quinta-feira, fevereiro 16, 2006

O canto da Salamandra

Tente não entender.
Porque quando insistimos em explicar algo que só
se sente, as explicações não servem pra nada.
Não procure uma lógica, a lógica não convence
os acasos do destino.
Não existem acasos quando o universo em harmonia
conspira a favor dos encontros celestiais.
Os encontros celestiais só acontecem nos momentos certos, ainda que tudo possa parecer confuso e estranho
quando uma janela como essa se abre por mais que o tempo esteja nublado, até a chuva contém uma euforia.

Se quiser compartilhar com um amigo ou amiga, saiba que corres o sério risco de ser chamado de louco.
Porque é tudo muito louco.
Os sentidos se misturam.
O que representava a verdade absoluta, é contestável.

O mundo vira de ponta cabeça e as estrelas ficam no chão.
Sentir as estrelas tão próximas é como se entregar a um
sonho que parece ter saído da cabeça de algum cientista maluco. Destes que passam a vida toda como alquimistas procurando uma razão pra existir. A razão pode te ajudar e entender que não existe uma razão, é um fato, um momento e uma sensação, um olhar, um sorriso.

Coloque uma coisa na sua cabeça.
O universo é de infinitas possibilidades.
Não ouse se trancafiar num mundo confortável e displicente que ignora o andar da salamandra por entre os raios de sol.
Deixe que seus olhos encontrem meu olhar.
Deixe seu sussurro encontrar meus ouvidos.

Anteontem fui dormir cheio de certezas.
Hoje não sei mais quem sou.
Me olhei no espelho e perguntei :

- Quem é vc ?
O que pretende ?
Onde esta indo desse jeito ?

Fechei meus olhos e respirei profundo.
Vi a salamandra me envolver, me desconcentrar
dos seus olhos um poder.
Vi quando ganhou formas, foi sobrenatural.
E corri pra descobrir pra onde estava indo.

Estou aberto aos desafios.
Mas só aos que valem a pena.
Mas quando digo: " os que valem a pena", estou me referindo aqueles pelos quais troco toda e qualquer resposta absoluta, pelos mistérios que fazem da vida
este mar de incertezas, porque de que adiantaria tantas verdades se vc não aparecesse para me fazer duvidar
de tudo mais um pouco ?

Fecho meus olhos e a salamandra chega bem perto de mim.
Sigo seu baile, seu cantar.

Não tente entender o que quero dizer.
Feche seus olhos bem devagar,
estou me aproximando.

Tico Sta Cruz

20 Comments:

Blogger Guerreiro Alado said...

e aí tico...
primeira vez q to comentando aqui...todos seus textos me fazem pensar e imaginar, por issu q gosto d visitar o blog...

concordo quando vc diz q ter duvida é bom...se tudo ja tivesse tido, feito e preparado a vida ia ser um tédio...sem muitas emoções

Meu blog: http://www.portadepercepcao.blogspot.com

Meu email: danilo_2712@hotmail.com


abração tico
boa sorte com o novo album q vem por aí

2:47 PM  
Blogger Luiza said...

Te entender? rssss eu não tentaria nunca....vc é tão imprevisível...

Faça o q for, haja o q houver, o importante é ser feliz...olhar pra trás no final e perceber q tudo valeu a pena.

Muitos beijos... ;)

4:10 PM  
Blogger ...εїз... said...

ok sem entender nada ... apenas fecho os olhos ... te sinto próximo.

o que a gente deseja muito, a gente consegue sentir e imaginar ... é um sentimento louco que faz meu corpo flutuar ... até parece que caio no sono ... com essa música tocando então.

'Deixe que seus olhos encontrem meu olhar'
'Deixe seu sussurro encontrar meus ouvidos'

aproxime-se mais uma vez !


muitos beijos !

5:30 PM  
Blogger ...εїз... said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

5:34 PM  
Blogger Carla Aguiar said...

Eu até tento te entender. Às vezes acho que consigo, noutras tenho certeza que não...
Também me entrego aos desafios, grandes ou pequenos, mas só aos que valem a pena.
Poder ser uma viagem lpuca por uma estrada cheia de lama, pra curtir um show, ganhar um abraço, um sorriso... E tem gente que ainda pergunta se vale a pena, sabe?" *rs
Se não valesse, de nada adiantaria...
Assim como não adiantaria viver se já tivéssemos todas as certezas.
Viva as dúvidas, afinal viver uma vida totalmente previsível e sem desafios deve ser um saco!

Beijos, menino!

p.s. Sempre vale a pena, acredite! =)

6:14 PM  
Blogger ...εїз... said...

voltei pra ler de novo ...

*sempre tire a dúvida provando e encarando o que for. pelo menos assim não perde a oportunidade de esclarecê-la.

mais beijos lindo !

6:34 PM  
Blogger Mari Fernandes said...

"Se quiser compartilhar com um amigo ou amiga, saiba que corres o sério risco de ser chamado de louco."

Sempre que venho aqui tem alguma coisa como se fosse feito pra mim...

As dúvidas e as incertezas estão ai pra nós tentarmos desvendar,afinal se não fosse isso,a vida seria sem graça!!!

Beeeeijos!
;*****

Mari Fernandes

7:51 PM  
Blogger Danielle said...

NÃO TENTO ENTENDER..
NÃO QUERO ENTENDER...
A SALAMANDRA ME ENVOLVE..ME AGARRA E ME PUXA E ME DEIXO LEVAR...
SOZINHA NESSA LAN HOUSE VAZIA..OBSERVANDO O MOVIMENTO DA RUA POR DETRÁS DESSE VIDRO...
NÃO QUERO E NÀO VOU ENTENDER...
ESTOU LONGE...
NÃO COMPARTILHO COM NINGUÉM
FICO SÓ EU E MEU MUNDO CONFUSO..
VERDADES E MENTIRAS..BEM E MAL MISTURADOS..GOSTO DISSO...
NÃO..NÃO ME ENTENDEM..NÃO QUERO QUE ME ENTENDAM...
QUERO CURTIR O MISTÉRIO DAS COISAS ESTRANHAS E DAS MAIS BANAIS POSSÍVEIS...
SOU UMA ENTIDADE COM INÚMEROS BRAÇOS QUE ALÇAM E ALCANÇAM AS MARGENS DO UNIVERSO...
MEUS OLHOS SE ENCHEM DE LÁGRIMAS SILENCIOSAS...PORQUE É UMA VIAGEM SOLITÁRIA...
ESTOU NO ALTO E VEJO AS PESSOAS IGNORANDO OS SINAIS DE VIDA QUE PROLIFERAM EM TUDO...
ESCOLHIR VOAR..ABRIR A PORTA...PULAR A JANELA..SAIR DAQUI..
A SALAMANDRA ME ESPERA...E COM SEU FOGO EM QUEIMA ..ME ACORDA E ME DIZ
"ASSIM ESCOLHESTES "
COMO A FÊNIX NEGRA QUE VIAJA PELO ESPAÇO Ä PROCURA DE SABER...DE VIVER..
ASSIM ESCOLHI...
UMA VIAGEM SOLITÁRIA COM UM IMENSO MUNDO DENTRO DE MIM...MUNDO QUE QUER COMPARTILHAR E VIRAR UM SÓ..
VEJO MEUS OLHOS REFLETIDOS NO BRILHO DAS ESTRELAS..
E ME AFASTO
E ME APROXIMO
UM DIA..
DE ALGUÉM
DE ALGUM LUGAR...

BEIJOS DE UMA VIAJANTE
BYYY
DANNY

2:25 AM  
Blogger coisas da mente said...

quando corremos
atras do nosso
melhor
tudo da certo
as peças
como se encaixão
o tempo
explode diante dos nossos olhos
a maneira como é visto a vida
acho que ninguem sabe o que estou escrevendo
deve ser dificil de intender ouro mundo
logo agora que o meu esta confuso
não posso falar
que faltou equilibrio
bom já sei o que quero
tenho minha propria vida
mais sera que tem alguma causa especial
para esse planeta
qual a real de tudo isso
um punhado de almas
juntas querendo a liberdade
o vida infinita
um ponto de vista
onde a música é a maior paixão
sei que tudo parece mais real
de um simples desenho da min ha filha
onde eu e minha namorada segura a mão dela
indo para casa
onde as nuvens
era o desenho de corações
vai intender o amor
desenhado num papel
a vida
éssa é mais loka ainda
tudo ao favor vou deletando tudo na net
mostrando uma outra realidade uma maneira de ver a vida
onde muitos disso aqui
se indentifican
estabelecendo contato
um caminho da paz a felicidade a vida eterna
ou sera que vc pensou que sou loko
sai fora
a parada é pra quem sente no peito
a coragem e vontade de vencer
uma maneira de saber os outros mundos
onde alguns deles comando o planeta
fazendo a união errada
vai saber o que é certo
temos que fazer disso aqui a sobrevivencia
uma parada mais interior
as almas
nada sozinho funciona....
as caminhas pra trocar uma ideia
só para passar o tempo já é uma boa
voutando ao normal
sei que é brisa escrever isso
aida por cima escutando uma música eletronica
inform3r pra ser mais exato dando uma sensação mais espacial dessa trilha sonora trilha sonora
deixa pra la
é dificil de intender as coisas
talveis pra vcs
que vivem disperdisando tempo
tomando coca cola e assistindo televisão a vida são outas coisas tambem
quem sabe o não saber causa uma viagem da procura
rodiados de muitos prazer
um delirio da alma
um toque magico
a impressão de voar
algo nos leva ao misterioso
o desconhecido
a certeza do camiho bom
a descoberta de cada dia já é uma vitoria
um praser
alexandre rodrigues de almeida
a sub evolução de pensamentos sobre a vida

4:00 AM  
Blogger Ingrid Fanzini said...

Talvez seja esse o meu mal ... querer te entender, e daí fico mais confusa.
Por mais que eu tente deixar de lado a razão para certas coisas, não consigo, fico atormentada, fico inquieta, até que penso:
- vou deixar tudo isso de lado, viver mais de emoção.
Surto!
Mas depois volto ao normal, e procuro a razão daquele olhar, daquele sorriso, daquela palavra, daquela escolha, daquele momento, daquela música.
E penso:
- foi o acaso?
- pq aconteceu isso tudo?
- pq comigo?
Acreditar ou não ?!
Isso é paranóia?
Talvez para alguns amigos que a gente possa vim a confidenciar, talvez pra quem nunca se sentiu assim ...
Hoje estou cheia de certezas ...
Certeza que posso melhor, certeza de que estou no caminho certo, e que irei descobrir para tudo isso.
Amanhã?!
Não sei!
Provavelmente não estarei me sentido assim ...
Estarei cheia de incertezas, de dúvidas, de medo ...
E mais!
Continuarei tentando te entender ... SEMPRE!!!

Beijosss

4:06 AM  
Blogger Jackie said...

Olá mocinho lindo ;)

Dormi e acordei fragmentada e descontruída. Um estado bom, apesar (e por causa) da bagunça. Há ventanias nos pensamentos e a imprevisibilidade de onde me levarão é temerária e um deleite.
Sempre me perguntam como estou. Quase sempre respondo que vou. Não importa para onde, importa que vou. Sigo a vida fingindo que é ela que me segue. Não engano nem a ela, nem a mim, mas a brincadeira é divertida e não tem regras. Isso sempre me faz confortável.
Decifra-me ou devoro-te, diz a esfinge. O que seria mais intenso, pergunto-me sempre. Decifrar é perceber que nada se sabe, não importa quão fundo se mergulhe. Devorar (ou ser devorada) não aplaca a fome. Nada aplaca a fome. Quase sempre é delicioso tentar. Então, à esfinge respondo, de braços abertos: "Aqui estou. Devora."
Beijinhos

4:23 AM  
Blogger Lainusca said...

"Se quiser compartilhar com um amigo ou amiga, saiba que corres o sério risco de ser chamado de louco.
Porque é tudo muito louco.
Os sentidos se misturam.
O que representava a verdade absoluta, é contestável."

bjos!

5:22 AM  
Blogger LizLaine*OshoGirL* said...

Ás vezes eu tento entender sim ....outras vezes eu até desisto ....mais qdo acho q intendo ....ahhhhh aí está a confusão achu q naum entendi nd !
Mais falando sério é bom textos q nos façam pensar q nos instiguem a intender as coisas e os pqs ...
Mais intender vc é loucura! loucura! loucura!
hahuahuaahuhuahuahuhaua

Para compreender as pessoas devo tentar escutar o que elas não estão dizendo, o que elas talvez nunca venham a dizer.(John Powell )

Nenhum homem poderá revelar-vos nada senão o que já está meio adormecido na aurora do vosso entendimento. (Kalil Gibran)

mtos beijus !

Laine - *clubedrc*

5:35 AM  
Blogger Ana Luz said...

O essencial é completamente invisível aos olhos.........fique em paz!!!!

5:51 AM  
Blogger Marcita said...

Viva dia por dia, realize tudo que puder em cada dia, complete cada dia com o seu essencial, pois cada dia é um pedaço de algo maior, mas cada pedaço tem que estar completo para não deixar lacunas em sua vida, e quando todos os pedaços se juntam formam aquilo que podemos dizer que a matéria real dos sonhos, é o sonho transformado em realidade.
Viva dia por dia, não conte os dias, não espere o dia de amanhã, não lamente o que não conquistou hoje, não era para ser hoje, pois um dia a mais um dia a menos são fatais para quem tem sonhos pequenos.

Entendeu???

Beijos

Marcita

6:48 AM  
Blogger coisas da mente said...

é complicado
quando se sabe
que errou
ou melhor
fez o não dar certo
fico atento as minhas atitudes
sei que isso pode colodir na minha
vida
onde a razão sabe mais que a alma
onde o errado do não imaginado
é uma prova de querer
vencer sempre
aprendendo e ensinando ao mesmo
tempo por mim mesmo
do tempo perdido
achando a certeza de dias melhoores
acabo de perceber
que tudo tem um porque
aprender com os proprios erros
sempre objetivando
o melhor de nois mesmo
fazendo nos cre em um caminho
essa a raz~]ao da vida no planeta terra
porque penso isso?
o que me leva a escrever isso?
lokura a minha
muitos pensaram
deve ser miragem
fruto da minha alma
o descaço dessa ideia
a vida humana
nada acontece a não ser que deus permita
uma flolha não cai da arvore se ele não permetir
viu o tamanho da ideia
um, porque deve ter aqui
vc viu?
onde está?
o porque de tudo isso?quem inventou
o não inventado
sem descobertas uma leve impresão de voar
flutuar como se estivesemos soltos
longe desse planeta
onde a gravidade não existe
uma sensação de plenar sobre si mesmo
chegando ao apise total
da alma
onde a carne não existe
o tempo para
uma outra vida dentro dessa terrestre
vai saber o que estou falando
ninguem vai intender mesmo
quem sabe uma alma gemea
sem sexo e cor
somente virtudes
para trocar experiencias espaciais
uma constelação de estrelas
vamos montar
abraços

9:08 AM  
Blogger Taís Rolim said...

Oi Tico...Taís aqui mais uma vez encantada com seus textos...é incrível como eu sempre encontro aqui palavras pra expressar sentimentos que não consigo explicar, e que mesmo se tentar não serei entendida...e só agora cheguei a essa conclusão: se quiser desabafar que seja com o espelho, com o travesseiro, com Deus...pq pessoa nenhuma seria capaz de entender as coisas que passam pela minha cabeça e as coisas que faço por amar viver intensamente cada minuto...
Seus textos me fazem muito bem, me ajudam a refletir sobre mim mesma, e isto está sendo ótimo!
Que a duvida sempre continue, pra que eu possa vr buscar respostas sempre em vc...e quem sabe um dia eu possa ser a salamandra que se aproxima de vc...
Bjs...Taís

7:06 PM  
Blogger coisas da mente said...

quem garante um caminho quente?
sem sombras e frio
do colorido ao arcoiris
do sereno de uma tarde cinzenta
quem garante algo?
vai saber...
tenho em mente
que não se tem
um porque de tudo isso
de vcs
do tudo
do meu eu
os segredos dessa pauta
que explode constantemente
em pensamentos
uma outra maneira de viver a vida
fazer ter um sentido
ao que não
se tem explicação
uma viagem sem fim
no espaço infinito
o imposivel para os que não cre
do que se sabe do não saber
do que queremos
o nosso proprio eu
da descoberta da razão
o sentido de tudo isso
onde as viagens
do livro sem fim
da uma pausa no planeta terra
uma parada e tanto
para os que tem coragem
fatal para os cegos de alma
logo seguimos em frente
longe dessa iluzão
dos contatos celestiais estabelecidos
a certeza de não estar sozinho
ao encontro de que se sente
uma viagem infinita
sem ponto final do começo escrito aqui
lido em algum lugar
para quem sabe do que se trata
o encontro do proprio eu
o começo do sem fim
a matematica da vida
a genteica da alma
a razão de não se saber tudo
do pouco que tenho
loucura de muitos
ao encontro de popucos
um punhado de almas
é o que restou
da propria descoberta
o parecido de alguem
pensamentos que se cruzam
sem saber porque
a certeza do que vc intendeu
AlexandreR Almeida

6:42 AM  
Blogger Mari Show said...

Oiiiew!!!
Blz??
Adoreiii o blog!!!Noossa eu adoro suas músicas!!!Adoro a banda tb!!!Depois c der tempo seria uma honra ter um comentário seu no meu,blog!!Apesar dele ser meio "Patty",huahauhau,mas eu adoro suas músicas,e curto vários rítmos...meu blog: http://marianashow.zip.net, eu tenho um flog tb: http://marianashow.floguxo.com.br c quizer passar lah...Bm eh isso...


Bjão!!!!!!!!

1:36 PM  
Blogger ROSA said...

BEM, QUASE MORRI DO CORAÇÃO NO FINAL, MAIS TUDO,UII,CERTO.
NÃO VOU DIZER QUE ENTENDI TUDO OQ VOCE ESCREVEU MAS GOSTO DE SEUS TEXTOS E TEM ALGUMAS FRASES QUE FAZEM PARAR PARA PENSAR E ISSO E MUITO BOM. BOM, VOU INDO E CONTINUE SEMPRE ASSIM.
PARA NÃO ESQUECER TE ADORO!!!!!!!!!

12:50 PM  

Postar um comentário

<< Home