em doar alguns minutos de seu tempo para ouví-los ou tentar entendê-los, alguém que mostre a eles o que é sentir ... e apague outros modos de sentir já aprendidos, como a dor, a amargura, o medo, a solidão ... alguém que lhes estenda a mão e que os faça perceber que existem pessoas que realmente se importam e que eles não são casos perdidos.
Eles precisam de motivação e não de (mais) alienação.

11:59 AM  
Blogger Danielle said...

PAZ..AMOR..TODOS FALAM..TODOS PEDEM..OS SIGNIFICADOS SÃO LINDOS..MAS QUANTOS REALMENTE JÁ EXPERIMENTARAM ESSES SENTIMENTOS ? ESSAS SENSAÇÕES ? ESTÁ NA MODA PEDIR PAZ ? MAS PAZ AONDE ? SOMENTE NO ASFALTO ? SERÁ QUE A PAZ NÃO PODE SUBIR O MORRO ? IR ATÉ AS POPULAÇÕES MISERAVÉIS ? SERÁ QUE A PAZ E O AMOR SÃO COMO MARCAS DE GRIFE FAMOSA PARA SEREM ESTAMPADAS EM CAMISETAS DA ALTA E MÉDIA BURGUESIA ?
PARECE...
JÁ DEI AULA EM FAVELAS, MORROS, E EM BAIRROS DE CLASSE MÉDIA ALTA TAMBÉM..MAS FOI NAS COMUNIDADES MAIS CARENTES ONDE EU SENTI NÃO SÓ UMA NECESSIDADE DE ENSINO..MAS UMA CARÊNCIA DE AMOR, DE ATENÇÃO E DE PAZ..COMO ENSINAR A UTILIDADE DA LINGUA INGLESA PARA PESSOAS QUE NÃO TINHAM OPORTUNIDADE DE VER UM FUTURO NO SEU DIA A DIA ? POR VEZES PAREI OS TRABALHOS PARA CONVERSAR , DISCUTIR SOBRE A REALIDADE..HÁ TANTA COISA A SER FEITA..TANTAS NECESSIDADES EVIDENTES..TANTOS SONHOS DESFEITOS..É QUASE COMO UM MUNDO À PARTE..
POR VEZES TIVE MEDO..POR MUITAS VEZES ME ENVOLVI..ESQUECI TEORIAS QUE TINHA APRENDIDO NA FACULDADE..VI UMA REALIDADE TÃO DIFERENTE E TÃO PERTO..AO MEU LADO..É TRISTE A SEPARAÇÃO..É TRISTE COMO TODOS NASCEMOS IGUAIS..DE VERDADE..E EM SEGUNDOS..RUMOS ..CAMINHOS SE SEPARAM..COMO A FACA NAS COSTAS SEPULTANDO SONHOS QUE AINDA NEM NASCERAM DIREITO...
PAX.EXE = ARQUIVO NÃO ENCONTRADO
AMOR.EXE = ARQUIVO DELETADO
INFELIZMENTE..
PENSEMOS..CRIEMOS..E EXECUTEMOS ESSES ARQUIVOS..
BEIJOS GRANDES
SEMPRE
BYYY
DANNY

12:22 PM  
Blogger Priscila said...

Compreendi a antítese, e te digo que boa parte dessas pessoas qu se manifestam a favor da PAZ, estao lá por sede de vingança, e não as culpo, se eu tivesse perdido um ente querido por algum bandido da favela, talvez nao tivesse o mesmo raciocinio que vc teve diante desse garoto, é um raciocinio lógico e óbvio eu sei, mas em determinadas situações (como na morte de um ente querido) a lógica pode deixar de existir...
Eu conheci um garoto na PUC que saiu da FEBEM, troquei ideia com ele algumas vezes, quando conversei com a psicologa responsavel por ele dentro da PUC ela me confesou que ele havia matado 13 pessoas...antes dos 16 anos...mas que estava agora em recuperação...
Desde então já escutei DIVERSAS opiniões a respeito
"esse cara nao tem solucao, 13???"
"Devia estar na prisão"
"Se ele me ameaça e estou armado, mato sem dó"
"eu acho que ele se recupera, pois agora tem opçoes, vai ter um diploma"
...
Resolvi então perguntar pra ele se ele achava que estava recuperado e ele me respondeu:

Agradeço a oportunidade que me deram de estudar nessa Universidade,tenho menos tempo pra pensar besteira por aqui por que fico menos tempo no inferno onde eu vivo, mas não sei quanto tempo isso pode durar, pois sou ameaçado por várias gangues para voltar pro crime, já tentei me mudar mas náo tenho dinheiro para pagar um lugar proximo da Faculdade,e nao consigo emprego,já tentei de tudo, mas como tomo remedios fortes pra náo usar mais drogas eu perco o raciocinio, fico sem atencao, nao acompanho o que as pessoas me dizem as vezes, nao sei nem como vou passar para o proximo ano aqui, pois consigo acompanhar as materias direito por mais que eu estude muito"

Agora pergunto pra vcs...
Qual a soluçao???
Eu não vejo soluçao pra ele...
Ele provavelmente vai abandonar a faculdade, por que precisa de dinheiro...e ele sabe que pode conseguir dinheiro "facil"...
A tentacao eh muito maior...
Eu juro que nao era isso que eu gostaria de pensar, mas sinto que eh o mais provavel...
A solucao não esta em dar uma casa pra ele perto da faculdade, dar um emprego que ele nao consiga fazer
nada e ganhei mais dinheiro...
A solucao estava antes disso...
Antes dele nascer...ainda na barriga de sua mae...quando ela o maltratava, quando ele via seus pais brigarem, aliemntando o ÓDIO dentro dele...sem dinheiro, sem trabalho, sem comida, sem moradia adequada...e agora pergunto pra vcs...de quem é a culpa????
É nossa????????
Que pagamos altos impostos???
Que já fazemos o nosso trabalho no 3º setor, em, ongs no nosso tempo vago??
Que rezamos todas as noite pra náo sermos assaltados ???

Sim é nossa!!!
Somos nós que escolhemos os políticos que deveriam cumprir com a lei e principalmente com o artigo 5º da Constituição...que no papel é LINDO!!!
Estamos insatisfeitos por que só homens mau carater sao politicos???
So homens que nao prestam e sao ladroes???
Candidate-se, estude politica!!! faca isso valer a pena...a jah sei vc nao gosta de politica assim como eu neh?? Entao convenca pessoas boas que tem esse dom que sigam essa carreira!!!
Nao eh possivel que existam tantos medicos bons...
dentistas bons...
professores bons...
lixeiros bons...
taxistas bons...
advogados bons...
e TODOS os politicos sejam SAFADOS!!!
Leiam mais sobre eles, mantenham-se mais informados sobre a politica para poderem julgar...e saber o MÍNIMO que eh em quem vai votar!!!
Bjos
(desculpe o tamanho + uma vez...)

1:06 PM  
Blogger fabydetonando said...

Paz e Amor são sentimentos q mais faltam nesse mundo cheio de ilusões ...
Tico nem tenhu o q falar,passei aki msm pra dar um oizinhu e ler seus textos maravilhosos q trazem uma boa energia pra tds nós!
Te amo!!!
Beijokas!!!!!!!

2:07 PM  
Blogger Fernanda_kt said...

oi Tico!! Olha, eu jah li todos os seus textos, mas essa é a primeira vez q eu estou comentando. Eu concordo com muitas coisas que vc escreve, mas o que eu acho legal é que, lendo o seu blog, me ajuda a refletir, a formar uma opinião, tá funcionando como uma terapia... tenho q te agradecre por isso, obrigada!! Por fim quero dizer que a maneira q vc escreve me dixa de queixo caido !!textos lindos mesmo as vezes sendo trites!! beijos
fernanda_kt_@hotmail.com

12:07 AM  
Blogger Rebecca said...

Preciso dizer o q dps disso td?!?
Esse texto ta mas do q perfeito...

a verdad axo qm nem nós msm conseguimos explicar o proprio sentido de PAZ i AMOR,afial sao coisas tao complexas,mas sao necessarias pra qlq ser humano!!!

mtas vezes pedimos pela paz mas n a fazemos...
lutar por ela hj en dia parece cada vez mas dificil...

esses dias estava assistindo jornal i a jornalista falo q ocorre +ou- 38 mil mortes por ano aki no Brasil por arma d fogo,aond vamos para com esses numeros i com tda essa violencia?!?

buskemos hj e sempre pela PAZ!!!

sorte ai pra vc TICO!!!

mta VIBE!!!!

1:42 AM  
Blogger Izadora Barreto said...

"Que na verdade não existem vítimas ou algozes, que todos estão afundados em seus argumentos egoístas preocupados somente com suas próprias vidas como se fosse possível se isolar em um mundo de utopias, se trancando e se cercando de grades para obter uma falsa sensação de segurança."
Aí está um dos fatores,vivemos num mundo egoísta, somos todos egoístas, será que isso vai mudar?
Pq mudaria?
Já temos tantos problemas, tantas coisas, que a situação mais "confortável" é cada um viver a sua vida, sem se preocupar com os outros, certo?
Não, não é certo, mas vamos fazer o que????
Segundo fator, leiam o comentário da Priscila, lá está ...

4:40 AM  
Blogger Â¤KÃ¥rlÃ¥ VÃ¥llim¤ said...

Eu ate tinha um arquivo semelhante no meu computador!!
Mas deu conflito. Tive que formatar a máquina.
E como esse arquivo é raríssimo, está cada vez mais difícil encontrar a Paz...




=o*

7:02 AM  
Blogger Tathy said...

O texto é lindo sim!!! A realidade é essa!
Mas, bem no fundo eu já deixei de acreditar que podemos mudá-la. Somos seres humanos, cheios de maldades e defeitos, aprendemos a ser indiferentes com o sofrimento alheio...
Todos pensamos que sentimos muito por essas pessoas estarem em tais condições. Se perguntar todo mundo vai dizer o que deveria ser feito. Porém, ninguém vai arregaçar as mangas e começar a fazer!
Ninguém vai abandonar sua rotina, sair da sua comodidade e enfrentar uma realidade tão feia e cruel.
A humanidade está se destruindo e isso vai continuar...até que consigam.
Pense nisso!!!
Bjo!

8:54 AM  
Blogger Lê said...

Esse é o retrato de um país que não investe em EDUCAÇÃO, e em que a sociedade "pensante" não tem COMPROMETIMENTO com o bem estar do seu próximo.
E por mais que seja balela, ainda acredito que se cada um fizer um pouquinho, a transformação é grande.
Então, se tu fores fazer uma doação, doe pra uma entidade que invista em educação. Se resolver fazer parte de uma ONG, que seja uma daquelas que transmita cultura às crianças e aos jovens carentes. Se tu puderes, cria um emprego neste ano. se não puderes, adota uma criança que mora num orfanato (e se não quiser adotar de verdade, adota de "mentira". Sério, tem muios orfanatos que permitem tu acompanhares o desenvolvimento de uma criança, dando alimentação, roupas, etc..., a levando pra casa nos dias festivos como Páscoa, Natal, etc, pra elas sentirem um pouco do carinho de uma família. Em troca, elas tem que estar estudando e tirando boas notas).
Parece que não é muito neh?? Mas tente, de verdade.Vais ver que o teu pouco, aliado ao meu pouco, se torna muito.

PS: Ma, sinto que apaguei teus mail sem ler. Se tu quiseres mandar de novo eu agradeço.

9:41 AM  
Blogger Susie said...

A vida é uma experiência única e individual pra cada um de nós.
Os sofredores vivenciam um mundo imensamente diferente.
O aprendizado e a recompensa dos inocentes das injustiças é imensamente maior, eles estão muito mais próximos de Deus, do real conceito de Paz e de Vida, eles sabem qual é a verdadeira Paz pois a desejam de coração.
Eles são os heróis dos nossos tempos pq são a demonstração viva do q os erros humanos causam.
Tudo q tá aí deriva de Deus.
Não existe o acaso, desde o tempo das cavernas o mal massacra o bem, seja em q meio ambiente for, na favela, nas mansões de magnatas.
Antes eu me perguntava pq Deus deixou o mal estragar a beleza, a Paz. Pq o mal existe??? O q uma pessoa q faz o mal sente???
Se toda a humanidade se unir, dar condições de sobrevivência pra todos, todo mundo for educado, será q aprenderemos a nos respeitar, ou os valores se deturparão novamente, o poder, a inveja, o egoísmo e enfim a podridão do lado negro bem representado num filme como gerra nas estrelas vai continuar nos manipulando, nos fazendo sofrer???
Afinal de onde vem o mal???
Ele tem utilidade???
Espero q cada vez mais os praticantes do mal recebam a iluminação ensinada pelos grandes iluminados como Buda, Jesus, Gandhi e muitos outros, pra entenderem q o mal é desnecessário, q com amor somos tudo, somos parte de Deus.
Cada um sabe na sua consciência o q pode fazer ou continuar fazendo pra transformar o mundo.
Os violentados são os grandes heróis, essa experiência de vida é deles, eles foram os escolhidos, numa peça teatral o papel principal é feito apenas por quem está preparado. Deus não joga dados. O sofrimento deles repercuti no Universo todo, todos somos culpados, todos estamos em crescimento. Ainda acredito nas energias positivas, acredito q tudo tá melhorando, q no futuro tudo isso de ruim será passado.
Agir, da maneira q for possível pra vc, e a sua vida é sua, existe a maldade mas vc pode ser feliz e espalhar felicidade. Vamos fazer o bem ficar no mundo.
Obrigada Tico, preciso refletir mais, obrigada pela oportunidade.
Abs pra todos, Susie.

11:08 AM  
Blogger Geomaluka said...

"Paz, é a gente que faz!"

Seria lindo se realmente acontecesse isso. Trabalho numa escola pública onde frequentam todas as classes sociais, e esse assunto é delicado e deve ser tratado com muita cautela. Um grande número desses alunos sequer sabem o que significa essa palavra, tem uma vida bem parecida com a da história, desgraçada e sem perspectiva nenhuma de presente, quem dirá de futuro; vão à escola pra ter a merenda, miserável diga-se de passagem...e o Fundef? hahaha...o gato comeu...
Eu como professora e educadora não me abato diante dessas situações, ao contrário, são situações como essas que me fazem pensar e reagir mais ainda diante de tantos obstáculos que a carreira me impõe, principalmente de não deixar essa mulecada desanimar. A necessidade sim da politizaçÃo da sociedade, como disse a Priscila, se faz necessária, no caso desses alunos, mesmo o prefeito sendo acusado de vários crimes, foi reeleito, e deixo isso bem claro para eles...toda ação causa reação!
4 ou 5 anos demoram a passar, e tds sofrem as consequências por um ato que dura segundos...mas o assunto é paz certo?
Como essas crianças podem pensar em paz na hora da fome? pensar em estudar na hora da fome? como posso pensar em paz, centrar na figura humana, na criança, como enfatiza o senhor Secretário da Educação de SP, se no fim do ano devo apresentar números à mesma secretaria da Educação, e enganar a tds sobre a maravilha q é a queda do índice de analfabetos no país...
Que paz buscamos?
A de espírito, a das ruas, a de dentro de casa, a paz no estômago, onde?
Tenho a mais absoluta certeza q as soluções, na sua maioria, se encontram numa educação bem fundada...infelizmente isso não acontece no país, desde qdo os malditos europeus resolveram vir tomar posse das nossa terras e piorou qdo Getúlio acabou de entregar o país aos estadunidenses...e mais ainda com a acirrada política neoliberal de FHC q só fazemos cumprir metas do Banco Mundial e FMI...
Mas não me entrego...falo, xingo, argumento, discordo, ouço para argumentar mais ainda, explico, esclareço, pesquiso, questiono, pergunto...criar consciência nessas crianças não é tarefa nada fácil, mas eu adoro, e tenho retorno sim!
e a paz, onde está?
NÃO SEI, SINCERAMENTE...
mas tb não dá pra esperar alguém ir procurar por mim.
Como professora de Geografia, enfatizo o espaço, quando cada um cuidar bem do espaço que o cerca, muitos problemas grandes tornam-se ínfimos...com a paz seria o mesmo, ou não?
passeatas a favor da paz pra aparecer no Jornal Nacional? Acho ridículo...pedir melhores políticas públicas, salários dignos aos policiais, pedir melhor educação escolar pros filhos, melhores condições para as universidades públicas ninguém faz passeata... e quem faz é tachado de arruaceiro, vagabundo...comunista...

Vivemos sim numa sociedade hipócrita e demagoga, que adota o "way of life" dos estadunidenses; onde somente 7% da população tem acesso à internet...e sabe de mais uma coisa?

De que lado estarísmos nessa passeata?
certamente estaríamos carregando as faixas e gritando palavras de ordem pedindo paz...

o pensar e o pesar continua, não deve parar...

Tico, muita fé sempre!!!

Bjos,
Ju-Araras/SP.

2:07 PM  
Blogger Rose said...

Vários comments legais, expondo situações q tenho certeza, todos aqui, no mínimo têm consciência do nível de violência que todos nós estamos vivendo.
Acho que nem nós mesmos conseguiríamos definir o que seria hoje, o verdadeiro sentido da paz, sem lançar mão da poesia.

Uma coisa é mt clara: Eles precisam aprender a votar!!!
Pode parecer prepotência, mas todos nós aqui tivemos e estamos tendo acesso à educação, alguns podem até votar errado, mas não por desinformação ou alienção e sim convicção e predileção.

É muita ONG querendo aparecer e mt gente querendo se encostar.
Cesta básica, agasalho, Natal sem fome, pulseirinha de silicone, Fome Zero...
Nada disso é solução!
As pessoas precisam parar de se promover às custas de um problema tão sério.

Ajude sempre quem quer trabalhar, quem quer estudar, quem de alguma forma REAL, VERDADEIRA, quer mudar sua vida. Tem mt vagabundo nesse Brasil.
O que está perdido, não tem solução!
Não adianta dar abrigo a quem já está corrompido, é UTOPIA!

O que precisa ser feito é com quem ainda tem salvação, as CRIANÇAS em idade de pré-alfabetização, menores de 7 anos, as que ainda têm sonhos e HD sem vírus e precisam estudar, precisam ter cultura, precisam conhecer que existe um mundo melhor, PRECISAM ACREDITAR NELAS MESMAS, precisam melhorar sua estima e ter informações, pra poderem entender pq o pai bebe, pq a mãe se prostitui, pq que eles vivem na merda!

E não precisa pagar salário família, auxílio educação, bolsa escola, isso é fábrica de vagabundo.
Os governantes têm obrigação de fornecer:
EDUCAÇÃO, SAÚDE E SANEAMENTO BÁSICO.

O uso devido do dinheiro público!

Só com essas três coisas a população já poderia ter uma vida digna, o processo de mudança se faria num curto espaço de tempo, a vontade de trabalhar reapareceria e não a de ficar enchendo a cara no bar da esquina.

Nunca escrevi tanto, mas é uma pena que tudo isso, que penso ser um caminho, não vá sair daqui da nossa sala, onde frequentam pessoas que sabem disso tudo mas pouco podem fazer...

Você não Lindo Sta. Cruz, vc canta pras massas, vc tem o poder da palavra, vc pode de alguma forma, nos seus shows, ser ouvido por dezenas, às vezes, centenas de milhares de pessoas.
Mas essa linguagem precisa ser objetiva, sem metáforas, sem poesia...
Infelizmente nosso povo não tem cultura.

Bjs.

6:21 PM  
Blogger Diego Visconti said...

Parabens pelo seu texto, ate me incentivou a fazer um blog, pena que a minha galera num pode comentar. Li alguns dos seus textos, achei muito bons. Tambem gosto bastante de escrever, dá uma sensaçao de alivio. É isso ai, abraços

7:03 PM  
Blogger Slipk-Down said...

Muito bom o texto Tico, você manda muito bem ...

Este fds comecei um curso comunitário na faculdade e falávamos sobre direitos humanos, falávamos sore cidadânia, discutimos esses dois fatos e falamos sobre muitos fatos como esse que acontece em nosso país, é complicado, quando se começa discutir isso vamos longe, há milhares de fatores que precisam ser corrigidos, e por onde começar ? podemos sim cada um fazer sua parte para melhorar este cenário, mas a cultura imposta, as informações passadas mudam muito as pessoas .... por isso o deio TV ...
Fiquei muito triste não poder ter ido ao Hopi Hari, abraços !!!!!

5:08 AM  
Blogger Carla Aguiar said...

Sem muito tempo agora...
Só tenho uma coisa a dizer: esse foi o melhor texto até hj!
Saudade gigantesca!
Fique com Deus!
Beijo grande!

p.s. Depois comento direito

9:45 AM  
Blogger Lu said...

nossa, sem palavras...
É triste, mas é o qua acontece nas periferias. Sempre vemos campanha para paz, mas nem sabemos direito o que ela significa, as vezes até sabemos, mas não conseguimos explicar, fico pensando o que deveríamos fazer pra mudar isso, viver num mundo sem violência, mas humano, solidário, será que um dia isso vai mudar???
Quem poderá prever...
nossa expectativas é que mude, sempre mude pra melhor, mas fica difícil é a triste realidade, preferimos viver na feliz mentira que nada disso acontece.
beijos
Luciene

10:10 AM  
Blogger The Tonautas said...

Aew Tico.. num sei se vc lê isso aki, mas aki vai uma aew!...

Sabe porque naum encontramos o arquivo Paz.exe ????????? Naum ????? eu sei!!!!

Pq o arquivo Paz naum eh executavel... .exe e sim um documento de texto q está oculto.. na pasta q ainda não foi criada em sua... digamos "base de dados". AHuaHuahaUhaUh. Foi boua essa hein?! Flw..

12:08 PM  
Blogger Drizinha said...

Tico, apos horas literalmente, pasma com teu texto, prescisei vir aqui e te parabenizar, ele retrata realmente como são as coisas... Vivemos num ambiente de violencia, e hoje não sabemos o que é a "paz", nos acostumamos com esse ambiente e hoje procuramos ela, sim, mais dificilmente iremos acha-la do geito que estamos... pq? Pq não sabemos o real significado da PAZ, NUNCA a verdadeira "paz" será encontrada se continuarmos assim, em uma falsa busca pela parte da maioria! Para começar, a paz, se incia do amor, não por nós mesmos, não aquele amor da relação, namorados, noivos, emfim, mas sim, o amor entre o ser humano, o amor que é respeito, união, carinho, e não essa violencia que temos hoje em dia... Mais será que é "só" isso? Enquanto o ser humano continuar tão ganancioso, acho que não descobriremos... Tico, mais ainda existem esperanças, VC, uma pessoa que de certo modo, poderia estar fazendo essa "justiça com as proprias mãos" tá ai, escrevendo esse puta texto, com essa puta mensagem (com perdão da palavra)... Infelizmente hoje, quem tem STATUS como se fala, quem tem uma "posição"($) na sociedade, sempre vai ser "maior", se considerar maior,... pq tendo dinheiro, pode comprar, pode ter tudo que quizer, e nem sempre o geito que conceguiu o dinheiro foi justo... Digo isso pq existem sim, os homens HONESTOS e TRABALHADORES que buscam o dinheiro nessesario pra uma vida digna, e não buscam sempra A MAIS e MAIS do que prescisam... Enfim, parabens pelo texto, tudas reflexões como essas, que podem nos levrar pra frente, e por cada vez mais e mais pessoas pensando sobre esses assuntos! E seguimos em frente, pela busca da verdadeira paz e do verdadeiro amor! Beijosss, muita luz, e muitos pensamentos sobre tudo!!!

4:05 PM  
Blogger Angel said...

Put's... sabe que já parei pra pensar isso!!!... Tipo, em o que é a Paz, em o que podemos fazer para alcança-la... em que nos envolvemos em várias coisas exatamente por não conhece-la...
Assim... é foda dizer que não conheço o amor... sabe tenho pessoas próximas de mim que cara... não sei o que seria de mim senão fosse por elas... amigos, familiares... são pessoas que mesmo nas piores horas estão do meu lado, seja pra ajudar ou pra me ensinar o que é certo ou errado, por que sabe... tem horas que não sei bem o que é isso...
Mas é incrivel, que mesmo com toda essa ajuda, esse carinho e esse amor dessas pessoas, consigo me sentir sozinha as vezes e sabe, fico refletindo se sou feliz, se faço as coisas certas, se procuro o lado correto ou tudo que eu faço não passe de merda... se um dia consiguirei ter paz e transmitir a paz as pessoas que convivem comigo...
Sei lá... é foda... melhor eu parar por aqui og...

Super bjuusss Tico

4:13 PM  
Blogger joana said...

Primeiramente nao sei se vai ler isso, com tantas coisas pra fazer eu sei que eh dificil arrumar um tempinho pra atender a todos, mas enfim estou aqui pra dizer que me identifico muito com seus textos pq neles vc nao escreve como tico do drc,por isso me sinto mais proxima de vc e das coisas que vc escreve ate pq muitas delas,ja vivi ou ja senti sei la,me sinto bem sabendo que eu nao sou a unica louca que sente e passa por essas coisas eh como se vc me passasse confiança,e com nossos erros e defeitos vamos aprendendo aos poucos,mesmo que viver aqui neste mundo seja tao desinteressante,perigoso,e por isso tenhamos que viver numa solidao terrivel e fazer nosso mundinho de ilusoes, sendo assim fechamos os nossos olhos pra muitos problemas,pra realidade...todos nos em algum momento somos egoistas,roteirizados,articulados a fazer o previsto o que todos fazem pra fazer parte de uma porra de sociedade e fingir que esta tudo bem...Qual a condiçao que se coloca a partir dai? desaparecer pra nao ver tudo isso,perder o controle sumir nao acho que isso nao resolveria tal problema!!!Enfim de todods os primatas o homem eh o unico que possui esse sentimento chamado amor talvez ele sirva pra mudar alguma coisa.... As vezes as paredes tem ouvidos mas e nossos ouvidos tem paredes??? Mudando um pouco de assunto, e saindo da melancolia, fui no show que vcs fizeram no coca-cola vibezone senti que vc esta diferente nao pq nem oq mas esta, ja falei com vc algumas vezes na mtv acho,e percebi que vc mudou,estava diferente nesse show,distante maluco ou sonhador? sei la qdo puder escreva sobre isso...bjinhos
F
U
I

4:52 PM  
Blogger Bia Koth said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

10:06 PM  
Blogger Bia Koth said...

Esse texto nada mais é, do que a verdadeira realidade do Brasil!!!
E no mundo de hoje a maioria das pessoas, perderam a ESPERANÇA de encontrar a PAZ e CONVIVER com ela!!!
Já vi histórias parecidas, e infelizmente não pude fazer nada.
Gostaria de ajudar muitas pessoas, nem que seja com palavras amigas, mas muitas não querem ser ajudadas;
E por isso vivemos nesse MUNDO que na verdade se resume em CONFLITOS!!!
PAZ E LUZ SEMPRE.
BJUSSSS.
Bia.

10:12 PM  
Blogger Lainusca said...

Só qro agradecer por ter postado esse texto...
Me arrepiei qdo li no dia seguinte que te mandei o email falando da parada do FC PELA PAZ...
Montamos uma comunidade no orkut e a gakera já esta colaborando legal entrendo...
Lembra dakela vez que vc esta pensando em montar o EXÉRCITO DETONÁUTICO? Q vc chegou a postar no blog da banda...
Vc não acha que chegou a hora???

Sobreo texto eu te mando uma emiail ok... ;)

Essa eh a comunidade: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2156242

bjoks Ticolino...

4:04 AM  
Blogger jordania said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

5:54 AM  
Blogger Lainusca said...

Aprendi...

 Aprendi que se aprende errando.
 Quer crescer não significa fazer aniversário.
 Que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve uma bobagem.
 Que trabalhar significa não só ganhar dinheiro.
 Que amigos a gente conquista mostrando o que somos.
 Que os verdadeiros amigos sempre ficam com você até o fim.
 Que a maldade se esconde atrás de uma bela face.
 Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura por ela.
 Que quando penso saber tudo ainda não sei nada.
 Que a natureza é a coisa mais bela na vida.
 Que amar significa se dar por inteiro.
 Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos.
 Que se pode conversar com as estrelas.
 Que se pode confessar com a lua.
 Que se pode viajar além do infinito.
 Que ouvir uma palavra de carinho faz bem à saúde.
 Que dar um carinho também faz...
 Que sonhar é preciso.
 Que se deve ser criança a vida toda.
 Que nosso ser é livre.
 Que Deus não proíbe nada em nome do amor.
 Que julgamento alheio não é importante.
 E, finalmente, aprendi que não se pode morrer, para se aprender a viver!


O que isso tem haver com PAZ ???
Bom ao meu ver...
Para se aprender alguma coisa relacionada a sentimento...Precisamos estar em PAZ com nós mesmos...

bjos...

(vou mandar o email ainda ai vc entende ;) :*)

7:46 AM  
Blogger Marissol Freiria said...

Texto melhor do que esse eu nunca tinha lido... É grande, mas consegue prender a atenção sem contra a lição de vida que nos dá. Essa realidade que dizemos viver não é a mesma de todos, eles só criticam as favelas, mas não vão lá para ver a realidade, o que realmente acontece e o que está por tras de tudo. A falsa realidade é o que vivemos... Paz, será que isso depende dos outros ou de nós mesmos? Eu sempre me pergunto... a Felicidade é a mesma coisa... ela existe? voce consegue viver sem ter um momento feliz, se sim, a tua vida é vida?

Resumindo, adorei o texto. agora sempre que puder estarei passando por aqui...

bjs, A-D-O-R-O o teu trabalho, continua assim. se pudermos continuar a conversar sobre esse tema iria adorar.

bjs

Marissol

9:11 PM  
Blogger Trio Tiete said...

As vezes a solidão machuca, na maioria das vezes, mas também podemos aprender com ela... Esta me machuca muito, pois sou meio carente. Ela vem e me leva em seu navio sombrio e frio. Me machuca e mesmo ferida consigo me livrar desse sufoco... pois sei que tenho amigos, família. Agradeço ao SOl e a Lua, aos DEUSES e DEUSAS de alguma forma sei que me guardão e me protegem. Isso me conforta e me leva a crêr que esse é o meu tesouro. O mais precioso!
Mãe(Tia Marli agora conhecida em cadeia nacional pelo Balacobaco *rs*_Te amo mais que tudo!_), Pai(o Pai Elhinho *pI*), Tâmera( M
ana), Suellen(amiga de todas as horas), Natinha (a nossa Mudinha), Luana DDL(guerreira nossa batalha é foda... te dolu!), Danny (cabelo de mércurio),Iara, Jessy, Brunas( Boladinaha e Norotica), Serginho( quero ver namorar com a Susu), Meu tchuquinho Elvis ( te dolu muito), a você também Tico por fazer viajar nas suas letras e esquecer um pouco desse nosso mundo meio louko...
só tenho dizer...
OBRIGADO!
POR TUDO!
**********************************
Beijos de uma louka que agora fala sério!

Thaís Louka

9:51 AM  
Blogger Diana-Dru said...

Tico, queria mesmo agradecer por este texto. Vou acionar meu arquivo interno antes que tudo se perca. Agora saquei porque minha filhota te gosta tantão. beijos.:-)

8:44 PM  

Postar um comentário

<< Home