quinta-feira, dezembro 28, 2006

Notícias contra o tempo.

Ontem era o povo contra o exército,
contra a ditadura política militar.
Hoje é o povo pedindo socorro ao exército,
contra a ditadura do medo.

Ontem era o povo queimando as ruas
em busca da liberdade.
Hoje são os bandidos queimando pessoas dentro dos ônibus
enquanto o povo se esconde por trás das grades.

Ontem os revolucionários, libertários, artistas e
muito mais eram colocados dentro dos presídios,
pois representavam perigo para a "sociedade".
Subversão.

Hoje não existem mais revolucionários,
os libertários se suicidaram
e os artistas estão calados sem que seja preciso atuação da censura.
Sub versão.

Ontem uma sede por cultura que era sufocada
pela repressão dos milicos assassinos.
Hoje a cultura cultua os assassinos.

O mundo nunca está mesmo satisfeito.

Porque eu haveria de estar ???

Sorte amigos.

Tico Sta Cruz

29 Comments:

Blogger EFEITO SINGULAR said...

A palavra PAZ pelo visto não existe no dicionário de algumas pessoas...tudo q vejo acontecendo no Rio é o reflexo do governo q escolhemos e do país q vivemos, q não nos oferece nada de bom, nada de saúde, educação, então, a população se revolta contra tudo e todos, se continuarmos assim, não sei onde vamos parar, terceira guerra será??...somos todos estúpidos, criamos e destroimos tudo com as nossas próprias mãos!!! Boa sorte Brasil!

Bjos
Lú de Oliveira
;)

_________________POSITIVE VIBRATIONS!

10:33 PM  
Blogger Libelula da Noite said...

Olá!

Nossa, tem muito tempo que não comento aqui, mas estava lendo os textinhos hehe
É que nunca dava pra parar para escrever...
Bom, nem tenho o que comentar sobre seu texto, ele mostra a verdade, nosso medo, nossa insegurança e nossa submissão ao que está acontecendo. Realmente deixamos acontecer tudo isso, deixamos de lutar, deixamos de ir em busca de nossos objetivos e permitimos que meia duzia de bandidos dominassem mais de 1 milhão de pessoas...
Infelizmente o ser humano é assim... Somos assim.. Devo ser assim tbm, pq não dou minha cara a tapa asozinha. Fico esperando pelos outros e assim vamos sempre esperando...

Espero n ter q esperar mto...
Bom final de ano proce!!
Muita luz, paz e amor!!!

Bjo!!!

2:38 AM  
Blogger Danielle said...

TRISTE...CHATEADA...ENVERGONHADA E REVOLTADA COM OS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS AQUI NO RIO QUE SÓ REFLETEM UMA REALIDADE DE UM BRASIL INTEIRO !!

PAGAMOS IMPOSTOS..EXIGIMOS NOSSOS DIREITOS..
E TUDO ISSO NÃO É FAVOR NÃO !! NÃO É REGALIA NÃO !!
É DI-REI-TO !!!

MAS ANDANDO DIREITO É QUE NÃO ESTÁ ..TÁ ERRADO...

SEGURANÇA É APENAS UM DOS DIREITOS !
SEGURANÇA..E NÃO O MEDO QUE FOI O QUE VI NAS ÚLTIMAS 24 HORAS
MEDO...POVO ACUADO COMO GADO NO CAMINHO DO MATADOURO

VIDA DE GADO....MARCADO..QUEIMADO...VIRANDO MAIS UM NÚMERO NUMA ESTATÍSTICA E ESTAMPANDO AS MANCHETES DOS JORNAIS

ORDEM E PROGRESSO ?
CADÊ ?
SÓ VEJO ESTAMPADO NAS BANDEIRINHAS

CONFUSÃO AO REDOR...
DISTORÇÃO DAS IDÉIAS...
ILUSÃO DE QUE TUDO ESTÁ BEM...

CAMINHO PARA O CAOS ?
PARA SE ESQUECER NA 1A. COMEMORAÇÃO DE FIM DE ANO ?
NO PRIMEIRO BATUQUE DE CARNAVAL ?

TALVEZ...

SE NÃO FIZERMOS ALGO...NOS MEXERMOS..NOS MOBILIZARMOS

NOSSO PATRIOTISMO FICARÁ REDUZIDO Á ALGUMAS POUCAS BANDEIRINHAS MURCHAS DEPOIS DA FESTA...ESCONDIDAS NA JANELA DE UM PRÉDIO QUALQUER...SOB UM CÉU CINZENTO...QUE SÓ BALANÇA DE VEZ EM QUANDO..AO SABOR DE UMA BRISA ERRANTE E OCASIONAL...

BALANÇA..MAS NÃO SAI DO LUGAR

FORÇA

LUZ
AMOR

DANNY

3:10 AM  
Blogger Shar* said...

De fato, não dá para estar satisfeito, mas acreditar que os revolucionários não existem, que os libertários se suicidaram e ser piamente adébito de todo esse texto me deixa mas uma marca no corpo por entender que, se tudo relamente está dessa forma, por que estamos vivendo? Traumatizante! O carinha voltou ontem, mas agora aquele intrometido do tal de Sentimento de Mudança conseguio penetrar em meus sonhos. Sem que eu pudesse sequer abrir a porta, quando me ví, estava tomada, energizada, estranhamente confusa.

Estrelas e continuidades pra você!

Ps. fui estupidamente exulpsa desse PC. Continuo depois.

Sharon

5:07 AM  
Blogger Reticências said...

É cada vez mais difícil escolher um aspecto que nos choca mais em meio ao horror que são os ataques indiscriminados da criminalidade.

Alguns dias atrás, uma família foi carbonizada no interior de São Paulo.Desta vez foi o Rio. Sete mortos no incêndio de um ônibus, dezoito vítimas no total. Ao menos por enquanto, já que as estatísticas do horror parecem sempre tender para mais.

Não é o que acontece no Iraque, ainda que em escala bem maior?

Isso é a barbárie. Mais uma vez ela vem e nos dá uma rasteira. Mais rápida que os batedores de carteira do passado. Não levou nem conta o espírito festivo do final de ano. Ou talvez, pensando justamente nisso, resolveram atacar.

As chamas cortando a madrugada, os olhos desesperados de que não sabe onde encontrar ajuda é a luz do horror.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública já tinha conhecimento havia mais de um mês que criminosos preparavam para ontem uma série de ataques no Rio. Como assim? Agora, diante das vítimas, parece estar mais preocupada em saber se os culpados foram traficantes, presos contrários ao regime disciplinar diferenciado ou milícias formadas por policiais e ex-policiais. Ex-responsáveis pela ordem e segurança pública. Ordem? Segurança?

E a governadora, Rosinha Matheus que disse que a "bandidagem" não conseguiu reeditar no Estado a série de atentados promovidos pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) em São Paulo. Não? Agora mede-se "bandidagem" pelo número de ônibus queimados, tiros em delegacias e mortes de civis?

Realmente existem muitos contrastes entre o ontem e o hoje. Mas vejo uma linha que permeia passado e presente: pouco mais ou menos, a sociedade foi cedendo terreno, foi recuando, acompanhando a debandada do poder público.

Apesar de tudo, saúdo com força positiva 2007.

Luz. Do bem.

5:13 AM  
Blogger Matreya said...

NADA SATISFEITA...
REVOLTADA...

MATREYA

5:19 AM  
Blogger CléliaDRC♥♥♥♪ said...

OI MEU ANJO,
VC TEM TODA RAZÃO, BEM QUE DESTA VEZ EU GOSTARIA QUE NAO TIVESSE!
PQ?
PQ AS PESSOAS ACEITAM TÃO FACILMETE O ABUSO DAS AUTORIDADES?
DE VEZ EM QUANDO O POVO PRECISA PERDER UMA BATALHA PRA PERCEBER QUE A GUERRA CONTINUA...
JÁ REPAROU QUE A CADA NOVA CONQUISTA O POVO SE AQUIETA??? NÃO SEI, ME PARECE QUE AS PESSOAS ACABAM ACHANDO QUE JÁ ESTÁ TUDO RESOLVIDO, QUE O QUE FALTA PARA MELHORAR NÃO MELHORARÁ EM SUA GERAÇÃO. COMO SE SENTISSEM QUE NAO IRÃO VIVER TEMPO SUFICIENTE PARA VER MUITA COISA MUDAR E POR ISSO NAO QUEREM PERDER SEU PRECIOSO TEMPO... REALMENTE NAO VÃO VIVER O TEMPO NECESSARIO PARA O MUNDO MUDAR, MAS NÃO PQ A VIDA É CURTA, MAS SIM PQ SIMPLESMENTE NAO FAZEM NADA PARA QUE O MUNDO MELHORE E SE NINGUEM FIZER NADA...
BEM O FATO É QUE QUALQUER CANDIDATO COM ALGUNS NEURONIOS UTEIS CONSEGUE FAZER O POVO SE AQUIETAR... É SÓ LHE FALAR QUE TEM RAZÃO E PRONTO... OLHA LÁ O POVO ACHANDO QUE MANDA NO MUNDO E QUE AGORA TEM SEUS DIREITOS TODOS GARANTIDOS...
COMO NAS CAMPANHAS DAS DIRETAS JÁ! QUEM INFLUENCIOU O POVO A ACABAR COM A DITADURA??? TANCREDO NEVES! PQ? PQ ASSIM, ELE FICARIA NO PODER! COM A DITADURA ELE NAO SENTARIA NO "TRONO DO REI"!!!!
MIL BEIJOS,
ETERNAMENTE REVOLTADA
CLELIA

7:01 AM  
Blogger clave.de.sol said...

o mundo gira, as pessoas caminham, trabalham, divertem-se, comem, bebem, fazem filhos, votam, choram, sofrem, se matam pra viver. não é mesmo? MATAM-SE para viver!

protestos, guerras 'não-declaradas', robalheira...
Os mais corruptos, ladrões, bandidos, covardes, caras-de-pau, estão nos governando!
Então... ????????? fazer o que?
Não se calar? Protestar? Não votar?
SIM! Mas......... neste mundo (ou nesse país) infelizmente é uma míiisera porcentagem de pessoas que está se preocupando com isso...

polícia? lei?
como combater os ladrões se INFELIZMENTE MUITOS (eu não disse todos) são MANIPULADOS por algo chamado GRANA?!
laksdhklashdlskadkalsdals

O povo se contenta com 'pão e circo'
tendo pão e uma festinha no fim-de-semana, a maioria tá feliz!

e assim vivemos... vendo e sentindo mtas vezes na pele e no coração o retrato falado do nosso país!

bom, FELIZ 2007!
a felicidade é algo momentâneo, mas a esperança a última que morre!



BEIJOS BEIJOS

7:12 AM  
Blogger clave.de.sol said...

...e lá se vai o 2006. Ano de Copa do Mundo. Ano de eleição. Presidencial. Até Caetano Veloso lançou um disco de "rock".
Falcatruas do governo à parte, a greve de fome do Governador do Rio de Janeiro, Garotinho, foi deprimente, porém engraçada. Diz-se por ai que foi greve de fome pós-corno. Até o bam-bam-bam da Polícia Civil, sambou.
Sir Mick Jagger e sua turma chamada de Rolling Stones, pousaram aqui na minha terra. Não aqui em Guadalupe, mas na Praia de Copacabana. E bateram recorde.
A Rock Press fez 1 ano de vida na internet. Eu colaboro para com ela.
A vida efêmera de Rodrigo Neto, resumida por marginais. E a Polícia Militar matando inocentes.
E Saddam Hussein foi impedido de viver mais uns anos.
Como será 2007?? pergunta impossível de responder né?! é uma incógnita.
Quero desejar a todos um 2007 melhor, em todos os sentidos, em todos os aspectos.
Paz pra todo mundo, tem faltado bastante isso.
Espero que nos encontremos mais vezes, mesmo que seja só por aqui.
Obrigado pelas visitas.
Abração pra geral!!!!!!!!!!!!




retirei do blog: http://www.tardescinzas.blogspot.com

escrito por junior abreu

7:13 AM  
Blogger _KaRi_ said...

Pois é, o mundo está mesmo de "pernas pro ar" como dizem...

Os valores parece que foram trocados.
As pessoas já não se respeitam mais.
Fico até com medo do que esta por vir, pois sei que ainda pode ser pior...

Beijão
Kari Mendonça

PS.: Ô Tico, acabou 2006 e os DRC num vieram pra Recife. POxa. Espero que vocês venham no ano que vem, viu?

7:23 AM  
Blogger Rosa Acordada said...

Usei seu post no meu flog....é tão ruim não ter o poder de mudar isso...mas aos pouquinhos começando pelas nossas casas agente tenta melhorar né... bjos.... te amo!

7:51 AM  
Blogger fansdonetto said...

Nossa...é horrivel mesmo
ja nao basta a violencia constante q temos, agora ainda temos q encontrar com situações piores..
qnd a mesma coisa ocorreu aqui em SP nossa senhora..
eu moro no interior e TUDO se fechou! onibus nao andavam na rua, aulas suspensas...
Minha mae nao me deixava sair e eu pensava:
"Poxa...agora por causa de bandidos filhos da mãe eu tenho que ficar trancada em casa??"
O pior é que as pessoas (com medo) e os governantes, principalmente, não fazem nada para mudar o jogo! Não se mexem para que ao invés de a bandidagem dominar o país, o sistema dominasse os bandidos...
Estamos (eu acho) acordando lentamente...
espero que esse ritmo acelere senão só Deus sabe onde iremos parar...

Muita sorte pra vcs aí!

Beijos

8:29 AM  
Blogger Gabriela MKT said...

Enquanto nossos “rajás” desfrutam do poder quase vitalício
Seu povo coloca suas roupas novas e se preparam para pular as sete ondas
E as formigas embriagadas que saem das garrafas de champanhe exigem por seus direitos

Até onde vai a estupidez humana?

Será o que ensinaram para estas pessoas sobre bondade e respeito ao próximo?

Moro em outro mundo eu sei...

Mas vou jogar “rosinhas no rio”...

E pedir proteção e paz aqueles que não conhecem.

Use sua voz,
Gabi

8:34 AM  
Blogger ~Lana. said...


Nem um pouco feliz com tais atitudes...
Tá tudo muito confuso e a bola de neve aumenta a cada dia mais!
Pra se mostrarem revoltados eles precisam acabar com a vida de pessoas inocentes?!
Eu realmente não entendo, no final quem acaba sofrendo com tudo isso são pessoas que estão no mesmo barco desses "indivíduos" e agora me diz do que adiantou toda essa revolta?! De nada.
É sempre a mesma historinha, tá na hora de mostrar outra forma de aparecer já!

Viva a nossa sorte de estarmos vivos!

Ano novo chegando e a esperança continua...
Um mundo melhor à todos!

Paz, amor, saúde, sorte, solidariedade, respeito e educação!

Bjo,
Lana.

10:12 AM  
Blogger M, said...

A única coisa que penso é , e agora?
É preciso mudar. Nem me vou falar muito, porque o importante agora é agir!
Espero que cad aum faça sua parte.
Vou fazer a minha!Nessa históra semexistem vítimas de um governo que não é governo.

Beijos na nuca,Guilherme.
M.

12:14 PM  
Blogger Jana said...

Você sabe o que é passar fome? Sem previsão de que essa dor chegue ao fim?

Nem eu.

Muitas coisas deveriam o deixar satisfeito.

12:36 PM  
Blogger Fabiana - rj said...

Me atrevo a fazer do meu comentário, o comentário da DANI!

Isso tudo é mto ridiculo, tá mto ridiculo...

Enfim...

Depois eu volto...

Beijos,
Amo você!

2:37 PM  
Blogger Clube da Insônia said...

Jana,

O que passar fome tem a ver com incendiar pessoas dentro do ônibus ?

Não entendi seu comentário,
pode ser mais explícita ?

Tico Sta Cruz

2:57 PM  
Blogger rose=maluquynha said...

oiiii querido
pra se ver como as coisas acontecem
semana passada eu tava batendo um papo com meu amigo thithi pelo msn e a gente tava falando sobre a violencia aqui de São Paulo e a do Rio
ai a conversa chegou em um ponto q tava um defendendo a sua cidade
ai eu comecei a falar q aqui em São Paulo a gente vê se falando que a cidade + violenta é o Rio apesar de ser maravilhosa na frente e atras,nem se fale,uma população esquecida
e ele me dizendo q lá se ouve falar q SP é a cidade mais violenta do Brasil
ai derrepente ele me solta...
pelo menos aqui no Rio ñ tem aqueles atentados do pcc
na hora fiquei meio sem ter o que argumentar +
ai chega essa semana
e bomba...
-----------------------------------
a tecnologia evoluindo a cada minuto...junto com a maldade das pessoas
as vezes eu penso
pq q esses bandidos ñ usam essa violencia ,essa maldade deles contra pessoas q merecem
em Brasilia tem um montão deles
assim faria um grande favor a sociedade
pensou??
roubou os cofres publicos ou desviou verbas da população num dia,
vem os bandidos e "fogo neles"
hauhauha
ai quero ver quem ia ter coragem de roubar
os bandidos tem o governo na mão
pq ñ aproveitam desse estado e ajudam o Brasil
(as vezes me vem a cabeça coisas q ñ deveria pensar...)
mas...
Muita sorte pra ti ai
quer dizer pra todos aqui do clube
e do DRC
tá TODO mundo precisando muuuuito
vou indo
fuiiiii

3:59 PM  
Blogger Jana said...

Meu anjo,

perdoe-me se me apresentei de forma um tanto insolente.

Mas é que a crueldade que se vê parece se fortalecer quanto mais a relatamos...

Claro que a indiferença é consequência de tantas barbaridades, e é claro que não devemos nos manter submissos.
E blá, blá blá...

Apenas tenho pra mim que, não é hipocrisia divulgar o que funciona bem no mundo e em nossas vidas.

Reparei que você e a palavra estão cada vez mais íntimos, e que sua habilidade no mundo da escrita tem impressionado quem ja te ouviu cantar "eu quero voltar para o saco do meu pai".
Então, por que não relatar, com mais frequência o que há de positivo?

Mas é aquela coisa, embora faça parte desse espaço, ele é seu, somente seu...

Conduza da forma como preferir.
Do jeito que for está ótimo, pois gosto de ti.

Abraços

4:57 PM  
Anonymous Anônimo said...

Também não estou nada satisfeita, Tico. Com o mundo como um todo e com a civilização brasileira acima de tudo.
Por saber de todos os extremos que somos capazes de fazer em segundos. Desde amar verdadeiramente alguém e ajudar essa(s) pessoa(s) a matar alguém.

A minha vida está melhorando porque assim eu quero que seja, sou a capitã do meu navio, então, posso definir o que quero e o que não quero comigo.

Mas sempre que vejo essas situações de desastres sociais, de extremos, de quererem enforcar o Saddam Hussein, achando que isso resolve alguma coisa, do Bush continuando no poder nos EUA, de TAMANHA zona existente por aí...
No Brasil, fora, em todo lugar..

Acho que quanto mais ordem tivermos em nossas vidas mais fácil vai ser poder ajudar qualquer pessoa.

Vamos fazer isso, e também vamos aprender a confiar em quem está aí pra nos proteger, que é a polícia, não dá pra achar que todo mundo é vilão, tem gente de todo tipo em todo lugar.

Tem muita coisa pra mudar, pra ser limpa, pra evoluirmos, como humanidade.

Vamos conduzir nossas vidas com tudo aquilo que vivemos nos desejando, tem gente que acha que tudo está perdido, eu nunca achei.

Eu sei que não está.
Se estivesse, não faria sentido nós estarmos aqui.
Nós que acreditamos que algo novo e positivo pode e já está sendo plantado.

beijos, Tico!!!!!!
e um abraço tb.

5:22 PM  
Blogger Wolf_Angel said...

Há um ditado que diz algo do tipo: para conhecer alguém, observe como esse alguém trata uma pessoa/coisa que não tem nada a lhe oferecer. Eis a mensagem> o determinismo geográfico se tornou tão fatual que essa onda de desânimo torna as pessoas aversas à tudo! É um grande: "não me diz respeito, não me afeta, não é o meu setor, pegue a senha, desculpe mas sem carteirinha não posso fazer nada" e isso fez-se cortina, uma cortina bem escura e aconchegante aos olhos, que sabem que há luz, mas que ela pode acarretar uma mudança drástica em suas vidas... E mudar é inaceitável! Veja os menonitas! Enquanto durar essa fotosensibilidade dura também a falta de compromisso com a vida inteligente que nos é atribuída.
Muitos movimentos vão surgir, tenentismos e militarismos já surgiram, e se esse aprendizado remanescer nos livros de história, vamos (digo como etena aluna) continuar dormindo nas aulas.
Fogo hoje é dor, mas já foi luz.

5:30 PM  
Anonymous Anônimo said...

Tico, acabei de atualizar meu flog e o tema foi semelhante ao seu atual post, se quiser, dá uma olhada, não precisa comentar se não quiser.

beijos

http://www.fotolog.com/khaleebennet

5:57 PM  
Blogger *cL@üD!NhA* said...

Saudações!!!!

"O descontentamento é o primeiro passo para o progresso de um homem ou de uma nação." (Oscar Wilde)

Sabendo disso, reta apenas o feitio.

".


“A tragédia moderna é a procura vã de adaptação do homem ao estado de coisas que ele criou”
(Perto do Coração Selvagem - Clarice Lispector) *

O homem é fruto de seu próprio vício
Sua cega dependência, vazia sentença
Semeadura de sua vivência

Quando se encontra impossibilitado de viciar-se, perde
o senso, o ato, o retrato
Imaginária perda de real destruição

Sem ânimo, sem costume, sem paradigma, sem atenção, sem limite
Uma constante disposição se mantêm e se faz em busca deste,
e o saciar é a paralisação para neste retornar

acomodamento. fuga da prisão. identidade

O poeta precisa dos versos
O músico das notas
O palhaço do circo
O homem de status

“(...) Quais eram os valores mais estimados pelos humanos? Uma família importante, associada à propriedade de riquezas. Um homem seria apenas respeitado se atendesse a uma dessas condições, ou ambas. Sem elas não passaria de um paria ou um escravo. (...)”
(Frankenstein - Mary Shelley) **

A perfeita forma literária de vivência
se desvanece nos turbilhões de sua existência

“ (...) “De tal modo a imaginação é a base do homem (...) que todo o mundo que ele tem construído encontra sua justificativa na beleza da criação e não na sua utilidade, não em ser o resultado de um plano de fins adequados às necessidades. Por isso é que vemos multiplicarem-se os remédios destinados a unir o homem às idéias e instituições existentes – a educação por exemplo, tão difícil - e vemo-lo continuar sempre fora do mundo que ele construiu. O homem levanta casas para olhar, e não para nelas morar. Porque tudo segue o caminho da inspiração. O determinismo não é um determinismo de fins, mas um estreitamento de causas. Brincar, inventar, seguir a formiga até seu formigueiro, misturar água com cal para ver o resultado, eis o que se faz quando se é pequeno e quando se é grande. É erro considerar que chegamos a um alto grau de pragmatismo e materialismo. Na verdade o pragmatismo – o plano orientado para um dado fim real - seria a compreensão, a estabilidade, a felicidade, a maior vitória de adaptação que o homem conseguisse. No entanto fazer as coisas ‘para quê’ parece-me perante a realidade, uma perfeição impossível de exigir do homem. O início de toda sua construção é ‘por quê’. A curiosidade, o devaneio, a imaginação – eis o que formou o mundo moderno. Seguindo a inspiração, misturou ingredientes, criou combinações. Sua tragédia: ter que se alimentar com elas. Confiou em que pudesse imaginar numa vida e encontrar-se em noutra, aparte. De fato essa outra continua, mas sua purificação sobre o imaginado age lentamente e um homem não só encontra o pensamento tonto de um lado e a paz da vida verdadeira noutro. Não se pode pensar impunemente. (...)” *

...
“(...) Seria o homem, ao mesmo tempo, tão poderoso e magnífico quanto mau e desprezível? Como poderia a mesma criatura aproximar-se tanto de um deus quanto de um verme?

(...)Como posso descrever a agonia que essas reflexões me provocavam? Tentei não lhes dar importância, mas o sofrimento apenas aumentava a medida que eu ia aprendendo mais.
(....)




Mas quantas perguntas não estaríamos a ponto de responder se a covardia ou a preguiça não restringisse nossas investigações? (...)


A vida pode ser apenas uma sucessão de tristezas, mas eu a prezo e pretendo defendê-la (...)



Traga-nos sentimentos de paz e ternura. Eles ajudarão a curar, em vez de inflamar, os ferimentos de nossos corações. (...) com afeto e gentileza para aqueles que o amam, e não com ódio pelo inimigo. (...)” **

-

“ Os corpos se distinguem um dos outros em relação ao movimento e repouso, á velocidade e á lentidão e não em relação à substância.” (Spinoza) ..."


É isso. Ao menos por hoje.

Fique bem.

(Gosto de você)

Cordiais cumprimentos... t+.

6:27 PM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

É chocante. O que o ser humano têm no coração? Quando fiquei sabendo da notícia me entresteci por saber de tanta violência atingindo adultos e nossas crianças. E ainda o nosso governo quer aumentar os seus próprios salários com tudo isso acontecendo de ruim com a gente. Quando isso irá acabar e quando viveremos em paz aqui na terra?

Fiquem com Deus.

7:44 PM  
Blogger Cristal said...

Me entristece muito assistir a tudo isso. Eu digo assistir, porque aqui na cidade onde moro, em SC, é claro que também existe violência, como em todos os lugares do mundo, só que não na proporção a que vcs vivem aí no Rio ou em SP.
Ainda me lembro de um passeio que fiz com alguns amigos á essa "Cidade Maravilhosa", há anos atrás. Quando chegamos ao hotel, achei meio estranho que tantas pessoas estivessem na piscina ou na área verde, que apesar de linda, me fazia pensar: eu não vim ao Rio para ficar aqui trancada no hotel, por mais bonito e aconchegante que fosse. Não compreendia aquelas pessoas, mas aos poucos fui entendendo. Quando abri a janela do meu quarto, me assustei com o que vi, uma favela enorme, ali, pertinho do hotel, e entre a favela e o hotel, casas lindas só que, trancadas até com correntes, parecia mais uma prisão, do que um condomínio residencial. Fiquei surpresa como as coisas se misturavam.
Aqui onde moro é diferente, talvez pela própria geografia, ou seja, existem bairros nobres, onde é preciso muito, mais muito dinheiro para vc poder fazer a tua casa. Existem os bairros mais populares, mais onde também é necessário ter dinheiro para morar e existem os bairros, que na maioria, ficam afastados, onde as pessoas mais pobres vivem. São terrenos doados pela prefeitura, ou que são cedidos pela marinha ou são vendidos a preços mais acessíveis.
Não estou dizendo que essa separação seja boa ou ruím, só quiz explicar o porquê do meu espanto.
É claro que já sabia que no Rio era assim, afinal assisto TV, leio...mas quando a gente vê ao vivo, é diferente. Bem, nessa viagem quase levaram a minha bolsa 3 vezes, até que um garçom, que me salvou em uma das vezes, me "ensinou" alguns cuidados que eu deveria ter, porque, segundo ele, eu tinha todas as características de ser alguém de fora, (não sei se ele estava falando da minha aparência física ou se estava me chamando de "pateta", mais valeu as dicas que me deu).
Agora, penso que para que os "bandidos chefes do tráfego" ou os "bandidos políticos", que certamente estão por trás disso tudo não consigam atingir o objetivo deles, tornando o nosso dia a dia ainda mais difícil e triste, eu digo "nosso", porque mesmo não estando aí, é impossível não se entristecer com o que eles tem feito, principalmente quando existem crianças e pessoas idosas envolvidas, mas como ia dizendo, acho que nessas horas temos que tentar resgatar aqueles pensamentos positivos que vc promoveu há alguns meses atrás, lembra??? Não preisa ser nada coletivo, pode ser individualmente. Não porque é Ano Novo, porque pra mim, a "virada" ou o dia de "renovação" pode ser qualquer dia do ano, depende do momento e das decisões de cada um, mas porque isso sempre nos faz muito bem e pode até nos dar mais forças para ajudar a combater todo esse mal.
Então, desejo a todos e principalmente a vc Tico, de quem gosto muito, que continue colocando pra fora toda a sua indignação, mas que não deixe que isso transforme os teus dias e possa te impedir de continuar vendo todos e tudo que ainda existe de bom.

Beijos, abraços e muita luz...

4:43 AM  
Blogger Ana Carina said...

JÁ NÃO SEI MAIS O QUE PENSAR...

ONTEM,ASSISTINDO A RETROSPECTIVA 2006,É QUE ME DEI CONTA DE VERDADE DO INFERNO EM QUE VIVEMOS...
MORTES,ASSASSINATOS,GUERRAS,FOME, CORRUPÇÃO...

EM QUE MUNDO ESTAMOS?
EM QUE SÉCULO VIVEMOS,AFINAL?

ANTES,AS PESSOAS FICAVAM IMAGINANDO COMO SERIA O ANO 2000.
ERA FUTURO!
NINGUÉM JAMAIS IMAGINOU QUE SERIA O CAOS!
QUE SERIAM ANOS DE TRAGÉDIAS, IMPUNIDADE E INJUSTIÇAS!

NÃO POSSO DESMERECER OS ACONTECIMENTOS BONS...
AS VEZES LEMBRAMOS APENAS DOS RUINS.MAS ELES É QUE REALMENTE NOS MARCAM...

O MUNDO ESTÁ MANCHADO!
MANCHAS DE SANGUE POR TODA PARTE!
MANCHAS DE LÁGRIMAS DE MÃES QUE BERRAM POR SEUS FILHOS MORTOS...

ONDE ESTAMOS?
PARA ONDE VAMOS?
NINGUÉM SABE...

MAIS UM ANO FINALIZA...
UM ANO EM QUE TUDO PARECIA SER FICÇÃO...
O PROBLEMA É QUE ESTA FOI REAL DEMAIS...NÃO DEU PARA NÃO SENTÍ-LA...

AS CORTINAS DE 2006 SE FECHARAM...

O QUE VIRÁ POR AÍ?


FIQUE EM PAZ...


COM CARINHO,

CARINA

1:47 PM  
Blogger Ana Carina said...

ESQUECI DE DIZER : ADORO VOCÊ CANTANDO EM ESPANHOL...

FICOU SEXY !

*rs*

Beijinhos calientes....

2:10 PM  
Blogger Naty said...

Curso intensivo de ' Segurança em transporte coletivo '

Modulo 1 - Como sacar de longe que seu transporte será queimadooo
Modulo 2 - Como quebrar a janela, se jogar e rolar para bem longe
Modulo 3 - Como levar o maximo de pessoas possíveis contigo
Modulo 4 - Com a psicologa do curso. Para amenizar os danos psicológicos da população.





Absurdo mesmo.
Beijossssssssssssss e beijos
Naty

6:59 PM  

Postar um comentário

<< Home