sábado, outubro 13, 2007

Recepção

Meu computador esta sobre o frigobar do quarto ligado na tomada em que estava a televisão. Atrás dele tem dois copos vazios e uma pequena cesta com biscoitos, bebidas alcoólicas e um doce que não conheço. Um quadro de flores estampa a parede branca, a luz é branca, a janela é marrom e a cortina é bege. A cama não usei, ao seu lado duas mesas de cabeceira feitas em madeira. Acima, uma a direita e outra a esquerda, luzes de leitura que não funcionam. Uma penteadeira e um vaso com uma flor bem diante do espelho. Já me olhei algumas vezes nesse espelho. Um par de chinelos brancos com a bandeira do Brasil perto da porta sobre o tapete verde escuro. A cama esta coberta por uma colcha florida. Tem um sofá com um tecido estranho, não sei defini-lo.
Ar condicionado antigo.
O banheiro está com as torneiras trocadas.
A fria abre a quente e a quente abre a fria.
Tem um pano de chão ao lado de uma toalha de rosto que usei para limpar o gozo da falta do que fazer.

- Alou.
- Alou.
- Quem fala?
- Recepção, o que deseja?
- Desejo amar e ser amado.
- Sinto muito, não entendi senhor.
- Desejo amor, desejo viajar e conhecer o mundo e as pessoas e ver o sol de outros ângulos.
- Senhor, aqui é da recepção.
- Pois não?
- Pois não o que, o senhor quem ligou como posso ajudá-lo?
- Poderia me ajudar?
- Estou aqui para isso.
- Bom, me ajude a ver a vida com olhos diferentes, conte-me uma história onde os personagens não cobram um final feliz, simplesmente vivem a história sem saber qual será a próxima página.
- Como assim senhor? O senhor está bem?
- Sim, estou bem e a senhora?
- Estou trabalhando.
- Mas está satisfeita com seu trabalho?
- Senhor, aqui é da recepção do hotel, em que posso ajudá-lo?
-Me responde se está feliz com seu trabalho.
- Que diferença faz para o senhor? Não posso conversar senhor, estou no meio do meu expediente.
- Tem alguém por ai?
- Não senhor.
- Existem outras linhas para que os hóspedes possam ser atendidos?
- Sim, existem outras duas linhas.
- Elas estão tocando?
- Não senhor.
- Então...
- Pois não senhor, então o que?`
- Então me diga se és feliz?
- Senhor, não posso ficar batendo papo com o senhor, senhor.
- O que está fazendo ai nesse momento?- Estou lendo o jornal.
- E o que diz o jornal?
- O mesmo de sempre senhor.
- E como se sente lendo algo que é o de sempre?
- Estou só passando o tempo.
- Estou lhe ajudando a passar o tempo.
- Certo senhor, mas se o gerente chegar e me pegar falando no telefone não vai gostar.
- Por quê?
- Ora, senhor, porque estou trabalhando.
- Sim, está me atendendo, isso não faz parte do seu trabalho?
- Faz sim senhor.
- Pois qual o argumento seu gerente terá?
- Não estou entendendo onde quer chegar.
- Não estou tentando chegar a lugar nenhum.

( Silêncio na linha )

- Senhor...
- Pois não senhora.
- Preciso desligar o telefone.
- Tudo bem, pode desligar.
- O senhor precisa de algo?
- Preciso sim.
- Em que posso ajudá-lo?
- Pode me ajudar a limpar o céu e tirar estas nuvens de chuva de perto para que enxergue melhor as estrelas?
- O senhor está brincando comigo, não posso brincar.
- Por que não pode brincar? Porque já é uma pessoa adulta, por que o tempo passou e a vida agora é só a rotina diária, o cumprimento de tabela e quando algo inesperado te acontece dai a senhora perde a paciência e se sente desconfortável?
- Não senhor. Trabalho na recepção deste hotel, estou aqui para servir os hóspedes, fazer ligações, passar informações, programar alarmes, pedir um taxi caso seja necessário, levar uma toalha ou até mesmo algo para comer quando requisitado. Esse é meu serviço.

( silêncio na linha )

- Senhor, preciso desligar.
- Desligue.
- Desculpe se não posso ajudá-lo senhor.
- Não se desculpe ninguém pode me ajudar.
- Sinto muito senhor.
- Sente mesmo, seja sincera?
- Sinto muito mesmo senhor.
- E o que a senhora sente se nem me conhece?
- Sinto não poder ajudá-lo.
- Tudo bem, não estou procurando ajuda.
- Então tenha uma boa noite.
- O que é uma boa noite para senhora?
- Uma noite tranquila, onde posso ler um livro e descansar.
- Ótimo, para mim uma boa noite é uma noite onde posso conhecer outras pessoas, dançar, cantar, beber, me divertir.
- O senhor quer o endereço de uma danceteria?
Um minuto por favor.

( Silêncio na linha )

Desligo o telefone.

O telefone toca.

- Pois não.
- Senhor, aqui é da recepção, localizei uma danceteria, pode anotar o endereço.
- Para que?
- Ora o senhor não disse que queria dançar, beber e ver gente?
- Não, eu só perguntei a senhora o que era uma boa noite.
- Entendi, então nesse caso, desculpe o incômodo.
- A senhora não está me incomodando.
- Muito bem senhor, então tenha uma boa noite.
- E se não for possível?
- O que senhor?
- Se não for possível ter uma boa noite?
- O que quer que faça senhor?
- Me responda.
- Pergunte-me.
- Caso eu não tenha uma boa noite?
- Não posso fazer nada senhor, não é minha função.
- Tudo bem então.
- Boa noite senhor.
- Boa noite senhora.

Desliga o telefone.

Mil pensamentos passam pela cabeça.
Mas nada que mereça atenção.
Formalidades são falsas.

Conclusão.
Não existe conclusão.
Não nesse momento.

Ãh ?

Tico Sta Cruz

46 Comments:

Blogger **Renata Ferri** said...

Te entendi....apenas dê-me a chance de te mostrar o quanto o amo.....
Bêjo0s,
Rê!
Te amo MEU SANTO FORTE!
Sempre...não é o amor q as pessoas acham q é....
www.ticodrc.blogspot.com

3:36 PM  
Blogger Gláucia said...

Óla Tico!!
ah que fofu, esse seu post!!
tudo bem que, esse dia pra vc deve ter sido um tédio!!
pra vc buscar um consolo com uma uma recepcionista de hotel!!
Pouxa pena que ela num te deu trela!!
mas fazer o q são as obrigações dela!!
Mas ao ler esse seu post, indaguei-me que sentido tem a vida ora bolas!!
falo principalmente pela ótica da recepcionista, em atender, repassar, programar, atividades mecânicas, sempre as mesmas!!
E quando indagada por vc se era feliz, a mesma não soube responder, se esquivou e não falou!
Daí, chego a conclusão de que passamos pelo menos, a maioria de nós, a vida toda, fazendo e repetindo ações, sem buscar algum sentido, algum significado, para o que fazemos!!!
Isso é frustrante!
MAs Santo Forte precisando de um ouvido amigo aê, é só ligar pra mim!!
vou filosofar contigo até cansar o ouvido!!hihihi!

Belo post curti muito seu vai-e-vem com a recepecionista. Vc a viu depois??!!

bjuxx Gláucia

3:41 PM  
Blogger Suelen DRC said...

Lendo esse texto, percebi o quanto algumas pessoas agem da mesma forma. Programam suas vidas como se fossem robôres, e mtas das vezes agem como o tal!!
Vivem apenas por viver, sucumbem a tudo e a todos, tem uma vida mesquinha de amor, de afeto... Esquecem o que é ser feliz, isso é, se ao menos um dia puderam saber a resposta.

Viva um dia de cada vez(isso até pode ser clichê de mais, mas é a única forma de ser feliz sem cobrar o final!!)

Bjocas em seu coração!!
Te amo!!

4:21 PM  
Blogger ஜ*ஜ* LILÁS* ஜ*ஜ said...

rs É engraçado a reação da mulher.É exatamente assim.As pessoas já vem armadas.Cheias de não possos,cheias de formalidades,cheias de receio e de medo.Infelizmente.O curioso é que mesmo com todas as suas perguntas você não conseguiu desarma-la.Engraçado,quando li o que ela te respondia,achei que mais pra frente ela acabaria conversando com você como pessoa.Eu senti essa vontade nela.Mas isso não aconteceu.É triste mais é verdade,as pessoas não se olham mais nos olhos,não mais dão bom dia(ñ digo qualquer um, mas aquele que ilumina o mundo)Como todos dizem,tenho uma visão muito romantica do mundo e das pessoas.Esperança...Daqui ah algum tempo(espero que esteja errada)vai ser dificil distinguir quem é a máquina e quem é o ser humano.

4:50 PM  
Blogger Priscila said...

Minha visão deste texto são 2 pessoas vendo um quadro de Monet.
A recepcionista diria... "não consigo entender essa pintura" e então você diria: se afaste um pouco cerre os olhos e sinta o perfume das flores.

5:03 PM  
Blogger borbô * said...

ãh ?

adorei !

5:55 PM  
Blogger edilza said...

Este comentário foi removido pelo autor.

5:59 PM  
Blogger Kari said...

Realmente, um texto bem interessante, apesar da falta de conlusão. Apesar de que, algumas coisas nunca precisam ser concluídas, assim penso.

Ah, e gostei muito da descrição da Priscila. Acho que ela disse tudo!

Beijão,
Kari

6:17 PM  
Blogger Alessandra said...

que pena que a pessoa se sente só.está convesar demorou quanto tempo,o tempo que ele quiz vc entendeu ou eu sou mais louca que vc,rsrsrs.bjinho
a propósito vais fezer show na terra de Rogerio Flausino.
Se tever um tempo de um pulo na estação Alfenas ou na ong Dias Melhores ...bjinho de novo durma com Deus

15 outubro - Alfenas/ MG - Estádio do América Futebol Clube

7:19 PM  
Blogger tati said...

Olha como são as coisas (?)...

Sempre estamos à espera de alguma resposta.( Mas nem sempre perguntamos )
Queremos tirar significado quase de cada segundo que se passa na nossa existência.( Sem saber o porquê )
Os sentidos se voltam para a necessidade de desvendar os mistérios do mundo (que é o outro ser) que coabita a nossa existência .
A ausência de explicação pode ter sentido! ( Faz Sentido?!)
O encontro não vem a quem não o procura.
Não existem verdades absolutas.
O Conhecimento é infinito .
Ouvi dizer ...
-Para perguntar é preciso saber.
-A eloqüência vale mais que o saber.


Concordam?




Beijos e Abraços.
Até terça Tico =)

7:35 PM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

às vezes atenção não é o bastante.
às vezes respostas não são o bastante.
às vezes amor não é o bastante.

não é o bastante pra cobrir buracos, satisfazer vontades ou necessidades.

às vezes a ausência da resposta é a resposta. ou não.

nem tudo precisa de resposta.

nada é o bastante se a gente nunca se satisfaz.

7:51 PM  
Blogger Nadine said...

Me senti lendo um texto Machadiano. Quanta descrição! O quarto foi tão detalhado que me vi na mesma situação... e comecei a pensar como seria meu comportamento.

É estranho pensar que não observamos estas coisas tão frequentes.
Sabemos do "desejo [de] amar e ser amado" que é quase universal, mas isso parece não fazer diferença.

Quantas pessoas analisam suas próprias vidas e se perguntam se estão satisfeitas/felizes com o trabalho? Se são realmente felizes?
Quanto tempo não passamos "lendo algo que é o de sempre"?

Não sei vocês, mas eu passo muito por isso. Envergonhadamente confesso que me senti a recepcionista. Bater cartão e ligar o 'automático'.

Será que preciso de um hóspede para me ligar e pedir que eu limpe o céu para que ele veja melhor as estrelas? Será que só assim deixarei de ser tão mecânica?

Sobre ser adulta... bem, acho que a maioria não sabe como ser. O Pequeno Prínpice está certíssimo quando diz que "as pessoas grandes são muito estranhas". Decididamente somos muitos estranhas!

Obs.: Do autor, me resta uma dúvida/curiosidade. Após o gozo veio tédio pela falta do que fazer ou a atitude de tentar falar com alguém é consequência de uma mente inquieta (entediada ou não)?

8:58 PM  
Blogger Ana Paula said...

Oi amore!!!

Não poder ajudar e nem se ter idéia do que é ser ajudado é um tormento que pra mim também não tem explicação, muito menos conclusão. Não estou supondo que você quiz dizer isso, mas é assim que me sinto.
Obridada pelo espaço.

Ana Paula - vivo pelo amor

10:25 PM  
Blogger Ana Paula said...

No cantinho do meu coração existe um espaço reservado só pra ti!
Se saber que te amo mudará alguma coisa, ficarei muito feliz!
ana-vivo pelo amor

10:27 PM  
Blogger Junior São gonçalo said...

Já passei por momentos como esse também...

Teve um dia em que passei o tempo todo no "nada", procurando por "nada".
Acordei e não saí de dentro do quarto...
Computador, depois um livro, depois deitei de novo...
Nada...
Dentro do nada...
E ficava pensando em um monte de coisas... Mas realmente, parecia que não pensava em nada, além de "nada"...
E tentava procurar "respostas" para os meus pensamentos...
E nada...
E nada dentro do "nada"...
O tempo passava...e nada...

Até que chegou uma hora que tinha que sair. Ir na rua para um compromisso (não me lembro se era faculdade, enfim...)

E quando pisei na rua, quando comecei a ver as pessoas andando, pensei:

Eu lá dentro do "nada" e tudo acontecendo aqui fora...

O mundo, o tempo... Não pára, como já dizia nosso poeta.
E eu, lá parado...

Fiquei feliz! Retomei a alegria, me enchi de vontade e fui...

FUI VIVER...

Andar...olhar...pensar...

Já diz a nossa querida Elma Alegria:

"Para exercitar a mente, nada melhor que andar e ver gente..."

Mas esses dias, esses momentos, fazem parte... são bons...

Não parece, mas nos engrandecem!
Nos enchem de valor, renova o espírito!

Faz parte...

E às vezes acontecem situações....Tal como a sua....

Um abração, irmão!

Saudades!

JUNIOR

5:38 AM  
Blogger Bianca Xavier said...

Se vc quiser eu posso te ajudar!
Amor não vai faltar!
Mts beijos,abraços...

7:17 AM  
Blogger DÉIA said...

EU ESTAVA PROCURANDO IMAGENS DE CLEPTOMANIACOS PARA UM TRABALHO NO GOOGLE E ENCONTREI A FOTO DO TICO COM ESTE TESTO.
TICO TE DORO
B
E
I
J
O

7:22 AM  
Blogger Danielle said...

SABE TICO..NESSE MOMENTO ESTOU TÃO LONGE DE MINHA CASA...NUM LUGAR IGUAL À MUITOS MAS DIFERENTE
DOS QUE EU JÁ ESTIVE...NOVIDADE ? PODE SER....
LI E RELI SEU TEXTO...JÁ TIVE ESSA VONTADE DE EXPERIMENTAR ESSE DIÁLOGO..NOS DOIS SENTIDOS...TRABALHANDO E COMO HÓSPEDE...
TRABALHEI EM HOTEL DURANTE ANOS..VOCÊ SABE...A ROBOTIZAÇÃO E A FORMALIDADE DO TRABALHO MINAVAM MINHAS FORÇAS E ME MATAVAM AOS POUCOS MAS CRUELMENTE..TÃO CRUELMENTE QUE EU NEM VIA O MAR QUE SE ESTENDIA DO MEU BALCÃO...EU NÃO VIA NADA...SÓ PROBLEMAS PARA RESOLVER NAS 48 HORAS DOS MEUS DIAS DE 24...
EU PEDIA QUE UM DIA ALGUÉM ME LIGASSE FAZENDO ESSAS PERGUNTAS QUE VOCÊ FEZ..MAS NADA..NUNCA...O TELEFONE, O FAX, AS PESSOAS NO BALCÃO ERAM SEMPRE PARA AS MESMAS COISAS...INFINDÁVEIS RESERVAS DE RESTAURANTES, VÔOS, CASAS NOTURNAS...CHECK-IN, CHECK-OUT, GRUPOS, ETC...
ME NOTEI ROBOTIZADA..ATÉ PARA DISCUTIR EU ESTAVA PASTEURIZADA...NÃO TINHA REAÇÕES MINHAS..TUDO PRE-DEFINIDO..CONTROLE DE QUALIDADE..SABE COMO É NÃO ? SÓ QUANDO EU DEIXAVA O TRABALHO NA ALTA MADRUGADA E RODAVA COPA, IPANEMA, LEBLON, AS VEZES BARRA, E VIA OS SERES NOTURNOS SAINDO DE SUAS TOCAS É QUE EU NOTAVA QUE AINDA HAVIA VIDA POR DETRÁS DO MEU BALCÃO DE SISTEMAS CMNET, SABRE, AMADEUS, SEI LÁ...POR INSTANTES NA NOITE EU VIVIA, ESCREVIA E TOMAVA FORÇAS PARA O DIA SEGUINTE QUE COMEÇAVA TÃO CEDO...
COMO HÓSPEDE, EM VÁRIAS VEZES SOLITÁRIA EM QUARTOS DE HOTEL EU QUERIA ESTABELECER UM CONTATO DE VIDA ALÉM DA LINHA TELEFÔNICA, MAS ASSIM COMO NO MEU TRABALHO EU SÓ RECEBIA RESPOSTAS PRE-FORMULADAS.
E ASSIM FUI VIVENDO..APRENDI BASTANTE MAS INFELIZMMENTE TAMBÉM PERDI COISAS QUE JAMAIS VOLTARÃO...
POR ANOS VESTINDO AQUELE TAILLEUR ENGRAVATADO ESPEREI ATENDER O TELEFONE E OUVIR EXATAMENTE ESSAS COISAS QUE VOCÊ ESCREVEU...POR ANOS ESPEREI UM SINAL DE VIDA DO OUTRO LADO DA LINHA...UMA VIDA QUE NEM PRECISAVA SER EXTRATERRESTRE...PODIA SER DAQUI DA TERRA MESMO..rsrs..SÓ QUE ESSA LIGAÇÃO NUNCA VEIO...
E AGORA...IRONICAMENTE..QUANDO NÃO ESTOU MAIS TRABALHANDO EM HOTEL LEIO EXATAMENTE AS LINHAS QUE POR TANTO TEMPO ESPEREI....
ESQUISITO NÉ ?...rsrs..
AH..MAS DEUS..AS FORÇAS QUE DESCONHECEMOS MAS QUE REGEM ESSE MUNDO DEVEM SABER O QUE FAZEM..PORQUE SE FOSSE EU QUE TIVESSE ATENDIDO ESSA SUA LIGAÇÃO..IH..COMO IRÍAMOS CONVERSAR...MESMO QUE POR ALGUM ACASO NÃO NOS CONHECÊSSEMOS...SIM...COM CERTEZA O DIÁLOGO SERIA OUTRO..
MAS PENSANDO BEM...
POR OUTRO LADO...
IRIA PRIVÁ-LO DE ESCREVER UM TEXTO LINDO COMO ESSE...

DESCULPE TICO SE MEU COMENTÁRIO FICOU LONGO...É QUE VOCÊ TOCOU NUMA FERIDA NÃO CICATRIZADA E AINDA EXPOSTA...VÁRIAS COISAS VIERAM À TONA...VOCÊ SABE COMO É NÉ ?

BEIJO DO OUTRO LADO DA LINHA...rsrs

COM AMOR,
DANNY

11:13 AM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

Bah,

Que enrolação e ao mesmo tempo um tremendo envolvimento com a recepcionista. **risos**

Abs!

Marcos Ster

11:42 AM  
Blogger Maria Clara said...

Embora (ao meu ver) fique claro o sentido desse post e a profundidade dessas palavras... impossível não rir imaginando a cara da Sra. Recepcionista atendendo esse telefonema...

Bjus Querido...

3:20 PM  
Blogger Reticências said...

Olá,

Priscila, adorei sua visão Monet. Mas acho que “Recepção” podia ser roteiro de filme noir. Consigo até visualizar as cenas.


OU...
Já pensou que se, ao solicitar amor, o desejo viajar, conhecer o mundo, as pessoas e ver o sol de outros ângulos, ela respondesse:

“Senhor, um momento. Poderia estar me informando o seu nome completo, cpf, endereço e telefone? (...) Só mais um momento por favor. Estamos verificando no sistema. (...) Alô, senhor, desculpe-nos a demora. Estamos com um problema de funcionamento. (...) Pronto. Ainda não acabou. Senhor, poderia estar informando o número do seu cartão de crédito? Não, o senhor não havia informado anteriormente. Pode repetir por favor. E qual a bandeira? Nacional? Tudo bem, o senhor pode estar retornando um momento? Vamos estar entrando em contato com a financeira. (...) Senhor, senhor, por favor ainda está na linha? Ah, sim, um momento. (...) Desculpe a demora. (...)Senhor, tudo ok com o cartão. Sim, já vou estar encaminhando para as áreas correspondentes. Se o senhor quiser estar solicitando o amor, dique * 2. Se o senhor quiser estar solicitando viajar disque *3. Lembrando que ao estar optando destinos estrangeiros será cobrada tarifa de ligação internacional, mais taxas aduaneiras. Se o senhor quiser estar solicitando conhecer pessoas, disque *4. Lá o senhor poderá ser direcionado para mais de 400 salas. Como? Ah, sim, um momento. Já estava me esquecendo. (...)Se o senhor quiser estar solicitando ver o sol de outros ângulos. (...) Senhor, desculpe, mas a sua operadora de cartão de crédito não cobre este serviço. O senhor estaria desejando mais alguma coisa? Então agradecemos a sua ligação. Ah, e o senhor poderia estar respondendo a nossa pesquisa de satisfação? Boa noite.”

Na impossibilidade de ver as estrelas lá no céu, fico por aqui, observando as minhas.

Luz
(...)

4:31 PM  
Blogger Jessy said...

Tico...
Poxa...
Que texto mais lindo...
Me identifiquei um pouco com ele...
`rincipalmente com o trecho em que diz a recepcionista do Hotel:
-"...Desejo amor, desejo viajar e conhecer o mundo e as pessoas e ver o sol de outros ângulos....
...Me ajude a ver a vida com olhos diferentes, conte-me uma história onde os personagens não cobram um final feliz, simplesmente vivem a história sem saber qual será a próxima página...."

Isso mecheu imensamente comigo....
Muitas pessoas estão precisando de amor...
Na verdade, o Mundo todo...
Todos nós precisamos de amor,de atenção,de viajar,de conhecer gente nova, de amar...e de ser amado...

Muito lindo o post...
Emocionante...

BeijOss Tico...
Muita Luz,Sorte,Sucesso e amor em seu caminho...

4:47 PM  
Blogger *Carol Carolina* said...

mto bom!
incrivel como as pessoas sao treinadas hj em dia.... para tudo! e nenhuma pergunta fora do script pode ser feita.....


pergunte pra mim oq seria uma boa noite....!!!


nao importa nao saber oq deseja, importa saber oq NAO deseja.

super beijo pra vc

5:27 PM  
Blogger Yáh said...

Imagine essa conversa ao contrario.

- Alou.
- Alou.
- Quem fala?
- Recepção.
- O que deseja?
- Desejo amar e ser amada.

[ ... ]

" Conclusão.
Não existe conclusão.
Não nesse momento.

Ãh ?"

No minimo incoveniente. rs

Apesar,
Aceita yakisoba de vegetais ?

6:38 PM  
Blogger Augustho said...

Tico???
Nao Sei Ao Certo Se Estou Falando Com Vc Mas Kara Eu Sou De Getúlio Vargas Onde Vc Fez Seu Mais Recente Show Kara Vcs Estaum De Parabéns, Espero Que Suas Palavras "Espero Que Essa Nao Seja A Ultima Vez Que Viremos Aqui" Tenham Sidas Sinceras, Pois Eu Aposto Que Se Vc Voltar Aqui Será Mto Bem Recebido,À, E Tem Mais, Sobre Aquele Negócio Que Vc Falou Sobre Nao Falar Palavrões, Aquele Que vc Disse "Vcs Saum FODAAA!!!!!!" Esse Eu Tenho Certeza Que Vc Podera Repetir Sempre Que Voltar Aqui, Se Vc Voltar.
Infelizmente Perdi a Palheta Que Vc Usou No Seu Violão Espero Que Algum Dia Vc Me Dê Outra..
Parabens Novamente Pelo SHOW Que Vc Deu.
Pode Ter Certeza Que Daquele Momento Em Diante Vc Mudou Minha Vida Pra Muito Melhor
Um Sincero Abraço
Augustho-Getulio Vargas.

6:59 PM  
Blogger (d)efeitos said...

Para se entender uma vida,
É preciso viver lúcido uns cem anos ou mais,
E do jeito que o mundo está,
A probabilidade de isso acontecer é de uma em cem mil.
Para entender o valor de tudo que existe,
É certamente impossível,
Pois nem um terço do que conhecemos,
Sabemos se quer de onde veio e para onde vai.
Sem contar que muitas coisas passam despercebidas de tal modo,
Que só notamos que perdemos,
1 ou 5 anos depois.

Sorrir de tudo é desespero...e tentar entender tbm!!
Não se avexe não moço!!
Apenas viva!!viva!!vivva!!

Saudade imensa de vcs viu?!
DRc sémpreeeeeeee!!

=*

7:00 PM  
Blogger Ednara said...

Mundo Incoerente!!!!!!!!!!!
de um lado da linha uma voz diz: "desejo amar e ser amado", ja do outro, apenas ouve-se uma voz pouco disposta a ajudar.
Po Tico. mas vc tbm, logo de cara dizer essas palavras para uma pessoa q no m�nimo deve ter uma vis�o de mundo diferente da sua.... Concordemos q p/ a recepcionista deve ter sido um choque!!!!
..............
Acho q todos n�s gostar�amos de, numa dessas hrs a� ter uma recepcionista (ou "um" recepcionista, qm sabe? =)pronto a nos atender, a nos dar amor ou simplesmente a nos ouvir.....Mas como saber se estamos fazendo a liga�o certa?? Eis o mist�rio....
Vai tentando a� q um dia vc consegue decifr�-lo!!!!rsrsrs
..............
uhm.. amar, viajar, conhecer o mundo as pessoas, avistar o astro rei de outros �ngulos........
tbm quero!!!! Mas t� foda encontrar um bom recepcionista!!!!

7:56 PM  
Blogger Inamara said...

Bem...Meu Santo Forte...Minha Santa Cruz

Nada de mais a comentar
Creio que exista TODO tipo de ser humano mesmo...repito, a diversidade é fantástica!!
Penso apenas no tanto de coisas que pode passar na cabeça dela, mas treinada pra ser o que é...não deixa a vontade de falar prevalecer....
EU NÃO SOU TREINADA A NADA...todo dia sou um ser diferente...e posso ser melhor ou estar num dia péssimo....mas buscando as respostas para as incógnitas...
Como vc tb adoro quebrar paradigmas, conceitos e posturas...já fiz isso tb..de outra forma...como quebrar um gelo de uma pessoa endurecida pela postura e ver a reação das pessoas... é bem bacana...e não é querer mesmo faltar com respeito a ninguém...é só vontade de ver como fica mudado o que é estabelecido...afinal nada é estabelecido....TUDO PODE MUDAR!!!
Sem conclusões mesmo...mas me diverti!!!
Fica na Paz....Beeeiiijooosss....TODOS!!!

PRIIIII
Adorei...é tb por ai!!!!

8:21 PM  
Blogger M. said...

Caiu perfeitamente ..assim como uma luva...nas coisas que fazem sentindo pra mim...li uma frase uma vez..e esse texto encaixou com ela...
Sleep me I'm waking...



beijo na nuca.
M.

9:47 PM  
Blogger LETI said...

AHH, Será um quarto de hotel em Maratá/RS?!?!hahahahahhh
Que triste história a minha, ir até aquela cidade, que sacrifíco foi achar a tal cidade, para ver sua banda... a história completa vou te enviar por email.

Mas estar feliz é um estado de espírito... meu espírito anda tão animado que nem consigo lembrar da infelicidade do mundo real.

Beijos, o mundo real me espera com todas as felicidades e infelicidades desta existência

Leticia

2:53 AM  
Blogger larissa said...

Posso ajuda-lo senhor ? rs

Muito bom o texto...

6:15 AM  
Blogger Auíri Au said...

Pra alguns o fato da vida ser mecânica e contraditória, os levam a ver tudo preto e branco!!
Um simples telefone, pode ser contado como uma história de amor, se interpretada do jeito que você quer!!
Tudo é questão de você!!!
Você decide o que quer da sua vida,
se quer ser amado, se quer se apenas intendido, se apenas deseja um café da manhã ou da noite!!

Você é o que você quer!!!


-Alô!!!
-POsso ajudar??

Abraços
Auíri Au

10:49 AM  
Blogger Monica said...

Então um dia ele virou pra ela e perguntou:
Sera que poderia te fazer feliz?
De que maneira?
Por que querer saber de que maneira?
Apenas quero faze-la feliz. Ponto
Sera que seria possivel?
Porque se perguntar se??? Apenas ser feliz não te basta?
Sim mas quero saber como.
Porque ? Quero te fazer feliz, simplesmente. A Felicidade é simples como a vida.
A vida é simples de ser vivida, por que complica-la com questões dificeis.
Se não é para sermos felizes, porque estamos aqui então, para sofrer.? Não pode ser...
Diga-me então o que é ser feliz.
Talvez apenas existir, respirar, ver, andar, assistir o pôr do sol, comtemplar o sorriso de uma criança.
Sabe aquela sensação de paz quando o encontra quem ama, um abraço forte e sincero, que alias tem muito mais energia que em um raio de sol.
Entendeu?
Quer ser feliz agora?
Simplesmente ser feliz.
Amar
Te ouvir falando sem entender uma so palavra, apenas te comtemplar...
Simplesmente adorar o presente que nos foi dado: a vida.
Não quero perde-la. Mas não sei como preserva-la.
O que fazer?
De repente poderia parar o mundo, tentar fazer as pessoas enxergarem a vida, o ser humano, ou apenas enxergar a si mesmas, quanta sorte temos, quantas chances perdemos de ser felizes.
Apreciar o momento certo com a pessoa certa, o toque, o perfume dos seus cabelos, o calor da sua pele, queria poder eternizar esse momento, pra mim essa é minha felicidade: estar com você.
Fazer as pessoas felizes, ver o amor presente nos dialogos, gostaria que fosse possivel, simplesmente amar, mas é raro.
Como poderia essa pessoa acostumada a não demonstrar seus sentimentos durante seu horario de trabalho, responder a uma questão tão simples, ser feliz? Ela não foi treinada para isso, nos tambem não fomos. Ta tudo errado!
Viver o amor, presenciar o amor, saber reconhecer um momento de ternura, e parar pra apreciar, parece ser facil, mas quem é capaz??
Eu amo cada momento que passo, este por exemplo, aqui falando com você, esperando que você leia com atençao cada palavra.
Eu posso dizer que amo esse momento.
E vou continuar tentando localizar o Amor, em cada palavra, em cada gesto, simplesmente, com você faz.

Tem coisa mais simples.

L'amour que j'ai pour toi.

Beijos

11:57 AM  
Blogger Leandro Mota said...

Interessante,

Uma ligação que quebra totalmente aquela linha formada há tempos que nunca foi modificada.

Legal mesmo a reação da recepcionista. Tenho quase certeza que ela nunca imaginaria que um dia iria atender o telefone e receber disparadamente perguntas desse gênero.

Indo mais além, podemos também entender a mente das pessoas de hoje em dia, que se encontram totalmente ligadas a seguir um ritmo só, algo bem monótono.

L.Mota

4:42 PM  
Blogger Carla Aguiar said...

Reli o texto várias vezes e me deparei com algumas interpretações possíveis.
Talvez seja esse o motivo de eu ter desistido de comentar em todas elas: muitas coisas vieram à cabeça e eu não consegui organizar de forma coerente... *rs
Minha cabeça e vida estão levemente confusas e acho que a única coisa lúcida que posso dizer agora é que estou com saudade de ti.
Beijo, querido! ;)

3:30 AM  
Blogger Alessandra said...

ai hem foi até a ong o Gilsom me falou.o que acho.
ele me contou que tirou foto com vc ela vai me mandar as foto depois te mando po e-amil....mil beijos e valeu.

3:25 PM  
Blogger Nick said...

OiÊ,

esse post foi bem interessante...
mas coitada da recepcionista deve ter ficado doida com esse seu telefonema... rsrs

Mas o meu comentário não é só isso...
tava relendo um entrevista que vc deu no dia 12 de agosto ao Jornal do Brasil. E nessa reportagem diz que vc promove debates sobre educação e corrupção nas escolas, então meu professor de Sociologia passou um trabalho sobre "Arte e Política"... então pensei na parte da arte fala sobre música e falar sobre política não tem como não falar da corrupção, principalmente no país em que vivemos! Queria então te convidar a fazer uma palestra no meu colégio:
Colégio Pedro II - Niterói
tenho 3 dias disponíveis para vc escolher se puder fazer a palestra dias 23, 25 e 30/10 na parte da manhã...
me manda a resposta até quinta 19/10 (se possível), pelo e-mail: nick_rosk@hotmail.com
ObrigadA!
bjO!

4:36 PM  
Blogger Libélula da Noite said...

ãh???


Nossa, fico imaginando a cara da recepcionista com esse telefonema...
Depois que desligou deve ter pensado.. "Só tem doido aqui" rsrs

Quanta formalidade neh?
E pq n bater um papo???
HUm... Se fosse eu... Como ja adoro um papo, ficaria viajando no telefone rsrsrs

Boa semana Guilherme..


O Beijo!

5:24 PM  
Blogger borbô * said...

o que é uma boa noite pra vc ?

5:53 PM  
Blogger borbô * said...

- Caso eu não tenha uma boa noite?
- Não posso fazer nada senhor, não é minha função.

.
.
.

eu posso...rs

5:54 PM  
Blogger Flavinha! said...

Mas vem cá ...
Isso rolou mesmo, ou é só um texto que você escreveu ??? ***risos


De qualquer forma, muito boba a recepcionista... ela não sabe o que tava perdendo... hahahahaha
Muito melhor do que uma noite tranquila, lendo um bom livro, como ela disse...
(ou não...)
rs

Gostei do texto.
Mas fiquei confusa.
Várias coisas passaram pela minha cabeça também...
Enfim...
Vou providenciar uma boa noite aqui prá mim, que eu também sou filha de Deus !!!! rsrsrsrs

Um beijo !


Ps. formalidades são falsas mesmo !
Aposto que ela tava bem querendo te ajudar !
por isso que sempre carrego comigo um pote de nutella, é ótimo prá esses momentos ! rs
Se vc conta prá senhorita recepcionista que tivesse nutella, ela ia subir no seu quarto COM CERTEZA !!!!! RISOS !!!

1:41 PM  
Blogger Rosa de Janeiro said...

Que porra de hospede chato esse rss.
O papo mais parecia cantada falida. E o endereço da danceteria mais parecia uma resposta positiva do tipo " me convida".
Talvez por carência eu esteja só enchergando o lado "pornográfico" do diálogo, se é que exista esse lado né, mas fazer o que... imaginação é assim né...

Bjos..até mais.

2:41 PM  
Blogger Fernanda Alves said...

isso aí

4:19 PM  
Blogger Cristal said...

Este comentário foi removido pelo autor.

5:29 PM  
Blogger fellipe campos fernandes said...

As pessoas vivem só de rotina, onde o tempo passa, o amor passa, a harmonia passa, e continuam sem saber para onde correr.
Tentam estabelecer regras, ordens, mas não sabem que somos livres, e temos o direito de falar, correr, berrar, beber, pular e escrever...
Suas vidas programadas, sem cúmulo e estimulo.
Pessoas aniquiladas, que só olham para si mesmo, e não vejam o quanto poderiam fazer, para obter melhorias. São apenas robozinhos, que só andam de um lado para o outro recebendo ordens e cumprindo regras.

Grande Abraço.
Tudo de bom...

6:40 PM  
Blogger Matreya said...

" Desejo amar e ser amado. "

Então somos dois...

Beijo,

MATREYA

12:13 PM  

Postar um comentário

<< Home