domingo, novembro 04, 2007

Capítulo 5,9

(Não deixe de ler os capítulos anteriores para entender a estória)


Ah não fode porra, a mulher tá morta seu infeliz, por que quer saber? Curiosidade.

A Brancol continuava faturando alto com as vendas da pasta de dente. No meu contrato não constava participação nos lucros obviamente e no contrato de Sheila não constava nenhuma cláusula que impedisse a empresa de usar sua imagem em caso de falecimento. Por ter se tornado uma celebridade após sua morte, a irmã resolveu pegar o conteúdo de um Blog que Sheila mantinha na internet e negociar com algumas editoras que se interessaram pela curiosa história. Pelo visto a morte de Sheila fez com que sua vida se tornasse mais interessante para as pessoas. Quem sou eu para julgar se existe escrúpulo ou não na atitude da família? Eles também não tinham muitos recursos e materialmente estavam começando a receber um pouco mais devido a entrada de um advogado conhecido no caso que orientou a família a cobrar dos produtores dos filmes os direitos de Sheila. Os produtores alegaram que a pirataria estava prejudicando a venda, os títulos estavam em todas as bancas de camelô competindo de igual para igual com um outro sucesso nacional. Um falava de sexo e o outro de violência, as molas que movem à humanidade. O fim de semana chegou e Melissa não deu o ar da graça, acho que não se interessou muito por mim. Foda-se. Fiquei sabendo que iria rolar uma Rave num castelo na serra e combinei de ir com amigos. Curto muito música eletrônica como todo mundo, não sou muito de ir às festas, mas quando vou eu vou e pronto. Fumamos um antes de sair de deixamos claro com Roberto o único careta do grupo que ele seria o responsável por nossa ida e nossa volta. É sempre bom ter um careta no grupo, pois assim não corremos o risco de algum retardado assumir o volante e causar transtornos na estrada. Há um ano e pouco atrás perdi 3 colegas de escola num acidente escroto de carro. O de sempre, estavam dirigindo bêbados. O pior não foi terem morrido no acidente provocado por eles mesmos, o pior foi uma família que estava saindo da maternidade com seu filho recém nascido e fora atingida pelos irresponsáveis. Acho o seguinte, quer beber e dirigir então se mata sozinho porra. O filho da puta que entra num carro sabendo que o motorista está doidão é tão estúpido quando o que resolveu pegar o carro. Eram meus colegas, mas isso não me impede de achá-los idiotas. Foi foda pra família, dois deles eram filhos únicos. Você deve estar se perguntando a respeito da outra família que saía da maternidade, por sorte sofreram várias fraturas e ferimentos, mas ninguém morreu. O Bebê saiu ileso. Milagres acontecem!!! Seria uma tragédia completa. Partimos para a serra com Roberto no volante. Estávamos num grupo de quatro pessoas. No caminho apostamos quem daria mais beijo na boca, quem pegaria mais mulheres. Essa é a melhor parte. Aproveitamos que o clima está sempre conspirando aos fascínios do amor, mesmo que seja um amor químico e nos esbaldamos. Acho que a música eletrônica, as Raves representam hoje o que o rock e os festivais representavam nos anos sessenta e setenta. Quando vejo aqueles filmes com shows históricos onde à galera está suja de lama, todos visivelmente alucinados e se divertindo ao lema da paz e do amor é inevitável a comparação. Hoje o rock está falido, morto, repetitivo, patético, com bandinhas produzidas para fazer sucesso, para agradar essa juventude careta e alienada que só ouve o que toca no rádio e não conhece nada além do que a porcaria da MTV lhes apresenta como sendo original, bom e cool. Por isso que enquanto os shows de rock movimentam 5 mil, 10 mil pessoas quando sim, uma banda conhecida e popular, as raves movimentam 30 mil, 50 mil pessoas. O Rock morreu. Mas eu gosto de rock e vou aos shows quando posso, só não me pede para ouvir rádio e ligar na MTV que isso pra mim é tortura. Por conta dessa mentalidade que só pensa no ibope e no dinheiro é que a porra tá indo por água baixo. Veja se as músicas eletrônicas ou os Djs mais famosos do mundo tocam nas rádios, aparecem na TV? Não, no entanto as festas estão sempre bombando. Na última que fui experimentei pela primeira vez uma bala. Tinha medo da reação que poderia me dar, as pessoas falavam tanto e tanto e tanto, e tomavam tanto e tanto como se fosse realmente jujuba que resolvi experimentar. Não me arrependo, foi uma delícia, nunca beijei tanto na boca, ficava me esfregando nas mulheres como se nossas peles fossem grudar, meu Deus, que delícia. A vontade de abraçar todo mundo e o sentimento de amor era sensacional. Não sabia o porquê, toda hora me davam um copo de água, depois descobri que a temperatura do corpo fica muito alta e que é preciso beber água para hidratar e não ter um colapso. Nessa Raves quem ganha dinheiro é quem vende água.
Finalmente chegamos ao nosso destino, e foi difícil achar uma vaga para o carro. Os flanelinhas estavam escalpelando, cobrando 20 reais para tomar conta do automóvel, porra 20 reais é caro pra caralho. Roberto pagou, não queria correr o risco de ter sua pintura arranhada. Entramos, estava tudo ainda muito calmo, não passava das duas da manhã e o pico dessas festas acontece quando o sol está para nascer e ai tá todo mundo fritando então vira uma maravilha só. Fumamos mais um baseado e deixei a pílula para quando o sol desse as caras. Minhas duas primeiras horas foram de observação, só peguei uma três meninas. Só beijinho na boca, no máximo mão no peitinho. Tenho uma ética, não pego menor de idade. Não pego, não adianta. Num determinado momento meus amigos sumiram, como de costume e resolvi dar uma volta sozinho para ver se encontrava outras pessoas. Observei a área VIP lá, isolada do resto da festa. Passei por perto e notei que estavam presentes alguns atores e tinha até uma galera de umas bandas de rock que gostava, o rock se rendendo a música eletrônica hein. Como queria estar lá no meio deles, aproveitando a festa, dando tchauzinho para o público como se fosse um rei e as pessoas implorando um pouco de atenção embaixo como se fossem meus súditos. Resolvi que iria tomar minha bala e quando busquei no bolso não a encontrei. Puta que pariu, fiquei puto, procurando em todos os lugares até concluir que havia perdido. Então me restavam duas opções, comprar uma de alguém ou encher a cara de uísque. Fui perguntando quem tinha, mas estavam cobrando muito caro, lógico. É a lei do mercado. Com o pouco dinheiro que tinha achei melhor comprar tudo em cachaça. Nem para o uísque dava. Tomei três copos e em pouco tempo comecei a sentir os efeitos da pinga no meu sangue. Nenhum sinal dos meus amigos. Fui à direção da área VIP, a esta altura já estava alucinado e sem nenhuma vergonha. Tentei entrar e logicamente fui barrado. Expliquei quem eu era, o que fazia, disse que tinha perdido minha pulseira, mas não adiantou. Tentei dar uma idéia no segurança, mas ele foi bem arrogante comigo. Fiquei então parado perto da grade observando a entrada das celebridades, tinha Big Brother, Big Sister, Big bosta, essa gente que fica famoso sem fazer merda nenhuma. Só por ter aparecido durante alguns meses numa casa alimentando a fome de fofoca do povão. Quando entravam espocavam flashs para todos os lados. Devo ter aparecido atrás. Foi quando ouvi uma coisa curiosa. Uma menina estava tentando entrar na área VIP também e não tinha a pulseira de ouro. Mas o segurança disse o seguinte, que se ela desse uma chupada no pau dele liberava a entrada. Não acreditei no que estava ouvindo, mas o pior é que a criatura aceitou. Puta que o pariu, os dois saíram juntos para algum lugar onde provavelmente ela chupou o pau dele e depois quando voltaram a menina entrou sem pulseira mesmo. Fiquei me perguntando quantas mulheres entraram nessa porra dessa área Vip pagando o ingresso de uma chupada na rola do segurança. Juro que não é mentira. Como não iria chupar nenhum deles, precisava bolar um plano para entrar na área Vip. Fiquei ali e já passava das cinco da manhã, a festa bombando e meus amigos a esta altura já deveriam estar em outra dimensão. A sorte bateu a minha porta. Um casal global discutia feio. Um barraco só, acho que a mulher viu o cara pegando outra no banheiro químico e deu uma merda dos diabos, eles saíram putos brigando. Fui até o meio do caminho atrás e óbvio entre as pessoas os dois passavam sorridentes como se nada estivesse acontecendo. Foi quando abordei o fulano e perguntei se ele poderia me dar sua pulseira. Ele foi bem escroto comigo, me mandou ir à merda e disse que aquilo ali não era convite para ralé. Mas como a mulher dele estava puta com o babaca, tirou sua pulseira e me ofereceu sorrindo. Agradeci e ouvi os dois se afastando e trocando farpas. Pronto, meu acesso a área VIP estava garantido e sem precisar chupar o pau de ninguém. Agora era aproveitar a chance para conhecer algumas celebridades e quem sabe alçar minha entrada para o seleto grupinho dos famosos. Passei pelo segurança que me barrou mostrando minha pulseira VIP, douradinha da silva e um mundo mágico se abriu diante dos meus olhos. Parecia outra festa. Uma decoração toda em dourado para combinar com as pulsieras e temas psicodélicos, muita gente bonita, garçons servindo bebidas de todos os tipos, comida liberada, um verdadeiro paraíso. Foi quando vi um ator famoso num canto com outros caras fumando um baseado. Pensei, que cara escroto, outro dia estava na televisão dizendo que não usava drogas que se preocupava com os filhos dele e um monte de blábláblá e agora está ali fumando maconha. Filho da puta hipócrita. Junto com ele outros vários famosos se divertindo, bebendo e fumando. Passou por mim uma capa de revista alucinada, com os olhos esbugalhados e dando gargalhadas para todos os lados. Comecei a entender então como era o mundo real dentro do mundo da fantasia. Peguei um copo de uísque e fiquei bebendo e observando de longe. Vendo as mulheres que não eram famosas. Tentava descobrir quantas entraram com o convite do chupa pau. Estava tudo muito bom e muito bem quando para variar estancou uma briga no meio do espaço sagrado. Um cara fortão e o outro que parecia ser lutador começaram a se socar. Foi quando o fortão que estava completamente transtornado puxou um revolver e disse que era delegado. Pensei, agora fudeu. Foi uma gritaria e gente correndo para todos os lados, até que um parceiro dele entrou no meio e pediu que retirassem tal lutador do local. O lutador não se intimidou com a arma e começou a gritar. Tu é um filho da puta sem vergonha, cheirou a porra do meu pó todo!!!!! Filho da puta. O Delegado continuava apontando a arma e com os dentes trincados dizia, some daqui seu merdinha ou então te mato na frente de todo mundo. Foram alguns minutos de muita tensão mas logo tudo voltara ao normal, os atores continuaram fumando maconha num canto, o delegado continuou cheirando no outro, continuei sozinho sem conseguir pegar ninguém e o som rolando solto. O dia estava amanhecendo lindo e como se fosse uma alucinação vi de longe quem? Quem?


Carla com sua máquina em punho tirando fotos com todo mundo. Big Brother, jogador de futebol, delegado, modelo, atriz, ator, cantor, qualquer merda que fosse semelhante a algo importante estava em sua rota de ataque. Me aproximei e perguntei se lembrava de mim.
Ela gritou : ANNNNSELLLMOOOO, tudo bom ? ( FLÁVIO, PORRAAAAAAA) Respondi que estava tudo bem sim. Logo emendou e seu amigo Rogério como anda? Respondi que não havia mais visto. Ela foi falando um monte de coisas sem importância e me disse para esquecer aquele dia, que ela não era nada daquilo que ele estava pensando. Disse a ela que não estava pensando nada. Ela meteu a mão no bolso de sua micro saia e pegou dois comprimidos, perguntou se queria tomar junto. “É uma forma de mantermos um pacto de silêncio, tudo bem?”. Não precisava de merda nenhuma daquilo, que espécie de gente essa mulher pensa que sou? Mas como estava afim, me aproveitei e quem sabe ela não me oferecesse um pouco mais? Não era assim que ela estava se colocando naquele momento?
Meu muro começou a desmoronar.

17 Comments:

Blogger Cláudia Vila Nova said...

Eita,eita.Que área VIP danada essa.O Anselmo está ficando mais arrogante.Mesmo querendo entrar para o mundo estrelado que ele tanto sonha,ainda debocha.rs*Big Brother,Big Bosta..kkkkkk

Hum,o que será que vai rolar entre Carla e Anselmo (Flávio),ou Flávio (Anselmo)?????


Beijo na barba pessoa linda.

4:37 AM  
Blogger Auíri Au said...

Assuntos diferentes
Queria saber o que se sucedeu o desafio que você fez no senado, alguém topou fazer ou quá!!
Esse feriado fui a um lugar que se chama INHOTIM, acho que seria uma boa opção para você ir visitar, fica perto de Belo Horizonte, grandes jardins, grandes plantas, grandes obras de arte contemporanias, achei super interessante e a sua cara!!Me senti um pouco perto de Deus!!!



Luz


Auíri Au

5:37 AM  
Blogger Danielle said...

EIRA QUE A ÁREA VIP É A PRÓPRIA " ZONA " !
SINAL DOS TEMPOS..ANTES ERA SÓ O " CHUPA CABRA "
E A CARLA AINDA DIZ QUE ELA NÃO É ANDA DAQUILO QUE O FLÁVIO ESTAVA PENSANDO..JURA ?
rsrs..

BEIJOS,

DANNY

6:00 AM  
Blogger Kari said...

Eita que essa estória tá cada dia melhor...
eu sempre digo isso, né? Mas é verdade mesmo....

E essa rave em? Vai terminar como?

Beijos
Kari

6:35 AM  
Blogger manuh said...

Não preciso nem dizer...!
Novamente noto a forma como aborda os diversos assuntos discursivos, e até a maneira hipócrita com que se comportam as pessoas hoje em dia.Preocupados com as raves, os famosos babacas, que não fazem nada certo nessa vida, a não ser alimentar as fofocas do povo como diz vc!Adoro essa sua forma de expressão nessa saga.Está ótima..


Beijos,
Manu.

7:42 AM  
Blogger (( Brunosauay )) said...

Estou acompanhando a essa novela desde o começo, e ela estar ficando à cada dia melhor.

Uma verdadeira simulação escrita da vida de muitos aí...

O que as pessoas nao fazem para ter um pouco de luxo, e ficar perto de big bostas e etc...

Estou apreensivo de como vai terminar essa novela.

Até o proximo capítulo!


abraço.

8:02 AM  
Blogger Cinderela Compulsiva said...

Consegui ler tudo, estou adorando e loca pra ver os próximos capítulos dessa história, e essa área vip ein nossa que zorra total hauhauhuahau =D
esse flávio tem história pra contar ein ahahaha.

Está indo muito bem meu escritor.
Beijoss e uma ótima semana pra ti.

8:19 AM  
Blogger Ray said...

etá

anselmo keru dizer,flavio...

tO adorandO a novela...

bejOs

9:35 AM  
Blogger Tati* said...

Vixeeee vem mais pedreira por aí...


Não sei porquê, mas eu acho que o Flávio ainda vai conseguir seu lugar ao sol nesse disputadíssimo meio "artístico" ,e talvez como paparrazzo .

Emprego garantido (ok,ok.) rs

Ou será que ele vai acabar apelando para o famoso " nú artístico "- só para ganhar uns trocados .Seria uma boa para dar uma alavancada na carreira dele , mas e sua mãe, o que iria pensar disso tudo...


Engraçado como hoje em dia se usa o nome da arte para definir qualquer coisa .



Beijo Grande Tico

10:14 AM  
Blogger Tati* said...

Camarote VIP ??

Não sei porquê ,mas me lembrei de um certo show dos Rolling Stones " de grátis " na praia de Copacabana ano passado rs

Acho que o Salinas devia é ser paparazzi.
Emprego garantido.(ok,ok!)



Tico,
Beijo Grande.

11:11 AM  
Blogger borbô * said...

VIP Inferninho...risos.

Meu muro começou a desmoronar... ???

:)*

Gostei !

1:17 PM  
Blogger Suelen DRC said...

Estou adorando a forma que vc está abordando os temas presentes e reais!!
E que área vip é essa, hein!? Tá mais parecendo outra coisa...

Beijos no coração, querido!!

1:34 PM  
Blogger andre said...

Bah, Tico,
A cada acontecimento uma lebrança, uma atualidade, uma realidade que rola fora da tela de vidro.

Bah, ESSA COISA DA RAVE...

Abs!!!


Marcos Ster

2:45 PM  
Blogger *Carol Carolina* said...

eu bem sei como é a área VIP!
e como...

Temas atuais, perfeitos, numa conexão magnifica!

texto costuradinho.

imagino só quanto nao deve demorar para vc juntar todas as idéias!

adoro.
escreves tao bem quanto canta...
quantas virtudes. quantos talentos.
fábrica de pensamentos e idéias.

muro????
sabe deus aonde o anselmo flavio foi parar depois disso...
ja pensou se ele apaga e acorda numa banheira cheia de gelo???

*rs
bjo

ps: varias variedades variadas por aqui. =)

6:03 PM  
Blogger Cristal said...

Ah Tico, eu me segurei, mas hoje não estou conseguindo resistir e vou ter que falar.
Nada contra a tua novela, que está mostrando detalhes da realidade de muita gente, mas eu não aguento ver tanta coisa nojenta.
E não me refiro a garota que chupou o pau do Segurança pra poder entrar, porque tem mulher que faz isso sem considerar nenhum sacrifício, gosta mesmo. Nem o fato deles fumarem um baseado ou outra coisa do tipo, porque cada um faz da sua vida o que acha que deve fazer e eu não tenho nada com isso.O mais nojento é ver as pessoas se considerarem melhores que outras só porque aparecem na TV ou em revistas. E não é a mídia que é a maoir responsável por isso não. Pra mim, as principais responsáveis por essa situação são as pessoas que se matam para tirar fotos, pegar autógrafos, compram qualquer porcaria de revista ou jornal que fale sobre algum deles sem sequer avaliar o trabalho que eles estão realizando, que faz o ipobe das novelas, programas de TV, etc.
Nada contra a profissão de ator, cantor ou sei lá o que, até porque eu também tenho meus ídolos, mas os que eu admiro são aqueles que percebo que fazem o seu trabalho porque amam, tem talento, e estão pouco se lixando com as revistas de fofocas, muitos até fogem disso.
Não posso tirar o lado positivo da TV, que é tornar possível que nós conheçamos pessoas que se não fosse através dela ou das rádios, nós não chegaríamos a conhecer, como foi o meu caso contigo, mas esse sensacionalismo, essa idolatração, me dá um embrulho no estômago.
Será que ninguém consegue enxergar que as pessoas que deveriam ser os nossos maiores ídolos podem nunca ter aparecido em nenhuma TV, que podem estar bem pertinho da gente???
Eu tenho muitos ídolos, mas o mais importante de todos, para mim, é a minha mãe, que me criou com muitas dificuldades, mas que nem por isso deixou de me passar exemplos que fazem com que eu seja a pessoa que sou hoje.

No começo eu nem estava muito afim de acompanhar a tua novela, mas vejo que estou aprendendo muita coisa, porque aprender não se limita a só conhecer as coisas boas e positivas da vida, é bom a gente saber desse outro lado, até para podermos valorizar ainda mais a vida que nós temos.

Abraço apertado pra ti...

7:38 AM  
Blogger Rositah said...

Oiii Ti...
td bom??
ñ é pra falar ñ mas nem estou me pegando viciada nessa historia ai...
rs

olha o que vc me faz
danado
=D

e que venha os proximos capitulos!!!

Bjos***

5:31 PM  
Blogger Jaquelyne said...

Cada dia melhor


aii meu Deus

rsrrs


ficando viciadaa lalala


ahuahau



BeijOs tiii.

3:34 PM  

Postar um comentário

<< Home