segunda-feira, setembro 10, 2007

Ocaso do acaso.

Encontrei um cartão vermelho perdido ou jogado, sei lá, no meio da praia. Ao vento, "ventaniando" sem destino algum. Bateu na ponta do meu dedão. Agachei e peguei para ler do que se tratava.
Tinha um coração mal desenhado na frente, dedicado a alguém.
Abri o envelope e reparei, não continha uma data.

Poderia ter sido escrito, ontem ou há um mês atrás. Talvez nesta mesma tarde.
"
Uma cachoeira de mel escorre do meu coração óh minha querida(...)
Os românticos são tão exagerados.
(...)Quero inundá-la em meu céu de estrelas tomadas pela névoa do amor que distrai os comentas (...)
Os românticos têm uma imaginação cósmica tão fértil.
(...) Navego dias e noites em mares que anseiam por teu lindo reflexo (...)
Geeeeenteeeeeeeeeeeeee.
(...) Sua boca é meu sonho predileto (...)
Podia ter evitado isso.
(...) Teu corpo fora arquitetado de tal forma que Oscar Niemeyer teria inveja de quem a esculpiu (...)
Ih, quis tirar de intelectual agora.
(...) Seria previsível falar o quanto me excita pensar em seu cheiro (...)
Hummm... acho que poderia ter pensado melhor.
(...) Desde a primeira vez em que te olhei, senti o pulsar de um coração que antes só havia visto em desenhos animados (...)
Estou começando a entender este bilhete em meus pés, quer dizer em minhas mãos.
(...) Quero olhá-la nos olhos e apreciar sua alma, decifrar seu DNA, desordenar o caos (...)
Que profundo isso, meio evolucionista.
(...)Mas por que logo você, a Deusa mais bela do Olimpo, daria atenção a um simples mortal como eu?(...)
É realmente, meio mitológico.
(...)Por não ter coragem de lhe dizer todos os meus pensamentos é que lhe escrevo este simples cartão(...)
Também não sei se teria coragem de dizer estas coisas para alguém.
(...)Por não ter coragem de entregá-la é que entrego ao vento, ao destino, ao acaso"(...)
Mas como assim, meu amigo, já foi tão longe e agora vai desistir ?
(...)Nunca saberás o que sinto por ti, minha doce amada(...)
Só depende de ti, não percebes?
Eu é que não vou poder dizer isso a sua amada.
(...)Chego a conclusão de que não vale a pena estar nesse mundo sem compartilhar de sua presença(...)
Não, por favor, diz que você não fez isso.
(...) O mundo não precisa de mim e eu não preciso de um lugar sem sentido e sem razão(...)
Calma companheiro, existem outras mulheres interessantes.
(...)Óh minha princesa, minha cura, minha caprichosa alegoria, dos cabelos de verão (...)
Mas que pessoa estranha, quantas influências misturadas num só texto.
(...)Não sou rico e nem deixarei herança alguma, pois também não tenho ninguém para acalentar este sofrimento(...)
Que tristeza!!!!
(...)Não sei porque ainda insisto em escrever em linhas tortas, palavras que nunca chegarão a sua límpida consciência(...)
Bom, você está desabafando um sentimento, isso é bom, não importa como esta sendo feito.
(...)Já pensei em resumir minha vida a plantar árvores(...)
Que sensível.
Iria fazer um ótimo serviço a humanidade.
(...) Já desejei limpar cada espaço de chão que estes homens imundos emporcalham com suas indiferenças (...)
É uma nobre alma este rapaz, apesar do gosto duvidoso.
(...) Já pensei em me vestir com um colete de dinamites, entrar no congresso nacional e me explodir lá dentro (...)
Até que não seria uma má idéia hein companheiro ?
To brincââââânnnnndo.
(...) Mas concluo que nada disso faria com que você soubesse que tenho guardado todo meu amor para lhe entregar(...)
De fato explodir o Congresso não faria com que ela soubesse desse imenso amor, a menos que você mandasse uma carta para a imprensa, dizendo que está se tornando o primeiro homem bomba do país por conta de um caso mal resolvido. Seria uma linda e trágica história. Dessas que Vendem muitos jornais e com certeza ela ficaria honrada com tamanha coragem.

E o país iria aplaudi-lo torná-lo um símbolo patriótico, tamanha a raiva que o povo anda cultivando.
To brincâââââândo hein companheiro.

Foi uma idéia estúpida de minha parte.
Não me leve a sério. ( Meu Deus, estou ficando louco, estou conversando com uma carta de uma pessoa que nem sei quem é.
Alguém me interne por favor!!!!)
(...)Sendo assim, vou retornar ao núcleo de minha insignificância e platonicamente lhe amarei por toda a vida sem que jamais saiba quem sou e o que sinto por ti (...)
Ah o amor, o amor é tão p
oético, filosófico, terrorista, romântico, brega, genial.
Este rapaz conseguiu com seu cartão passear por diversas características da natureza humana. Faria sucesso se escrevesse um livro. Preciso conhece-lo.
(...) Adeus papel, Adeus palavras,Adeus mundo cruel (...)

Mundo cruel é bem clichê, poderia ter terminado de forma mais criativa.
Não assinou.

O que será que aconteceu com ele ?

Devolvi o cartão ao solo, ao vento, pois outras pessoas precisam ter acesso a tamanha sensibilidade, inteligência, coerência ...ência...ência e ência...
Esse não merece ir para o lixo.

Outro deve encontrá-lo e saberá o que fazer.


Sei lá.

Escuto um ativista gritando: Poooooorrrrrrcoooooooooooo!!!!!!!!!!

... Ninguém entende o amor....


Tico Sta Cruz


34 Comments:

Blogger Renato Junqueira said...

Hahahahahahahahhahahahahahhahahahahahahahahahha...rindo eternamente!!! Putz Tico, muito bom, texto muito divertido...me identifiquei extremamente com as críticas, adoro fazer isso quando leio algo do tipo, critico frase por frase, até o fim ahhahahahah...o final do ativista insensível foi o melhor! Até a próxima hahhahahahhahha, abraço!
Renato,RJ.

7:04 PM  
Blogger Carla Aguiar said...

"Românticos são poucos
Românticos são loucos desvairados
Que querem ser o outro
Que pensam que o outro é o paraíso [...]"
(Românticos - Vander Lee)

Não sei quem é mais estranho: o apaixonado com suas frases de efeito ou você, que conversa com uma carta...*rs
Acho que ele deveria ter assinado. Quem sabe essa carta não chegaria às mãos de uma mulher que estivesse precisando ouvir tais coisas? Os dois se encontrariam, ele esqueceria esse amor platônico e passaria a viver um amor real.
e os dois viveria felizes para sempre...

Pronto, voltei à realidade! *rs
Boa semana, querido! ;)
Beijo grandão!

7:10 PM  
Blogger Suelen DRC said...

Realmente românticos são tão exagerados... adorei o texto,divertidíssimo, me esbaldei de tanto rir com os comentários da carta!!
Mto bom mesmo!!!
Ás vezes tb me pego retrucando textos alheios!!

PS:Cuidado com esse ativista, hein, rsrs!!
*_*
Bjão querido, te amo!!

7:31 PM  
Blogger **Renata Ferri** said...

OI Tico,
"ninguem entende o amor"...
isso é meio desesperador...
pelo menos na minha opiniao...
tento de todas as maneiras demonstrar esse estranho sentimento, mas parece que todos os esforços são em vão.
"Sinceros são os dias em que vivemos em busca de um amor....estranho amor"
Bêjo0s,
Rê!
Te amo MEU SANTO FORTE!
www.ticodrc.blogspot.com

7:32 PM  
Blogger edilzasantiago said...

Como eu sou uma menina muito boazinha, vou atender seu pedido(...Alguém me interne por favor!!!!): já tenho uma camisa de força aqui pra vc, tá? rs

Boa semana!

Beijo nessa boca LINDA, meu Rei!
Santiago
www.winsantiago.nafoto.net

7:56 PM  
Blogger Patrícia said...

Amo vc...
Até sonho contigo...
Confesso que após o último texto picante tive um sonho 'daqueles'; tudo que queria era não mais acordar...
Essa vida e aquele sonho tão maravilhosamente delicioso, ai ai...
Um dia ainda decoro as palavras deste cartão e te digo...
Ou mais covarde, ao menos escrevo tal bilhete e lanço ao palco... (mas por favor, pegue-o e guarde pra si pq é sincero)

SERÁ VC MINHA ALMA GÊMEA??
Ó DÚVIDA CRUEL...
CALMA, CALMA, NÃO ME MATAREI POR ISSO =)
PREFIRO ESPERAR E QUEM SABE UM DIA DESCOBRIR ;)

Beijos menino de alma pura e coração límpido^^

LOVE
TRINITY

8:20 PM  
Blogger Junior São gonçalo said...

Permita-me, meu amigo...

O meu amor é axé!
E assim, é canibal
O meu amor é popular brasileiro!
E por isso, eu te devoro
O meu amor é carnaval!
E meu coração explode na maior felicidade
O meu amor é rock!
E você me faz tão bem
O meu amor é romântico!
E como é grande o meu amor por você
O meu amor é engraçado!
Às vezes, hilário!
E eu "como" uma onda no mar
Ah, o meu amor...!
Tão cantado e tão falado...
Nunca explicado
Apenas deixo me consumir
E sou consumido, por profunda
Por profunda paixão que tenho...
Paixão por viver
Viver pensando em você
Ah... deixo sentir
Mesmo que sentido... às vezes me pego sorrindo ...
Quando lembro de você
Sinto em você...
Ah, o meu amor...!

LINDO TEXTO, Tico!!!!!!!!!!!!!!
Simples, verdadeiro...
Como sempre, o maior dos sentimentos...resistível a tudo, implacável...

chamado...AMOR!

E devemos nos amar...
Sempre...

"SÓ PELO BEM QUERER"

Muito Amor em nossos corações!

Valeu!
Forte abraço,

JUNIOR

8:37 PM  
Blogger Danielle said...

ACHO QUE QUEM ESCREVEU ESSE CARTÃO FOI O LULU SANTOS...
:)
" Talvez eu seja
O último romântico
Dos litorais
Desse Oceano Atlântico..."

BEIJOS...
DANNY

8:38 PM  
Blogger Cristal said...

Sei lá...
Não me fez bem te ver escrevendo assim.
Cada texto que tu escreves desperta em mim algum tipo de sentimento ou sensação.
Esse despertou decepção.

Então...
Bom retorno...

9:16 PM  
Blogger Fabiana said...

Mas o amor não é pra entender, é pra sentir e irradiar.

10:19 PM  
Blogger Borboleta Bia said...

Eu juro pelas estrelas que vi ontem à noite e pelo mar que beijava a areia que sei quem escreveu este bilhete *risos*.

Quem disse que o amor não pode ser divertido????????? *risos*.

Abraços,
Gabi

4:44 AM  
Blogger Vânia said...

Talvez ele seja um poeta desconhecido que goste de vivênciar amores platônicos...cada louco com sua locura!!!
Mas...é fato que todo mundo já deva ter vivido um amor assim, seja um amor de infância, um amor adolescente...seja lá em qual idade for, e concerteza todos já escreveram ou receberam bilhetinhos ou cartinhas dos que tiveram coragem que de fato, ousaram...arriscaram...
Mas entregar a vida em nome do amor...patético...ninguém é tão importante que valha nossa vida...são teorias que ficam no papel...nas palvavras...acredito que se matar por amor a alguém é uma forma de fugir e omitir os verdadeiros pesadelos...quem sabe ele usa o amor para justificar o seu repudio pelo governo do país e o justifica para acabar com toda a palhaçada do congresso...kkkkkkkkkkkkkkkkk
Minha opinião sincera a respeito desse sentimento...(Amor) é que...o amor tem que ser reciproco...se não for reciproco...não é amor...e não adianta chorar...e falar que ama...que tem certeza disso...o amor tem que fazer bem a pessoa...e não mal...o proprio nome já diz...amor...o resto...é paixão...que passa...
É...estou dizendo do amor...ao próximo como sentimento de convivência...querer ter a pessoa em nossos braços...e tal...não digo de amor a humanidade...amor as crianças...amor a jústiça...essas são outras definições de sentimento...mas cada cabeça é uma cabeça cheia de idéias...
E...mudando de assunto...estou terminando de ler assim dizia Zaratrusta...e Nietzche é uma pessoa de grande conhecimento, sabe fazer o homem pensar em suas teorias...o que é um grande passo para o crescimento do próprio...mas...achei um tanto indiferente á mulher...talvez seja uma caracteristica do personagem achar que conheça as mulheres tanto quanto o mundo e se enganar...afinal...ele viveu tantos anos na montanha...que certamente já deverá se esquecer de como é uma mulher...kkkkk

Sem maiores comentários...kkkkk

Mas é isso ai...
Muito sucesso para você ou seja...para o Detonaltas...espero ansiosa a volta de vocês em Maringá ou em Mato Grosso do Sul pois é lá que passo férias e feriados...quando estou de folga da Faculdade...sem mais...

Milhares de beijos...Vânia do Canto

6:07 AM  
Blogger Kari said...

Realmente... é difícil entender o amor em...
Quanto a carta... não sei, mas pareceu que ele estava prestes a cometer suicídio, já que foi tão dramático no final... Mas vai saber, né?

Um pena que a sua amada nunca vai ter a oportunidade de ler essa carta. É tão bom saber que alguém sente algo por nós... E no entanto ele foi embora, sem nem ao menos contar pra ela...

Espero que a carta tenha tomado um rumo, no mínimo, mais interessante do que o lixo...

Beijão
Kari

6:34 AM  
Blogger borbô * said...

gosto de pessoas românticas, mas ele é exageradinho ... será que ele morreu de amor ? má vah, ninguém morre de amor né ? rsrs

do que adianta amar um tanto assim se ela não ficará sabendo ?

rsrs

boas risadas com esse texto.
aliás, vc encontrou ele aonde?
foi na barra ? porque domingo estava lá e o vento trazia um monte de papel no meu pé ... jornal então nem se fala. mas não chegou a parte do horóscopo nunca ... povo segura direitinho o caderno de astrologia...rsrs.

beijos querido

... xiii danny, segundo o lobão - em seu show - o lulu agora é o penúltimo romântico. rsrs.

7:02 AM  
Blogger Naty said...

hahahaha óótimooooo!!!
Muito bom.
Depois vou te escrever um cartãozinho e voce me diz o que achou de cada frase? hahahaha

Bjo grande
Naty

9:50 AM  
Blogger *Carol Carolina* said...

pra que fazer sentido? para que ter um conceito?

para que???

bjo

9:51 AM  
Blogger *Vanessa Lima* said...

É hilário o texto, ainda bem que a sua amada não precisou ler este bilhete, hehehehe.

Tico, o mais engraçado de tudo são as suas interpretações e o diálogo com o fantasma. Kakakaka, pelo menos a um bilhete desconhecido você respondeu, ta melhor do que nossos e-maisl, Rsrsrsrs

Bjoss :****

9:53 AM  
Blogger tati said...

Olá Tico ,

A-d-o-r-e-i o texto ...Humor delicioso !

Ah .. Viva o Amor !
Será que o amor se transformou em clichê ?
Acho que se transformou em bom dia né ?!

Beijos

4:19 PM  
Blogger Tia Etiene said...

"O amor é o fogo que arde sem se ver.
É ferida que dói e não se sente.
É um contentamento descontente.
É dor que desatina sem doer.

Ainda que eu falasse a língua dos homens.
E falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria.

É um não querer mais que bem querer.
É solitário andar por entre a gente.
É um não contentar-se de contente.
É cuidar que se ganha em se perder.

É um estar-se preso por vontade.
É servir a quem vence, o vencedor;
É um ter com quem nos mata a lealdade.
Tão contrário a si é o mesmo amor.

[...]

É só o amor, é só o amor.
Que conhece o que é verdade.

Ainda que eu falasse a língua dos homens.
E falasse a língua do anjos, sem amor eu nada seria."

O amor realmente é o que alivia nossos desconfortos, seja esse amor de que maneira for... Apesar de que eu acho que esse amor não estava confortando muito esse rapazinho não...rs Impossível ver um texto como este sem fazer as devidas análises metafóricas...

Amemos!!!!

Amo você, meu amigo!

beijos
Etiene

4:46 PM  
Blogger Luiz Alves said...

"Garçon. Aqui, nessa mesa de bar,
você ja cansou de escutar centenas de casos de amor" (...)

só que em vez de um garçon
foi uma carta para o vento...

7:51 PM  
Blogger sao29502 said...

Gostei. Foi diferente do que estou acostumada a ler aqui. (Embora curta a maior parte dos textos e assuntos )
Não sei por quê mas ESTE me lembrou Goethe. E por falar no filosofo alemão...quero deixar aqui uma das minhas passagens favoritas:
"Enquanto não há compromisso, Há exitação,
A chance de recuar,
Uma incompetência qualquer.
Todos os atos da iniciativa e criação
Têm uma verdade elementar,
E ignorá-la mata incontáveis idéias
E incontáveis planos:
No momento em que a pessoa realmente assume um compromisso,
A providência também se poe em movimento.
Todos os tipos de coisas acontecem para ajudar a pessoa, coisas que nunca teriam acontecido de outra forma.
Toda uma corrente de eventos resulta da decisao,
Gerando em seu favor todos os tipos de encontros e incidentes imprevistos, e ajuda material,
Que ninguém sonharia que pudesse estar em seu caminho.
Seja o que for que você faça ou sonhe em fazer,
Comece.
A audácia tem força, poder e magia.
Comece agora."

8:19 PM  
Blogger Srta. Carina Soraya said...

hahah


bonitinha a carta ^^

Beijos, Guilherme

8:51 PM  
Blogger M. said...

Que coisa mais brega!
Ainda bem que a Deusa do Olimpo não leu...que merda!Monte de frase de papel de carta...mas já vi coisa pior...bem pior...mas esse amor cafona é engraçado.Sacanagem rir dos sentimentos dos outros...*rs* coitado...cambada de gente cruel...*rs* o mais cruel foi o dono deste blog!hehehehehe

Beijo na nuca,Guilherme.

M.

7:04 AM  
Blogger DÉBORAH LESSA said...

Oi Tico tudo bem? Essa história foi super legal...O cara do bilhete foi muito comédia né? Você escreve muito bem. Vou ler os seus outros post e esperar os próximos.

Fiz também um Blog seria bom se você fosse lá. Vou adicionar o seu como favorito.

http://mundotilt.blogspot.com

Um grande Beijo.

9:22 AM  
Blogger Carolzinha said...

Ninguém entende o amor.
Os que dizem entender são os que menos entende..
aa muito complexo...

Ticoo...
Eu quero saber como que faço pra levar os Voluntários da Pátria para o colégio que estudo!
Eu fui na UCB em Realengo, uma amiga que estuda la me chamou, e gostei demais do trabalho que vocês fazem.

meu email:
carolzinha_prp@hotmail.com

beijooos =D

10:43 AM  
Blogger Edson Marques said...

Embroa o Destino seja só uma deliciosa sucesso de Acasos, será que o rapaz no escreveu essas coisas exatamente pra você?!



Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.


Abraços, flores, estrelas..

http://mude.weblogger.com.br

.

12:22 PM  
Blogger Andréia said...

Amor é arte,e arte agente não entende...........sente!!!
Mas o que não da pra entender é o cara ser covarde perante seu sentimento....Se cair?....levanta..
Isso simplismente não é o fim do mundo....Bom cada doido com sua mania...
Beijos Tico......

12:48 PM  
Blogger Cláudia Vila Nova said...

A,me desculpe Tico,mas não consegui tirar o sorriso do rosto,e só.Fiquei maravilhada com o texto e não tenho o que comentar.Não mesmo.
Beijo pessoa linda por dentro e por fora.

Claudia Vila Nova

Sonhei com você segunda e hoje.Sonhos bons,depois de shows(que nunca fui)
Depois te conto.

4:08 PM  
Blogger Carla Aguiar said...

E não é que o Renan foi absolvido... o.O

6:27 PM  
Blogger Ana Paula said...

"Por que você me deixa assim?"




Hoje o dia amanheceu triste

Estou de luto

Mais uma pessoa não existe




Estou magoado, fechado

Nada me tira desse atraso

Será que estou errado




Agora você se pergunta

De quem será essa culpa

Infelizmente sem argumento so lamenta




Você me sente e não da corda

Acha que sou um caso de derrota

Simplesmente me vira as costa




Seja você quem for

Não quero seu rancor

Me tira desse tormento

Que me destrói por dentro




Me socorre porque estou morrendo

E de ti dependo

Me ajude a nascer de novo

No coração desse povo




Seja pra quem for

So quero me apresentar

Muito prazer me chamo AMOR!!!




Ana Paula "vivo pelo amor"



"O que é o amor
se não o que sinto
por você?"

vivo pelo amor!!!

9:25 PM  
Blogger Jana said...

Olá Tico (olha a intimidade rsrsr)
Meu nome é Janaina tenho 30 anos e moro em aiaiai dá até medo dizer, em Brasília.. ahhh mais aqui não é assim tão diabólica na verdade poderia ser até o paraiso se não fossem os decaidos do congresso etc... Humm bem vamos ao que interessa né o Texto ou o cartão... Nossa enquanto lia fiquei imaginando o que vc escreveria sobre meus poemas ( ah eu escrevo, amadoramente..www.recantodasletras.com.br/autor/jana ) Mais isso alimenta meu espirito e expõe tudo aquilo que a boca não tem coragem de dizer.. è o Amor nas suas milhares de expressões, o Amor que todos clamam mais não exercem... Meu querido continue nessa sua missão de abrir os olhos e tocar os corações... Desejo há vc e todos os seus longa vida, paz, harmonia, luz e que os Orixás te guiem nessa estrada ( ah sou Umbandista acho que não falei né).

Paz e Bem!

9:46 AM  
Blogger Mayanna said...

Ticoooooooooooooooooo,
Que LINDO texto!!
Adoraria conhecer quem o escreveu-o.
E você conversando com a carta foi DEMAIS!!!
AMO ler tudo que você escreve no blog...
Sou APAIXONADA!!!!!
Beijãooooooooooooooooooooo =)

3:51 PM  
Blogger Auíri Au said...

Realmente, preciso lhe parabenizar
pelo texto e os comentarios!
Não sei se é romantico, revolucionario, aluciando, utopico.....
Mais em relação a boomba..aiaiai, não seria uma má idéia, não precisaria ser uma pessoa, poderia ser uma maquina e tals....to brincando!!foi apenas uma ideia mirabolnate!!


paz

6:36 PM  
Blogger Inamara said...

Meu amor...Lindo...Paixão...Meu Santo Forte!!!

Nossa como adoro o que vc escreve....vc é rápido, inteligente, sagaz, bem humorado, indignado, TUUUUUDOOOOO DE BOOOOOMMMMM!!!!
Abro meu PC e vejo vc...e a cada semana mudo a foto...e é uma mais linda que a outra....PERFEITOOOOOO!!!
Ria a beça com este texto e me lembrei de um texto de Álvaro de Campos que resume bem toda essa estória (sem "h" pois é claro que este homem não se suicidou...senão todos os jornais teriam falado...mas que tb pode ser com "h" pelo tamanho do sentimento dele....
Mas ai vai a poesia:

"Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)"

Não é não???
TODOS OS BEIJOS!!!!
Ina

7:23 PM  

Postar um comentário

<< Home