sábado, novembro 03, 2007

Capítulo 5

(Favor ler os capítulos anteriores da saga )

(...) ganhei um dinheirinho no jogo do bicho. Vou trocar nossa televisão.

Fiquei feliz pela felicidade de minha mãe. Ela merece, afinal, já jogou na Loto, na Sena, na Mega-sena, na loteria esportiva, na Tele Sena e até foi fiel ao carnê do Baú, mas nunca ganhara nada. Ela reservava sempre um trocado para se divertir no Bingo e ficou fula da vida quando belo dia chegou para uma partida e as portas estavam lacradas com adesivos da polícia federal. Embora goste de TV minha mãe não estava sabendo da proibição imposta pelas autoridades, ela não é telespectadora de noticiário, quando a novela acaba se dirige para a cozinha e só volta quando recomeça a próxima, das oito horas. Se perguntá-la quem são os políticos que comandam o país não vai saber responder, mas sabe o nome de todos os personagens das tramas televisivas. Não a culpo por isso. Minha mãe é só mais uma senhora que teve sua vida inteira dedicada ao marido e aos serviços domésticos. Quando meu pai partiu, ela passou a sobreviver de sua pensão, nunca tivemos grandes privilégios na vida. Tenho muita vontade de poder proporcioná-la um bem estar que sei que seu dinheiro nunca poderá comprar. Acredito que algum dia isso será possível. Uma Televisão nova será de grande utilidade para diverti-la e quem sabe também para acompanhar minha carreira?
Meu telefone há tempos não tocava para trabalho algum. Acendi umas velas para meus santinhos e lhes pedi uma forcinha. Nunca falhou. Peguei o telefone e resolvi ligar para Melissa, afinal depois daquele fatídico dia não nos falamos mais e fiquei com suas palavras e seu olhar guardados na memória. Liguei, chamou, chamou e ninguém atendeu. Não deixei recado na secretária eletrônica. Um pouco mais tarde tentei novamente e nada. Comecei a achar que havia me dado o número errado. Fui parar diante de meu bom e velho computador. Vaguei algumas horas pelo Orkut, respondi os recados, visitei algumas comunidades, procurei por Melissa e a adicionei. Por curiosidade fui dar uma olhada em seu álbum de fotografia e percebi que ela tinha muitas fotos com seus familiares e amigos, pelo visto não havia um macho na parada, caminho livre? Notei Carla em sua lista de amizades e fui dar uma bisbilhotada também.
No álbum de Carla só fotos com celebridades, incluindo Rogério. Tinha ela com cantores de pagode, de rock, de axé, com atores globais e de outras emissoras, sempre sorridente e com um olhar expressivo, como se fosse íntima deles. No seu perfil ela se definira como uma mulher inteligente e bonita, determinada e culta. Usando frases de efeito “Você nunca realmente perde até parar de tentar”. Nossa que coisa surpreendente. E tinha mais: “Se você quer um arco-íris tem que aguentar a chuva”. Hummm. E que tal essa “Ninguém jamais se afogou em seu próprio suor”. Brilhante. E essa? “Amar em segredo é como ter asas e não poder voar”. Romântica. Carla era realmente uma mulher interessante. No mínimo gostosa. Com aquele peitinho e aquele boquete nem precisava ser inteligente. Enfim, acabei me embrenhando em suas comunidades, algumas bem vulgares, outras sem sentido algum. Fui até a comunidade que criei pra mim mesmo usando um nome falso. “Eu adoro o cara da Brancol”. Verifiquei que não havia entrado ninguém ainda, somente eu e o fake que criei para poder criar a comunidade. Meu fake usava para descobrir coisas importantes sem deixar pistas. O tempo passa rápido nessa porra desse site.Mas não tinha muito o que fazer mesmo. O Orkut é um fenômeno interessante, toda vez que vejo alguém acessando um computador de um local público a página encontra-se nesse endereço. Eu gosto do orkut, já consegui me comunicar com vários artistas importantes. Alguns não tive absoluta certeza, pois existe muita gente se passando por celebridades, mas outros foram simpáticos e acessíveis, acabei ficando amigo e sinto um imenso orgulho em ostentá-los em minha lista de amizades. De repente quem surge no Msn? Olá Melissa, tudo bom? Lembra de mim? Não, quem é que está falando. Vi que precisava colocar uma foto minha. Imediatamente troquei a imagem. Sou eu Flávio. Flávio? Que Flávio? Flávio, nós passamos uma noite no motel conversando, não se lembra? Não me lembro, que brincadeira idiota, vou lhe deletar. Olha a foto e veja se parece alguém que você conhece. Anselmo? Putz, me lembrei que ela não sabia que eu era o Flávio e que o Rogério havia me apresentado como Anselmo. É, Anselmo. Seu nome é Anselmo Flávio? Não, meu nome é Anselmo, mas meu nome artístico é Flávio Salinas. Ela mandou um risinho irônico do outro lado. E ai, tudo bom Melissa, tentei te ligar, mas você não atendeu. É que não atendo números sem números. Como assim? Não atendo números onde na bina aparece “desconhecido”, minha tia outro dia caiu num trote passado por algum bandido e quase morreu do coração, disseram que tinham seqüestrado meu primo e tudo mais, porém o que os bandidos queriam era um cartão telefônico e minha tia coitada, fez tudo que eles pediram. Meu primo acabou chegando quando ela acabara de passar o código do cartão e só depois entendeu que havia caído num trote. Por isso não atendo. Entendi, faz muito bem. É que meu número é restrito de propósito. Pois então e as novidades? Não tenho muitas novidades, estou na mesma. Esperando para ver se rola uns testes essa semana. Legal, estou estudando para a prova. Que prova, você não é formada? Sim, estou tentando entrar para a Aeronáutica. Vai ser aeromoça ? Dãaaaaaa, bobão. Desculpe, estava só brincando. Mas qual sua intenção em entrar para a Aeronáutica? Trabalhar com a parte de assessoria de imprensa. Meu pai é militar e vejo o quanto é um emprego seguro. É verdade, seguro mesmo. Então quero esta segurança também, hoje em dia está muito difícil trabalhar em jornal, não existe uma liberdade para a notícia entende? Os jornais têm sempre interesses políticos ou econômicos envolvidos em suas matérias, esse negócio de independência editorial é uma bobagem. Sério? Como assim? Sempre achei que o que saia no jornal era de fato um fato. Sim, são fatos, mas a forma como são colocados é que muitas vezes faz a interpretação do leitor sofrer a influência dos interesses do jornal. Ah, isso é maluquice sua Melissa.Você acha que é maluquice minha? Os jornais estão todos comprometidos, a eles interessa sempre um grupo. Existe o que pode sair e o que jamais vai chegar até o conhecimento público. Muitos jornais vendem matérias para falar bem de autoridades e governos. Muitos jornais pertencem a políticos e uma vez assim, como podemos abordar os assuntos de forma livre? Será? Lógico, quando pegar um jornal pergunte a quem interessa determinada noticia, assim você poderá filtrar melhor as informações. Tudo bem.Vou seguir seus conselhos. Isso serve inclusive para o caso de sua amiga Sheila. O caso de minha amiga Sheila continua na mesma. Pois é, o pai do rapaz não é um cara influente? Sim, acho que sim. Então pode acreditar que muito em breve teremos uma solução, se não tiver eles inventarão uma. Bom, mudando de assunto. Fale-me. Vamos nos encontrar nesse fim de semana? Nesse fim de semana? É. Pode ser, o que está pensando em fazer? Não sei, que tal sugerir, qualquer coisa, menos ir ao motel. Tudo bem, terei que sair agora. Me liga e a gente combina. Tudo bem Melissa, te ligo até o fim da semana com alguma sugestão. Beijos, to saindo.
Nosso papo foi bem ilustrativo. Melissa é uma mulher inteligente e gostosa. Fiquei pensando num programa que tivesse seu perfil. Fui para a academia encontrar com um brother que tinha me prometido uns “produtos”. Na verdade não era nada demais, apenas um ciclo de Winstrol para ficar com o corpo mais definido. Nessa minha profissão, imagem é tudo. O dinheiro que havia guardado de minha última figuração foi todo para as bombinhas, estava investindo em mim mesmo. Tomei uma dose lá mesmo, ele sabia como aplicar. Difícil seria arrumar uma farmácia para fazer o trabalho. O parceiro que aplicava em todo mundo na drogaria da esquina foi demitido e o cara que entrou no lugar dele disse que é honesto e que não pode fazer o serviço. Tá bom. Muito honesto sim. Foda-se. A Carolina está fazendo curso de enfermagem, então acho que ela será minha alternativa para as próximas 15 injeções.
Peguei uma carona, pois estava chovendo. Meu amigo estava ouvindo uma rádio de notícias. Perguntei se não tinha nada mais interessante para ouvir e ele disse, “você deveria estar interessado, pois estão falando sobre o tal Detetive Machado”. Todo mundo realmente sabia do caso, pensei. O que estão dizendo? Que o corpo encontrado no porta malas não era dele, mas o sangue no estofado do carro sim. Como assim? O Corpo era de um traficante, mas havia sangue no estofado do carro e o resultado comparado com de seus familiares deu positivo. O que significa que o Detetive Machado está envolvido nesse caso também. Deve existir alguma ligação entre o Machado, o traficante morto e Agnaldo. Talvez a polícia conseguindo unir as peças, possa finalmente resolver o caso. Posso te fazer uma pergunta Anselmo. ( Flávio, caralho) Pode. Você comeu a menina? Ela era bem gostosa hein, vi o filme dela.
Ah não fode porra, a mulher ta morta seu infeliz, por que quer saber?
Curiosidade.

22 Comments:

Blogger Cláudia Vila Nova said...

Que coisa!Meus olhinhos brilharam quando vi que tinha postado mais um capítulo...rs*

Caramba,que frases são aquelas?

Vi menos egoísmo no Anselmo (Flávio),ou no Flávio (Anselmo)..enfim.Bonitinho ele pensar em comprar algo pra mami dele.Vou reler os outros capítulos pra ver se ele já pensava assim antes,ou só pensava nele.

Vai soar repetitivo se eu disser que tô me amarrando nessa saga?Acho que não..

Beijos pessoa linda.

3:32 PM  
Blogger Monica said...

Oi Tico
tô com saudades de você , de te ver nas emissões, de te ouvir , de curtir sua voz hipnotizadora. Não tô acompanhando sua novelinha, so passo pra ver como vai tudo, como anda você, sinto saudades de você, de VOCÊ. Cadê você!!
Te deixo um grande beijo e quando é que vai pensar numa turnezinha pela Europa , principalmente aqui na França....!!! me avisa!
Beijos

Mônica

3:45 PM  
Blogger Rosa de Janeiro said...

HUm... detalhistaaaaa...
Essa mãe do Anselmo é como a minha.... desejamos dar coisas que além do dinheiro delas não dar condições também elas mesmas não sabem que exista. Sensações, emoções. Tudo que elas fizeram na vida foi cuidar dos filhos e lavar louça. Não que não seja louvável também, tudo tem seu valor, mas que por isso ficaram limitadas, e consequentemente influenciaram os filhos negativamente sem querer em algum momento da criação.

Quanto ao próprio Anselmo é legal acompanhar um personágem normal sem excesso de bondade e que de vez enquando quebre as regras. Ninguém é perfeito. Esse modelo de perfeição não ajuda aos "telespectadores" a se aperfeiçoarem, mas apenas camuflam a realidade do ser humano. Entendeu? Espero que sim.

Obs: Seu conto parece um monólogo. Dá pra ser adaptado perfeitamente por um profissional ou até por vc mesmo caso vc tenha esse tipo de conhecimento...pense nisso. Anselmo é um ótimo personagem para um ator com as características do Igor.
Bom, pelo menos a percepção que tenho dele(Anselmo) é essa.
bjos.

4:44 PM  
Blogger Suelen DRC said...

Putz, o delegado envolvido...
A cada capítulo, a história fica cada vez mais viciante...
=]

Beijo querido!!
;**
Amo-te

4:54 PM  
Blogger *Carol Carolina* said...

ameiiiiiiiii!!!!!!

tava pensando nesse lance do orkut, pq fizeram uma pergunta para mim, e eu nao soube responder....
uma colega disse: amiga, vc linda assim , solteira, tem que fazer um orkut mais atraente, ta mto sem graça, pega umas comunidades mais legais como: eu amo maquiagem, as morenas sao as melhores, eu tenho marca de biquini..etc
e troca essas fotos, ta tudo mto subliminar!!!

enfim, eu ignorei!

perfeito!

Imprensa de rabo preso???
imagine, só o fato atual da jornalista ter sido mandada embora da Cultura semestre passado por ter criticado taxas de bancos, ja é algo nao?

ai tem uma Carolinaaaa!!!!!
será que ela vai ter um caso com salinas de tanto aplicar as bolas nele??? *rs

ps: eu disse que a telesena faz parte hahahaha.

Machado ta mais enrolado que macarrao, eu hein....

beijooooo

4:56 PM  
Blogger Wolf_Angel said...

Namastê!

A saga anda interessante!
O tipo de história beeem próxima do cotidiano, fácil e instigante, realmente fico curiosa pelo próximo capítulo e diferente de uma novela televisiva, não tenho 99% de noção do que vai acontecer.
parabéns.
a narração tá super bem estruturada assim, parece mesmo um diálogo direto com o leitor.
Sopros de luz!
bom domingo!
beijos!

P.S.: adorei as críticas sociais. E quanto ao filme tropa de elite....presenciei um fato sobre ele: meu irmão (12 anos) voltou chorando da casa do colega d sala, disse q estavam na piscina e os outros começaram com 'brincadeiras escrotas' ae ele resolveu vir embora. Disse q os coleguinhas (se eh que posso chamar assim) estavam brincando de imitar o filme,e começaram a se chingar e pular uns sobre os outros pra ver quem gritava menos ou quem desistia primeiro...Na hora não soube o que pensar, só disse a meu irmão q agiu certo indo embora, e agora com o tópico sobre mídia levantado...to aqui pensando...até que ponto vai essa influência ein...
Millor, na veja de hoje tá falando sobre a liberação das drogas. Concordo com ele. Se liberarem não vai ter mais 'graça' comprar escondido e o tesão d ser diferente diminui. Que nem o filme, foi só falar que era violento, e real, gerallll quis assistir... Povo é prego!!! Toma na cabeça e entra pro pau! parece que não aprende...

me demorei demais, desculpe.
=*

5:52 PM  
Blogger Kari said...

A curiosidade é uma merda, viu? Aff...
Gosto dessa novelinha, pois, diferente das outras, ela trata assuntos tão atuais e de uma forma ótima!!!

Quero só saber onde essa estória vai dar...

Beijão,
Kari

6:00 PM  
Blogger Claudinha said...

Tico

Você é um ótimo escritor, parabéns!!!!
Estou adorando e tambem muito curiosa pra saber como termina,

e

ADMIRO MUITO VOCE...


BJIM

6:13 PM  
Blogger borbô * said...

Tico tô viciada na tua novela...rs.

A Melissa é interessante. Pode rolar um namorico hãn?

Dá um trabalho novo pra ele...faz esse telefone tocar.

Uma Carolina na novela.
:)

Beijo urso.

6:15 PM  
Blogger Danielle said...

O PERFIL DA MÃE É TÃO REAL QUE CHEGA A DOER...UMA VIDA EM QUE A REALIDADE MAIS PRÓXIMA SÃO AS NOVELAS DA TV É NO MÍNIMO TRISTE...
E ESSA DESCRIÇÃO DO ORKUT FOI TUDO !
TÁ CHEIO DESSAS CARLAS POR AÍ...CADA PERFIL QUE...MEU DEUS..AUTÊNTICO ÁLBUM DE FIGURINHAS...rsrs..
AGORA A MELISSA É INTELIGENTE..ESPERO QUE O ANSELMO..OPS !...DIGO..FLÁVIOPOSSA ACOMPANHÁ-LA SEM LEVAR UMA " LAVADA "...rsrs..

E A NOVELA ESTÁ BOMBANDO . OU SERÁ QUE É O FLAVIO ?...rsrs..

BEIJOS,
DANNY

8:11 PM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

A curiosidade matou o gato, pensei.

Bah, que estória!

Ilusão, interesse, bobagem, umas aventuras.

Bah!

Abs!!


Marcos Ster

9:22 PM  
Blogger Inamara said...

Meu Santo Forte....Minha Santa Cruz

Pô...ja falei que não curto essa novelinha...mas não vou deixar de ler NADA que vc escreva...(adorei vc ter dito que se sente mais um escritor numa entrevista...tb sinto isso...mas sua voz tb é linda!!! vc é na verdade multicultural!! rsrsrs)...mas escrever que no álbum da Carla tinha fotos dela com celebridades como se fosse íntima....
CAAARAAA...acabei de colocar uma foto no meu Orkut pendurada numa celebridade como se fosse íntima!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Então preciso esclarecer: Não sou íntima dessa celebridade...nunca tinha feito isso antes (no meu álbum tem minha família e meus amigos apenas) e nem no branco dos olhos me pareço com essa.....
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Primeira vez que me divirto aqui ...sem ser tão "equilibrada"!!!
Beeeiiijooosss....TOOODOOOSSS!!!

12:29 AM  
Blogger Letícia said...

Não foi dos melhores capítulos, mas tá legal.

Gostei da conversa no MSN..
Vai rolar hein!
hahaha

Lê.

4:48 AM  
Blogger Cinderela Compulsiva said...

Aos poucos eu estou lendo a saga!
Mas muito legal, estou adorando ler.
E o que deu la com os deputados? Lembra que vc contou pra gente aqui em Santa Catarina quando fomos jantar ;D
Eu quase nem conversei contigo, mas ouvi tudo o que você falava, queria dizer que te adimiro demais, o teu trabalho com os voluntários, a tua voz é linda demais, eu sei todas as musicas dos detonautas de cor, chorei quando netto morreu, tive tanta raiva que parecia que era mentira o que estava acontecendo. Sei o dvd de vcs de cor e amo as tuas tatuagens =D principalmente a do santo forte hehe.

Quando eu conseguir ler toda a tua história eu te falo o que achei mais detalahadamente.
Te admiro demais.
Se quizer aquela foto que batemos aqui em Tubarão eu te passo por email, é só pedir.
Beijos
espero que você leia tudo hehe
;*

6:58 AM  
Blogger manuh said...

De fato, o que mais me admira é a capacidade que você tem, de expressar suas opiniões. Gosto da saga, não como uma novela(pq novelas são uma perda de tempo,podemos ler um livro inteiro na hora da novela) e sim como uma forma diferente de encarar as coisas, acho que consigo entender o que vc quer dizer, diferente de outros.
A melhor parte desse capítulo, foi com relação ao jornalismo, tenho essa mesma opinião, e acho que a sociedade é influenciada pela notícias que assiste, que muitas vezes é manipulada, e mal intencionada.É raro encontrar jornalismo sério neste país, e nossa sociedade que já é de uma ausência enorme de conhecimento e informação, é descaradamente influenciada no domingo à noite, quando todos estão cansados de fazer nada e vão à frente da TV, prestigiarem e apaludirem o Fantástico, pensando adquirir conhecimento verdadeiro, e jornalismo sério, sem influência política e econômica.


PS: Ainda quero saber o que deu na ALERJ dia 31. É dificil encontrar informações aqui no sul sobre tal. Atenda ao nosso pedido? Quais foram as reações dos José's ?!


Beijo

7:30 AM  
Blogger manuh said...

Ah e sobre o Orkut?
A curiosidade humana é instigante, mas penso que a dos brasileiros é muito mais aguçada. Por que será, que no gráfico de usuários do orkut em todo o mundo, o Brasil toma posição com os seus 90% de usuários?!

Beijo Tico.

7:46 AM  
Blogger Borboleta Bia said...

Sugestões de trilhas para este capítulo e quem sabe... *risos*
Vamos de Noel Rosa


João Ninguém

“João Ninguém
Não tem ideal na vida
Além de casa e comida
Tem seus amores também

Esse João nunca se expôs ao perigo
Nunca teve um inimigo
Nunca teve opinião”


Amor de Parceira

Saiba primeiro
Que fulana é minha amiga
E comigo ela não briga,
Com ciúme de você
Você provoca briga entre rivais
Para depois ver nos jornais,
Seu nome e seu clichê
Há muito tempo minha amiga me avisava
Que ela sempre conversava
Com você no seu jardim,
E começou nossa parceria
Eu fui por ela
E ela foi por mim

Você pensou que fomos enganadas
Marcando encontro em horas alteradas
E nós fizemos a sua vontade
Dentro de aquela
"Escrita" eu e ela
Não tivemos prejuízo na sociedade!

Quando você se atrasava uma hora
E fingia não saber a razão dessa demora
E muita vez você perdeu a fala
Quando tava sem tostão e eu pedia bala!
Nós aturamos os seus modos irritantes
Mas filamos bons jantares
Nos melhores restaurantes
Você não sai de nosso pensamento
Você foi negócio,
E foi divertimento.

Beijo grande,
Gabi

8:13 AM  
Blogger Cinderela Compulsiva said...

ei, estou no capitulo 2,6 acabei de imprimir seu livro hauahu =D essa semana eu leio ele todinho!

ps: fiz um blog só pra comentar aqui =) quem sabe um dia eu aprenda a escrever como você né meu rei?
Uma ótima semana pra ti e boa sorte com a tua história, ela está muito boa até onde eu li =D fico com tanta criosidade que não consigo parar de ler hehehe
beeeeijos

11:15 AM  
Blogger Rositah said...

Oiii Ti...
td bem??

falando nesses joguinhos lembrei da minha vó
ela joga essas coisas bem antes de eu me conhecer por gente


coitada...mas td bem
pelo menos distrai um pouco...rs

estou aqui...esperando os proximos capitulos

Bjos**

1:39 PM  
Blogger Tita. said...

Olááá Tico!
Ahhh enfim ele conseguiu conversar com a Melissa, parece uma pessoa legal e poderia "endireitar" o Anselmo (Flávio, enfim...).
E ele tomando bomba, huum era de suspeitar, mas isso é bobo, se quiser ficar com o corpo bonito então se mecha, mas a maioria das pessoas prefere o q é fácil mesmo se prejudicando!
Que coisa esse tal de Detetive Machado, ele é o culpado de tudo eu acho, talvez achem ele morto nos próximos capítulos.
Agora é esperar!
Ótimo, ótimo, e hj bateu saudades de vocês, vê se voltem pra região de Getúlio Vargas, eu sei q é difícil, mas tentem pooor favor
:D

Bejos Tico!
Ótimos próximos shows, e PAZ pelos palcos do Brasil!

3:02 PM  
Blogger Reticências said...

Tenho duas sugestões:

- Pq não escrever um capítulo sobre as investigações do caso? Como os policiais estão tratando a história, os suspeitos, as tentativas de encobrir/esconde-lo?
...

- E por causa dessa repercussão nos tablóides,o Flávio seria um sério candidato a participar de algum reality show.

E sobre a imprensa, Balzac já dizia... "O jornal é o jornal e o político é o seu profeta. Ora, os profetas são profetas muito mais por aquilo que eles dizem do que por aquilo que eles disseram. Não há nada mais infalível do que um profeta mudo."

...

4:00 AM  
Blogger Jaquelyne said...

Oii ti.

tudo bem??

entãoo estouuu adorandooo..
rsrsrs
cada diaaa mais curiosaa
pra saber como vai acabar essa saga ^^

beijinhos

Jack*

3:06 PM  

Postar um comentário

<< Home