sábado, fevereiro 23, 2008

Ciclos, ciclones e espirais.

Perde o sentido
Encontra um sentido
Descobre o sentido
Percorre o sentido
Sente.

Encontra-se um sentido
Os lugares, as pessoas.
Os livros, os filmes, os dias.
As músicas, os sonhos, os planos.
Cuidado com a realidade.

Descobre-se (?) o sentido
Passo a passo crendo entender
Os animais, a natureza, a humanidade,
As idéias, ideais, caráter, personalidade.
Amigos, falsos e verdadeiros, as mãos as costas.

Percorre-se o sentido
O amor, o ódio, a desilusão.
O sofrimento, a dor, o prazer.
A paixão, a loucura, a razão, o roxo
O vermelho, o preto e branco, o amarelo.

Te sentes então...

E perde o sentido
Encontra um sentido
Descobre o sentido
Percorre o sentido
Até que um dia conclui que não sabes de nada.


E tudo volta para o primeiro verso.

Tico Sta Cruz

25 Comments:

Blogger ** Renata Ferri ** said...

"Perde o sentido
Encontra um sentido
Descobre o sentido
Percorre o sentido
Sente."

Estamos presos a isso!
Acho que nao tem fim!

Bêjo0s,
Rê!
Te amo MEU SANTO FORTE!

8:24 AM  
Blogger carlinhakriok said...

Perde o sentido
Encontra um sentido
Descobre o sentido
Percorre o sentido
Sente.

Ps: ORGAAASMO, rs.
bj

9:33 AM  
Blogger Cristal said...

Pra mim, o sentido da vida sempre foi e sempre será o mesmo: SER FELIZ.
O que acontece, é que na medida em que vamos nos transformando, a nossa visão de felicidade também muda, e passamos a procurá-la em "lugares" diferentes, muitas vezes, no lugar onde nunca a encontraremos.
As vezes, também, mudamos essa nossa procura em função de dependermos de outros para conseguir atingí-la, e quando percebemos que não conseguiremos, tentamos procurá-la em outro lugar.

Eu acabei de sair de dentro de um ciclone, mais a natureza já me alertou para que eu fique preparada, porque outros virão, ou talvez, aquele mesmo que já me atingiu retorne.
Perguntei a ela se posso fugir deles, ou então, me preparar para encará-los, mas a resposta dela foi o silêncio.
Então, que venham os ciclones, porque mesmo eu não conseguindo fugir deles, e nem me preparar para recebê-los, farei de tudo para continuar sobrevivendo.

Beijos...

9:34 AM  
Blogger Elizabeth said...

Tico
Demais!!!
Sem sentido e além dos sentidos... por isso a beleza de perder os sentidos diante do sentido de todas as coisas sentidas...Abraços do Mundo de Beth

9:51 AM  
Blogger Priscila said...

o sentido é sentir.

1:11 PM  
Blogger Suelen DRC said...

Muito bom, adoro textos assim!
A vida é um ciclo que percorre sempre os mesmos meios... muitas coisas mudam, mais a essência não!

Beijão querido, te amo!

2:10 PM  
Blogger Rosane Silva said...

Descobrir? Impossível. Nós apenas achamos que sabemos das coisas e sempre nos surpreendemos com as diversas formas que elas tomam durante o curso da vida...

obs: Vai escrever bem assim lá longe.

bjo. até Bangu.

2:28 PM  
Blogger Monica said...

Tico

Espero que tenha sido um otimo show no Lona Jõao Bosco, como imagino que são os shows do Detonautas habitualmente. Imagino, porque infelizmente ainda não tive a chance de assistir a nenhum...
E mesmo sem sentir, sinto...
Então sinto como se ai estivesse,
como uma experiência vivida,

"Te encontrar num sonho bom,
dividir segredos meus..."
"Que encontre uma logica,
que me ensine os caminhos do mundo,
que descubra uma magica
que te traga pra perto de mim"

Porque as suas palavras exprimem sua essência, seus sentidos, e cada vez mais aprendo com você que a distância não existe realmente, basta fechar os olhos, e podemos estar onde quisermos, ver quem desejarmos, mesmo os que estao verdadeiramente distante.
Estou impaciente pra ouvir o novo album, fico tentando advinhar os ritmos e tenho certeza que sera surpreendente, cheio de essência, cheio de sentidos, como tudo o que você faz, crendo que não sabes de nada, mas sentindo no fundo que das sentido a tudo.

Beijos

3:06 PM  
Blogger Sr. Zé said...

Encontra-se um sentido
Os lugares, as pessoas.
Os livros, os filmes, os dias.
As músicas, os sonhos, os planos. tudo isso é o sentido...

7:13 PM  
Blogger Michele said...

Sentidos.....
Todos os dias quando acordamos e abrimos os olhos, pensamos em um sentido pra o dia que vira.
As vezes aqueli dia que nao parece ter nenhum sentido ganha um!
Tudo precisa ter sentido em nossa vida!
Qual e o sentido de estarmos aqui?
Temos uma historia a comprir?
Qual e ela?

7:25 AM  
Blogger Daniel Barros said...

Sensacional.

8:50 AM  
Blogger Khalee Duranki said...

sentido..
confusão, distorção..ilusão..

vai ver é sempre assim..
vai ver chegou ao fim..

não temos que ter medo..

sentido..

e o que é que faz sentido?
e o que é que não faz sentido?

o que é sentido?

9:04 AM  
Blogger Inamara said...

Meu cíclico Santo Forte....Minha Santa Cruz

Perde
Encontra
Descobre
Percorre...e entre tudo....SENTE

Meu coração se quebra diante de sua poesia....

Ainda no post anterior falei sobre ciclos na vida...e realmente é nisso que acredito.....NADA É ETERNO....a vida é constante renovação, mesmo quando parece se repetir!!!
Disse Mario Quintana:
"...e a transformação da face do mundo é como a transformação da cara da gente, que muda tanto durante toda a vida – mas que, dia a dia, de ontem para hoje, de hoje para amanhã, sempre nos parece a mesma cara no espelho."

Todos os Beeeiiijooosss de sua "ina" na veia que hoje gosta mais de vc que ontem e provavelmente menos que amanhã!!!

9:39 AM  
Blogger edilza said...

Este comentário foi removido pelo autor.

9:42 AM  
Blogger Danny Souza said...

SENTIR
VER
IMAGINAR
TOCAR
COMPLETAR
RECOMEÇAR
E BUSCAR
O SENTIDO...
QUE SENTIDO ?
AQUELE
SENTIDO NO CORPO
E NO CORAÇÃO

;)

BEIJOS,

DANNY

12:40 PM  
Blogger Borboleta Bia said...

Enquanto nossas vidas são contadas, passeamos entre vírgulas e pontos finais.
Quantas verdades seremos capazes de suportar entre a prática e a repetição?
Estenda sua mão.
Quero subir no carrossel de coragem.
Vivo de mim mesma até a paisagem ideal e aparente me arrastar.
Neste ponto reencontro a realidade que perde seu valor, sentido e sinceridade.
Enquanto isso, nossas vidas são contadas e ponto final.

Amarelo,
Gabi

6:31 PM  
Blogger radik said...

Enquanto toda inteligência é artificial, Tico Sta Cruz, uma máquina de escrever.

Parabéns pelos textos mais uma vez.
GRande Abraço.

6:46 PM  
Blogger Autora: Tinne Fonseca said...

Olá,
Quando li este teu texto me senti "perdida" e "encontrada". E, perdida novamente tentando encontrar outro sentido para vida...
Parece meu caminhar buscando uma causa para lutar até que isso se torne parte de mim e se acalme. Mas com minha alma inquieta logo estarei atrás de novos caminhos...

Obrigada pela visita!
Estarei sempre passando
por aqui, ok?
Boa Semana!!!
Beijo,
Tinne

6:58 PM  
Blogger Le said...

Sede de descobrir
Sede de sentir
É fácil se perder
E as vezes acho dificil me encontrar...

Não existe fim
Ninguém sabe quando começou
Transformação constante
que invade pensamentos e almas


Beijos
e até mais

2:41 AM  
Blogger silvana said...

De todas as experiências, sejam fantasiosas ou reais, o que fica é a sensação; as imagens constituem uma maneira bem grosseira de expressar alguma coisa aqui no mundo da forma, portanto a sensação é o que vale.
"CUIDADO COM A REALIDADE, claro , ela é o maior mistério..
"DESCOBRE-SE O SENTIDO" até que ponto, se sempre somos equivocados sinceros; bem..sinceros os bem intencionados né?!nem todos os equivocados são sinceros,mas que todos somos equivocados isso é certo; que bom né, minguém sabe nada mas insistimos em descobrir sentido pra tudo..
Viver deve ser mesmo uma grande piada dos Deuses; por isso que Buda qdo atingiu a iluminação gargalhava, (assim relatam os escritos), mas deve ter sido por aí mesmo, pq no final sempre concluímos que estamos navegando em mar incerto..
Viver é mesmo um grande exercício.bj

4:47 AM  
Blogger Altieres said...

Estou meio tonto, não sei se já ententi ou se estou entendendo, não sei se o que eu compreendi é o que você quis dizer. Ao mesmo tempo que você fala, e que faz sentido pra mim, passa em minha cabeça: "ciclos, ciclones e espirais"

5:57 AM  
Blogger Junior São Gonçalo said...

Luz!
Muita Luz!

Abs irmão!

6:37 AM  
Blogger Aquela 'par', que virou ímpar. said...

Perdi o sentido
Saí e tomei umas cervejas
Dançei um rock acústico
Voltei torta e dando risadas
Comendo batata frita
Mandando beijinho pro gato
Tomando suco de uva
levemente gaseificado com um pingo de vodka
Caindo na cama ao som do ventilador
Ganhei sentidos. Uh!

Fiquei doente, perdi todos
Mas o perder, ganhei denovo, parei de reclamar tanto, mas ...
ah, era pra comentar né.
eu me mepolgo.
Concordo em partes. Mas quando li ele me inspirou, e é isso que vale. né?! hehehehehe
Besos muchacho!

12:14 PM  
Blogger Ice Queen said...

Sente-se que entende algo, quando na verdade nada é obtido. E eu te pergunto, cade o sentido?

3:18 PM  
Blogger Ice Queen said...

Tico,
só espero uma resposta!
Uma e nada mais.

Vcs arrasaram no show da lona de vista alegre, fui a menina que subiu no palco. Sempre quis cantar a música olhos certos com vc, mas não hora a vergonha não deixava eu pedir.

Dentro de mim está intalado palavras que eu almejo dizer. ADMIRO MUITO VC!
Tenho orgulho de dizer que gosto da sua banda, pois não é uma qualquer de rostos bonitos...vc faz debate, vc luta pelo Brasil! VC É O CARA

te amo Tico =)

4:51 PM  

Postar um comentário

<< Home