sexta-feira, junho 08, 2007

Humanos X Y

Humanos complicam tudo.
Humanos complicam porque gostam de complicar.
Pois uma vez complicados, existe algo a fazer.
Sem complicações, humanos se percebem humanos e isso os irrita.
A solidão na maioria das vezes incomoda. Mas ao mesmo tempo humanos tendem a ter dificuldades ao lidar uns com os outros.
Humanos precisam reunir um milhão de humanos nas ruas para mostrar a outros humanos que devem respeitar o direito dos humanos de fazer de seu sexo o que bem quiser.
Alguns humanos não entendem e agem com violência por se achar no direito de decidir o que é o certo e o que é o errado para si e para os outros.
Humanos inventam verdades e usam até mentiras se necessário for para comprová-las. Humanos dizem que amam humanos, mas estão constantemente demonstrando o contrário. Por isso são humanos.
Humanos tem sentimentos e racionalizam os mesmos, para que possam explicar para outros humanos os significados de sensações que por si só já deveriam ser suficientes.
Humanos querem explicar tudo e o que não conseguem explicar justificam com um DEUS. Este criou os humanos e deve ter vergonha do que alguns deles andam fazendo por ai em seu nome.
Humanos estudam e desenvolvem teorias e práticas espetaculares.
São criativos e musicais.
Dançam, cantam, lutam, choram, sorriem, gritam.
Humanos conseguem realizar façanhas tão incríveis que nem os próprios humanos conseguem entender como criaturas tão capazes são capazes de coisas tão desumanas.
Mas o que é desumano?
Desumano é uma ou mais ações que um humano pode fazer com outro humano ou com qualquer outro ser que seja considerado de tamanha insensatez que acaba qualificada como algo não humano, mas animais não são desumanos, humanos são desumanos.
Humanos fazem política, guerra, estupram, matam por dinheiro, por prazer, por poder, por controle. Humanos escravizam humanos. Uns mais humanos outros menos, mas todos humanos. Humanos precisam de heróis que tem poderes extraordinários para mostrá-los o quanto são limitados. Por outro lado existem humanos dotados de tamanha sensibilidade e inteligência que desenvolvem métodos preventivos e curas para doenças, males, problemas criados pela natureza ou por outros humanos. Também encontramos humanos que vivem especialmente para criar distúrbios ou complicações para que outros humanos possam resolver. Muitas vezes chamam isso de comércio.
Comércio é uma relação humana onde alguém vende alguma coisa e outro alguém compra.
Dentro dessa relação existem humanos que estudam estímulos humanos para que outros humanos desejem determinados produtos e a isso denominamos Marketing.
O Marketing nada mais é do que uma estratégia criada por humanos para fazer com que o comércio esteja sempre se superando, gerando lucros e fortunas.
Lucro é quando um ou mais humanos conseguem obter um retorno financeiro superior ao seu investimento inicial. Alguns humanos lucram até 100 % de seus investimentos e outros humanos admiram essa capacidade.
Enquanto alguns poucos humanos vão acumulando quantias estratosféricas de capital através de suas atividades, existem humanos miseráveis comendo lixo e passando fome.
Muitos humanos se encontram dessa forma e buscam alternativas desumanas para não morrer por falta de condições humanas. Alguns trabalham horas e horas seguidas para no fim do mês receber um salário que não garante um padrão de vida básico e digno. A este salário miserável denominamos salário mínimo. Mínimo para não ser taxado de escravidão, pois a escravidão envergonha os humanos, mas na prática é praticamente isso.
Humanos inventam modas.
Humanos inventam direitos e deveres.
Humanos inventam ordens e leis.
Alguns humanos respeitam outros não. Pior são os humanos que são consagrados ao lugar de representantes das leis e não as colocam em prática alguns chegam até a infringir-las constantemente. Humanos precisam de humanos para lhes dizer o que fazer, quando e como fazer. Humanos podem ser dependentes ou independentes, mas independente de qualquer coisa humanos normalmente dependem de atenção. O que move um humano é o desejo de ter reconhecimento e atenção de outros humanos. Quando isso não acontece, humanos desenvolvem problemas sérios. Alguns humanos recorrem a outros humanos que são pagos para ouvir seus problemas. Outros a drogas. Algumas drogas são legais e outras ilegais, mas todas são drogas. Para vender drogas humanos criam drogarias, botequins, bocas de fumo dentre outros estabelecimentos regulamentados ou não.
E toda essa droga é gerada por um sistema que massifica a ignorância coletiva, para que aqueles poucos humanos que controlam as cidades, os países, o comércio e a maioria das atividades lucrativas não sejam questionados.
Humanos inteligentes podem representar perigo a humanos poderosos.
Humanos ignorantes normalmente não.
Como humanos, todos ignoramos algo, mas a ignorância a qual me refiro aqui pode ser traduzida como educação. Educação é um condicionamento humano para que os humanos desenvolvam métodos eficientes de respeito às relações humanas. Um humano bem educado sabe qual o seu limite e o limite do próximo. Respeita a vida, aprende a ler, a escrever, a desenvolver um senso crítico que pode alçá-lo a condição de líder de humanos. Humanos precisam de líderes para que possam se sentir adequados a determinados sistemas. Líderes espirituais, políticos, culturais, dentre outras lideranças humanas.
Humanos se identificam com outros humanos e quando não, tendem a diminuir aqueles com os quais não sintoniza algo em comum. Humanos são preconceituosos. Julgam o tempo todo, e concluem determinadas opiniões sem conhecimento. Todo humano tem algum tipo de preconceito. Os mais perigosos são os que se referem à raça, cor, credo, classe social ou opção sexual. Então humanos criam guetos para que possam se proteger de outros humanos.
Humanos criam pequenos feudos e hoje em dia os chamam de condomínios.
Humanos que não tem dinheiro se aglomeram em outros tipos de feudos, estes muitas vezes não oferecem condições humanas e a eles damos o nome de favela.
Nestas favelas existem humanos que não foram educados. Convivem diariamente com a violência humana, estão expostos aos mesmos estímulos de marketing que os humanos que tem poder aquisitivo. Mas estes humanos que não possuem as mesmas condições financeiras para dar vazão a seus desejos, buscam caminhos alternativos para acumular o capital necessário. Estes humanos se dividem em vários grupos informais. Alguns inofensivos e outros perigosos. Os perigosos e violentos podem submeter o feudo ou a favela a condições ainda mais desumanas e outrora fazem o papel que o estado deveria fazer, oferecendo comida, remédios, roupas, livros para as crianças dentre outras coisas. Falar sobre humanos de uma maneira geral é complicado, pois as relações entre eles podem variar por diversos gêneros e graus. Humanos são seres do planeta terra que se dividem por raças embora todos sejam praticamente iguais. Humanos são complicados.
Humanos são humanos e como tal são imperfeitos.
Humanos complicam tudo.
Não poderia resumir tudo isso a uma só palavra?
Humanos!
Por si só já diria tudo.
Mas muita coisa ficou faltando por se tratar de humanos.
Humanos, assim somos assim morreremos.
Humanos e é só.
Humanos.
Ser humano.

Tico Sta Cruz

33 Comments:

Blogger Mario Moragas said...

Impressionante. Ótima dissertação.

8:26 PM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

Humanos?

Humanos irmãos!
Humanos nem tanto!

Humanos na benção!
Humanos na religião!

Humanos na escravidão!
Humanos na imensidão!
Humanos na escuridão!
Humanos no clarão!

Humanos na competividade!
Humanos na atividade!
Humanos na lucratividade!
Humanos na afetividade,outros
nem isso!

Humanos na concorrência!
Humanos na abstinência!
Humanos na clemência!

Humanos na celebridade!
Humanos na crueldade!

Humanos!
Humanos!

Só humanos?

Falta?
Não, sobra humanos!
Humanidade!
HumAnos!

Abs!

Marcos Ster

8:40 PM  
Blogger Lia Gomes said...

Ola Tico,

Agora é a hora de termos um novo entendimento de quem somos como seres humanos.
Esse é um novo milénio. Esse é o século 21.
Temos que repensar quem somos.
Temos que mudar se pretendemos alcançar o lugar que queremos ir.
Essas mudanças que estamos propondo são verdadeiras à nossa religião. Todas as nossa religiões nos encinam que a mulher e o homem são iguais perante os olhos de Deus.
As mudanças que estamos proponda são as leis do nosso país. Nossa nação Africana – em seu documento de liberdade, nossa constituição – o home e a mulher tem os mesmos direitos.
Esses direitos incluem o direito:
À vida, liberdade, e segurança de pessoa
De igualdade e dignidade
De ter informação, saúde, e oportunidade de trabalho
De ter educação e de participar na vida cultural de uma comunidade
De ser proprietário, de ter uma assembleia e associação pacífica
À escolher quem e quando de casar e de direitos iguais durante o casamento e o divórcio
De ter proteção igual em respeito às leis e acesso às cortes
De liberdade de pensamento, conciência, e religião
De ser parte do governo e ter acesso igual aos serviços públicos
De denscançar e ter tempo livre para desfrutar
Ser um ser humano no século 21 significa ser comprometido com nossos direitos humanos – e com os direitos humanos de todos.


Eu acho que é isso...bjs Lia

9:50 PM  
Blogger Paty said...

Namastê Tico!

conhecidencia, quarta assisti um curta metragem inteligentissímo que retrata isso que vc citou...
procure no youtube: ilha das flores.

boa noite, abraços!

10:09 PM  
Blogger Bia Koth said...

Pessoas são sempre pessoas, colegiais ou presidentes! rs
Bela frase do Nettinho, grandes saudades!
Paz e luz sempre.

10:27 PM  
Blogger Suelen said...

Nossa me senti numa seção de psicanálise!!!! Realmente humanos são complicados, têm o prazer de tornar td mais difícil quando a solução mtas das vezes está a menos de 2 palmos de nosso nariz!!!
Muitas das vezes arrumamos desculpas,para tentar encobrir nossas falhas, com receio do q o próximo virá a pensar, mais se pararmos para perceber iremos ver que não somos perfeitos pelo simples fato de sermos imperfeitos!!!
Ahh nunka fui numa seção de psicanálise, mais se um dia eu fosse, acho que seria assim, tentando entender um pouquinho mais sobre o ser humano e suas crises!!!!
Bjocas em seu coração, que vc tenha mta paz,harmonia e coragem, pra sempre seguir em frente, mesmo quando alguém tentar lhe impedir disso!!!Te amo!!!!!!!!!

10:33 PM  
Blogger Fabiana said...

Mto bom Tico! Texto foda!!! Entrou pra galeria dos melhores!!!



Humanos são estranhos, e eu tenho medo de alguns deles!


Bjos ;*

12:05 AM  
Blogger kk_baby said...

Humanos são só humanos..é esse o maior erro do próprio ser humano achar que é algo além disso...se achar superior aos demais humanos.E são poucas pessoas que tem a consciência de que são isso e nada mais..que somos todos iguais,sofremos dos mesmos maus,sentimentos,vontades,desejos...

é tudo que você já disse humanos são isso só humanos.


beijao Tico

9:06 AM  
Blogger Roberta Fernanda said...

Seres humanos, de tão complexo se resume em uma simples palavra "humanos".

Queria poder desvendar todos os segredos dos humanos, de tão na cara, eles se escondem, aliás acho que todos os "humanos" queriam desvendar os segredos dos humanos.

Complexidade, os humanos realmente complicam tudo.


Muita Luz p vc, te admiro muito.

Beijos.

9:31 AM  
Blogger M. said...

Porra,humanóide...*rs* tão humano,que chega ser desumano(extra terrestre),que pensa sempre nos humanos,mas sempre na sua condição de humano.Humano normal que se destaca. O Tico que eu chamo de Guilherme,humano,humanóide,dim-dom...não falo mais de humano,a nossa condição..racionais? ah..me cansa...já estou louca.

Um beijo na nuca, Guilherme.
M.

12:30 PM  
Blogger Renato Junqueira said...

É Tico, enquanto não aprendermos todas as lições da escola não passamos de série, por enquanto ainda somos limitados demais, somos tudo isso que vc falou e um pouco mais...ou menos. Por enquanto o que podemos fazer é tentar melhorar e dar incentivos para que outros humanos sigam o mesmo caminho, assim um dia a gente consegue se formar. Mas pelo que vejo, isso ainda vai demorar um tempo incontável para as nossas curtas vidas...é isso, até a próxima!
Grande abraço,

Renato.

1:39 PM  
Blogger Junior São gonçalo said...

Tico,

Os seres Humanos são isso...
realmente humanos...
Mas muitas vezes, desumanos.

Teorias, religiões...
Querem explicar, querem explicações..
Mas não sabem nem ao menos quem realmente são.
São realmente humanos?

Humanos...
Olhem para dentro de si...
Falta realmente mais...AMOR.

AMOR para que se façam verdadeiros humanos.

AMOR.... o sentimento mais HUMANO de todos.

Mas esquecido...POR MUITOS HUMANOS.

Forte Abraço, com muito amor e amizade.

JUNIOR SÃO GONÇALO>>>

1:52 PM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

é...a gente complica tudo mesmo.
falei sobre isso hoje com uma amiga e com minha mãe.

acho que a vida em si é simples e natural mesmo, a gente que embola tudo com nossa imaturidade, irracionalidade, insensibilidade, etc.

não somos perfeitos mas tb exageramos na imperfeição...

é caos demais. é enlouquecedor.

um mundo lindo ao extremo corrompido por seres tão deslocados.
que se esqueceram que não podem viver sem esse mundo.
e sem uns aos outros.

cansa....cansa muito..
mas a vida tem muitas horas que já nos incute uma força tão grande e tão inquestionável que a gente realmente só precisa ir em frente.

é o que tô fazendo.

tenho sorrido menos, contido mais as emoções, me controlado mais e tb me deixado viver tranquilamente apesar de tudo, tico. sei que tem gente que tá me vendo tranquila, aparentemente às vezes e realmente noutras, e não deve acreditar que eu estou realmente tranquila. mas eu estou. não o tempo todo mas parte dele.

é loucura demais.

mas a gente consegue :-)

beijos, querido.

5:47 PM  
Blogger Danielle said...

E...
" ASSIM CAMINHA A RAÇA HUMANA, SE DEVORANDO UM A UM... "
:(

DANNY

7:59 PM  
Blogger TIMENDU said...

O mundo nao existiria nao fossem os polos positivo e negativo...nao concordo nos motes da vida em muitos pontos, e acredito que o ser humano tem que buscar sempre o melhor pra sociedade em termos de civilizacao, mas como nao temos consciencia do nosso poder, do poder de nossas mentes, vivemos nessa babilonia intensamente, somos drenados e sugados, e hoje buscamos o individualismo para nos acharmos...sinto por nao fazermos o melhor para o todo, e chegara o dia em que nos mobilizaremos pelo melhor, pois o extremo do negativo ja esta sendo alcancado por todos...quando chegarmos no fim disso, chegaremos ao infinito e tudo comecara denovo...pois dentro do infinito se desenvolve o finito... o mundo ha de acabar se nao buscarmos o reverso dessa situacao, admiro quem o faz, e um dia me engajarei tambem, alias, ja estou caminhando pra isso agindo dentro do meu ambito...chegara o tempo que terei o poder de disseminar minha palavra de forma sabia e persuasiva, mas o amadurecer e primordial nesta situacao. Hoje ninguem le o que escrevo, amanha sera diferente, e de alguma forma terei meu papel cumprido, assim como estas fazendo! Cada individuo em especial tem seu poder e potencial de mostrar o caminho...mas a frenesi dos dias, do tempo por si so, nos faz lentos dentro desta dimensao e com acoes de baixo calao perpetuamos um especie indigna de viver dentro de uma natureza tao sabia e avassaladora que nos manda sinais todos os dias de que agimos da forma errada. Por ganancia os humanos sao imediatistas e veem no presente a acao maior, mas com otodo ciclo, ha um ponto que nos vemos no mesmo lugar, e e isso que faz da nossa raca um animal eternamente insatisfeito, por nao saber que andamos em circulos, e por nao saber, que este ciclo vicioso ha de ser quebrado! Continuamos por inercia, e esquecemos de procurar as respostas que estao na nossa cara...a complicacao faz da existencia um caminho menos monotono de ser percorrido e e por isso que nao nos entendemos, e e por isso que crencas culturais sao diferentes, pois essa ansiedade que nos assola nada mais e que a ignorancia de nao sabero o porque de estarmos aqui...

9:06 PM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

"Dá o seu amor a todo ser com vida
Homens, anjos, plantas, animais e pedras
Tudo reflete a luz que te habita
Luz onde mora o passado e o futuro
Respeitar a vida: lei da natureza
E a liberdade, dom maior dos homens
Juntos viajamos na nave-mãe Terra
Irmãos na mesma aventura infinita
Terras e mares, raças e povos
Eras, civilizações - que foram e virão
Sóis e planetas, mundos, sistemas
Estrelas, constelações - cantando a mesma canção
Ter a consciência viva do presente
Em cada momento estar inteiro e pleno
Livres, invencíveis filhos das estrelas
Donos do destino escolhemos ser livres!...”

“Cosmos X Caos” – Marcos Viana

9:23 PM  
Blogger Kamille said...

Olá Tico!!!
Boa tarde.
Adorei o texto. Parabéns!
Tenho um enorme prazer de vir até aqui para parabenizar o trabalho que a banda tem feito e para dizer que passei a admira-lá mais ainda depois de um show onde estive aqui no SESC de SG e ameiiiiii! Depois desse show criei uma comunidade que ainda divulgarei para todos que assim como eu, admiram vocês!
aah gostaria de dar ênfase a uma pequena coisinha...esse post sobre "Humanos" foi postado no dia do meu níver! rs
Vou me despedindo, deixando minha marca no blog.Está tudo muito bom por aqui,um dia ainda quero ter a oportunidade de participar de algum protesto.
Tico, desejo muito sucesso á vc e a toda banda!!! aah quero ressaltar que você tem uma voz maravilhosa! Foi jóia o show de vocês!
Se puder, visite a comunidade que eu criei: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=33652033
Gostaria muito de me corresponder com você! se algum dia isso for possível: kamille_moraes@hotmail.com ou kamille08@bol.com.br

Sucesso, hoje, amanhã e sempre!
Fique com Deus..
Um enorme Beijo.

Sou sua Fã !

9:36 AM  
Blogger Zuza_Brasil said...

Os olhos sempre bem abertos
Uma esperteza fascinante
Uma rapidez,uma ginga
Já da para saber quem é
Suas mãozinhas enrugadas pelos tóxicos
Que desde sempre foi obrigado a preparar
Os pezinhos descalços para não fazer barulho
E uma arma na cintura, é preciso
Talvez para se defender,talvez para amedrontar
Ou pode ser para atacar...
De perto,seus olhinhos já mostram que é capaz de matar
É só perguntar:
- Quer família ,um lar?
- Não sei o que é isso.
Mas não brinco em serviço
Vou me mandar porque tenho compromisso
E como tem!
Se atrasar pode rodar
Ele tem medo de apagar
Mas só tem oito anos
Ta na idade de brincar,estudar
- Ei menino, qual é o seu nome?
- Isso não importa, o que me importa é minha fome
E sai correndo,já falou demais
Se o chefe descobre,xi! Ninguém sabe do que ele é capaz
Será que essa criança não tem paz?
Não, claro que não.
Na boca, já é conhecido
E qualquer desviada
Se resolve na facada
- Fugir? Nem pensar
Em qualquer lugar
ele é capaz de me achar
se ficar é melhor,
com alguma grana, é mais fácil perdoar
Ele ta certo
É um garoto esperto
Mas não se sabe até quando
Ele vai estar por perto
- Isso não me importa
Prefiro até morrer
Porque se der sorte e eu viver
Eu já sei o jeito
Repugnante e nojento
Que vou crescer
Ta bom, desejo atendido
Não perdoam nem menino
Nem esperaram ele se tornar rapaz
Mas agora,pelo menos
Ele tem um pouco de paz

Pamella Vidal Serrano 15/1/06
Zuza -^


Valeu Tico..tu é foda, sem cometnarios
esse texto eu escrevi eem janeiro do ano passado.. da uma liad.. ta + - mas trata-se de alguns humanos;...
beijos paz e luz!
AMOR

10:26 AM  
Blogger Movimenta Brasil said...

Olá, Tico!

Primeiro gostaríamos de deixar o link youtube do Abraço Grátis que fizemos no último dia 03.

Free Hugs no Ibirapuera

Bem...
Como comentei no post anterior e ratificado pela Mariana, estamos criando um movimento (apartidário!!!).

Somos um grupo de nove pessoas apenas e estamos precisando de voluntários que topem perder um pouquinho do seu tempo para nos ajudar.

Vejo muitos comentarem aqui que gostariam de fazer algo, mas estão sozinhos e fica difícil... realmente é difícil!

Portanto gostaríamos de convidar seus leitores a se juntar a nós.

Não importa o Estado... o importante é querer! Cada um de nós moramos em lugares diferentes (Minas Gerais, São Paulo capital, São Paulo interior e Rio de Janeiro).

Como estamos começando, ainda não fizemos nada de extraordinário, apenas entregamos nossa primeira edição do fanzine no Ibirapuera.

Fanzine

Mas nossa intenção é provocar um pouco os políticos com algumas ações que estamos elaborando.

Espero que não se incomode por utilizarmos seu espaço para um pequeno merchand (rsrsrs).

Abs.,

LiLiTh* Eliane

1:00 PM  
Blogger Camila said...

Para revoltar-se contra a injustiça não é preciso nenhum senso de justiça: basta um interesse pisado, um calote, uma inveja, um ciúme, o desconforto visual do burguês que contempla a multidão esfarrapada. Ninguém se indigna mais com a injustiça do que o injusto quando a sofre. A revolta do homem honesto assaltado não se compara, em intensidade e fúria, à do ladrão lesado por seus pares. A primeira contenta-se, no mais das vezes, com o esquecimento; a segunda não se aplaca nem com a vingança: após matar o ofensor, ainda se sente credora do destino que não lhe devolveu, com os bens subtraídos, o tempo perdido em humilhação e espera.

O homem que clama contra a injustiça não se ergue, só por isso, acima dela: apenas colore a injustiça geral com os tons do seu ódio pessoal, o que não o torna mais justo que a média dos outros, mas lhe infunde aquele falso sentimento de dignidade que o imuniza contra a percepção de suas próprias injustiças. Quem, na embriaguez da revolta, há de tomar distância de si para o exame de consciência e o arrependimento? A revolta contra a injustiça é um poderoso narcótico do senso moral.

Quando não se volta contra uma injustiça localizada e precisa, mas contra aquele estado de coisas geral e difuso que se chama “injustiça social”, esse ódio se torna ainda mais entorpecente: atacando um alvo impessoal e abstrato, nunca tem de provar-se melhor que ele numa acareação direta. Está livre para dizer dele o que bem entenda, num paroxismo de imputações levianas e vociferações hiperbólicas do qual nenhuma veracidade se exige e pelo qual não terá de responder nunca, nunca mais. O discurso contra a injustiça social é o ventre onde se gera a maior quantidade de mentiras, de calúnias, de taras do sentimento e aberrações do intelecto.

Ademais, é longo, é excessivamente longo o caminho que vai da denúncia inicial até a conquista dos meios de fazer justiça, isto é, a conquista do poder. Quantos revolucionários e reformadores messiânicos, prometendo a reparação das injustiças no final, não se livraram de responder pelas que foram praticando por sua vez ao longo do trajeto, quase sempre maiores e mais sangrentas do que aquelas que denunciavam? Cada palavra dos discursos de Robespierre, Lenin, Stalin, Mussolini, Hitler, Mao e Fidel Castro respinga de ódio a injustiças reais e imaginárias -- e todos os seus contemporâneos somados não produziram tanta injustiça quanto eles.

Na história da modernidade, a ascensão do sentimento de injustiça, que é a marca do seu ethos predominante, fazendo nela as vezes da eqüidade romana, da fidelidade judaica e da caridade cristã, vem junto com a proliferação de injustiças, crueldades e pavores jamais imaginados pelas épocas que a antecederam.

A revolta contra a injustiça não é a expressão, mas a inversão exata do anseio bíblico de justiça. Este se esmera em abster-se de cometer injustiça, mesmo ao preço de sofrê-las. Aquele busca esquivar-se de sofrê-las, mesmo ao preço de cometê-las ainda piores e em maior número. Só na mente deformada de um Frei Betto esses dois sentimentos opostos e inconciliáveis podem parecer um só.

A revolta contra a injustiça é o mais baixo sentimento moral humano. Por isso mesmo, ela é o mais fácil de incutir nas massas para as mobilizar politicamente, e é normal que partidos e líderes façam dela, em seu proveito próprio, o mandamento primeiro ou único da moralidade pública, o critério e o emblema que distinguem os bons dos maus.

Quando isso acontece, a consciência moral do povo está no seu ponto mais baixo. Todos se sentem lesados e injustiçados, todos se inflam de revolta, todos discursam, vociferam, acusam — e todos, cada vez mais, eximem-se de julgar seus próprios atos. A indignação sobe contra a moralidade que baixa, sem reparar que ela baixa, justamente, sob o peso dos insultos que recebe da revolta insana.

A revolta contra a injustiça paralisa e corrompe o senso moral, trocando a sua complexa engenharia de sentimentos e valores pelo estereótipo simples de um rancor padronizado, repetível até a alucinação, acionável por reflexo condicionado. A revolta contra a injustiça está para os sentimentos morais — para o amor, a honra, o dever, a bondade, a lealdade — como o uivo do lobo está para um coral de Bach. Se, neste país, a ascensão triunfal de uma ideologia que consagra a revolta contra a injustiça como pedra de toque da qualidade moral dos seres veio junto com a expansão generalizada da imoralidade, do banditismo e da corrupção, isso não foi coincidência de maneira alguma. A degradação do senso moral em discurso ideológico é um processo entrópico, a passagem do diferenciado ao indiferenciado, do cultivado ao rudimentar, da reflexão ao reflexo, do argumento ao slogan.

É impossível que a conduta da sociedade não reflita, na deterioração geral das normas e dos atos, uma queda tão vertiginosa do nível de consciência de seus líderes, de seus intelectuais, de seus guias e modelos.

Quando, anos atrás, escrevi a série de artigos “Bandidos e letrados”, lembrando a intelectuais, jornalistas e artistas a culpa que lhes cabia no fomento à criminalidade, uma gota de luz que restasse no fundo de suas almas os teria induzido ao exame de consciência e à mudança de rumo. Mas essa gota já havia secado. Desde então, o caos e a violência cresceram até o insuportável -- e eles continuam bradando contra a “injustiça social” desde o alto de seu pedestal de inépcia e vaidade.

Foi por essa via que chegamos ao completo entorpecimento mental de uma sociedade idiotizada que sonha em poder reprimir o narcotráfico protegendo as Farc, acabar com os seqüestros sem tocar na reputação do Foro de São Paulo, restaurar a autoridade demolindo as Forças Armadas, impor a ordem dissolvendo a moral e a religião, instaurar o respeito por meio do deboche, da insolência pueril e da lisonja às paixões mais baixas da alma humana. O poço de inconsciência em que a liderança intelectual mergulhou este país não tem fundo.

esse texto diz tudo por mim...

tico... q bom te ver.. eu te vi mas acho q voce nao... estava no circo 2 fileiras antes de ti... acho q nao estas lembrado de mim,te vi na prainah pegando onda estava com uma amiga minha... seu clone?!rrsrs.. lembrado??? beijos e mta luzzz

camila : kaka_figueirinha@yahoo.com.br

4:45 PM  
Blogger *Carol Carolina* said...

Sempre passando uma "carga de responsabilidade de reflexão", ao menos é o que eu sinto quando leio algo assim...tão inexplicável, contestador, ironico, consistente, e no todo encantador. Amo ler. Coisa boa e inteligente!

bons traçados.

Imagino a dedicação e inspiração para que, nesse jogo de palavras, estivessem apenas uma mensagem, tao simples e nítida. A clareza do seu raciocínio me espanta; vc vai de um assunto ao outro sem misturar as idéias, "costurando" cada intenção sua, com uma sensação.

Nesse instante só posso me render a sua categoria, audácia e sutileza, em sempre abordar assuntos que parecem um bicho de 7 cabeças, e surreais. Estando sempre disposto a sugar de dentro de vc com todas as forças do seu intelecto, suas maiores criações. Nao se contentando com o que já faz, tem, ou sabe.

Posso sentir uma mesma melodia em todos os textos escritos nos últimos tempos. um complementa o outro, a ponto de ler de trás para sempre a sequencia deles e assim mesmo, todos fazerem sentido.
Talvez esse seja o texto mais humano que vc ja escreveu.
e Talvez vc nao seja apenas simples um humano....


"Para o povo d tambor-de-mina, o encantado não é o espírito de um humano que morreu, que perdeu seu corpo físico , não sendo por conseguinte um egum(alma de pessoa morta). Ele se transformou, tomou outra feição, nova maneira de ser. Encantou-se, tomou nova forma de vida, numa planta, num acidente físico-geográfico, num peixe, num animal, virou vento, fumaça. Ele encantou-se e permaneceu com a mesma idade cronológica que tinha quando esse fato se deu, mas nao sendo apenas um simples humano mais. Encantou-se." - sacerdote Francelino de Shapanan, Abê Olokun do Ilê Axé Iemanjá.

senti encanto desde o primeiro momento; isso, é mais que humano!
Um grande bjo pra vc!

4:45 PM  
Blogger porra_eusoufoda said...

Tem dias em q se pergunta o pq de toda essa porra ao nosso redor...
Vc é uma pessoa questionadora Tico (sei como é), Mas eu já passei dessa fase.Já não mais me enteressa o pq "daquela arvore estar ali"; se ela está, deve ter um bom motivo. Bom tratando da parte dos Humanos... Somos todos essa merda mesmo, eu só não fodo com meu cachorro pq enfim... (num ia fluir).
Mas a única coisa q nos difere entre "muita merda e pouca merda", é a forma com a qual olhamos a vida.
Já não me preocupo se eu não tenhos as respostas,e nem se não tenho onde as buscar...
Não há com o q se preocupar...
Pq todos precisam de respostas inúteis?... Ninguém sabe pq q "Cabrito caga redondo" e nem por isso o mundo acabou...

Então pra q inventar esse papo alienado de "pra onde eu vou? de onde eu vim? pra q q eu sirvo?"
A brother arruma uma mulher pra comer porra...(eu sou mulher e sei q foi meio maxista mas só falando assim mesmo...).

Se vc é um cara ruim então vc ta fudido... e vai ficar fudido aqui , no inferno, onde quer q vc vá...

Pq vc pode enganar a qualquer um menos a vc mesmo. Isso é um fato não uma expeculação.

Não há pessoa pior no mundo q vc mesmo... Isso é outro fato.

Conviver consigo é um fardo duro...

E é por isso q as pessoas ficam inventando questões "isdruxulas" pra coisas sem cabimento.

Quando vc olha pro sol e pensa no câncer de pele, esquece antes de ver como é bonito o "show" q ele dá.

O lado ruim pessa muito mais q o bom (outro fato).

é por essas e outras q eu já joguei minha "mala" na casa do caralho...

Faça como eu Tico...
Um transplante visual.
Veja com outros olhos...
Sinta com outra percepção...

Não há erro maior do q tentar acertar.
Vc tem q fazer, o acerto ou o erro é uma consequencia totalmente banal.

A verdade não existe pra todos...
pq cada um tem a sua em si mesmo.

Seja sua verdade.

Assim como eu sou a minha.

Vc não tem q mudar o mundo, tem q mudar vc mesmo.

A mudanda é de dentro pra fora.


Isso é o fato.

Esse é o fato.

Pra quem pula do barco antes de afundar (manda tomar naquele lugar)

NÃO SEJA ONDA,
SEJA O MAR.


JAPA.

VALEU TICO
LUZ.


FUI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

6:28 PM  
Blogger • Elιѕα Fαlαѕcнι • said...

Oiii Tico!!

Ser humano amado e querido! s2

=D

Tenho medo de alguns seres humanos... :s

Não os entendo...as vzs não entendo a mim mesma! =/

Bjinhus querido!!

Ps: Danny e a galera do FCDRCRJ estamos querendo fazer um Free Hugs dia 16 em Nova Iguaçú! ^^
Tomaraaaaa que role msm!!

Bjinhussss!! =**

11:16 PM  
Blogger **Renata Ferri** said...

Meu Santo Forte, como vc tá!?
Vai ser bem legal se rolar free hugs aki em NI dia 16! uhulll
Te mandei um email bem pessoal.
Se cuida.
Te amo.
Bêjo0s,
Rê!

11:51 AM  
Blogger Kaka figueiras said...

ticooo.. passe no meu blog tb.. bjokss

3:00 PM  
Blogger Sharon said...

...

5:26 PM  
Blogger Rosa de Janeiro said...

Humanos são apenas macacos...

Fique bem... eu tentarei ficar daqui!
Até mais!

Rosanick

7:25 PM  
Blogger Movimenta Brasil said...

Ola Tico.....gostaria de deixar o email do nosso Movimento...o MB ou Movimenta Brasil, que surgiu entre pessoas que comentam aqui no clube e são de cidades diferentes do Brasil.
Como ja foi dito antes, estamos lutando pelos direitos dos cidadãos...nossos direitos...cobrando dos responsaveis uma atitude...somos apartidários!!! Nossa principal bandeira é a EDUCAÇÃO....pois como ja dizia o poeta, quanto falta educação sobra violência. Espero que os interessados nos escrevam...em breve (14 ou 15/07) faremos um proximo manifesto em sp...um free hugs dos politicos...agradecendo ao aumento de 28% nos salarios dos parlamentares e a manutenção do investimento dos PIFIOS 4,6% do PIB na EDUCAÇÃO....
Estamos gritando contra estas injustiças!!! Precisamos de ajuda....e Voluntários da Patria........
Tico pretendemos conversar com você nos proximos shows pelo interior de SP ok? Obrigado pelo espaço e pela inspiração, afinal, este projeto surgiu através do Clube da Insonia.

email: movimentorganizado@gmail.com
eu sou um dos participantes....entre outros 9...meu email é marchicae@terra.com.br

Estamos aguardando........mais SERES HUMANOSSSSSSSSSSS

Força, Saude e Amor
Carlos Marchi

ps: estamos iniciando os trabalhos com divulgação de um zine mensal que pode ser distribuido em qq lugar e cidade, com manifestações artisticas e estatisticas, relativas a situação do nosso pais, com foco na educação....estamos vomitando na sociedade o que muitas vezes não quer ser visto.....além disso, teremos ao menos um manifesto por mes.....

8:26 PM  
Blogger Melise said...

Oie...
Entrei meio de curiosa aqui... e derrepende leio um texto que descreve meus pensamentos desta terça-feira estranha, digo estranha porque me sinto meio de fora de tudo...
Por que temos que ter certezas do que sentimos do que queremos? Por que somos movidos à cobranças (muitas delas feitas por nós mesmos)? Por quê o humano tem tanto medo de ser bicho e assim acaba sendo a pior das espécies?
São muitos porquês, aliás foi o ser humano que inventou o porque, afinal, onde tá escrito que deve existir uma explicação para tudo? Creio que o homem inventou isso para deixar sua vida um pouco menos vazia e para sentir o poder que só um ser "racional" pode ter.
Legal ver tantas pessoas compartilhando de uma mesma opinião sobre os seres humanos... mas será que antes de escrever de uma sociedade inteira eles fizeram uma auto crítica?
Bom, cheguei cheia de indagações... mas é o melhor que posso fazer.
Ter atitudes que condizem com meus pensamentos, questinoar a mim mesma e ao próximo... mudar... mudar sem medo... e ainda achar que não é tão ruim simplesmente ser humano!

Td de bom pra vc sempre!
PAZ!

5:50 AM  
Blogger **Renata Ferri** said...

Oi meu amor!
Feliz dia dos Namorados!
To pasando só pra te deixar um Bêjão e dizer que te amo muiiiiiiiiiiiiito!
Acho que vc é a única pessoa do mundo que não preciso fikar explikando meus pensamentos detalhadamente. Amor não é só akele em que dois corpos se atraem e se beijao e talz..mas sim akele em que temos carinho por outra pessoa e estamos sempre dispostos a ajudá-la..e por isso eu digo, mais uma vez, pra kem kiser ouvir que EU T AMO!
Se cuide.
Bêjo0s,
Rê!

10:35 AM  
Blogger T. said...

Feliz Dia!!!

12:16 PM  
Blogger Naty said...

Ser ou não ser humano

O ser humano tem sido ultimamente desumano com outros humanos.
Esse mesmo ser desumano parece não ter sido condicionado para saber que o humano ao lado dele está vivendo meio a impunidade causada por mesmos humanos.
Humanos complicam sim, são bons e ruins.
Talvez em outro planeta já tenham outros tipos de seres trezentos anos mais desenvolvidos e que não são chamados seres humanos, já que o humano deveria ser humano a ponto de ajudar e amar ao próximo como a si mesmo, e não deu certo essa leva de humanos existentes.
Então aguardo novos seres, com uma maior expansão da sua consciência, e que tenha completado seu processo de individuação..
Sim, outros seres que não humanos que de humanos nada tem, ao de ensinar a nós humanos como viver.

Naty Ansbach

8:54 AM  
Blogger Vinicius said...

Olá Tico, primeiramente estou aqui para dizer que sempre fui muito fã da banda. E assistindo um programa no SBT, vi a divulgação deste seu blog e resolvi acessá-lo.
Caraca, muito boa essa sua descrição sobre humanos, humano é isso, ser humano!. Até vou imprimir e levar sua discertação para as aulas de literatura no colégio..hehe.
Também no programa você cantou a musica "Canção do Horizonte", e eu gostaria de lhe perguntar, quando ela irá ser divulgada?, pois eu ultilizo muitas músicas suas para fazer slides da realidade brasileira e apresentar em conjunto com os grandes clássicos da literatura. Me fascinei por essa música, se possível entre em contato comigo para me dar uma resposta, eu sei que você é muito ocupado, mas seria um prazer receber um email do Tico Santa Cruz!..hehehe...abraço!
e continua escrevendo, pois leio tudo!

qlqer coisa meu email está ai.
vi_souza@hotmail.com

valew """DETONAUTAS"""

9:53 PM  

Postar um comentário

<< Home