sábado, março 03, 2007

Maior idade penal ?????

Só comece a ler se estiver bem disposto.


No calor dos últimos acontecimentos e por razões óbvias
a sociedade vem discutindo calorosamente a questão da redução da maior idade penal de 18 para 16 anos, acreditando que essa medida ajudará a combater a violência e a crescente onda de criminalidade.

O principal argumento de quem defende a redução da maior idade penal é a de que se um adolescente tem consciência para escolher seus representantes políticos o mesmo pode responder por seus atos.

Argumentos baseados em leis e realidades de outros países não me interessam porque vivemos realidades diferentes entre os próprios estados, que dirá entre
países que tem fatores econômicos, políticos e sociais
bem aquém dos nossos.

Então, vamos nos concentrar no BRASIL, pois uma mudança na legislação diz respeito a vida de todos nós e independente do posicionamento pessoal de cada um, deve ser discutido e debatido de forma séria e concreta, respeitando e prestando atenção em todos os fatores.

Aqui vou expor minha opinião que NÃO DEVE SER ENCARADA COMO UMA VERDADE ABSOLUTA ou mesmo como algo imutável, mas sim, como uma OPINIÃO de alguém que procura estar atento aos acontecimentos do país e que está frequentemente buscando informações e conhecimento a respeito do assunto sem qualquer outro interesse que não o de entende-lo de forma mais clara e discuti-lo com quem se interessa por uma nação mais justa.


NO cenário atual do nosso país você é a favor ou contra a REDUÇÃO DA MAIOR IDADE PENAL ?

Ao contrário de 90% da população, sou contra e vou explicar o porquê.

O Brasil é um país desigual.
Um lugar onde as leis não funcionam para todos.
Onde as necessidades básicas dos cidadãos são desrespeitadas.
Onde o estado é negligente, corrupto e injusto.

Vamos passear então pelo cenário
Político-social-econômico de nosso país.

Em valores, o total da arrecadação tributária, nos três níveis (federal, estadual e municipal), passou de R$ 732,87 bilhões para R$ 815,07 bilhões, de 2005 para 2006, crescimento nominal de R$ 82,2 bilhões.

Estamos falando de 815 bilhões de REAIS arrecadados por impostos que pagamos que correspondem a mais de 35% do PIB do País. O que quer dizer também que uma pessoa que recebe um salário de 800 reais por mês, passará 144 dias trabalhando para pagar estes impostos ou 12 dias no mês ( quase a metade ) para alimentar o estado. O ganho mensal desse cidadão gera para o governo uma arrecadação de 61,75% do seu salário. Veja mais informações sobre esse ABSURDO no site : http://www.deolhonoimposto.org.br/ .

Dessa receita o Governo vai pagar dívidas externas para os Bancos, dívidas internas com os servidores, alguns mais bem pagos como DEPUTADOS, SENADORES, JUÍZES dentre outros exemplos e outros MAL PAGOS como Professores, policiais dentre outros prestadores de serviços públicos essenciais. São várias as responsabilidades para as quais o estado deverá direcionar estas verbas, mas então lhe pergunto.

Como você classificaria o SERVIÇO PÚBLICO oferecido no Brasil ?

Escolas e Hospitais ( para começar ) .

( a ) Excelente
( b ) Bom
( c ) Regular
( d ) Ruim
( e ) Péssimo
( f ) Horroroso

Muito bem, mas o que isso tem a ver com a REDUÇÃO DA MAIOR IDADE PENAL ?

Precisamos analisar friamente as condições as quais nossa população esta inserida, para que possamos refletir a respeito das consequências da ausência do Estado nos resultados finais que vamos acompanhando perplexos.

Seguindo...

Todos nós sabemos que o índice de analfabetismo nesse país é gritante e que milhares de pessoas vivem em total miséria o que concluímos que isso resulta numa total falta de informação e de conhecimento, que gera a famosa ignorância que por sua vez vai fazer com que a população cresça desordenadamente. É muito comum vermos famílias muito pobres com 6 as vezes 8 filhos para sustentar. Estas crianças nasceram com os mesmos direitos que seus filhos ou irmãos, mas não terão os mesmos auxílios quando precisarem.
Então o próximo passo será alimenta-los.
Seus pais já são mal educados o que significa que os filhos não receberão instruções e consequentemente cairão ou na mendicância ou mesmo num desses subempregos de sinal onde precisam arrecadar um número X de dinheiro sob pena muitas vezes de apanhar quando chegar em casa( ?) .
Na melhor das hipóteses.

Vamos lá

Agora imagine você:Uma criança nasce de uma família sem recursos, num lugar pobre, onde nunca condições dignas foram oferecidas para que ela cresça sadia, culta e com opções para que no futuro possa exercer uma profissão que por sua vez faça dela uma pessoa responsável e útil para sua comunidade.Então, essa criança faz contato diariamente com outras crianças que são criadas sob as mesmas condições e entre adultos que não tiveram sequer a oportunidade de aprender a LER e a ESCREVER, logo são adultos IGNORANTES, que com sorte conseguem algum emprego onde GANHAM UM SALÁRIO MÍNIMO para alimentar essa criança.Quando seus pais precisam de algum serviço público SÃO TRATADOS FEITO ANIMAIS.Essa criança então vai amadurecendo e se tornando um JOVEM, e como todo JOVEM, almeja reconhecimento e faz planos para o futuro.Mas o tempo que ele permaneceu na ESCOLA não foi o suficiente para COLOCA-LO EM CONDIÇÕES DE disputar um lugar dentro da sociedade ao lado de outros JOVENS que cresceram estudando e recebendo auxílios de seus pais que tem condições de pagar pelo ensino.Então ele vai criando desejos que frequentemente são frustrados, no entanto a cobrança por parte da SOCIEDADE é a mesma.

O Jovem que está exposto a todos os tipos de influências de todos os lugares, precisa se adaptar a sua realidade e sobreviver, carregando dentro de si a incapacidade de TER E SER o que é COLOCADO COMO O BOM E O CERTO.Sem o direito de fazer planos para o futuro e SEM HORIZONTES, exposto a VIOLÊNCIA que já o cerca desde sua infância, na ÂNSIA de conseguir TER E SER algo que lhe dê algum reconhecimento E SEM ALTERNATIVAS OFERECIDAS PELO ESTADO, esse JOVEM opta pelo CAMINHO DO CRIME.Caminho esse que lhe fornece o que ele deveria conquistar DIGNAMENTE se tivesse recebido OPORTUNIDADE .Mas já com TODOS OS SEUS VALORES ADULTERADOS esse JOVEM QUE NÃO TEM NADA A PERDER vai buscar por RECURSOS NA MARRA.Ele um dia então coloca o revolver na cintura e junto com seus outros amigos, vai exercer sua AUTORIDADE e sem ESCRÚPULO ALGUM ou qualquer SENSO DE HUMANIDADE mata um cidadão que estava dentro de um carro indo em direção a sua casa.

Digamos então que este jovem já tenha ultrapassado a MAIOR IDADE PENAL ou seja, tem 18 anos. JULGADO é condenado a cumprir pena E VAI PARAR NUMA PENITENCIÁRIA onde OUTROS JOVENS E ADULTOS expostos as mesmas condições em suas infâncias são aglomerados em celas e PASSAM O DIA TODO SEM FAZER ABSOLUTAMENTE NADA.Faz mestrado em criminalidade, alianças com facções do crime organizado e desenvolve ainda mais seu instinto de ANIMAL.

Aquele mesmo ESTADO que NÃO OFERECEU CONDIÇÕES PARA ELE CRESCER E SE DESENVOLVER COMO UM CIDADÃO digno, AGORA o trancafiou num presídio e sabe do que mais, TAMBÉM NÃO ATUA LÁ DENTRO. Não OFERECE CONDIÇÕES PARA QUE OS CRIMINOSOS se recuperem. Larga a MERCÊ do destino E TODO NÓS SABEMOS O QUE ACONTECE DENTRO desses lugares.

Vamos a alguns dados importantes.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS PENAIS.

POPULAÇÃO CARCERÁRIA NO BRASIL

Presos absolutamente pobres- 95%

Presos analfabetos- 76%

Presos q ñ tinham atividade produtiva ou trabalho fixo-89%

Presos q ñ tiveram formação religiosa na infância-91%

Cor dos presos- 2/3 de negros e mulatos

PRESOS Q Ñ TIVERAM A PRESENÇA DA FIGURA PATERNA NA INFÃNCIA- 93%


Essas são as características encontradas na população carcerária do Brasil.

Os mesmos que conviveram a vida toda num ambiente hostil e repleto de violência e que hoje fazem parte de um SISTEMA prisional FALIDO e que não oferece condições NENHUMAS de recuperação para seus detentos, ao contrário, vão se tornando cada vez mais experts em seus ofícios no crime, trocando experiências com outros presos, quando não estão comandando através de celulares ações criminosas que acontecem fora das grades.

Mais alguns dados :

O Governo brasileiro gasta com um preso por mês 800 reais, que são pagos por você enquanto gasta a patética quantia de 300 reais por mês por criança na escola pública.
UM professor municipal ganha em média dando aulas em uma só escola 400 reais por mês e um soldado da polícia militar ganhar 600 reais no mesmo período.

Já o salário de um Dep. Estadual por exemplo, ultrapassa a quantia de 15 mil reais mais benefícios, por baixo.

O que observamos ai ????

O Governo relegando prestadores de serviços essenciais como EDUCAÇÃO E SEGURANÇA, pagando salários ridículos, enquanto nosso políticos vão enchendo a bunda de dinheiro público.

Nesse panomara de desigualdades discrepantes é que vamos convivendo em sociedade.

Quem pode, paga escola particular, plano de saúde e mora em locais onde existem vigias ou seguranças bancados pelos moradores da região.

Quem não paga, não coloca os filhos na escola na maioria das vezes e convive com a repressão daqueles mesmos soldados violentos e corruptos, não são todos, mas nós sabemos a realidade e com um salário desses e autoridade, fica muito complicado confiar só no caráter de um homem.

Nos hospitais é mal atendido ou morre nas filas, como vimos o caso da mulher que rodou 3 hospitais públicos no Rio de janeiro e acabou morrendo com seu bebê dentro da barriga, aguardando o atendimento tardio. Isso não é raro.

Enquanto isso, observamos políticos envolvidos com o caso das Ambulâncias, ou melhor lembrando, com a CPI dos sanguessugas sendo nomeados em estados e prefeituras

Sanguessugas nomeados
:

Ricarte de Freitas Júnior (PTB-MT) assumirá o escritório de representação do governo de Mato Grosso em Brasília

João Grandão (PT-MS) será assessor especial do petista Laerte Tetila, prefeito de Dourados, a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. Sua indicação para o cargo foi anunciada anteontem.

Celcita Pinheiro (PLF-MT) assumiu ontem o cargo de secretária municipal de Assistência Social de Cuiabá.

Grandão e Celcita foram indiciados pela Polícia Federal por ligação com a máfia dos sanguessugas. Ricarte foi acusado pela CPI que apurou o esquema das ambulâncias. Ele disse acreditar que também será indiciado.
O chefe do esquema, o empresário Luiz Antonio Vedoin, afirmou à Justiça Federal e à CPI que pagava propina a deputados em troca da apresentação de emendas para compra de ambulâncias. Os veículos eram comprados por prefeituras das empresas de Vedoin.

O que significa que o estado mais uma vez foi ROUBADO e manteve-se INÓCUO em relação ao envolvidos. Onde a impunidade IMPERA.

Remetendo ao assassinato do pequeno João Hélio, que nos traz a essa questão, supondo que a medida seja aprovada e o menor acusado seja preso em uma penitenciaria comum, cumprindo 30% da pena prevista em 34 anos sob respaldo das leis vigentes, em 11 anos teremos nas ruas um jovem de 27 anos, rejeitado pela sociedade, fora do mercado de trabalho e formado em criminalidade com os maiores especialistas do crime organizado.

Caso essa lei seja aprovada, teremos uma pseudo sensação de que a justiça foi feita e, de certa forma, isto abrandaria a sensação de insegurança da sociedade.
Mas não resolveria o problema.

Ainda corremos o risco de contarmos com julgamentos
diferentes por parte da justiça brasileira que já mostrou condescendência com criminosos de classes mais ricas como foi o caso dos assassinos do Índio em Brasília, como
no caso de Pimenta neves, Jornalista que matou a namorada, Juiz Nicolau, Sérgio Naya, Paulo Maluf que foi reeleito, dentre tantos outros ricos ou influentes que escaparam das garras das justiça que colocou atrás das grades por exemplo um senhor que roubou carne num supermercado para levar para suas filhas que estavam famintas.

A justiça tem que ser igual para todos.

Ela é ?

Quer dizer, além de tudo corremos o risco de vermos adolescentes criminosos sendo julgados de acordo com suas condições sociais.

Ora, devemos considerar que dar o voto aos adolescentes de 16 anos nada mais foi do que uma artimanha política para cooptar eleitores muito influenciáveis.

Não adianta só criar leis, precisamos aplica-las.
E a Justiça brasileira não aplica as leis já existentes de forma satisfatória, diversos são os casos GRAVES de impunidade de quem deveria estar dando exemplos.

Mais eficaz que do reduzir a maioridade por exemplo, seria que não existissem os indultos e reduções penais.

O Estatuto da Criança e do Adolescente é muito bem escrito embora TODOS SEJAMOS A FAVOR DE MUDANÇAS NO TEMPO DE PERMANECIAS DOS CRIMINOSOS NOS LOCAIS DE RECLUSÃO.
Ao invés de míseros 3 anos o adolescente deveria passar a um tempo de 10 anos de reclusão.

Mas precisamos oferecer condições para que este adolescente que pode ter recuperação receba orientações para que mude sua conduta.
Nas instituições atuais o que vemos são torturas e um bando de delinquentes que não fazem absolutamente nada e ainda aprendem mais e mais práticas criminosas convivendo com outros adolescentes que praticaram crimes mais graves.

Estas instituições oferecem um serviço confiável????
E as penitenciarias brasileiras ???


Imagina colocar estes adolescentes junto com criminosos adultos, o que teríamos ?????

Uma verdadeira universidade criminal.

Reduzir a idade penal sem uma ação conjunta para oferecer a população pobre condições de criar seus filhos para serem cidadãos úteis e não BANDIDOS, seria injusto e cruel, pois as crianças que estão nascendo AGORA, daqui a 16 anos convivendo nesse cenário de violência, impunidade, maus exemplos e miséria estaria fadada a cair nas garras da lei.

Alguém acredita realmente que o GOVERNO OFERECERÁ MELHORIAS A CURTO PRAZO PARA O SISTEMA DE EDUCAÇÃO PÚBLICA NO PAÍS ????

Alguém acredita que conseguiremos reduzir a desigualdade a médio prazo neste país de corruptos e bandidos de TERNO E GRAVATA ????

Precisamos de uma lei que transforme em crime hediondo o desvio de verbas públicas da saúde e da educação. "Isso condena dezenas de milhares à morte", direta e indiretamente.

Mas a sociedade está cega, sedenta por vingança e com razão.
A ausência do poder público nas questões básicas está jogando todo mundo contra todo mundo e não resolveremos o problema começando pela consequência, precisamos começar pelas causas e as CAUSAS ESTÃO EXPOSTAS AI PARA QUEM QUISER SAIR UM POUCO DO MUNDO SEGURO E EGOÍSTA cercado de grades o tempo todo e colocar a cara dentro da verdadeira realidade a qual a maioria da população está submetida.

A DESIGUALDADE CRIA SIM MONSTROS E SERES HUMANOS sem valores que não temem nada, só querem descontar o ódio na sociedade que os ignora.

Só podemos cobrar algo que oferecemos.

Alguém aqui concorda que estamos MUITO LONGE de oferecermos condições dignas a população carente ?????

Então, se não teremos uma ação CONJUNTA do estado, REDUZINDO A MAIOR IDADE e oferecendo CONDIÇÕES PARA QUE A PRÓXIMA GERAÇÃO não vá encontrar nos braços do crime organizado o que o governo deveria oferecer, só me leva a crer que estaremos afunilando cada vez mais o caminho para que jovens pobres acabem EMPILHADOS DENTRO DE PENITENCIARIAS.

Já existe gente alegando que esse tipo de comportamento faz parte da natureza dos indivíduos, concordo em parte, pois existem SIM jovens delinquentes, psicopatas, doentes, que não podem viver junto com outros seres humanos em sociedade, mas estes casos devem ser analisados individualmente para não corrermos os riscos de misturamos criminosos perigosos com ladrões de galinha.

O presidente Lula foi muito infeliz em suas declarações, pois se diz contra a Redução da idade penal, mas não dá soluções para o problema.

Então vamos a algumas soluções que podem ajudar a reduzir a criminalidade a curto e a longo prazo.

Vamos a elas :

Mudanças no Estatuto da Criança e do Adolescente.
Aumento do tempo de permanecia dos detentos de 3 para 10 anos de acordo com os crimes praticados.

Melhoria das dependências onde esses menores cumprirão suas penas, de forma que os mesmos possam ser recuperados, nos casos possíveis.

Aumento nos investimentos em EDUCAÇÃO, de forma séria e integral.

Planejamento familiar, incluindo a liberação do Aborto.
Foi comprovado que em países em que o aborto fora liberado em 20 anos a criminalidade diminuiu.

Punição severa aos criminosos que usarem menores de 18 anos para prática de crimes ( isto já esta sendo votado ).

Atuação do estado e da sociedade em ações PREVENTIVAS, para que não coloquemos mais crianças sob a tutela de criminosos.

Os que já se tornaram criminosos devemos punir com JUSTIÇA E RIGOR, COM LEIS SEVERAS e IGUAIS, tanto para criminosos de classe baixa como para criminosos de classes mais altas.

Autonomia legislativa para que os estados possam refazer suas leis de acordo com suas necessidades.


Para mudar um país é preciso que ações conjuntas sejam tomadas como prioridade, caso o contrário estaremos sempre buscando paliativos para resolvermos as necessidades imediatistas da sociedade que cobra seus direitos e não é respeitada também.

Daqui a pouco vão estar caçando criminosos pelo Gene
e isto é um risco que corremos pois uma sociedade acuada tende a ATACAR e se partimos para a VIOLÊNCIA GENERALIZADA, é melhor que sejamos capazes de assumir que estamos NUMA GUERRA e enfrentarmos as situações que uma guerra nos causa, como o caso desse assalto que ocorreu em São Paulo onde um HOMEM ARMADO REAGIU e acabou causando um tiroteio que deixou uma menina de 13 anos paraplégica e um homem que estava passando pelo local com uma perna amputada.

NÓS TEMOS MUITAS LEIS IMPORTANTES, mas precisamos aplica-las e não estamos vendo isso acontecer.

O problema é muito complexo para ser discutido de forma superficial e passional.

Não sou a favor do governo lula e nem de qualquer outro que já tenha passado pelo país, vivemos o resultado da NEGLIGÊNCIA DO ESTADO DESDE QUE O BRASIL É O BRASIL , país do futebol e do carnaval.

Também não sou a favor de criminosos.

Muito menos tenho orientação voltada para algum tipo de posicionamento ideológico clássico de direita ou esquerda.

SINCERAMENTE, ENQUANTO OS VERDADEIROS RESPONSÁVEIS NÃO FOREM PUNIDOS, ESTAREMOS FADADOS A UMA CONFUSÃO GENERALIZADA, a uma manipulação das informações e a um jogo político que confunde muito mais do que esclarece.

Mas se você tiver argumentos que me comprovem que estou errado, vou ler e refletir da mesma maneira.

Como artista, devo estar disponível a discutir e a conhecer o meu país que tanto amo e quero bem.

Mas tá complicado.


Fui convidado a participar de um debate sério num canal de TV e o assunto deve ser discutido de maneira inteligente e construtiva, sendo assim, gostaria de que os leitores desse blog me ajudassem a refletir sobre esse assunto com argumentos interessantes e que somem conhecimentos úteis a sociedade, pois não podemos usar espaços importantes de forma irresponsável.

NINGUÉM É OBRIGADO A CONCORDAR COMIGO e nem estou me prestando a convence-los de nada, só a refletirmos juntos.

Conto com a sabedoria e as informações de todos vocês.
Precisamos de munição de ambos os lados e argumentos que nos façam buscar
soluções reais para o problema.

Grande abs

T.Santa Cruz

34 Comments:

Blogger larissa said...

Uiii !!!

Realmente vc tava BEMMMMM disposto pra escrever esse post rs

Pra te ser sincera eu não li não...

Mais depois volto com mais tempo.

;)


Beijoss e bom fds


Lary*
flogao/lissinha18

6:27 AM  
Blogger Cristal said...

Li com atenção, mas esse assunto é um dos mais, se não O MAIS importante a ser tratado, com relação a continuidade sadia (no sentido de buscar uma qualidade de vida melhor),da humanidade, e por esse motivo vou ler mais uma, duas, ou quantas vezes forem necessárias para te dizer o que penso a respeito, porque tem muita coisa que concordo contigo, mas tem algumas situações que ainda não tenho certeza, acho que preciso amadurecer um pouco a idéia, tentar enxergar todos os lados, para depois emitir a minha opinião.
Mas, com certeza, esse momento e essa oportunidade que está havendo para que esse assunto seja discutido, deve ser aproveitado ao máximo, e todas as idéias que surgirem, devem ser colocadas, sem receio de serem absurdas ou não, porque conforme eu te falei naquele email sobre como nós podemos nos surpreender com as idéias "absurdas", acredito que não devemos ter vergonha de dizer nada do que pensamos, para que possa ser feito uma análise, checando todos os pontos daquela idéia ou opinião, e com certeza, muita coisa boa pode surgir.
Por isso, quero dizer a todos que lêem esse blog, que não se sintam acanhados em dar a sua opinião em expôr as suas idéias ou a sua opinião a respeito, tudo vale a pena, quando é colocado com sinceridade.

Abraços a todos e um especial para ti Tico...

7:12 AM  
Blogger Mariana Pacheco_DRC said...

é Tico...num tenho acompanhado TÃO de perto tudo isso, mais de certa forma, como toda pessoa, fico informada do que acontece no nosso pais.

o serviço publico, na minha opinião é ridiculo.Vc até citou ali, o caso da moça q morreu, depois de passar por varios hospitais e nada de conceguir um atendimento...sem falar na educação....aqui em sc , eu ainda acho as escolas publicas "boas" nada q se diga Ó Q ESCOLA , mais dah um bom ensino sim, pra quem não tem condições de estudar em colégios particulares. a rede estadual está sacaneando bonito com os educadores, minha mãe é professora de Artes, em colégio publico e o salario pra um professor é ridiculo. enquando a minha mãe trabalha horas numa sala de aula, tres dias por semana, atuarando crianças insuportaveis, a empregada trabalha na casa dela 2 vezes por semana nos periodos da manhã e da tarde e ganha mais do que o salario da minha mãe.
e tem varios outros exemplos, q tornam tudo isso ridiculo. Uma pessoa formada, estuda ganha menos trabalhando do q uma pessoa que mal sabe ler e escrever seu nome....

a questão de reduzir a maior idade penal, concordo contigo....
axo q o lula, "fazendo" oq ele tá fazendo agora, é pura merda, vai continuar como nos anos passados, os deputados vivendo do nosso dinheiro, e vai tudo continuar como está. ninguem faz nada, todo mundo diz q tá bom, diz isso, diz aquilo.... nós temos oq merecemos.
e tmb num tem gente q diga, q nunca ouviu falar da cpi das sanguessugas, ou do mensalão, pq ouviu sim e fez questão de por o cara lá denovo por uma promessa de emprego, ou por um quantia mensal por cabeça de filho.

é foda viver num pais onde só dão valor ao futebol e o carnaval....vão tomar no cú!!!

Beijos...desculpa se eu falei merda, mais é oq eu penso..

Mari =*

9:51 AM  
Blogger fernando said...

Caralho velho sempre li seus post's, sempre me serviram de inspiração ou apoio pra isso ou aquilo que as vezes tavam rolando na minha vida e nunca consegui deixar um comentário.
Um país em que dedica-se praticamente uma semana de festas em prol da exposição de modelos famosas com seus corpos esculturais, visando apenas os lucros de quem a cultura é tão agussada que gasta praticamente o salario do mês na farra, POIS AFINAL CARNAVAL É SÓ UMA VEZ NO ANO NEH, tem mesmo condições de fazer algo acontecer, o que um sistema carceráreo, não sou nenhum expert, mais tenho certeza que não é nenhum depósito de pessoas, que por mais bárbaros que tenham sido seus crimes, são pessoas e filhos da nação de chuteiras no pé, não era pra ser assim, creio que um sistema carceráreo, diz respeito a recuperação e a orientação em meio a uma reclusão, das pessoas que por algum motivo fizeram alguma coisa que os condizeram a essa condição.

Mais todo mundo ta cansado de ver, nada funciona nesse pais, a meu modo de ver, abaixar a maioridade para dezesseis anos, pode ateh parecer engraçado, mais que tome cuidado as criancinhas das favelas pq provavelmente elas seram a nova geração do crime, o problema da maioria dos seres humanos, é de que é mais fácil viver sem escrúpulos do que ser digno, ninguém sabe seu lugar, é inegavel de que mta gente é desfavorecida e cresce em meio a sonhos e planos que pela condição social não encontra maneiras de concretizar nehum deles, fazendo assim que os fantasmas da sociedade venham a rodear sua cabecinha já não muito sensata, vão e usam isso como um chavão e uma disculpa, conheço gente pra caralho que saiu de lugares que sei lah velho até mesmo um animal teria dificuldades de sobreviver, e que hoje servem como exemplo não só pra mim mais tenho total certeza de que pra mta gente ae.

É o que eu sempre digo, é mais fácil pedir desculpas do que fazer certo da primeira vez que já viu algum bandido, com cara de malandro perigoso quando é preso e um tsunami de câmeras tão mostrando a cara feia deles, como diz o ditado: DANDO NOME AOS BOIS, todo mundo com cara de coitado chamando até os reporteres de senhor pra cá senhora pra lá.

Tem mta gente que contribui pra que crianças, se tornem jovens criminosos e futuramente os BAMBAMBANS do crime, essas bandas de rap ae, tenho nada contra não sou um apreciador de boas mensagens mais na maioria das vezes e das bandas, do que que falam gente, um pais que não pode ouvir um batidão de uma musica de funk que chama até sua mãe de cachorra se deixar, e seduzem meninas a perderem sua pureza e a dádiva de serem mulheres e se tornarem potrancas, tem condições de nada disso não.

Tá na hora da sociedade mostrar que cansou de apanhar e que ta na hora de bater,
mostrar a todos esses políticos sem escrúpulos que o buraco é mais embaixo.

Não sei c fugi um pouco do contexto do post, mais eu poderia ficar aki escrevendo por horas a fiu, uma vez que por fantasmas ae perdi a vontade de escrever... mais tem coisas que estão engasgadas fazem tempo.

A todos muita sorte, muita luz, ainda tem como dar a vonta por cima.

E a vc Tico, um grande abraço e que continue fazendo esse puta trabalho tando na musica como aqui no seu blog, te admiro e tenho você como uma referência sempre nas rodas de conversa da galera tem que rolar um papo sobre o Clube da Insônia!!!

Sorte a Todos!!!!

10:25 AM  
Blogger uli said...

ainda gostaria de saber se é você mesmo!

3:32 PM  
Blogger Danielle said...

OI TICO...

LI E RELI SEU TEXTO VÁRIAS VEZES...ESSA JÁ ERA UMA PERGUNTA QUE ESTAVA MARTELANDO NA MINHA CABEÇA..CONTRA OU A FAVOR DA MAIORIDADE PENAL ?
A PRINCÍPIO FUI A FAVOR ACHANDO COMO ESSES 90% QUE ESSA SERIA A SOLUÇÃO DE TODOS OS NOSSOS PROBLEMAS...MAS DEPOIS QUE LI ALGUNS ARTIGOS E COMECEI A CONVERSAR MAIS A RESPEITO, VISTO QUE UMA DECISÃO DESSAS NÃO PODE SER TOMADA EM MEIO À FALTA DE INFORMAÇÃO , COMECEI A NOTAR QUE EM PRATICAMENTE TODOS OS ARGUMENTOS A FAVOR DA REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL NÃO SE FALAVA SEQUER EM EDUCAÇÃO...ORAS..COMO PODEMOS RESOLVER UM PROBLEMA JÁ TÃO ENRAIZADO SE NÃO FORMOS À RAIZ DELE ?...O QUE ACONTECEU COM O JOÃO HÉLIO É UMA TRISTE REALIDADE QUE ACONTECE TODOS OS DIAS NAS FAVELAS E COMUNIDADES CARENTES MAS QUE NÃO TEM O ALCANÇE DA MÍDIA...NÃO ESTOU DE MANEIRA ALGUMA MINIMIZANDO O CASO DO JOÃO HÉLIO..MAS SIM LEMBRANDO QUE TALVEZ ESSE CASO TENHA CHEGADO Á MÍDIA POR TER ATINGIDO A CLASSE MÉDIA...OU SEJA..A VIOLÊNCIA Á QUE AS CLASSES DE BASE ESTÃO DIARIAMENTE EXPOSTAS ESTÃO COMEÇANDO A TRANSBORDAR PARA AS CLASSES SUPERIORES..
COMO VOCÊ BEM DISSE...OS QUE COMETEM A VIOLÊNCIA DE HOJE JÁ COMEÇARAM A SUA VIDA IMERSOS NELA COM A TOTAL FALTA DE CONDIÇÕES BÁSICAS DE SOBREVIVÊNCIA . COMO QUEREM QUE UMA PESSOA QUE NASCEU E CRESCEU SEM SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA POSSA TER OS MESMOS VALORES QUE A PARCELA DA POPULAÇÃO QUE PÔDE PAGAR POR ESSES SERVIÇOS ? NÃO VAI TER...SEUS VALORES JÁ ESTARÃO DETURPADOS SE É QUE RESTOU ALGUM...A MISÉRIA..A FOME..A EXCLUSÃO SÃO VIOLÊNCIAS DIÁRIAS...
A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL SERIA UM PALIATIVO QUE TALVEZ NEM RESOLVESSE AS SITUAÇÕES EMERGENCIAIS...PRENDEM OS DE 16..TEMOS OS DE 14 E ASSIM POR DIANTE...SERIA UMA BOLA DE NEVE AO CONTRÁRIO..NÃO ADIANTA SAIR PRENDENDO SE NÃO SÃO DADAS CONDIÇÕES PARA QUE AO SAÍREM DA PRISÃO ESTEJAM PELO MENOS APTOS A VIVER PRODUTIVAMENTE EM SOCIEDADE...NÃO ADIANTA SAIR PRENDENDO SE NÃO FOREM FEITAS AÇÕES EDUCATIVAS COM AQUELES QUE ESTÃO CHEGANDO....SE NÃO SÓ FICAREMOS PRENDENDO..ENTUPINDO OS PRESÍDIOS DANDO A FALSA IMPRESSÃO DE QUE ESTÁ TUDO SENDO RESOLVIDO...PRESÍDIO CHEIO NÃO É SINAL DE SOCIEDADE ORGANIZADA...
NÃO ESTOU DIZENDO QUE TAMBÉM NÃO SE DEVA SER RIGOROSO NAS LEIS... TEM QUE SER..MAS O RIGOR NA APLICAÇÃO TEM QUE SER ESTENDIDO A TODOS OS BANDIDOS...COM OU SEM COLARINHO BRANCO...NÃO ADIANTA CRIAR LEIS SE ELAS NÃO FOREM APLICADAS...A JUSTIÇA NÃO PODE SER CEGA PARA ALGUNS..SIM..POIS O QUE VEMOS É A TOTAL CEGUEIRA COM OS BANDIDOS LÁ DE CIMA..OS DAS ESFERAS SUPERIORES QUE ROUBAM TODOS NÓS TODOS OS DIAS E NUNCA SÃO ALCANÇADOS PELOS BRAÇOS DA JUSTICA...DO JEITO QUE ESTAMOS A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL SÓ ATINGIRIA A CAMADA POBRE DA POPULAÇÃO...VISTO QUE A CAMADA COM MAIS PODER AQUISITIVO SEMPRE TERMINA ESCAPANDO DA PRISÃO...QUE O RIGOR SEJA PARA TODOS..ISSO SIM.
PORQUE NÃO CONJUGAR O RIGOR DA LEI PARA TODOS COM ATITUDES EFETIVAS DE PREVENÇÃO Á CRIMINALIDADE ? A PREVENÇÃO É SEMPRE O MELHOR REMÉDIO..TODO MUNDO SABE DISSO..SEM EDUCAÇÃO NÃO SE VAI À LUGAR NENHUM...COMO MUITOS JÁ ME DISSERAM..ISSO É PAPO DE PROFESSORA ..POIS É SIM..FUI PROFESSORA E ABANDONEI PELO SALÁRIO RÍDÍCULO E PELA TOTAL FALTA DE CONDIÇÕES DE TRABALHO...COMO PROFESSORA DE COMUNIDADES POBRES VI VÁRIOS ALUNOS QUE SEM CONDIÇÕES PARA PROSSEGUIR NOS ESTUDOS CAÍRAM NO MUNDO DA CRIMINALIDADE...COMO TAMBÉM VI ALGUNS POUCOS QUE CONSEGUIRAM MANTER OS ESTUDOS SAÍREM DO MUNDO DE VIOLÊNCIA AO QUAL ESTAVAM FADADOS...É POSSÍVEL..É REAL..A EDUCAÇÃO É TRANSFORMADORA...TEM QUE SER DADA INTEGRALMENTE..ACOMPANHADA...TEM QUE TER APOIO E SUPORTE DOS SETORES DE SEGURANÇA E SAÚDE...ELA NÃO É EXCLUDENTE...ELA INCLUI...TRAZ PARA SI E TEM O PODER DE MODIFICAR TODA UMA REALIDADE..MAS PARA ISSO O ESTADO PRECISA DAR CONDIÇÕES PARA QUE SEJA TRABALHADA INTENSAMENTE DESDE O SEU NASCEDOURO..NA CRECHE..NO ENSINO FUNDAMENTAL..MAS NÃO PODE DEPOIS SER LARGADA...TEM QUE SER ACOMPANHADA INTEGRALMENTE...MAS O QUE TEMOS HOJE EM DIA ? A OMISSÃO E O DESCASO TOTAL DE QUEM FOI COLOCADO LÁ EM CIMA JUSTAMENTE PARA ZELAR PELAS CONDIÇÕES BÁSICAS DE CIDADANIA. NÃO PODEMOS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS ...TEMOS QUE VIGIAR..COBRAR ESSAS CONDIÇÕES DOS POLÍTICOS...NÃO É OBRIGAÇÃO..É DEVER DELES...AFINAL ELES ESTÃO LÁ PARA ISSO...OU NÃO ???

P.S:
* SAIU UMA REPORTAGEM INTERESSANTE NA REVISTA DO GLOBO DE DOMINGO DE 25/02/07 CHAMADA " UMA NOVA JUSTIÇA "..ESTÁ TAMBÉM NO SITE
http://www.justica21.org.br
* TAMBÉM HÁ EDITORIAS E ARTIGOS DO GLOBO DE 03/03/07 QUE TRATAM DO ASSUNTO (ZUENIR VENTURA, ADOLPHO BLOCH, CRISTOVAM BUARQUE, ETC...)
* E NO DIA 16/03 AS 10:00HS HAVERÁ UM DEBATE PÚBLICO NA CÂMARA MUNICIPAL DO RJ SOBRE A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL...

PARTIDOS Á PARTE...VALE DAR ALGUMAS LIDAS E CONFERIDAS...

DESCULPE PELO TEXTO ENORME TICO...
ESPERO QUE TENHA TE AJUDADO ALGUMA COISA...TENHO MUITA COISA NA CABEÇA..FALTA COORDENAR MELHOR...

BOAS REFLEXÕES PARA VOCÊ E TODOS NÓS...

COM AMOR

DANNY

4:24 PM  
Blogger _KaRi_ said...

Caramba.

Eu sou a favor da redução, mas nunca tinha analizado por esse lado...

É meio que um "efeito dominó" a nossa sociedade, por isso que estamos como estamos.
Nesse caso, não basta ajeitar apenas uma peça, tem que arrumar o dominó inteiro...

Quanto ao caso da votação, ela só foi colocada "em palta" após a morte de João Hélio, não foi? E quantas outras pessos já não foram prejudicadas por menores?
Acredito que essa votação, possa não ter um fim, pois, em breve, ninguém lembrá do menino João e o assunto será esquecido.

Afinal, o brasileiro tem memória curta...

Acabei de ler o texto, mas sei que ainda vou passar algum bom tempo pensando nele, viu????

Ah... Relaxa, você vai se sair ótimo no tal porgrama, viu?

Beijão
Kari

4:58 PM  
Blogger Wolf_Angel said...

É a clássica armadilha: quando a subversão se torna conflito interno, e os ideais se confundem causando um caos tão grande que se inicia uma grande luta que após um tempo perde sua essência inicial, mas continua e amplia sua destruição, sem limites, movida por um sentimento usurpador da indignação> a raiva desmedida, e ae vem a danação....

Antigamente eu era radical: "um cara desse tinha que pegar prisão perpétua...quem dera se tivesse pena d morte..." mas concordo que as universidades do crime hoje tem mais investimento que as federais com outros fins universitários..Infelizmente hoje prefiro que o cara fique solto (ainda um pensamento radical,quase um desepero por mudança) que ele olhe sem grade alguma o mal que está causando pra si mesmo e p/ um povo já tão sofrido, quero que um cara assim veja todos os dias aquela senhora passando com um enorme cesto d roupas subindo a ladeira e voltando bem tarde da noite entregando tudo limpinho e passado, quero q um cara desse tenha um filho e faça dele a criança mais feliz do mundo e ganhe uma motivação para mudar a si mesmo antes de querer se vingar de todo um sistema. É complexo sim!! Envolve muitos temas, muita gente, e daí? SOMOS muita gente! Duas cabeças pensam melhor do que uma? E 180 milhões?!!

Quanto ao controle de natalidade, passamos por uma dificuldade quase épica> a igreja (parece que estou relembrando a inquisição), na veja da semana passada, André Petry coluniza sobre a vacina do HPV, descoberta e barrada pela igreja...Em que século estamos?? Digo, soluções existem! Até tentam ser aplicadas, mas essas barreiras culturais deveriam estudar sociologia...

Será que a instrução dessas pessoas deve ser direta? O que adianta mandar moradores de favelas usarem camisinhas se eles não sabem para que serve e nem como se usa? Do que adianta combater o tráfico de droga quando os atuais traficantes cresceram achando q era normal? (como o filho de um certo astro internacional do rock; ele declarou q não sabia que fumar maconha era errado, porque o pai tinha o hábito, e para ele a sociedade toda deveria ter pois então) De que adianta entulhar pessoas num presídio????????????? Não deveríamos querer nos livrar de problemas, e sim corrigí-los! Nossa cultura diz isso, que não adianta concertar, é tudo tão reciclável, compre novo.
Se é resultado do capitalismo mal aplicado ou da desestruturação de educação de base eu não sei. Sei que imediatismo não vai funcionar e estamos mais do que atrasados com as obras; eu já dei uma abraço no meu irmão mais novo hoje, eu já contei um conto d fadas para o bebê do vizinho. E você?

"somos muito mais que isso, somos pinguins,somos golfinhos, homem, sereia e beija-flor...Eu preciso quero ter carinho, liberdade e respeito, chega de opressão!(...)"


"porque tá tudo assim? meus olhos grnades de medo revelam a solução... Quem de nós vai insistir ... "


abraços fortes, sopros de luz,
texto magnífico, parabéns

Lais

5:43 PM  
Blogger Neto Rampazo said...

Tico, li teu post inteiro.
Concordo com você em parte.
Concordo plenamente que isso não resolverá a questão da violência no Brasil.Na verdade, Disso Tenho Certeza.
Mas sou SIM a favor da redução da maior idade penal,mas apenas para crimes hediondos.Eu concordo que devam haver penas severas para quem desvia verbas da Educação e tal. Mais isso é outro assunto na minha visão e não menos importante.
Veja, acredito que temos que dar educação de qualidade para que daqui a uns 20 anos tenhamos pessoas mais conscientes, presentes e educadas.Mas te pergunto em meio a este tempo de de recuperação do País, quantas pessoas inocentes vão morrer? Isso se esse processo durar "só" 20 anos, coisa que dúvido. Tico qual jovem de 15 anos que já está metido no crime vai conseguir sair dele, se não existe educação imediatamente? daqui uns 30 anos, quando houver educação aqui, talvez mude.Uma pessoa ignorante não tem a visão do mundo e não tem como mudar para melhor por si própria. um jovem destes só mudaria se houvesse a ele uma educação boa, mais isso demorará muitos anos, ou seja, ele já perdeu a juventude. Resumindo este jovem INFELIZMENTE já está condenado POIS Os políticos já condenaram a prisão perpétua todos os jovens criminosos do Brasil a serem ignorantes.
é triste de falar isso, e difícil de aceitar. e acho que dificilmente vc vai aceitar isso,visto que minha opinião diverge um pouco da tua, mais é essa minha opinião.
Só podemos livrar do crime a próxima geração, isso é fato pois até para concertar as barbaridades que acontecem nas prisoes no Brasil levará muitos anos.
O Brasil está em uma situação tão catastrófica na minha visão, que simultaneamente a questão da Educação que é algo preventivo para daqui vários anos, não podemos deixar mais pessoas morrendo tão tristemente e covardemente, temos que ter noção de quanto vale uma vida de uma pessoa de bem.
Não vai reduzir quase nada a questão da violência, concordo.
Muitas outras medidas tem que serem tomadas com urgência.
Mais acredito que algumas vidas seram salvas, e não serão poucas.
Não acredito que um indivíduo de 16 anos se tornará um monstro após sair da Prisão, pois acredito que quem mata uma pessoa já é um monstro.


Desculpa a confusao q fiz para explicar, é pq estou com pressa aqui rss..
Se escrevi alguma incoerencia ignore por favor, tente entender apenas a essência do q foi escrito..
mais é mais ou menos essa minha idéia.
Abraço

6:30 PM  
Blogger carlinha kriok said...

Poxa... Clue da insônia, além de cultura, tembém é informação.

Parabéns!!!

bjuus como...**risos**

7:08 PM  
Blogger Cinthia said...

Ah,podes divulgar o canal onde participarás do debate? O dia e a hora?
Bj

7:57 PM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

É, Tico...você foi fundo mesmo na questão..

Vejo a situação da mesma forma que você, sempre vi. Sempre que assistia na tv cenas de presídios superlotados e a forma como quem está lá é descuidado e relegado isso sempre me ultrajou demais...chega dessa tradição horrível de tratarmos seres humanos como lixo.

A gente já perdeu o respeito pela vida faz tempo, mas essa brincadeira tem que parar mesmo.

Precisamos reconhecer que todo mundo tem o direito à vida e à saúde, assim como à segurança e educação, arte, tudo.

Sempre falei pras pessoas como acho muito melhores as colônias penais que visam REALMENTE a recuperação de quem vai pra lá, tô lembrando que já vi uma matéria num presídio de segurança máxima americano onde só vão criminosos condenados à prisão perpétua, e lá, um local organizadíssimo, limpíssimo, tranquilo, instituíram uma terapia pros detentos utilizando cães recolhidos pela sociedade protetora dos animais.

O resultado foi verificado pouco tempo depois, presos perigosíssimos foram melhorando MUITO seu temperamento apenas com o trato e companhia diários dos cães, é algo emocionante mesmo, SABER e VER que essa mudança comportamental é sim possível e que devemos sempre tê-la em vista.

Sempre imagino como seria bom se fizessem um lugar com segurança máxima sim, mas com ATIVIDADES PRODUTIVAS pra quem for pra lá, que nutrissem esses detentos com elementos POSITIVOS e não os deixassem jogados e esquecidos como se não valessem nada....

Temos a chave nas mãos, sempre tivemos, e realmente quanto mais demonstrarmos nossa vontade e interesse em melhorar PRA VALER a situação em que vivemos, em casa, na cidade, no país e no planeta, melhor vai ser PRA TODO MUNDO.

Quanto mais almejarmos e trabalharmos pela melhoria e cuidado da vida, mais bons resultados virão.

Mas precisamos sim acordar, nos tocar de que temos errado em muita coisa e que muito foi esquecido e dado como causa perdida.

É fácil reclamar, arregaçar as mangas e levantar pra trabalhar e fazer acontecer o que você quer e acredita, É OUTRA COISA. É aí que tudo acontece e tem chance de dar certo.

É isso, Tico...todos que estamos sintonizados nessa mesma idéia, ou melhor, nessa NECESSIDADE URGENTE de mudança social precisamos passar a agir pelo que tanto precisamos pra viver.

Vamos em frente.


Beijos!!

8:08 PM  
Blogger Camila said...

Boa noite Tico,

Apesar de te apoiar e estar ao seu lado em toda e qualquer atitude que tome (pois são todas boas e visando um país melhor para todos! Vc é digno disso), venho por meio dessa discordar contigo. Não acompanho essa palhaçada tod por não ter o coração tão duro quanto gostaria, venho falar por experiências próprias e recentes considerando que acabei de completar 18 anos. Estudei em escola pública a minha vida inteira, e até onde eu quis levei o estudo a sério e com disciplina (bem... tradução: até a 4ª série), a partir do momento que entrei no ginásio descobri a maldita da bagunça. Quando somos bons alunos e descobrimos que a bagunça com os colegas é bem mais proveitoso naquele momento do que a lição nos transformamos. Por não sendo totalmente influênciada pelos meus colegas, via coisas absurdas que alguns faziam pois sabiam que não iam ser punidos e por isso estavão pouco se lixando para as consequ6encias, esses em sua maioria aqueles de melhor condições financeiras. Muitas vezes aquele de poder aquisitivo menor, por talvez saber que tendo essa desvantagem econômica teria que se destacar de alguma maneira, sendo essa o estudo. Sem mais delongas: SOU A FAVOR. Pois a falta de punição esta transformando alguns jovens em monstros como você mesmo disse, mas não por revolta por sua condição e sim por pura diversão. Não só os jovens mas toda a hmanidade.

"Quando vamos deixar de ser animais irracionais para finalmente coexistirmos simultaneamente?"

Te adoro e admiro como nunca admirei ninguém em minha vida!


Sucesso e energia possitiva, pq tu é merecedor!

**Camila Santa Cruz**

8:12 PM  
Blogger Bia Koth said...

Bom...eu também não concordo com a REDUÇÃO DA MAIOR IDADE PENAL.
Acho que vc deveria se candidatar a presidente(vc tem ótimas idéias), concerteza iria mudar alguma coisa nesse país,mas teria que tomar muito cuidado!!!
Vou colocar minhas idéias em ordem, depois eu volto e digo sobre o que refleti.

Paz e Luz sempre.
Bjokas.

9:35 PM  
Blogger Clube da Insônia said...

Acabei de assistir um documentário no CANAL BRASIL, produzido por uma equipe de cinema que fora montada dentro de um curso aplicado no Carandiru. Um excelente material filmado pelos próprios presos.

Não tem realmente nenhum santo dentro de penitenciaria e creio que o homem que decide seguir pelo caminho do crime, deve saber as consequências de suas atitudes.

Mas uma frase me chamou atenção e resolvi coloca-la aqui para uma reflexão interessante. Um dos presos disse bem assim :

"Ninguém dá valor a minha vida, por que tenho que dar valor a vida dos outros ?
Eu mesmo vou cuidar da minha vida do jeito que der "

Desculpem, mas procurei informações a respeito do nome deste documentário mas a Globosat não oferece a opção para o CANAL DE FILMES BRASILEIROS.

Creio que se chama "Por trás das grades " ou algo parecido e mostra o dia dia dos detentos no que era o maior presídio da América latina.

Com entrevistas reais e imagens incríveis.
Acho que ninguém aqui discorda de que os sistema penitenciário do nosso país não reintegra ninguém né ?

É triste mas é real, eles saem de lá piores do que entraram e com mais ódio de tudo.

Tem solução ???

T. Santa Cruz

9:42 PM  
Blogger Mariana Pacheco_DRC said...

Tico, dei uma olhada da Folha Online, e axei varias matérias atualizadas, falanda da redução da maioridade penal...
até em uma materia, do dia 1º de março, tem escrito assim >

Jovens e violência

Lula se encontra hoje com o ministro da Educação, Fernando Haddad --que ele se negou a confirmar no cargo--, para discutir 42 projetos de médio e longo prazos, especialmente na área do ensino fundamental.

Ele anunciou que, a partir de agora, aproveitará todas as suas viagens para visitar duas escolas de cada lugar, a pior e a melhor, "para entender por que um aluno aprende e outro não".

Ao recriminar a redução da maioridade penal, disse que "não se pode reagir emocionalmente a cada tragédia" e disse que "o Estado não pode colocar a juventude a mercê da repressão" por causa da minoria que comete crimes bárbaros e perguntou: "Esse menino não é resultado de todos esses governantes que não foram punidos? Vamos culpá-lo por não ter dado oportunidade a ele?"

Lula admitiu que "o programa Jovem Aprendiz não deu certo até agora", mas que pretende procurar os empresários para cobrar responsabilidade social. Segundo ele, há 6 milhões de comércios no país e, se cada uma empregar um jovem ao menos, o problema do desemprego e do desajuste poderia ser resolvido rapidamente. Citou especificamente a siderúrgica Gerdau e a fábrica Volks de automóveis.

Defendeu, também, que as universidades federais passem a ter aulas à noite, que suas dívidas com a União possam ser transformadas em bolsas de estudo e, por fim, ironizou: "Se a gente esperar o socialismo chegar, vai demorar muito tempo".

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u89900.shtml

vc concorda qndo o lula diz q "não se pode reagir emocionalmente a cada tragédia" ??

Beijos...

Mari

10:40 PM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

Acho que tem solução sim, Tico...se uma pessoa não percebe mais o valor da vida, precisamos mais do que nunca ajudá-la a perceber..e mostrar esse valor.

Li o comentário da Camila, logo anterior ao seu, e concordo com ela na questão da educação que nos é dada das escolas....

eu mesma saí da escola aos 13 anos porque não reconhecia muito valor ali dentro, sentia necessidade mesmo de descobrir meu potencial, descobrir pra que eu existo, mas sabia que não ia ser lá..
claro que aprendi várias coisas na escola, ela me deu uma base de vida, mas é algo rasteiro mesmo.

o negócio é que a gente tem que reformular tanta coisa...sistema educativo, penal, de segurança, nossa...

mas tem solução sim. se a gente quiser realmente melhorar as coisas e se soubermos tem paciência e perseverança pra tomar atitudes e fazer as mudanças acontecerem aos poucos e de verdade.

10:41 PM  
Blogger Priscila said...

Não, não tem solução.
Vou falar de um caso muito particular...
Conheço uma pessoa há muito tempo, era como se fosse da família praticamente, uma pessoa de família honesta, tinha valores éticos, uma profissão que só ressaltava ainda mais a pessoa boa que ele era... até que de tanto ouvir que ele deveria seguir a carreira de político, justamente por que não há pessoas como ele nessa profissão...pessoas que realmente querem fazer o psosível e impossível para ajudar...
Ele então decidiu entrar nesse mundo paralelo...que para mim só pode ser isso...aos poucos sua real profissão foi sendo deixada de lado...e após alguns anos se tornou prefeito de uma cidade, o que se vê hoje?
Cargos familiares,promessas não cumpridas e uma cidade COMPLETAMENTE ABANDONADA!
Eu sinceramente gostaria que algum estudo mais profundo fosse feito com os brasileiros, o que acontece dentro dessa cultura que faz com que pessoas QUE JAMAISSSSSSS esperemos uma atitude dessas se corrompam assim??? O QUE ???
Por que todos querem sempre tirar vantagem em TUDO ?
Esses dias peguei um táxi, e conheci um senhor graduado em 2 boas universidades, politizado e estavamos falando sobre esse tema...
Um menor na FEBEM custa 4 mil reais por mes, ele me fez a seguinte pergunta e tbm deixo ela aqui para reflexão:
"...O Estado gasta na febem 4 mil reais por mês com um menor que matou, meu filho quer ter a chance de estudar, e eu ganho em um mês metade disso para sustentar uma familia inteira. POR QUE? Para alguem de cima ....esses 4 mil reais mal gastos deve ser realmente interessante..."

11:30 AM  
Blogger Clube da Insônia said...

Mariana

Não acho que devemos discutir coisas sérias e que envolvam a todos os cidadãos pela emoção.
Psicologicamente, sabemos que agindo pela emoção estamos sempre dispersos por sentimentos que podem nos confundir.

Qualquer discussão séria e que visa uma melhora seja de um relacionamento ou de uma sociedade deve ser exercida através da razão.
Pode parecer algo frio, mas basta recorrer a sua vida particular e perceber que quando ages pela razão, consegues enxergar melhor uma possível solução.

Tanto é assim que um crime passional abre precedentes para que no julgamento o advogado consiga em alguns casos até justificar e diminuir a pena do criminoso.

Priscila

Não temos certeza se este é o valor gasto com um menor na FEBEM, procure se informar se é este mesmo o custo para o estado, pois acho muito improvável que seja algo deste tipo.
Sabemos que existe sim, um custo por menor infrator e que em países sérios que se preocupam com os gastos do estado NORMALMENTE se investe na PREVENÇÃO do crime, fazendo com que as crianças estejam nas escolas e não nas ruas, que seus pais sejam OBRIGADOS a mante-los estudando e não pedindo esmolas.

Quanto ao seu amigo, o que posso dizer é que vivemos no PAÍS DA IMPUNIDADE , se ele soubesse que seria julgado e preso por estar prejudicando a cidade, provavelmente não faria o que está fazendo e o mesmo serve para todos que diariamente infringem regras sabendo que sairão impunes no futuro.

A IMPUNIDADE É O QUE FAZ COM QUE ALGUMAS PESSOAS ESTEJAM SEMPRE BUSCANDO VANTAGEM SOBRE AS OUTRAS.

T.Santa Cruz

12:54 PM  
Blogger M. said...

Olha o assunto é sério demais. A sociedade nunca se preocupou com os problemas de injustiça no Brasil. Se preocupa hoje porque não há mais segurança alguma, a violência não tem mais hora e nem lugar para acontecer, certo? A sociedade é hipócrita! As injustiças acontecem nos detalhes!
Essa classe média aterrorizada com o crime e vontade de mudar e pedir paz se pudesse e tivesse mais dineheiro ia embora e deixando o problema aí..jogado...de lado...como sempre fizeram! Não há interesse do governo em mudar porra nenhuma, pelo contrário! Quanto menos foramdores de opiniões ,pessoas esclarecidas existirem,melhor! Só que agora eles estãorespondendo...então ..reduza a maioridade penal! E pronto! O problema é imenso...um monstro! E a tv? e o marketing? tudo isso...todos trabalham pra isso! Todos! E a cultura? É possível mudar um perfil cultural? Acho que tá na hora de todo mundo acordar...mas de verdade. Temos que começar a fazer o mínimo..no dia dia...dentro de casa...assim a gente consegue.Acho que só assim muda. Sinceramente, sinceramente.

Beijos na nuca, Guilherme.

M.

12:56 PM  
Blogger Danielle said...

TEMOS QUE CRER QUE HAJA UMA SOLUÇÃO E QUE ELA COMEÇA QUANDO A IGUALDADE SOCIAL VOLTAR A FAZER PARTE DE NOSSO VOCABULÁRIO. IGUALDADE EXPRESSA NA REFORMA DO SISTEMA EDUCACIONAL, JUDICIAL, DE SAÚDE..POR QUE UNS PODEM E OUTROS NÃO ? POR QUE UNS TEM ACESSO E OUTROS NÃO ? A EXCLUSÃO DÓI PORQUE TRAZ EM SI O RANÇO DA INFERIORIDADE...E COM ESSE RANÇO DESPEJADO EM CIMA DELA TODOS OS DIAS E DE VÁRIAS MANEIRAS SÓ REFORÇA CADA VEZ MAIS A IDÉIA DE QUE SE NÃO FAÇO PARTE DAQUELE MEIO NADA ME PRENDE À ELE...NÃO DEVO NADA À ELE..SÓ A MIM MESMO E VOU ME VIRAR DO JEITO QUE POSSO...
E DEPOIS DA TOTAL INVERSÃO E/OU PERDA DE VALORES ESSA PESSOA É JOGADA NUM AMBIENTE COM OUTROS EM SITUAÇÃO IGUAL OU PIOR E COM O PRÓPRIO SISTEMA CARCERÁRIO REPRODUZINDO A EXCLUSÃO E O DESCASO SOCIAL AO QUAL FOI EXPOSTO Á VIDA INTEIRA..

BEIJO

DANNY

1:00 PM  
Blogger fansdonetto said...

Olá Tico,
gostei da forma como escreveu o texto, como expôs a sua opinião.
Também n]ao sou a favor da maioridade penal, porque acho que não resolveria o problema e como você disse, seria uma medida paliativa para soluções imediatistas.
Seria completamente a favor, se o Estado oferecesse condições à população pra que depois pudesse cobrá-las e se oferecesse uma REAL recuperação desse adolescente.
Se reduzirmos a maioridade penal, apenas colocaríamos mais pessoas atrás das grades e daqui 2, 5 ou 10 anos veríamos homens revoltados e (mais uma vez usando uma citação sua) formados na Universidade do Crime, o que a meu ver, só pioraria o problema a curto e médio prazo.
O que me frustra, é que eu tenho quase certeza que mais cedo, ou mais tarde (não tão tarde quanto se pensa) essa lei será aprovada, pois os políticos sabem que, ao aprová-la, a população erroneamente se sentirá mais "segura". As pessoas que não tiveram acesso à educação e todas as condições de vida decentes (a grande maioria desse país) são ignorantes e, nessa condição, acharão que os políticos estarão os respresentando "como devem", sem saber que a maioria o fará apenas como jogada política que será lembrada nas próximas eleições.
Minha opinião sobre a educação e saúde desse país?
Posso criar uma opção "g"? Se posso, seria "rícidula"! Não consigo achar uma palavra melhor, claro que é fruto da revolta, mas me sinto em pleno direito de me revoltar quando: pago impostos que ao invés de servirem para: educação, cultura, saúde, segurança etc etc e etc servem para:
-alimentar bandidos, delinqüentes e (infelizmente) pessoas que não cresceram com condições dignas e tiveram que recorrer ao crime para viver e
-alimentar e dar luxos à políticos (99% das vezes) sem vergonha.
Fiquei feliz quando disse que foi convidado para um debate sério, acho importante o envolvimento de artistas, pois parece que as pessoas os ouvem e acreditam mais neles, afinal quem confia nos políticos????
Só discordo sobre o aborto...aliás não é que eu discordo. Acredito que poderia minimizar o problema, mas uma pontinha de conservadorismo ainda me resta (não sei se felizmente ou infelizmente) e creio que seria como cometer crime sem sofrer conseqüências. Acho que pela minha extrema vontade e ligação com a Medicina ainda vejo o aborto como crime, como assassinato a um ser indefeso e, para tanto, acho que ainda deve ser considerado como tal. Mas entendo perfeitamente que minimizaria o número de crianças abandonadas que têm uma chance ainda maior de recorrer ao crime para sobreviver e de crianças sem condições de serem criadas que na maioria das vezes leva ao mesmo caminho do abandono.

Não se se é porque gosto de discutir temas políticos e acho que todo ser humano DEVE se interessar por política pois se trata do passado, do presente e do futuo de todo país, mas seus últimos textos têm me agradado muito e me ajudam a manter a cabeça focada no que realmente importa. Já que apesar de tudo que aconteceu, acontece e infelizmente acontecerá por um tempo, os programas "da tarde" (os do dia e da noite também) só querem falar de Big Brother e de quem a Déborah Secco está namorando.

"Que país é esse?"

Bom, acho que já faei atpe demais né?! *rs
Desculpa mas é que eu me empolgo com isso!
Parabéns pelo texto!Boa sorte no debate e nos avise quando e onde será ok?!

Beijos
Fernanda

3:31 PM  
Blogger Cristal said...

Bem, o assunto é complexo, mais então vamos lá com a minha opinião:
Concordo contigo em quase tudo, principalmente de que não será a alteração em uma ou duas leis, que resolveremos o problema da violêcia, mas sim, com uma série de mudanças em conjunto, mas mesmo assim, sou a favor da redução da idade porque eu penso que a frieza e a maldade em tirar a vida de uma pessoa, não é diferente numa pessoa de 16, 17, 18 ou 30 anos, portanto, o tratamento deveria ser o mesmo, e até porque um adolescente de 16 anos JÁ SABE muito bem a gravidade desse crime. Talvez, o ideal seria que esta lei só fosse aplicada para crimes hediondos. Aliás, uma das alterações que acredito que deveria ser aplicada no sistema carcerário seria justamente essa, criar divisões dos presos, por gravidade do crime cometido, para que um assassino não convivesse com um “ladrão de galinhas”. Mas com certeza, a mudança mais importante seria a criação de um programa de recupeção dos presos, através do trabalho e de tantas outras idéias que já existem, mas que não são colocadas em prática. Quanto a um menor ir para uma penitenciária e passar a APRENDER coisas negativas com os outros presidiários, acredito que o inverso também pode acontecer, ou seja, um adolescente que comete crimes tão horríveis quanto os “adultos”, ir para uma instituição de menores infratores e ao conviver com os outros adolescentes que não cometeram crimes tão graves assim, passe a “ENSINÁ-LOS”.
Tu já comentaste os problemas e até sugestões para que se inicie um processo de melhoramentos em nosso país, então não serei repetitiva e vou dividir com vcs alguns pontos em que tenho pensado muito, sobre tudo isso.
Bem, se o MEIO e as CONDIÇÕES em que uma criança nasce e vive são fatores determinantes para a sua futura conduta, como poderíamos explicar que pessoas que vivem no mesmo meio (numa mesma favela), e as vezes até nas mesmas condições (dois irmãos, por exemplo), um escolhe seguir o caminho do crime e o outro escolhe o esporte, a arte ou qualquer outro tipo de trabalho? Eu penso que uma das respostas para esta pergunta seria o seguinte: todo ser humano nasce com o BEM e o MAL dentro de si, e a escolha de qual deixaremos prevalecer é NOSSA. Porque estou comentando isso? É que eu acredito ser muito importante mostrar às pessoas que devemos cobrar atitudes dos nossos governos, mas não podemos deixar que as crianças e os adolescentes cresçam ouvindo só isso, e passem a se isentar da responsabilidade pela escolha do caminho que tomou, ou seja, acho que sempre que houver um contato pessoal ou através da mídia, seja mostrado sempre, que a DECISÃO e o RESPONSÁVEL FINAL pelo caminho que seguiremos é de CADA UM..
Agora faço outra pergunta: Se a probreza, a falta de escolas, hospitais, etc, são fatores determinantes para que alguém escolha o caminho da criminalidade, porque então, vemos crescer cada vez mais, o número de jovens da classe média praticando os mesmos crimes? Na minha opinião, tem algo tão importante quanto tudo que tu comentaste, e que não se aprende nas escolas públicas e nem nas particulares, e que tem sofrido muitas alterações, que seriam os VALORES.
Vou te dar alguns exemplos: Já ouvi uma filha dizendo que a sua mãe lhe falou que ela ganha em uma semana de prostituição, o que levaria uns 3 meses para ganhar trabalhando em uma fábrica, por exemplo, e sem precisar pegar ônibus lotado e nem acordar cedo. Existem, também, muitos pais que dizem aos seus filhos que na criminalidade ganham dinheiro mais rápido, mais fácil e numa quantidade bem maior, do que trabalhando como motorista, vendedor, etc. Muitos outros valores tem sido alterados, a maioria dos jovens passaram a achar que só vão encontrar a felicidade se tiverem um carro, roupas e calçados de marca, festas com muita bebida ou drogas, e assim por diante. Os pais estão cada vez mais distantes dos filhos (não me refiro a distância geográfica), e isso não está acontecendo só com os pais que ganham pouco. Quantas famílias vc conhece que costumam, pelo menos nos finais de semana fazerem algo juntos, nem que seja uma "pelada", no campinho da rua?
A visão de ser "esperto", passou a ser para as crianças, aqueles que não vão a escola, ou que vão só para fazer bagunça ou aprontar com alguém. Para os adultos, esperto é aquele que se dá bem, seja enganando, trapaceando, e não aquele que busca um crescimento profissional através dos anos.
Mas e daí, o que fazer? Bem, eu penso que será necessário muitos anos para conseguirmos resgatar valores perdidos ou alterados, mas devemos começar pela nossa casa, com nossos familiares, vizinhos, amigos...
Sobre a liberação do aborto, dificilmente esse tipo de lei seria aprovada, porque envolve questões religiosas. Mas sou totalmente a favor da criação de algum tipo de controle da natalidade. Eu tenho até receio de que essas "bolsas" que foram criadas pelo governo, que cada família recebe de acordo com o número de filhos, possa ter gerado na classe mais "ignorante", a motivação de fazerem mais filhos para poderem receber mais ajuda. Será que se o governo estipulasse que as famílias que passassem a ter mais do que dois filhos, perderiam o direito a essas bolsas, eles não "aprenderiam" rapidinho como se faz para evitar uma gravidez?
Olha, tudo isso é muito complicado e como vc disse, não somos donos de verdade nenhuma, deixei aqui, apenas a minha opinião, e confesso que não sei se sou a pessoa mais indicada a falar sobre tudo isso porque moro em Santa Catarina desde que nasci e conforme tu mesmo comentaste, a realidade dos estados é diferente.

Luz, proteção e força para todos...
Beijos Tico...

9:04 AM  
Blogger Priscila said...

Tico,
Queria me desculpar pelo valor que passei, o custo direto do menor é R$1.700,00 porem o custo indireto pode chegar a 4 mil reais, essa informação ouvi na CBN. Esses custos indiretos são vários, a minha opinião é que provavelmente seja dinheiro com despesas não previstas por rebeliões. Que como consequência deve gerar pedidos de demissões, gastos com infra estrutura entre outros.Na minha opinião esse custo "indireto" também não necessariamente seria relacionado ao menor de fato, já que essas ações que eles têm na maioria das vezes são consequencia do meio em que estão inseridos, onde suas mentes tem tempo de sobra para o mal. Não estou justificando o mal com o mal, pois pessoas como nós não vivemos no "olho por olho, dnete por dente" mas infelizmente a lavagem feita na cabeça desses menores e tbm por alimentarem o mal a que estão submetidos, essa acaba sendo a única alternativa deles.

Quanto a impunidade, creio que pode ser uma das respostas SIM , mas não a única,ela é a resposta para pessoas de fácil manipulação, sem carater, não era o caso dele.
Algo muito maior dentro do meio político deve ser também responsável por isso, sei que há muita pressão, mas até que ponto chega essa pressão para a pessoa ter q mudar TODOS os seus valores, aquilo que ela realmente acredita ??? por isso eu até falei "mundo paralelo"...sei, realmente parece que eu não quero acreditar que uma pessoa tão proxima e querida tenha mudado assim, e talvez por isso estou buscando subterfúgios para uma explicação mais plausível, mas é que realmente é MUITO DIFICIL acreditar que alguem possa ter mudado assim sem que algo MUITO MAIOR tenha acontecido.

11:52 AM  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

OLá Tico!

Li,e cada palavra que eu lia, me lembrava de cada criança, de cada adulto que se encontra por aí perdido. E muitas vezes abandonadas por suas respectivas famílias. E isso é a nossa sociedade(nós). Queria poder agir de forma realmente democrática e entrar dentro de cada decisão decidida por seus idealizadores e assim ver de perto se é cabível para o povo essa lei,ou qualquer outra coisa, que iria interferir com a gente, e mandar para todos os meios de comunicação e assim decidindo pelo futuro proposto; nós mesmos(o povo). Mas o que fazer? sozinho eu não tenho respostas. Vejo e às vezes vivo situações que não gostaria de viver e por conseqüência de nossos governantes vivemos,como por exemplo: crianças pedindo esmolas, vendendo dentro de ônibus balas pra ajudar e também adultos analfabetos, doentes e sem nenhuma oportunidade de emprego pedindo socorro(muitas vezes choram).
Isso é lastimoso.

Vamos lá e estou aí pra coperar.
Nós somos o POVO, nós somos a LEI.

Fica com Deus.

Marcos Ster.

5:10 PM  
Blogger Jackie said...

Olá mocinho

Estou definitivamente convencida de que a humanidade caminha para um abismo.
Um enorme buraco aberto em meio a multidão, onde todos vão voluntariamente!
Estou entre fúrias e causticidades e, entretanto, há tão pouco que importe, menos ainda que faça diferença.
O que significa exatamente a Barbárie do João Hélio? Da menina de 01 ano e 04 meses que foi encontrada agonizando na pia batismal de uma Igreja depois de ter sido estuprada?
É definitivamente vamos caminhando para um enorme sem fim de barbaries...
E isso é cada dia mais comum…
Não sei mais se acredito em paz e nem mesmo em justiça, realmente não sei o que esperar, pois daqui a três anos, quando a minha filha tiver oito anos o menor hj com 16, estará nas ruas novamente e desta vez muito mais preparado para cometer SEM ERROS, novos assaltos e assassinatos...
O fato é que os valores estão invertidos!!!
E aonde FALTA EDUCAÇÃO SOBRA VIOLÊNCIA!!!
Falta tudo pra quem mais precisa!!!
Falta respeito, dignidade, falta comprometimento dos governantes, falta união e consideração e falta principalmente a sociedade tomar consciência!!!
NÃO SE MUDA UM PAÍS NUM DIA, NEM EM 4 ANOS, mas a persistência de quem realmente quer mudar faz a diferença...
E a violência não está só nas ruas ,está em casa, nos corredores dos condominios de luxo, nas peladas de domingo, no porteiro que é branco e loiro e te xinga pq vc é preto, nas lixeiras e nos lixões, está na cabeça de cada um que deixa que cada dia um joão, uma maria, um rodrigo, um felipe, uma Gabriela virem estatistica.
Estou aqui como mãe e como cidadã pra fazer um desabafo...
Estou cansada do patriotismo acéfalo e sazonal, que agora vem de dois em dois anos com olimpíadas e esse ano tem Pan!!
Enquanto isso no congresso senhores ilustres votam a favor do aumento dos próprios salários, bem estar pessoal e não social!!!
Será que alguém consegue dormir pensando que quem poderia ter morrido arrastado era seu filho, filha, sobrinho ou alguém querido?
Será que ainda alguém fica passivo ao saber que mais gente morreu pq estava num carro e na hora do nervoso n consegiu sair?
Será que o metrô não assuata mais quando se lembra que teve gente que foi assassinada lá?
Está na sua sombra, na sua esquina, na janela do seu quarto!
A violência não respeita mais nada e nem ninguém!!!
A presidenta do STF diz que a hora é IMPRÓPRIA para pedir a maioridade penal, que não é dando autonomia aos Estados que conseguiremos diminuir a violência, que estamos TODOS consternados e que de nada vai adiantar bradar agora, gostaria muito de saber da sra. Ellen Gracie quando será a hora?!?! Concordo que movidos a emoção não conseguiremos nada, mas que esses atos de violência sirvam para que alguma coisa mude, que não seja preciso acontecer mais outros (que de fato acontecem a cada meia hora!) para que se começe a pensar no que precisa ser feito!
Vendo o noticiário dia desses, tive a tamanha noçao do descaso das autoridades governamentais do nosso país...
O abaixo assinado feitos pelos pais da Gabriela (Cleyde e Carlos Santiago) que reuniu MAIS de 1 milhão de assinaturas NÃO PODERÁ SER VOTADO!!!
Pelo SIMPLES fato de que as assinaturas NÃO TEM O NUMERO DO TITULO DE ELEITOR!!!
Caralho!!!!!
o João vai virar estatistica, assim como a Gabriela, a Liana e o Felipe (mortos brutalmente por um MENOR o Champinha, lembram?), o André Francavila Luz (sequestrado e assassinado) ,Rodrigo Silva Netto, morto numa tentativa de assalto na av. Marechal Rondon, Marcos José Aloise (assassinado num assalto sem nem poder se render!) e tantos outros, que morrem TODO SANTO DIA no nosso País...
Estou farta de acordar e ter como manchete mortes e mais mortes!!
Violência existe, sempre existiu, mas não é por isso que temos que tapar os olhos!!!
Ainda existe aquele pensamento de "comigo não acontece".
Acontece sim caralho!!
Qualquer um pode estar em casa vendo tv, morando a milhares de quilômetros de uma comunidade e de repente aquele playboyzinho babaca, resolve tomar uma dose extra de uisque depois de ter fumado crack e resolver apontar sua linda e prateada pistola automática pra cima e eis que a bala atinge a sua cabeça, justamente quando vc está assistindo ao seu programa favorito!
Aquele menino da cumunidade lá dos confins do mundo que ninguém nunca ouviu falar pode fazer a mesma coisa…
Como dizer a um adolscente que ele seja um cidadão honesto e trabalhador,se não há dinheiro nem pra se comprar comida?!
Como entender e aceitar que um menor de idade que cometeu um (ou vários) crimes bárbaros e vai passar SÓ 03 anos num internato, falido onde tudo o que se aprende é fazer rebelião, como matar mais cruelmente, como ser o CHEFE do morro, como não cometer mais erros?
A violência não escolhe cor, idade, cor da pele, razão social…
A VIOLÊNCIA NÃO ESCOLHE,ELA MATA!!!
E aí os familiares da atual manchete do Jornal nacional, se juntarão a tantos outros que serão eternamente deficientes, pois lhes faltará um pedaço, lhes faltará um sorriso!
Será que serei capaz de passar os reais valores pra minha filha?
Será realmente que SÓ preto é ladrão?
O congresso está lotados de brancos engravatados e quase todos (ou todos) LADRÕES!!!!
Será mesmo que a prisão é o lugar pra esse pessoal?
Será que vale mesmo a pena de morte?
Não sei qual será a solução, só sei que não adianta pedir paz, enquanto não dermos condições JUSTAS E DE IGUALDADE para TODOS OS CIDADÃOS!!!
Pretos, brancos, ricos, pobres tanto faz, a PAZ só será conquistada (pq ela é uma conquista), quando conseguirmos conquistar os direitos de ir e vir de todos os cidadãos…
E enquanto eu não virar estatistica, vou fazer valer a minhas maiores armas Meus direitos e minha voz!!!

Se tentarmos mudar algo agora, quem sabe nossos netos não vivam num país melhor?!
Te encontro na Quarta!!!
Beijos

3:43 AM  
Blogger *cL@üD!NhA* said...

Saudações!!

A barbaridade já ressaltou tudo o que precisava pra nos assustar diante essa sociedade afetada pela ignorância e falta de informação. Mas quanto a informação bate a porta, assusta, e causa um espanto ainda maior que a própria paralisia que a gente vive. Porém, é óbvio que parar não vai adiantar nada.
Todos os dados ressaltados por você foram suficientemente claros pra qualquer cidadão sensato observar que nada anda bem e muito menos caminhando pra uma melhora. Mas ainda tem muita gente que só se lamenta. E já não dá mais, a própria lamentação tá se tornando veneno.
Sendo mais específica, também assumo a vossa posição em relação à negação da menor idade penal.
Bem, nossos presos são um sério problema pelos seus “índices de natalidade" serem cada vez maiores, e as sugestões do que fazer também, e os recursos e a preocupação com este governamentalmente falando, é cada vez menor...
Mas, ainda há a possibilidade de os presos estarem trabalhando, em trabalhos comunitários; Ou até mesmo poderiam estar nas próprias penitenciárias, para garantir as necessidades da penitenciária no cultivo de seus alimentos, e para um possível acordo estarem recebendo para isso, e aos poucos estarem “reconstituindo” suas vidas (sem contar que sobraria muito mais dinheiro no cofre público, sendo assim, poderia haver uma distribuição muito maior de verbas para várias outras áreas...);
Também as atividades “reconstituintes” do ser-humano, que só ocorrem nos países desenvolvidos, que é o carcerário em sua cela individual, com acesso à computadores, televisão e vários e vários outros meios que lhe trazem atividades reformulativas e estimulantes para uma nova vida.
É complicado analisarmos o ponto de vista de quem sofre, de quem comete e de quem julga um delito,pois quem comete, talvez se arrependa; quem sofre, talvez perdoe; e quem julga? Quem julga deve fazer justiça, mas nesse caso, o que é JUSTIÇA?
Se tratando de nosso país, o código penal brasileiro não impõe o rigor necessário para penalizar determinados delitos. O confinamento no sistema carcerário traz uma contensão de gastos enormes, das quais hoje, mediante o crescimento do índice e da ação criminal, os malfeitores ao que parece,estão sendo penalizados não mais com o confinamento, mas sim com as condições sub-humanas que a superlotação dessas casas de detenção atualmente agregam.
Além da manutenção e da renovação da estrutura física deste sistema, há também um comprometimento social para com a sociedade em relação a segurança, a regeneração e a “complexa” justiça que ali deve ser exercida. Todas as aplicações financeiras sobre esta são grande parte “responsabilidade populacional” (através dos impostos pagos, que nas mãos governamentais transformam-se – ou deveriam transformar-se – em sua maioria verbas; das quais são enviadas para estes também) da qual paga a causa e o efeito da ação criminal.
Sofre diretamente a causa na propagação e na atuação dos “crimes cotidianos”; sofre seus efeitos na falta de uma punição mais séria a diferentes crimes, dos quais sendo hediondos, bárbaros, ou apenas pequenos furtos, têm a mesma pena. E ainda assim variam de acordo com financiamentos de liberdade provisória e adiamentos de julgamentos, que no fim trazem somente a liberdade a quem a pode pagar, e aos que não podem, resta-lhes a “justiça”.
Há ainda controvérsias religiosas a respeito deste, com favorecimentos e contradições a este regime; sendo alguns deles os responsáveis pela consolidação da pena de morte como punição em vários países. Também podemos levar em consideração a rigorosidade judicial como fator contribuinte para a diminuição ou aumento de índices criminais perante essa situação. E ainda há os “Direitos Humanos” que garantem a segurança e a proteção “humanizadora” aos carcerários, mas não oferece direito algum aos afetados diretos com a conseqüência dos crimes (as vezes irreparáveis) deste mesmo.
O fato é que o Brasil não obtém mais condições de manter nosso atual código penal,pois pelo aumento criminal e “empilhamento humano”, a “auto-chacina” ( que ataca os mesmos e os próximos), e a proteção que tais possuem, constatamos que há mais direitos q eu obrigações (ou melhor, não há obrigações), que além de se rebelarem pelas condições que têm que se submeter (e ao mesmo tempo escolheram), são sustentados pela infração que fizeram, e ainda assim, cada dia mais são abonados por mais direitos, mais “liberdade “ ( visitas, comunicação, conforto,etc. A prova de tudo isso é a (um dos) exemplo da movimentação do comando PCC em SP.) , tendo seu sustento garantido sem o mínimo esforço – algo que muitos trabalhadores (alguns até “escravos-assalariados”) não possuem.
E os inocentes? Os que não forem assassinados, logo serão subornados, ou então subordinados aos poderosos, e talvez convertidos a serem aos próximos...
Assim percebemos que neste momento, as leis constitucionais e penais de nosso país não contribuem para uma possível e necessária reforma, que exige um novo sistema político e consciência social para o estabelecimento desse novo regime, algo que por educação e segurança (outros grandes problemas nacionais) teríamos de uma forma justa e segura.
[ ou não, por que nesse país se duvida de tudo, e de nada...]
E por fim, arrependimento e perdão não trazem ressureição e muito menos medidas que façam com que possamos colocar todos os dias nossas cabeças em paz em nossos travesseiros, e ainda fazer com que acreditemos nessa incógnita, quase utópica, tal de justiça.
E mesmo assim, em contra-partida, barbaridade não se cura com barbaridade, e a sua ação gera uma resposta muitas vezes recíproca, ou não... E a educação pelo medo deforma a alma... (Se bem que mais deformada que isso tá difícil de ver) E há métodos que resolveriam tal, se não dependêssemos tanto de nosso vão orgulho e estúpida preguiça, que lamenta e sofre todo dia tal, mas não se cansa... Afinal, é um ciclo; morreu um aqui, nasce outro lá...
Esse conformismo já encheu a paciência, e as casas de detenção.
Além de suas soluções, eu iria propôr o já citado por mim trabalho nas penitenciárias; traria uma nova perspectiva e condição pra esse indivíduo se estabelecer depois no início de uma nova vida, além de poder estar ofereçendo ajuda as vítimas(ou às famílias) que prejudicou; não daria tempo pra propagação indevida do crime dentro da penitência; não os deixaria no ócio; e ainda assim, traria uma reconstituição para sua vidas "pós-presídio". Se é isso o que realmente o sistema prega em reconstituição, que isso ocorra.
Por que pra mim 100 e tantos mil reais em gasto aéreo para Fernandinho Beira-Mar não é reconstituição nenhuma.
Ou seja, sem dúvida alguma a solução precisa ser urgente, URGENTÍSSIMA por sinal. Iniciamos bem, agora espero que o meio seja menos degradante que o fim que arecemos assistir.
Espero tê-lo ajudado, e conte sempre que precisar.

Força sempre.

Cordiais e perseverantes cumprimentos... t+.

5:44 AM  
Blogger *cL@üD!NhA* said...

Ah...
Tem uma frase de Pitágoras que diz tudo:

"EDUQUEM-SE OS MENINOS, E NÃO SERÁ PRECISO CASTIGAR OS HOMENS."

8:02 AM  
Blogger rose=maluquynha said...

depois de ler tudo
o q veio primeiro na minha mente foi...
q ñ é TODOS os presidios q são assim...a maioria ...logico... mas todos não
pois meu primo estava preso e lah ele acordava cedinho e fazia varias coisas...como
tocas de croche(acredite ele fez e deu pra minha irmazinha de 1 ano...coisa mais fofa)
cadeirinhas(dava pra minhas primas)
bonequinhas(me deu de lembrança)
toalhas de mesa(dava pra mãe dele e etc)
e mais um monte de coisas interessantes q poderia ter até nas escolas na q ajudaria muito pq todo mundo gosta de fazer 1 arte q seja
ele aprendeu lah muitas coisas
boas e ñ tão boas assim como vc disse
de lah da prisao ele ligava pra ká varias vezes!!!
então lah dentro rola celulares sim
de boa
ele saiu da cadeia acho q ano retrasado...e tenho certeza q ele continua no mundo da criminalidade
aqui fora
essas estatisticas estão certas mesmo
ele já tinha sido preso quando menor...
ele ñ terminou o colegial
ele é negro
pelo q eu vejo ñ é muito religioso ñ...(mas a mãe dele é)
é pobre mas sempre teve o q comer pq minha tia doente sempre lutou e ainda luta pra isso
ñ trabalhava fixo
cresceu vendo seu pai bebado tentando bater na minha tia...só ñ batia pq ele e seus irmãos vinham correndo chamar meu pai
seu irmão menor pelo q eu vejo quer seguir os mesmos passos de seu irmão
pra ele ser bandido é ser o TODÃO
vejo casos q se os pais tivessem tido mais rigidez desde pequeno sem perder a liberdade ...acho q a coisa mudaria de rumo
na escola tambem ...pq na minha escola ano passado os meninos se drogavam na sala e era normal
tipo assim
em casa faz o q quer e ninguem faz nada
na escola faz o q quiser q ninguem faz nada
chega na rua ele pensa q pode fazer tudo o q ele quiser q ninguem fará nada mesmo
da parte do abordo tambem sou a favor sim...muitos já me chamaram e ainda me chamam de fria
mas eu penso assim...pelo menos por enquanto... até alguem me convencer do contrario
e tambem ñ entendo quando a pessoa ñ tem dinheiro nem pra comer e tem + de 5 filhos
pra vc ter filho tem q ter um nivel psicologico e financeiro bom

pude perceber q normalmente nessas questões a nós sempre achamos q o senado tah fazendo uma boa ...igual a das armas e outros...ai vc pesquisa um pouco e logo percebe q é só chaveco

to doidinha pra ver esse debate!!!!
oportunidade pra se falar o q realmente se pensa é sempre bem vinda

bjus querido!!!!!!

Tudo de bom sempre pra ti

fuiiiiiiiiiiii

8:32 AM  
Blogger Pedritha said...

“Quem sabe faz a hora não espera acontecer...” já dizia Geraldo Vandré

Parabéns, mais uma vez, Tico, por sua iniciativa de conscientização e pela excelente utilização dos canais de comunicação. Isso aqui não é puxação de saco não! Da mesma forma que meto a boca nos absurdos que acontecem também acho importante ressaltar uma atitude positiva.
Ela precisa ser lembrada!

Concordo contigo quando diz que “não podemos esperar NADA de uma sociedade que reelege tanta gente envolvida em Corrupção, fraude, abuso de poder econômico...”
Assim como “Os Deputados não estão interessados em fazer absolutamente NADA, por nossa cidade “ e INFELIZMENTE isso já virou uma coisa natural e corriqueira.
Não sou CONFORMADA com isso. Nunca pensei que as eleições fossem ter o resultado que tiveram! Fiquei MUITO decepcionada... não só com a cara de pau desses políticos desavergonhados de se candidatarem e se reelegerem como também do povo que há anos sofre as PIORES conseqüências nas áreas da saúde, da educação, da segurança , profissionais ... mas mesmo assim tem a coragem de votar nessa corja que se enriquece às custas da população e ainda ri da cara de quem os elegeu. Aqui se encaixa bem aquele ditado: Burro não é quem não sabe mas sim aquele que NÃO quer aprender! BURRO SIM (!!!) , ACOMODADO (!!!) é aquele que VOTA sem conhecer o candidato e sua proposta.
Acomodado!!! Essa é palavra que melhor descreve o povo brasileiro. Precisamos acordar, acabar com essa LEI DE GERSON, ir para as ruas, reclamar por todo lado, cobrar o que nos foi prometido, FISCALIZAR!!! Buscar soluções, FAZER!!!
Acho que precisamos agir de duas formas: como FISCAL do ESTADO CORRUPTO E FALIDO para que as coisas não degringolem ainda mais ( se isso ainda for possível); e a outra como CIDADÃO, exercendo os nossos direitos mas também buscando soluções fora do ESTADO, nos unindo em grupos conforme o tempo e a disposição de cada um. E realizar o que for possível dentro da realidade de cada um. Não vou DESISTIR!

Como já mencionei em outros posts, eu QUERO uma vida melhor para TODOS nós. Vou desabafar toda vez que me sentir impotente mas não vou desistir de lutar, de fazer algo pelo Brasil, pela educação, pelo AMOR, por tudo o que acredito.

Vai demorar mas tenho FÉ que as coisas podem mudar para melhor. Vai custar bastante... talvez a gente não consiga viver o resultado desse esforço, mas quem sabe nossos filhos, netos ou bisnetos possam usufruir de uma condição futura melhor.

Sou contra a redução da maior idade penal de 18 para 16 anos e concordo com grande parte dos seus argumentos mas tenho algumas ressalvas com relação a:

- Oportunidade
Para mim, NADA JUSTIFICA O CRIME. Acho que o crime é uma ESCOLHA, ação praticada independente de ter ou não OPORTUNIDADE na vida. Pois se fosse assim, como se justificaria essa multidão corrupta dentro do poder público? Não dá para dizer que essa corja não teve oportunidade na vida, né?
No entanto, concordo contigo no quesito de dar MAIS OPORTUNIDADES às pessoas carentes, para que elas num momento de desespero não precisem OPTAR por um caminho com conseqüências tão danosas a si e a toda sociedade.

ADOREI ESSA PROPOSTA:” Precisamos de uma lei que transforme em crime hediondo o desvio de verbas públicas da saúde e da educação. "Isso condena dezenas de milhares à morte, direta e indiretamente.”
Vamos fazer um baixo assinado pedindo a incluisão desse texto como um novo artigo do Código Penal ou quem sabe uma lei bem detalhada sobre esse assunto!!! Ou quem sabe até na Constituição Federal!
- Aborto
Com relação às soluções propostas para ajudar a reduzir a criminalidade a curto e a longo prazo, discordo sobre a liberação do aborto. Pois nesse submundo em que vivemos, onde a saúde é PRECARIA e a PREVENCÃO é uma palavra pouquíssimo exercida, temo que essa tal liberação leve o aborto a uma condição de CONTRACEPTIVO. Isso, na minha opinião além de perigoso é inaceitável pois:
a) O aborto é uma agressão (física e psicológica) muito grande tanto para o ser que esta se desenvolvendo como para a mulher que o está gerando.
- Com o sistema de saúde precário e falido, me dá arrepios pensar nos inúmeros casos de infecção hospitalar e outras complicações que poderiam ocorrer para piorar a situação.
b) Com a falta de grana somada à falta de informação e à acomodação, não duvido que muita gente ia fazer amor e ficar esperando para ver se engravidou para depois ir fazer o aborto... ou será que iam gastar o salário suado e miserável para obter algum tipo de contraceptivo?
Minha vontade era a de ficar aqui escrevendo um monte de coisas mas esta bem tarde. depois entro aqui para ler, escrever e pensar ainda mais sobre esses assuntos.
Abs!

10:36 PM  
Blogger Rafael said...

Aí Tico, acho que tu vai se amarrar nessa letra, se quiser, dá uma passadinha lá no Julgoleve.blogspot, Julgo Leve é a banda, só tem eu por enquanto...
Se tu quiser...

Oração + Holograma Indiferente

Meu Pai
Protege estas crianças
Meu Pai
Distrai
O mal desta pujança
Aliás
Quem vai
Dançar conforme a dança
Quem vai
Ou vai
Fazer destas antenas de luz

Larga logo esse livro moleque
Ta lendo isso aí pra quê
Larga logo a bananada moleque
Ta vendendo isso aí pra quê
O que cê quer é ter dinheiro
Tudo aquilo que não tem
Porquê não falou antes moleque
Vem pra cá que a gente tem
Têm pistola carregada tem
Têm fuzil e tem granada tem
Tem dinheiro
Tem mulher
Até uma família a gente arranja pra você
Mas sai desse sinal moleque
Para de palhaçada
Para de jogar bolinha pro alto para
Para de palhaçada
Para que ninguém quer te ver
Para que ninguém quer te ver
Para que ninguém quer te ver
Para que ninguém quer te ver
Holograma Indiferente
Esta é a carta que o Mundo enviou
À sua futura criminalidade
À sua futura criminalidade
À sua futura criminalidade

9:35 AM  
Blogger Marcio said...

Essa é a primeira vez que venho ao seu blog e, sim, cara, exatas palavras.

É realmente lamentável que nossos governantes possam sequer cogitar a possibilidade de tratar os frutos do caminhos errados criados única e exclusivamente pelos donos do poder (ou dos poderes...) como maçãs podres. Diminuir a maioridade penal é punir aquele que, originalmente, foi punido ao ter roubada de si qualquer chance de uma vida decente.

Muito fácil para deputado dono de terras e mais terras no Mato Grosso dizer, com outras palavras, que o menor negro urbano deve ser evitado. Muito fácil para o megaempresário no alto de sua cobertura no Leblon. Muito fácil para quem se sente confortável na sociedade atual. Eles não querem mudanças. Sentados em confortáveis poltronas de couro, eles saboreiam drinks deliciosos.

É o lance das castas... Diferente da Índia, as castas brasileiras inferiores buscam transformações, mesmo que desordenadamente, mesmo que motivadas pelo consumismo. Essa busca pela tranformação é uma ameaça aos "donos" do país, que querem ter a certeza de que seu status de habitante do topo da pirâmide é perpétuo.

No final, para os grandes, nada como queimar as sementes que parecem ser assustadoras, que parecem ser capazes de desfazer uma situação que levou 500 anos para que fosse construída: a de total, completa, absoluta desigualdade social.

Grande abraço,

Marcio Teixeira de Mello
(teixeirademello3@hotmail.com)

7:16 AM  
Blogger tati said...

Faço minhas as suas palavras.Outro dia a Elba Ramalho foi arrasada no programa da Hebe pq emitiu a mesma opinião...Que país livre hein? Liberdade que menospreza a opinião do outro pq não somos a maioria.
Sou Educadora. Não vejo outra saída para nós que não esteja ligada a AÇÔES de EDUCAÇÂO/CIDADANIA/DIGNIDADE.
Gostaria da sua ajuda.Precisamos conscientizar...refletir...
nossos jovens não refletem mais...
Onde estão os fóruns de debate dentro das universidades??? onde estão os estudantes??? a UNE ainda existe??? Os Grêmios???
Sem reflexão não existe mudança.
Uma forte abraço
prof.flavia@terra.com.br

6:02 AM  
Blogger Biazio Guarezi Neto said...

Tico, eu sei que muita coisa está errada não só no Brasil como no mundo, mas a gente tem que pensar no correto sempre, independente do resto. Entendo a realidade de muitas crianças, adolescentes e adultos que vivem na pobreza e acho que a solução não está na idade da pessoa e sim no modo dela ser julgada! Uma pessoa não deve ser julgada pela sua idade porque isso é discriminação. Uma criança, adolescente ou adulto sabe o que faz! O que tem que ser visto no caso de um crime é o contexto em que ele ocorreu. Se uma pessoa sofre pela pressão que a pobreza acarreta não é ela a única culpada a sociedade num contexto geral tem grande parcela da culpa por não fazer nada para que essa situação mude.

Sobre os dados que você colocou no que diz respeito a população carcerária do Brasil eu acredito que seja uma grande PROVA que o modo que uma pessoa é julgada no Brasil está totalmente errado e que a sociedade não ta fazendo nada para que isso mude (que pena), AINDA!!! OBS: acho que a pessoa não precisa de uma formação religiosa na infância, mas sim um IDEAL pra seguir.

Tico eu acredito que não deveria existir diferença na aplicação da lei independente de idade.

TICO!!! Outra coisinha, adorei ver os Detonautas no programa do Jô! Porque vocês não voltam para falar sobre o que está errado no Brasil?

Um abraço Biazio!

12:59 PM  

Postar um comentário

<< Home