domingo, agosto 26, 2007

Elogio à desobediência

Lagartos desobedientes insistem em cruzar as estradas ignorando os riscos do deserto e a mordaça que o sol lhes impõe descascando o asfalto quente. Suas pequenas pegadas seguem rumo ao infinito onde o cárcere da liberdade aprisiona humanos de duas cabeças.
A consciência também é uma forma de tortura.

Irmãs e irmãos, eu vi o dia nascendo no interior de um automóvel bem no meio do nada.
Já estive no inferno e sei o quanto é cruel deixar de existir por conta da sanidade sufocante que co-existe dentro de cada demônio que habita a falsa moral e as verdades absolutas.
Onde for concreto e material, ouro e lixo estarão sendo disputados. Bocas famintas criam desordem e paranóia enquanto urubus sobrevoam no céu do amanhecer a espreita de seu cordeiro marcado para morrer. A morte é uma fila. A fila não me assusta mais pois vejo vida em todas as esquinas e ao supor o fim dos tempos os covardes entulham seus corações de maldade, acumulando almas em cofres trancados a segredos que a humanidade insiste em cultuar.

Quero vender meus livros também e criar minha igreja livre de taxas, impostos. Enriquecer as custas da sua fé e da sua miséria, alguém me disse quando tomei um comprimido num copo de plástico com água de poço.

Lagartos vagam pelo deserto onde cactos e rosas não se misturam a não ser no amanhecer quando a bola mãe vai rendendo seu reinado e dando lugar a bola pai que aos poucos assume sua posição no relógio.
Seres de duas cabeças precisam de sexo, de poder, de plantas, de álcool, de petróleo e de química para aliviar seu sofrimento, pois a inutilidade do real e a ausência de certezas de sua própria existência os angustiam.

Mães estão sempre prontas para o perdão.
Quase todas têm o dom.
Por isso estão acima de toda essa porcaria imunda.

São buracos e mais buracos balançando o ônibus. Vários dormem. Vários têm celular e laptop. Vários têm alguma razão incorrigível e ainda que suas carnes e seus sangues sejam feitos da mesma bosta, vários precisam sentir o gosto que um bom elogio pode proporcionar ao âmago de seus egos.
Inclua-me aqui.
O ego me contou o quanto precisa ouvir palavras que dêem ênfase para que o tic tac da concorrência não vos deixe de sonhar!!!

AH EU QUERO SONHARRRRRRRRRRR!!!!!!

Lagartos desobedientes observam caminhões passando e não se importam com o risco de atravessar as rodovias abandonadas pelo governo que sugou todo o dinheiro para satisfazer desejos íntimos de suas amantes.
Lagartos são lagartos e não querem ser borboletas.
Por isso não se importam com mais nada.

Falando nisso tem um perdido por ai, de cabeça baixa.
O que será que ele foi na outra encarnação?

Tico Sta CRuz

17 Comments:

Blogger Carlos said...

O lagarto que se encontra de cabeça baixa, irá continuar com sua auto-estima em baixo,(e torcicolo tb) se insistir em continuar sendo um peguiçoso e/ou medroso.
Na outra encarnação talvez, ele tenha sido um cabisbaixo, que tem agora, uma nova vida (oportunidade) de andar de cabeça erguida. Será necessário uma terceira vida?

Será que ele foi uma árvore que não deu frutos?

Ou será que foi um delicada florzinha, que não secou, mesmo que tenha sido regada esporádicamente?

Ou será que foi um filósofo, que virou mendigo? Que esse mendigo fala por metáforas e pensa compulsivamente; E escreve rigorosamente devagar sobre o seu cotidiano... Cada momento, é um novo momento.

Sonhe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
"As portas estão sempre abertas paras as pessoas. Basta ter coragem de aceita-las abertas e entrar. E aceitei. Eu entro e viajo. Agora começa a grande viagem: Raul Seixas no país das maravilhas..." (Raul Seixas)
Forte abraço,
Paulo Mileno.

10:44 AM  
Blogger Khalee Whiteagle said...

valores? inversos...de um mundo quase totalmente destruído..mas ainda tem muito aqui a se quebrar e salvar..

salve a si mesmo..aprendendo a viver de mãos dadas com a girafa...a planta..o medo..a dor...a paz...o amor...

és o que és e ninguém é o que és.
mas somos todos iguais. \o/

essa sopa cósmica galáctica que vaga pelo nada de tudo dentro e fora de você..um dia...um dia você vai perceber..

nunca houve um mistério..nunca houveram segredos..nem senhas...nem cofres...nem desafios pra sua alma e mente.

estava tudo à sua frente.
éramos nós o conteúdo do pacote.

mas você achava que não sabia...e você pensava que já tinha percebido..

não tem fim..nada tem fim...porque nunca teve começo...

o lagarto foi uma abelha com peso na consciência
por ter medo de não voltar à sua aldeia sopa cósmica sem fim..
que ela mesma é.

:-)


beijos, menino!!!!!!!!!!!!!!!

12:23 PM  
Blogger **Renata Ferri** said...

Mães estão sempre prontas para o perdão.
Quase todas têm o dom.
Por isso estão acima de toda essa porcaria imunda.

Apesar de nao ser a parte mais forte do texto, me identifiquei.
Nunca deixe de sonhar, é isso que nos faz viver!

Bêjo0s,
Rê!
Te amo MEU SANTO FORTE!
www.ticodrc.blogspot.com

2:31 PM  
Blogger Priscila said...

Duas cabeças são alimentadas por dúvidas, é angustiante mesmo não compreender, juro que estive perto, bem perto de não duvidar de mais nada mesmo sem compreender mas o que alguns chamam de liberdade pra mim realmente é outro cárcere "onde o cárcere da liberdade aprisiona humanos de duas cabeças" exatamente isso...Então decidi pensar no equilíbrio e imaginei que ele estava entre as duas cabeças...no vácuo entre as duas... mas não é tão simples assim.

Dúvidas... que só precisam de segurança de confiança, de fé, em que??? NO BEM. e o que é o bem ???
Aquilo que quando fazemos nos dá orgulho de sermos humanos.Aquilo que quando fazemos nos deixa leve e dormimos tranquilos.
Simples, Bem simples assim...
Bem...mas essa é só a minha opinião.
bjs

4:08 PM  
Blogger M. said...

"Qualquer coisa que se mova é um alvo e ninguém está salvo"E.H.,nem os lagartos.Os lagartos são pop,em algum lugar,pode acreditar...é difícl conter o ego,é difícl de controlar,de dosar,lá vem o super ego.É difícl,é difícl é pesado.Onde estamos agora? Onde exatamente queremos chegar com amontoados de palavras? Tá tudo arquitetado,de alguma maneira...estamos no outdoor de entrada de cada lugar, com cara de idiota...ajoelhados e pedindo,implorando por mais,mais prazer,menos culpa,talvez até menos consciência...algo que faça esquecer,aliviar a dor.Compramos as mentiras das vitrines todos os dias..como zumbis...como zumbis...hipnotizados por algum motivo desleal.
Não. NÃO existem mais cartas de amor,ninguém mais pede perdão.E eu que também vi algumas coisas...mas com olhos de outra pessoa,alguém embriagado de algum desejo.


Beijo na nuca,Guilherme.

M.

4:12 PM  
Blogger ✖ мαяiαηa ραchєcσ ♥↔♥ ² said...

... vai ver nem foi ...

;**

cuide-se

7:33 PM  
Blogger Ana Paula said...

As vezes me pergunto
será que sempre vai ser o mesmo assunto?
Naõ estou te criticando
pelo contário elogiando
Mais quando isso vai ter fim?
Essa resposta posso te dar;
quando nos unimos e não deixarmos niguém nos massacrar!!!

ANA PAULA - vivo pelo amor!!!

11:43 PM  
Blogger Cristal said...

Sabe Tico,
Eu acho que todos nós deveríamos ter um pouco desse "lagarto desobediente", e agir só pelo instinto, ignorando os perigos, ou as "possíveis" consequências.
Todos dizem que sou uma pessoa "controlada", "equilibrada",e coisas desse tipo, e até há alguns anos atrás, eu pensava que isso era algo positivo, mas hoje sei que deixei de viver muita coisa boa porque não tinha esse lado do "lagarto desobediente".
Tenho tentado mudar, e concordo com a PRISCILA, que disse que o ideal seria o equilíbrio entre os dois lados, mas é difícil.
Não sou moralista e nem sigo a linha das "verdades absolutas", mas, talvez até um pouco por causa da educação que tive, com base na disciplina dos descendentes de alemães e por algumas características pessoais que me fazem sentir muito medo de magoar, machucar ou prejudicar as pessoas com quem eu convivo e por quem tenho algum tipo de sentimento e respeito, me impedem de me soltar mais, e fazer algumas coisas que me fariam agir mais por instinto ou por emoção, do que pela razão. Mas estou trabalhando isso comigo e tentando achar esse "ponto de equilíbrio", porque se eu não estiver bem, como poderei fazer feliz os que convivem comigo???
Quanto a necessidade de alimentar seu ego, todos precisamos disso, só que em "doses" diferentes. Aí eu volto a lembrar uma frase que tu usas muito: A diferença entre o remédio e o veneno, está na dose, lembra???
E sonhar???
Tu sonhas sim, porque se não sonhasse, não estarias nesse momento, em Brasília, tentando mostrar para esses políticos sem carater, que nós estamos vendo tudo que está acontecendo e queremos mudanças. Queremos o uso honesto e correto de todo dinheiro que eles nos tiram através dos impostos.
O que me deixa mais transtornada é ver os olhares de sofrimento de uma grande parte da população, que nem sequer fazer um exame de saúde, estão conseguindo, enquanto, no outro lado, o SORRISO de políticos como Renam Calheiros, que em todas as entrevistas que tenho visto, aparece SORRINDO, como quem diz: seus idiotas, não vão conseguir fazer nada contra mim.
Tudo isso é muito nojento.

Que os anjinhos te protejam, e também a todos que estão aí em Brasília contigo, lutando pelos direitos de TODOS NÓS.
Um abraço apertado!!!

11:17 AM  
Blogger Beatriz Tavares said...

Gostei! Te linkarei.
Acho ducaralho os movimentos que vc agita! Vou ficar ligada nos próximos... A gente tem mesmo é que se unir contra a barbárie!
Beijos!

12:52 PM  
Blogger Danielle said...

OUSAR SONHAR
OUSAR DES-OBEDECER
IR ALÉM...ALÉM DAS FRONTEIRAS QUE FORAM CRIADAS PARA NÓS E POR NÓS
ALÉM DOS LIMITES AONDE O DESERTO DE SOL IMPIEDOSO TE CASTIGA..AONDE TERÁS QUE LUTAR POR SOBREVIVÊNCIA..AONDE TERÁS QUE TE ARRASTAR POR ENTRE PERNAS E PATAS DE SERES ESTRANHOS QUE TE OLHARÃO COMO SE FOSSES ALIENÍGENA...MAS NA VERDADE ÉS..PORQUE..QUEM SERÁ QUE JÁ VIU UM LAGARTO CRUZAR A ESTRADA ? MEDONHO...E SE OUTROS SEGUIREM ESSA IDÉIA ?...MEDO..

VAGAS PELO DESERTO DESPERTANDO A PIEDADE, A IRA E A CURIOSIDADE DOS QUE NÃO TE ENTENDEM

PORQUE CAMINHAS PARA ALÉM DAS FRONTEIRAS DO TEU SER E DO TEU SONHO...

CORAGEM !
SEGUE CAMINHANTE DO DESERTO...OUTROS FORAM E SE PERDERAM OU SE DESVIRTUARAM NO CAMINHO..MAS O CAMINHO ESTÁ LÁ..PARA SER FEITO..PARA SER LAPIDADO..PARA SER SONHADO E PARA SER CAMINHADO...INCESSANTEMENTE...

P.S: SOU AQUELE LAGARTINHO NO MEIO DA FILA..O DE PATINHAS CURTAS..ANDO DEVAGAR..MAS ANDO..rsrs..

BEIJOS DO DESERTO,

DANNY

1:41 PM  
Blogger AlexWilt said...

Pow, bom seu texto, hein?
passei no site, depois de meeeeses vi que mudou tudo! Legal o site novo, mas ia mandar um email e... Kd? :)
Depois vou ler os outros, de repente até adicionar ao meu blog, pode?

Aposto que vc ainda não veio ler.
Mandei um email pro Tchello falando sobre o fest de SP da Antártica, vcs vão tocar com a banda de um amigo meu baixista... O Flay rock. Eles foram classificados. Ainda não vi ao vivo, mas sei que o Carlos manda bem. Se tiverem a chance, troquem idéias. Ele é muito divertido.

E é isso.
Beijos na Luciana. Inté.

2:34 PM  
Blogger Alexandre Hallais said...

Tico,

acompanho seus textos e sinto pulsar em seu corpo o saboroso gosto de JUSTIÇA!
Seu entusiasmo para dar cores a este Brasil preto e branco é motivo de aplausos.
O Planalto Central é daqueles que se interessam pelo desinteresse geral. Engravatados que ditam nossas condutas. Engravatados que aprovam seus próprios salários. Engravatados são os verdadeiros bandidos.

Continue sua luta Tico. Você é ótimo e pode contar comigo para o que for.

Free Hugs para ti, Brother!

4:08 PM  
Blogger Suelen DRC said...

A nossa consciência nos faz inconsciente do que somos, do que queremos ser e do que podemos ser!!

Não desista nunca de seus sonhos!!
Firme os seus pensamentos todos os dias, que com ele virá a tona a sabedoria que está em sua alma!!

Bjocas querido, te amo!!

6:13 PM  
Blogger Junior São gonçalo said...

"Quero me encontrar...
mas não sei onde estou...
Vem comigo procurar algum lugar mais calmo...
Longe dessa confusão...
e dessa gente que não se RESPEITA...
TENHO quase CERTEZA que EU NÃO SOU DAQUI..."


LUZ!!!

Forte Abraço,irmão

JUNIOR

3:11 PM  
Blogger Libélula da Noite said...

Hum... Gosto de ser uma borboleta...

Uma borboleta com alma de lagarto!

=]

bju

7:01 PM  
Blogger auau said...

Será que eu desobedeceria as leis???
Será que eu sou um desses lagartos???
Paro penso e sorriu....
Sou uma borboleta
em busca das belas flores..
das flores do bem!!!


Paz


Auíri Au

6:12 AM  
Blogger Reticências said...

Era avestruz. De tanto enfiar a cara no buraco disseram: "Voltarás lagarto!”.

Lagartos são os répteis que existem em maior número na natureza. Já passaram dos seis bilhões. Vivem em quase todos os ambientes (subterrâneos, aquáticos, terrestres,arbóreos. Alguns habitam morros, outros mansões). Alguns tem quatro patas e coloca ovos, mas a maioria é de bípedes e a fêmea gera filhotes após uma gestação de nove meses. Alimentam-se de insetos, aranhas, escorpiões, grilos e formigas, mas há também os herbívoros que preferem as plantas (também chamados vegetarianos). Vale lembrar que algumas espécies localizadas nos países periféricos (anteriormente denominados terceiro-mundistas, nem chegam a alimentar-se). Além de serem, na maioria, animais de hábitos diurnos, alguns indivíduos são crípticos, quer dizer, têm a capacidade de se camuflar no ambiente.

Segundo pesquisadores, os lagartos brasileiros só mordem quando ameaçados, mas não são venenosos. Muito nem arriscam. É o caso do nosso lagarto, ex-avestruz.

Há nove espécies de lagartos que já integram as listas de animais ameaçados de extinção. Eles são mortos por causa da exploração do “couro” para a confecção de contas milionárias em paraísos fiscais e pelas péssimas condições de vida que encontram. E há ainda os apaixonados pelos bichos que os compram como animais de estimação e alimentam o tráfico de animais.

...

9:04 PM  

Postar um comentário

<< Home