quarta-feira, julho 11, 2007

Pro dia nascer feliz.

A vida é uma bolha de sabão. Você faz parte de uma engrenagem.
O organismo vai criando células e reproduzindo uma exatamente igual a outra mantendo o "bom" funcionamento. Darwin diz que num determinado momento uma dessas células sofre uma transmutação e passa a agir diferente. A bolha de sabão lhe dá várias opções. Subir, descer, ir pra onde o vento sopra. Não. A bolha de sabão não escolhe nada, ela simplesmente vai.
Sua vida é uma bolha de sabão? Sim, talvez pela fragilidade, talvez pela simplicidade, mas sendo você parte de uma engrenagem é melhor protagonizar seu papel de seguidor.
Que papel é esse?
É tão mais cômodo para as células acostumadas, desempenhar uma função genética, hereditária, condicionada ao padrão. Estabelecer um conforto tornar-se o que se pode e não o que se quer.
Você é uma célula.
Quem é você?
Somos sonhos, desejos, vontades, esperanças. A bolha não escolhe, espera, vai pra qualquer lugar. Para onde for. As células não escolhem, cumprem a determinação, desempenham a função que lhes fora estabelecida pelo organismo. Até que a bolha estoura. Até que uma célula se transforma. Então o organismo pode estar em perigo ou pode ser a nova condição de sua existência.

Se a tela desse computador se transformasse num espelho nesse exato momento, o que encontraria no seu reflexo?
Uma bolha de sabão?
Uma peça na engrenagem?
Mais uma célula exemplar?

Repita comigo:
- Eu me conformo com o que sou, embora não esteja satisfeito com o que vejo. Eu me conformo em ser como eu sou, em aceitar o que não gosto, em engolir o que me é jogado, sem questionar nada, pois o questionamento traz insegurança e prefiro viver cego em segurança a esbarrar na angustia de olhar para a luz.

Repita comigo:
- Para quem não tem vontade de transformar seu universo, qualquer justificativa serve para me convencer de que não sou capaz.

Repita comigo:
- Eu sou exatamente o que estou vendo no reflexo desse espelho.
Um inconformado com o conformismo embora esteja conformado de que meu inconformismo não passa de uma bolha de sabão, voando para onde o vento sopra.
Como numa engrenagem, mantenho minha posição de ser e só ser mais uma célula repetindo tudo exatamente igual. Aceitando que esse é o meu papel e assim hei de criar meus vínculos nesse organismo.

Vivo o paradigma.

Em que momento você foi induzido a dizer e a pensar no que está dizendo? Até onde ocorreu uma pequena identificação com estas palavras? Quando foi que ficou com raiva do que leu e achou tudo isso uma grande bobagem? Chegou a sugerir pra si mesmo(a) que esse emaranhado de palavras não passa de um passa tempo de alguém que está pensando que vai te convencer?
Quem quer te convencer? Já mentiu para si mesmo, para que pudesse aceitar algo que não te faz feliz? Quantos personagens você vive por dia? Com qual deles mais se identifica?

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
Chega de perguntas. Idiota. Aborrecido.
Aonde quer chegar com isso?

Hoje pela primeira vez na minha vida desmaiei. Estou com a sensação até o momento. Um sentimento estranho de insignificância, de não ter conseguido controlar a situação que fez com que meu cérebro desligasse. Estava no metrô com alguns amigos. Estômago vazio. Pedi um gole de refrigerante e ao descer gelado e gasoso me deu uma sensação de mal estar no centro do peito. Não me lembro bem do resto. O que vem a minha mente foi a consciência de que estava tonto e em seguida ouvi vozes, algumas vozes bem distantes, meus pensamentos congelaram na minha cabeça e quando percebi que quem estava ali estirado era eu, me surpreendi e logo tentei me recompor, como se quisesse ajudar a mim mesmo curioso com o que acontecia. Meus amigos tinham suas vozes em tom preocupado, ouvi um deles dizer, " abre a boca dele", meu cérebro voltou a funcionar e pensei que estava tendo uma convulsão. Levantei e vi vários rostos assustados. Dois pensamentos vieram então. O primeiro é de que, só pensamos que temos controle absoluto de nossa máquina, de nosso corpo. O segundo, de que morrer deve ser exatamente isso.
Desaparecer, parar de pensar, ficar de fora de tudo. Confesso que comecei a rir quando percebi que estava de volta a este mundo, talvez por ter experimentado a sensação de que o nada e o tudo estão num limiar que divide o piscar de olhos que raciocina com o desligar na imensidão.

A vida é como uma bolha de sabão. Frágil, leve.
Reiniciei meu sistema. **Risos**.
Voltei de onde estava. Nada mudou realmente nestes 10 segundos que sai de órbita.
Seres humanos andando curiosos, indiferentes, pensativos, deprimidos, problemáticos, felizes, sorridentes, tristes, cansados, preocupados, entusiasmados, ansiosos. Cada um numa frequência.

Volte a olhar seu reflexo na tela do computador.
Experimente quem sabe, pegar uma foto sua. Olhar fixamente para seus olhos e tentar perceber, quem é essa pessoa.
O que ela esta fazendo de bom nesse planeta?
Está funcionando em sua capacidade máxima?
Pode render mais?
Pode ir mais longe?
Pode fazer melhor?


Quem é você, que me lê que me escreve que comenta que respira que pensa que julga que sabe que deseja que sonha, que vive que quer?

Então, sinta-se a vontade para descrever nos comentários, a sua forma de se ver aqui. Aproveite o anonimato desta rede que transforma todos em qualquer um e escreva com sinceridade.
Quem é você?
Mas saiba que caso não queira se expor, pode tentar o exercício num caderno ou mesmo no seu computador, sem precisar mostrar nada pra ninguém.
Mas saiba que se estiver mentindo, algo dentro de ti vai soar como um alerta. Pode escolher ignorá-lo.
Mas vamos ver quanto tempo aguenta !!!!!!!!

Sabe quem eu sou?
Eu sou o pedaço do milho da pipoca que fica preso entre seus dentes quando você quer assistir a um filme tranquilo.
Eu sou a etiqueta que você quer cortar para ficar mais a vontade com sua nova roupa.
Sou a célula que transmutou.
Se vou fazer bem ou mal para o organismo, não sei dizer.
O que é o bem e o que é o mal quando não sabemos mais quem somos e o que fazemos aqui ?

Estalei os dedos.
Um, dois, três...
Seja bem-vindo novamente.

Quem é você?


Tico Sta Cruz

Ps: Hoje foi um dia louco.
Muito louco.
Para coroá-lo acabei de assistir a um documentário fantásico que recomendo.
Foi o que me inspirou a escrever esse texto.
"Pro dia nascer feliz"
Assista !!!!!!!!!!!

33 Comments:

Blogger Camilla said...

...nem tinha acabado de ler o seu texto qdo escrevi o email....e ainda me deparo com o susto q vc levou...sensação de ausência....vazio....o pior disso é estar lúcido e tbm sentir a msm ausência, o msm vazio e uma busca incessante pelo nda!!!
hahahaa....pobre mortal....assim me sinto!!!e eu q achava q estar lúcida e estar CHAPADA fossem coisas bem distintas....hj vejo q o piscar de olhos....o respirar sem sentir....o pulsar do coração inerente a nós pode parecer simplesmente fisiológico e absolutamente normal.....mas prefiro crer no ESPETÁCULO da natureza ....só q piscar por piscar....respirar por respirar e pulsar por pulsar....ha....normal...nda d+....todo homem sabe oq é isso.....mas nem todo tem conscência d q foi agraciado com mais um segundo de vida p FAZER a difereça....p SER a diferença....
Ainda bem, creio eu, q vc pode usar dessa missão q lhe foi delegada e ainda bem q a sua voz pode ser ouvida....darei meus sussurros e espero q se faça como eco presente no horizonte CHAPADINO>>>CHAPADENSE>>>>SEI LÀ!!!

"Dizer a verdade, corrigir faltas, aprender a fazer o bem são atos que o céu nos impôs e para os quais nunca é cedo nem tarde".

L.Bottach
***dps sou eu q vivo de SOL né***

11:42 PM  
Blogger M. said...

Ah... é bem complicado separar como sou e como estou... todo dia me encontro um pouco diferente,tem dias que tenho a certeza de que não mudei nem um pouco.Algo me diz "você sempre esteve aqui.." Pensar no como a vida é frágil,me dá vontade de não fazer mais nada. Escrotinha,né? Me sinto mais covarde ao mesmo tempo que me sinto mais forte...(pausa pra pensar no porquê de escrever isto). Pensar na vida frágil não e deixa muito contente...e porque diabos tenho que fazer dela algo importante? Uma cabeça que não pára de pensar...uns cigarros,um café,um álcool,remédios,notícias e coisa para pensar,pessoas para cpnversar,necessidade de se expressar, de querer falar,um vontade louca de me encontrar por aí,numa esquina qualquer,seja ela suja ou não...encontrar algumas respostas e me nutrir delas,me sentir convencida.Acho que não rendo nem a metade do que poderia,tenho dda (pode rir),mas isso não é o problema todo. Talvez seja falta de vonte,má vontade. Eu ando cheia de motivos para ser desmotivada, canse de tanta coisa, me perdi em tantas vontades,me doei por cuasa falidas,corrompi minhas vontades. Já quis me dar algumas surras..mas acho que nãotenho resposta alguma sobre o que é a vida e o que é a minha vida,quem sou eu...tem certas coisas que eu não consigo abraçar.Mesmo assim,faço minhas escolhas.

Beijo na nuca, Guilherme.

M.

12:09 AM  
Blogger Rainha do Drama said...

Quem sou eu??

Uma pergunta interessante. a gente nunca sabe a resposta. E nem adianta dizer que sabe que não sabe não.
Todo dia a gente se descobre, descobre um segredo dentro da gente, uma coisa que não conheciamos, mas que sempre existiu do lado de dentro.

Falar de nós mesmos é sempre mais dificil do que falar dos outros. Deve ser pelo medo de admitir nossas falhas, nossas valas...

_____________________________

Gostaria de te mandar um e-mail, será que dá??

6:10 AM  
Blogger Cláudia Vila Nova said...

Minha vida ultimamente está uma montanha russa de emoções e decepções e às vezes me pego mentindo pra mim mesma só pra ver se a situação se ameniza.Tenho raiva disso.E pra tentar compensar tô trabalhando feito louca...estou indo além dos meus limites...acho que não é bem por aí que vou colocar minha vida em ordem.
Resumindo..."Tô tentando me encontrar,tô tentando entender por que tá tudo assim"

Beijos e se cuida pessoa linda por dentro e por fora.Te quero aqui na terra por muito ,muito tempo.

Claudia Vila Nova

6:16 AM  
Blogger Danielle said...

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado

Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

Eu sou o medo do fraco
A força da imaginação
O blefe do jogador
Eu sou eu fui eu vou

Gita

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

Eu sou a vela que acende
Eu sou a luz que se apaga
Eu sou a beira do abismo
Eu sou o tudo e o nada

Por que você me pergunta
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra,
Do fogo, da água, do ar

Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

Eu sou a dona de casa
Nos pegues pagues do mundo
Eu sou a mão do carrasco
Sou raso, largo, profundo

Gita

Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego
E a cegueira da visão

Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai, o avô
O filho que ainda não veio,
O início, o fim, e o meio
O início, o fim, e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
(Gita - Raul Seixas)

NÃO..ESSE AINDA NÃO É O MEU COMENTÁRIO...SEI QUE JÁ POSTEI ESSA MÚSICA QUE ADORO POR AQUI...MAS LENDO...OUVINDO E VENDO A CHUVA CAIR...SENTINDO O FRIOZINHO QUE BATE DA MINHA JANELA ABERTA...SENTI QUE DEVEIRA POSTÁ-LA MAIS UMA VEZ..ELA TEM VÁRIOS SENTIDOS...VÁRIAS INTERPRETAÇÕES...DEPENDE DE QUANDO, ONDE E COMO É LIDA OU CANTADA...
ESPERO QUE GOSTE...

QUANTO AO QUE VOCÊ SENTIU NO METRÔ FOI O MESMO QUE SENTI EM VISTA ALEGRE, LEMBRA ? SAÍ DE ÓRBITA...POR INSTANTES ESTIVE FORA...SEI LÁ...PERDI NOÇÃO DE TEMPO E ESPAÇO EM SEGUNDOS..ACHO QUE ERA O TAL DO " VAZIO " QUE O POVO DA FACULDADE CISMAVA EM QUERER DEFINIR...rsrs..
E QUANDO VOLTEI AS COISAS FORAM DESEMBOLANDO DA MINHA CABEÇA E ACHEI ESTRANHO AS PESSOAS ME OLHANDO ASSUSTADAS...ATÉ A MÃO DO RENATO ME ASSUSTOU..rsrs..
A DIFERENÇA É QUE VOLTEI E COMECEI A SENTIR A DOR DA PANCADA QUE LEVARA E NEM TINHA NOÇÃO...
ENFIM..ESSE " IR E VOLTAR " É ESTRANHO...NOS DÁ UMA SENSAÇÃO DE PEQUENEZ DIANTE DE ALGO TÃO DESCONHECIDO E GRANDIOSO...
BEM..PARA QUEM NÃO IA COMENTAR NADA...rsrs..

DEPOIS VOLTO...
SE CUIDA E FICA BEM TÁ ?
BEIJOS

DANNY

6:19 AM  
Blogger Junior São gonçalo said...

É sobre isso que sempre comento com você Tico...Sobre as mudanças que venho passando...

Sobre se descobrir e realmente encontrar a felicidade nas coisas simples e verdadeiras.

Saber, acima de qualquer coisa, tal como verdade máxima, que isso tudo que vivemos, é apenas uma passagem por esse planeta...

Saber, que podemos, e devemos, fazer valer a pena essa oportunidade que nos foi dada...

Que todos nós somos capazes e vitoriosos! Se lembra da corrida que vencemos? Daquela lá, dos espermatozóides!

Saber, que existem pessoas que realmente dedicam a razão de estar aqui, em prol de todos...e que com certeza, são felizes...

Nascer, crescer, reproduzir e morrer...

Existir é fácil...queremos ver, é Ser!

Alguns filósofos diziam que saber Viver, é se preparar para a morte...

As pessoas ficam preocupadas com a morte, com um medo terrível... e eu também, confesso...

Mas DEVIAM SE PREOCUPAR MUITO MAIS, com o que estão fazendo nessa passagem por aqui...!

Imagine se você soubesse que amanhã seria o último dia de sua vida????

Pois é, pode ser!

E eu não estou te agorando não meu Amigo..de maneira alguma..rss..somente estamos falando de verdades! Que eu, Você e todos sabem!

Porém, algumas pessoas parecem não estar muito preocupadas com isso...

Então...

Eu levo comigo essa verdade e procuro viver dentro das minhas possibilidades (cada um dentro das suas possibilidades...mas é possível), coisas de bem e do coração...

Não precisamos falar de religião... A questão e ao mesmo tempo resposta para tudo, eu acho, é o Amor.

E é por isso que agradeço à Vida, à todos os Amigos aqui do Clube, aos Voluntarios e a Você Tico, por compartilharem os pensamentos bons, as atitudes boas e toda essa VIDA...

Estamos Juntos! Todos no Mesmo Barco!

Acreditem!

E SEGUIMOS EM FRENTE TICO...
SEMPRE JUNTOS!

Um Forte Abraço meu irmão!!!

JUNIOR SÃO GONÇALO

6:33 AM  
Blogger auau said...

Sou uma formiga, mais tento contagiar as pessaos com minhas atitudes, tento mudar o mundo sim, por que não???sou insignificante, mais para quem ouviu minha palavra eu posso ser grande!!
è estranho pensar que estou no "piloto automático" quando me deixo levar pelas situações.....

Acordo toda manhã pensando que me dia vai ser FELIZ..




Paz e amor


Auíri au

6:51 AM  
Blogger **Renata Ferri** said...

Me descrever..olhar em meus olhos...!??
Será possível!?
A única coisa de que tenho certeza é que não estou sendo uma bolha de sabão.
Tico..se cuida!
Vc está mt preocupado com o mundo aqui fora. E dentro de você!???? O que anda acontecendo!?
Te amo muiiiiiiiiiiiiiiito SANTO FORTE!
Bêjo0s,
Rê!
Ah..colokei em meu blog fotos de ontem!
Bj!

7:14 AM  
Blogger Cristal said...

Por enquanto só consigo te dizer que ninguém desmaia sem motivos.
Talvez tenha sido um aviso do teu corpo de que precisas cuidar um pouco mais da tua saúde.
Podemos escolher o caminho que queremos seguir, mas seja ele qual for, precisamos do nosso corpo funcionando para nos conduzir a ele.
Eu sei que tens uma porção de coisas que queres fazer, mas tenta encaixar um tempo para cuidar de ti. Vê se consegue descobrir o porquê do desmaio.
Com relação ao restante, podes ficar satisfeito, atingiste o teu objetivo.
Fica bem!!!

7:25 AM  
Blogger Fabiana said...

Na moral, cuide-se!!!
Células transmutadas q por enqto só estão fazendo o bem às pessoas a sua volta, tbem necessitam de cuidados... Cuidados até maiores q as células "normais", já q essas seguem os padrões da bolha da vida e são apenas engrenagens...
Qdo essas células "diferentes" começam a causar preocupação, deixa as pessoas apáticas e com medo de seguir, e então começam a fazer mal, né?

Enfim...
Cuide-se!
Por amor próprio, pelo amor q todos, ou a maioria de nós aqui, sentimos por você! Além dos q estão fora.


Bjos,
Fabi

9:14 AM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

Eu......

ontem, no final da manifestação, fiquei conversando com a galera quando você já tinha ido embora..mas apesar de saber que íamos todos de metrÔ também, eu fiquei com muita vontade de ir logo...sei lá...me veio uma pressa mesmo de ir logo....mas não fui..

Eu já tive vários momentos no último mês em que senti que ia desmaiar ou que não ia me suster mais...

É muita coisa acontecendo...pra muita gente, Tico.

É sobrecarga.

Ainda bem que você tá bem.....você tá bem MESMO?

Não ignore nada em você em prol de nada do que você acredita....muito menos a sua saúde...cuida dela..a mental ainda mais.

Me incomoda demaaaaaaaaaais essa coisa de ser uma célula que só faz o que já está programado. Eu nunca fui e mais, NUNCA QUIS SER.

Eu sinto que sempre tive uma consciência bem clara de quem eu sou, desde sempre.
Desde criança.

Sempre soube bem o que eu vim fazer aqui.

E sempre soube que precisava criar minha liberdade pra fazer o que preciso. Minha missão.

E por ser algo fora da programação normal não foi bem reconhecido por muitas células.....mas o q importa...

Quem somos nós, onde estamos, pra onde vamos...

Aprendi a vital importância dessas perguntas há 13 anos..com um grupo de bolhas de sabão, ou algo mais, que também não quer perpetuar nada que esteja programado e que não seja REALMENTE bom pra gente.

O que é a vida?
Pra que existimos?


Sinceramente....a vida é amor....existimos pra ele tb.

Eu tô aqui pra isso. Pra ajudar a melhorar esse planeta. De verdade.
SEMPRE foi meu objetivo.

Fazer uma diferença REAL, POSITIVA.

Simplesmente isso.

E você?

Pra que você está aqui, Tico?


Um abraço e beijos.

9:41 AM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

Só complementando: ontem à noite eu revi o dvd drc e fiquei refletindo muito sobre o valor e a razão do detonautas existir...não sei....fiquei vendo o dvd e refletindo bastante.....

9:42 AM  
Blogger Cláudia Vila Nova said...

Só corrigindo o meu post anterior.."Tô tentando me encontrar,tô tentando ME entender..."Letra linda,conhecida e eu errando..rs*
Beijo.

10:43 AM  
Blogger Fabiana said...

Dá licença pra propaganda:



Vc odeia Detonautas? Ignore essa mensagem...
Detonautas pra ti, nao fede nem cheira? Então leia e ajude um pouco...
Aos q nao se encaixam ai em cima, leia e ajude, logico! rs

"Ao prefeito César Maia,

Venho por meio deste abaixo assinado pedir para que a lona de Jacarepaguá, ainda em construção, tivesse o nome de Lona CULTURAL RODRIGO NETTO. Apesar de novo ele era uma pessoa que sempre lutou pela cultura nacional e por tantas vezes esteve nos circuitos das lonas, tocando ao lado de seus parceiros da banda Detonautas ou prestigiando os amigos.
Seria uma bela homenagem à memória dele que teve sua vida interrompida precocemente, vítima da violência."

O link:
http://www.petitiononline.com/lcnetto/petition.html

Vai assinar? Obrigadaaaaaaaaaaaaa...
Aproveita e assina com o RG da mamãe, papai, irmão, irmã, avó, avô, tio, tia, vizinho, vizinha... Enfim...
Qualquer pessoa q tenha RG e esteja afim de ajudar.

2:02 PM  
Blogger Movimenta Brasil said...

EU na verdade sou NÓS.
Nós que estamos inconformados com a maneira que a sociedade em geral leva a vida, olhando para o próprio umbigo e preocupada em acumular matéria além do necessario.
Nós que estamos indignados com a falta de ética e compromisso dos que governam e tem poder de mudar o pais, desde que tenham coragem e respeito com seus compromissos e interesses do povo. Povo que sofre, que ri, que dança, que canta, mas que se acomoda e fica esperando ajuda dos céus.
Nós que pensamos que EU posso mudar o mundo....e posso, podemos, desde que tenhamos atitude e sinceridade com nossos desejos.
EU que trabalho para ganhar dinheiro....mas que ele seja sufuciente apenas para que eu viva com dignidade.
NÓS que queremos que a vida seja uma verdade coletiva e solidária,

NÓS QUE VAMOS NOS EXPRESSAR DIA 15 DE JULHO EM SP NO PARQUE DO IBIRAPUERA AS 15HS COM UM CHURRASCO: O MAIS CARO DO PAIS, AFINAL SERÁ FEITO DE BOIS DO SR. RENAN.....

Enfim Nós do MOvimenta BRasil....
Eu Carlos Marchi

Convidamos a todos para viver a vida com coragem e amor a esta pequena ponte que atravessamos...para que seja ao menos uma travessia SINCERA....

Em frente............
Desculpem aos meus parceiros do MB pela liberdade de escrever este texto.....é apenas a minha visão do EU num contexto NOSSO do MB

2:47 PM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

Tico Sta Cruz,


Eu sou um desconhecido.

Eu sou o amante e o malquisto,pois se eu não for um pouco deles,eu perderei a graça vida,e não só isso,perderei a graça de chorar.

Não me conheço.

Tenho sensações diversas,intenções diversas,atitudes diversas.

MUTAÇÕES EXTRA-TERRESTRES?

Sou eu um escritor(?),que por volta de mil novecentos e oitenta e cinco,resolve vir ao mundo viver a vida, tendo o bem e o mal acompanhando-o.

Já se apaixonou.Pensava que amava,mas depois de um tempo,olhou para sua volta,e começou a pisar, a transar com consciência a vida.

E sabe que ama-se muito.

E sabe que O AMOR,está dentro dele e não, naquele gozo,que propriamente ele dava e dá.

Se indigna com a HIPOCRISIA.
Se indigna com o seu conformismo. Se indigna com a sua verdade.
Se indigna com a sua mentira.

Mas o que adianta se indignar,se não engana,se não coloca dinheiro dentro das suas cuecas?

O que adianta?

O passado dele,manifesta na sua memória, afinal, ele não sofre de AMNÉSIA?

Não sofro.

Sou um cara estranho.
Não sei quem sou.

Sou eu.

Adoro chorar.
Não gosto de estátuetas.
Adoro sorrir.
Adoro ver a verdade nos olhos. Adoro a Natureza.
Estou vivo por causa dela.

Odeio a ganância.
Odeio o egoísmo.

Adoro a banda DETONAUTAS.
Todas as músicas retratam as coisas que já vivi e vivo na vida. Tem uma que me levantou a minha cabeça num momento de solidão:

TÔ APRENDENDO A VIVER SEM VOCÊ.

Realmente é horrível viver sem ter as pessoas que a gente tem uma admiração imensa do nosso lado,mas é o destino.

Com carinho!

Marcos Ster

Ps:Refliti nas canções do disco VENTURA,DA BANDA QUE NÃO PODE ACABAR,LOS HERMANOS.

O CARNAVAL PODE ACABAR,MAS A INTELIGÊNCIA E A MENSAGEM QUE SÃO PASSADAS PARA NÓS, ATRAVÉS DE SUAS CANÇÕES,ISSO NÃO,NÃO.

Ps2:E também nas canções da BANDA DETONAUTAS.

Ps3:Com carinho!

3:50 PM  
Blogger beta said...

Quem sou eu???

Eu sou a sua cara-metade!

Você me faz tão bem!

AMO VOCÊ!
Roberta N.Maia

4:01 PM  
Blogger Carlos said...

Simplesmente complexo. sigo numa reta, que ainda não tenho a completa certeza que seja essa, a certa...Meus passos são largos, porém, estão e são acorrentados. Sou complexamente simples. Como um pires que abocanha uma colher. A minha mulher(parte feminina)que coisinha esperta: é Lésbica!
Sou preguiçoso...A preguiça me conquista, me domina e...Me aniquila.
Sou um tanto vaiodoso e logo, orgulhoso.Isso Pode ser perigoso...
Sou mentiroso.
...
Pra que você quer conheçer pessoas estranhas? Se na suas entranhas você se perde? Pra que você nos pede, para se apresentar, se em você, que é o mais íntimo dos seu íntimos, vem a se estranhar um com o outro, sendo esse o "outro": o mesmo.
GRANDE ABRAÇO!
Paulo Mileno

4:03 PM  
Blogger SONHOS PSICODELICOS said...

É exatamente o que sempre vejo
Dormir e nunca mais acordar

o caso interessante na sua conclusão da morte

agora concluindo a vida que se foi
neste exato momento, em que as cozes vão sumindo e entrando no inconscinte... PARE... acho que a partir disto que não volta é o fim,

mas não estes fins de finais felizes e paraísos pessoais

é apensas aquele sonho que não lembramos desta noite, se foi acabou apagou deletou!

ESSE TEXTO FOI UM DOS MAIS LOUCOS QUE LI, E NA VERDADE RETRATA MUITO OS SONHOS, COMO PARA MUITOS SONHOS SÃO BOBAGENS, MAS PARA MIM É A REALIDADE, SEM SONHOS QUE TENTAMOS E LEMBRAMOS, AI VEM O FIM, O NADA, A VIDA SEM NADA, SEM SONHOS!

Lucas Navarro (o sonho (((psicodelia sexo amor e distorção!))))))VALEW))))

5:40 PM  
Blogger Suelen DRC said...

Quem sou eu??
Pergunta difícil de se responder, pois as vezes acho que ainda não sei...
Uma coisa tenho certeza, não sou, não quero ser e nem nunca serei uma bolha de sabão!!!
Não consigo apenas flutuar, como se nada estivesse acontecendo, aceitando a td o que é me imposto!!! Todos nós somos personagens, a verdadeira pergunta é quem escreve o nosso roteiro... Tico, já disse isso,e volto a repetir, que nenhum espelho reflete melhor a imagem de um homem do que suas palavras e atitudes!!!
Querido, se cuida...
Pelo bem de todos que te amam e a si mesmo!!!
Bjusss, te amoooooooo!!!

6:19 PM  
Blogger LiLiTh Eliane* said...

Se o IBGE lançar uma pesquisa com as comparações que você fez, com certeza, 100% vai querer ser a célula transmutadora.

Mas existe uma grande diferente em querer ser e realmente ser.

Eu queria ser advogada, mas sou analista financeira.
Eu queria fazer ballet, mas estudei piano.
Eu queria ser calma e paciente, mas sou o contrário.
Eu queria pensar antes de fazer e falar algo, mas sou impulsiva.
Eu queria ser normal, mas sou meio tãn-tãn (tudo bem... isso foi uma opção... eheheheh).

Tenho ciência dos meus defeitos e limitações e procuro superá-los, mas algumas células padrão teimam em esconder aquela única transmutadora.

Ainda bem que existe aquele milho de pipoca nos dentes e aquela etiqueta que pinica insessantemente, e me lembra que eu não quero me identificar com aqueles 03 mantras em amarelo, lá em cima!!


Se cuida!!

Bjs

8:23 PM  
Blogger Matreya said...

"No corcovado quem abre os braços sou eu
Copacabana esta semana o mar sou eu
E as borboletas do que fui pousam demais
Por entre as flores do asfalto em que tu vais"

SEI LÁ..ACHO QUE SOU ASSIM...
rsrs...

BEIJO

MATREYA

8:23 PM  
Blogger Carla Aguiar said...

Sou o resultado das minhas escolhas. E, por esse motivo, posso afirmar que não sou uma simples bolha de sabão.
Ainda falta muito para chegar onde acredito ser o ideal, mas estou no caminho, buscando, procurando evoluir. Sou alguém com muitas dúvidas e poucas respostas; o passarinho que mesmo sabendo que não pode apagar o incêndio sozinho segue fazendo a sua parte; uma pessoa que não descobriu ainda qual seu real papel nesse mundo insano mas que possui a certeza de que não está aqui por acaso.
Enfim, sou um ser humano não muito diferente dos demais. Com defeitos e qualidades e uma incrível capacidade de amar e lutar pelo o que eu acredito...


Tico, a sensação de desmaio me apavora. Houve uma época em que fatos como o que aconteceu ontem com você eram freqüentes. Tinha até medo de sair de casa sozinha...
A sensação é justamente essa: não temos controle sobre o nosso corpo, somos frágeis. Numa fração de segundo, tudo pode nos acontecer...
Já te disse uma vez e vou repetir:
Dê um pouco mais de atenção à sua saúde. Chega uma hora em que o corpo não consegue acompanhar a mente...
Cuide-se, por favor!

Amo você!!! =)
Beijo grandão!

9:07 PM  
Blogger Junior São gonçalo said...

Fala Tico!

Só passando pra te deixar umas energias positivas, meu irmão!

Se cuida aí e recarrega as baterias de vez em quando...

Todos nós estamos com vc!!!
Sempre!!!

Um Forte Abraço do seu amigo!

Junior

10:11 PM  
Blogger Daniel Alves said...

Um belo dia em nome da ciência
inventarão o genérico do homem
era um cara estranho meio violente
sem educação e sem sentimento
não sabia ler muito menos escrever.
cultura ele conhece só pela televisão
ele é de uma tribo muito sul real
e a mistura da ciência tornou ele imortal.
A sociedade não gostou da criação e pediu ao governo sua extinção
O governo agora tenta acabar com o criatura criada em seu quintal.
O plano era pratico mais o genérico resisti
mesmo doente na fila do hospital o genérico faz planos de ampliar a suas crias
ele não tem emprego e vive de salário mesmo assim resiste como um dromedário
mesmo doente se recupera toda vez e na sexta feira a e cervejinha e de lei
a sociedade cada vez mais revoltada tenta outras formas de acabar com a criatura.
tentaram o racismo a descriminação mais ele resiste com determinação.
o genérico se expandiu e o bagulho ficou doído
invadiu toda sociedade confundindo os combatentes.
tem genérico nas ruas,na política na policia e até no planalto e agora é mais difícil combater
pois ate os combatentes são genéricos
frutos da mesma ciência que ampliou a deficiência e o caráter imoral
hoje estou confuso, não não sei se sou genérico ou o original
sem direito a saúde ,educação e lazer me preocupo com o futuro da nação.
o genérico agora é venéreo e não tem classe social
mais o sistema ainda tenta acabar com esse mau.

3:28 AM  
Blogger Borboleta Bia said...

Basta querer ser feliz!

Na última semana o pânico tomou conta de mim.
Descobri que estava com uma grave doença.
Os primeiros sinais apareceram em minhas mãos meses atrás,
Usei vários remédios, mas elas não cicatrizavam.
Em seguida os cabelos e depois o rosto.
Ignorei todos os sinais, mas quando vi já estava cega.
Foi também nesta mesma semana que admiti pela primeira vez meu grande medo.
Fui acumulando por alguns anos pequenos fragmentos de minha grave doença.
Mas quando descobri que eu estava com uma grave doença, reuni toda força restante e fui para o hospital sozinha.
Por conta do acaso, o que me liga ao mundo ficou em silêncio.
Durante algumas horas fui procurada, imaginaram suicídio, me deram como morta.
Sinceramente nada disso passou por minha cabeça.
Descobri que as pessoas não me conhecem ou eu andei usando algum personagem errado.
Voltando para o hospital de ruas, rostos e prédios novos...
Foi lá que meus olhos deixaram entrar novamente pequenos focos de luz.
Percebi então que tudo a minha volta havia crescido muito rápido.
Rápido?
Aonde eu estava quando isso aconteceu?
Percebi que parte de mim já estava morta, foi então que meus pulmões foram tomados pelo ar, este que rasgava minhas narinas e me encheu de coragem para ficar em silêncio e ouvir a voz que eu ignorava.
No primeiro momento tentei ignorar.
Tentei dormir mas não consegui,
Tentei me ver no espelho mas não consegui.
Foi quando a voz começou a soprar em meus ouvidos de forma clara... palavras referente ao meu medo, ela repetia e repetia...
Descobri então que minha doença tinha cura.
Eu realmente cometi o suicídio do meu eu.
EU me rejeitei.
Como pode, meu grande medo foi minha cura.
Chorei, minha voz faltou, mas olhei para trás com alegria e sem magoas.
Trouxe comigo apenas uma ótima experiência, de escolhas, confissões e sentimentos verdadeiros.
Sei que estou em estado de observação,
Mas meus olhos não podem mais ficar tristes.

Nada daquilo passou por minha cabeça, pois estou VIVA.

Gabi

5:34 AM  
Blogger Caroline said...

Oie tudo bem?
Parabéns pelos protestos e pela força que está dando a todos.Muito bom ter o incentivo de alguém para fazermos o mesmo e juntos.
Tudo de bom!!!

Nos encontraremosss em Araraquara-sp
Ebaaaa,uhuuuuu.
Bjão.

5:45 AM  
Blogger caarter said...

essa é uma perguna que todos deveriam se fazer constantemente não só em um lapso de culpa ou sei lá, EU ariel, é esse meu nomo mesmo o anonimato num me anima, realmente num sei quem sou ou o que faço aqui num veju meus planos, num veju o que será o futuro, dai pensas ninguem sabe!
na verdade achu msmo que sou uma bolha to aqui por nada e pra nada, deixo-me ir indu, santa redundancia, até que um dia eu estouro, sou aquela bolha que passa por vocÊ e que te faz pensar, nossa que bunita bolha, a mesma bolha que se estoura na sua cara e vc nem dá a minima, apenas diz:
-se foi! =]
sem mais, tenhu dito!

8:45 AM  
Blogger edilza said...

Este comentário foi removido pelo autor.

4:54 AM  
Blogger Slipk-Down said...

Sei lá, tem horas que acho que me perdi ...

A rotina, os compromissos, a vida alienada tem acabado um pouco comigo ...

Preciso retornar, este espaço me faz bem ...

3:45 AM  
Blogger fellipe campos fernandes said...

boa pergunta, quem sou?
Ainda não sei direito. A cada dia que se passa na minha vida, ocorre tantas mudanças, que paro para pensar, que tipo de pessoa sou???
feliz, infeliz, honesto, desonesto, paciente, inpaciente, organizado, desorganizado...

Me olho no espelho e vejo o quanto mudei, meus olhos, minha fisionomia, meu pensamento estão tão diferentes daquele menino, que só pensava em brincar, jogar e sem compromissos.
Como o tempo passa, a vida passa,
estamos ai para errar e acertar.

Mas,nesse momento posso dizer que sou uma pessoas feliz,honesta com alguns problemas, dificuldades, objetivos e que quero realizar meus sonhos!!!

Muita luz, saúde, alegria, energias positivas...

Grande abraço

4:03 PM  
Blogger Penetrália said...

Oi, Tico e Voluntários da Pátria:
vi o Tico no Jô e gostei muito da idéia dos Voluntários. Encontrei também o link do Clube da Insônia. Divulguei a Operação Pan-Cidadão no meu blog, pois achei divertidíssima: para protestar é preciso bom humor.
Meu blog (wwwpenetralia.blogspot) é um espaço voltado para divulgar poesias e textos de jovens autores e também artigos como os de Laerte Braga, que sempre criticam a conjuntura atual.
Eu gostaria de doar meu livro para o Carceragem! Como faço?
Abraços do Lúcio Jr.

8:31 AM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

Irmão,

Estou de volta aqui pra dizer que adorei ver o documentário ,"Pro dia nascer feliz", neste sábado, que passou no futura.
Impressionante, emocionante e que representa um passado que vivi.

Por que vivi?
Por que eu presenciava situações como exemplo: Nós os alunos conversarmos em momento de explicação do professor na aula. Não aproveitamos da forma que era pra ser aproveitada esta época de novidades, de aprendizado. Algumas situações me encontrei e infelizmente isso acontece em qualquer canto de nosso Brasil.

Enfim aprendi e sigo meu rumo!

Abs, Tico!

Marcos Ster

Ps:Tico, me desculpe usar teu canto tão especial e falar do Detonautas. É que estou com saudade de conferir um show de vocês aqui em Poa, saudade e vontade de vê-los aqui de novo.
Ps2:Sabe aquela minoria que estava no Opinião, dia 21 de setembro de 2006, é, eu estava presente naquele show de lançamento deste magnífico cd Psicodeliaamor&sexodistorção.
Ps3:Desculpe Tico aí, mas tive que dizer, é a saudade e o carinho pela banda.

4:40 PM  

Postar um comentário

<< Home